• Like
Manual Carinho & Aconchego Slings
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

Manual Carinho & Aconchego Slings

  • 3,891 views
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
3,891
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4

Actions

Shares
Downloads
37
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Você acaba de adquirir um Carinho & Aconchego Slings. Nossos slings são produzidos em tecido 100% algodão, dupla-face (2 em 1) e utilizam velcro com qualidade comprovada através de laudos técnicos do CTCCA (Centro Tecnológico do Couro, Calçados e Afins). Leia a seguir informações sobre como montar e usar o seu sling, alguns benefícios proporcionados por ele, cuidados que você precisa ter ao utilizá-lo e algumas recomendações médicas.
  • 2. Para começar: o que é um Carinho & Aconchego Slings? O sling é um “pedaço de pano” que proporciona sustentação, liberdade, carinho e aconchego para você e seu bebê. No mundo inteiro se usa “pedaço de pano” para carregar bebês. Para isso, se deu o nome de baby sling. Que nada mais é do que porta-bebês.
  • 3. Dentre os vários tipos de porta-bebês de tecido que existem, o sling é o mais utilizado. Existem duas variações de sling: o de argolas e o pouch. O pouch sling é, sem dúvidas, o tipo de sling mais simples e prático de usar, pois não possui amarrações. Normalmente é uma tira de pano costurada. Por ser tão simples, leve e fácil de usar, justifica que este tipo de porta-bebê de tecido seja o mais procurado pelo mundo afora. Porém, por ser um pano costurado (formando uma espécie de tubo), algumas pessoas podem sentir falta de ajustar o tamanho.
  • 4. E é por este motivo que a Carinho & Aconchego Slings produz os pouch slings de velcro. Com o velcro há a possibilidade de ajustar o sling tanto à necessidade do bebê (eles crescem...) quanto à de quem vai utilizá-lo. As opções de posições para carregar o bebê são as mesmas de um sling de argolas, porém, pelo fato de possuir menos pano, o pouch sling ajusta melhor o bebê, principalmente quando ele ainda não tem controle sobre o pescocinho, e dá mais segurança e praticidade o quem utiliza.
  • 5. Como montar o Carinho & Aconchego Slings? 1. Apóie o seu Carinho & Aconchego Slings em uma superfície plana com o padrão de tecido que você escolher para usar voltada para fora.
  • 6. 2. Segure a aba com o velcro e identifique a fenda com o velcro embutido na outra extremidade do sling (neste, a parte áspera do velcro deverá estar voltado para cima). Observe que a aba possui uma costura indicando 5 cm de segurança. Nunca utilize menos que isto! 3. Enrole a aba que você está segurando (a parte macia do velcro) até a medida que você preferir. A altura pode ser regulada sempre que você desejar e é determinada com a prática.
  • 7. Insira a aba que você enrolou na fenda, de modo que, ao desenrolar, ela vá encaixando no velcro embutido. À medida que você desenrola, vá passando a mão para fixar bem e, após prender uma banda à outra, teste puxando as laterais para ter a certeza de que está bem seguro. Após montar o seu Carinho & Aconchego Slings, observe se ele ficou como uma faixa contínua. Dessa maneira, ele pode ser usado tanto em um ombro como no outro. A parte onde o velcro está encaixado deve ficar na altura do ombro e com a aba inserida (parte “dura”) sempre voltada para as costas. A etiqueta Carinho & Aconchego fica na altura do ombro e o velcro montado, sempre voltado para as costas.
  • 8. Para alternar o padrão de tecido do seu Carinho & Aconchego Slings, basta soltar o velcro, passar a aba macia por fora e virar todo o tecido com a estampa desejada para cima. Depois é só montar e você já tem outro Carinho & Aconchego Slings.
  • 9. Como vestir o seu Carinho & Aconchego Slings? 1. Coloque o seu sling no braço desejado (como se fosse vestir uma “faixa de miss”), sempre com a aba inserida (parte “dura”) voltada para as costas. 2. Passe sobre a cabeça, cruzando o peito e posicionando a parte onde encaixa as bandas do velcro na altura do ombro, como uma tipóia.
  • 10. 3. Posicione o velcro entre o braço e o pescoço. Nem muito alto, nem muito baixo. Obs: o ombro que seu sling vai ficar é sempre do lado contrário ao que você insere o braço. Para colocar o bebê ou a criança, você deve abrir e subir o seu Carinho & Aconchego Slings. Assim, ele vai ter espaço (perceba que se você abri-lo sem levantar, vai dar a impressão de que não há lugar suficiente para a criança ficar). Faça isso com a mão oposta ao ombro que segura o sling, enquanto a outra mão segura e posiciona o bebê dentro dele.
  • 11. A altura ideal para levar o bebê deve ser a do seu umbigo. Acima da linha de sua perna. Após vestir o Carinho & Aconchego Slings, estique bem a faixa das costas. Assim, o peso vai ficar bem distribuído e você vai se sentir mais confortável. Por ser ajustável, o Carinho & Aconchego Slings tem a vantagem de crescer junto com o seu filho e de ser adaptável a várias pessoas. Inclusive aos papais, avós, titios ou mesmo às babás.
  • 12. O limite de uso varia mais por opção de quem carrega a criança no sling do que pela resistência do produto em si, pois este aguentaria mais. Normalmente o indicado é até 20kg, porém, o velcro suporta até 40 kg. A decisão de até quando usar o Carinho & Aconchego Slings vai depender apenas de quem leva a criança e se ela também ainda vai aceitar (o que mais acontece é de os pais já não aguentarem o peso e as crianças ainda quererem entrar no sling).
  • 13. Sugestões de posições Existem várias posições possíveis para levar seu bebê. Tudo é uma questão de prática. À medida que você vai se familiarizando com o sling, vai se sentindo mais à vontade para testar e utilizar novas posições.
  • 14. Algumas crianças não gostam de ficar sentadas, outras não gostam de ficar deitadas. Umas querem apenas olhar para o mundo, outras para a mamãe e o mundo ao mesmo tempo. E ainda há outras que preferem olhar apenas para dentro. Ouse! Você tem espaço de sobra para proporcionar ao seu filho quantas posições quiser experimentar. Com o tempo, você vai ganhando segurança e vai ser fácil levar a criança deitada, em pé, sentada de frente, sentada na lateral (no quadril), nas costas...
  • 15. Obs: Se o bebê ainda não tem a sustentação da cabeça, a posição ideal é ele deitado, como se estivesse em uma rede. Com a cabeça voltada para o ombro que sustenta o seu sling. Não se preocupe, pois o tecido do sling se molda ao corpinho do bebê e juntinho de você ele sempre estará se sentindo seguro.
  • 16. Posição “barriga com barriga” ou tummy to tummy Nesta posição, a criança fica sentada virada para quem a leva. Segure a criança junto ao seu corpo, vista o Carinho & Aconchego Slings por cima de vocês e abra um espaço entre um lado do sling e o outro, de modo a formar uma “redinha” logo abaixo do bumbum dela. Apenas a parte que vai do joelho aos
  • 17. pés fica fora do sling. Para a posição de lado, o procedimento é o mesmo. Apenas, ao invés de ficar “barriga com barriga”, coloque a criança no seu quadril. Ela fica “encaixada” na lateral. Assim, as perninhas dela ficam no seu quadril (uma voltada para sua barriga e a outra para suas costas).
  • 18. Sentado Olhando para o mundo como um canguru Segure o bebê de costas para você, dobre as perninhas dele como um “Buda”, levante e abra o Carinho & Aconchego Slings com a outra mão e vá colocando o bebê dentro. O bumbum dele deve ficar mais baixo que as perninhas. Como se estivesse sentadinho no útero da mãe. Esta posição é ótima para bebês que gostam de passear e conhecer coisas novas.
  • 19. Mas lembre-se, esta posição é recomendada para bebês que já têm uma boa sustentação da cabecinha (por volta dos quatro meses).
  • 20. “Back Carry” ou sentado nas costas Esta é uma posição recomendada para bebês maiores. É uma variação da “barriga-com-barriga” e da que você pode levar a criança sentada no quadril, porém, como ela não está à sua vista, assegure-se bem de que há pano suficiente abaixo do bumbum, formando uma rede de segurança. Ela deve ficar sentada da mesma maneira que se senta em uma rede.
  • 21. Esteja sempre prestando atenção nas reações da criança para não acontecer de ela esticar as perninhas e escapar. O sling sempre deverá estar bem ajustado ao seu corpo para aumentar a segurança. Quanto mais ajustado, mais seguro e confortável.
  • 22. Esta é uma ótima posição para momentos em que você precisa manter as mãos do bebê longe do que você está fazendo. Para colocar bebês menores nesta posição, o ideal é primeiro colocá-lo virado para você e depois ir rodando o sling até as costas (sugerimos usar esta posição com bebês pequenos apenas em casa).
  • 23. Para crianças maiores, você pode usar primeiro a posição de lado e ir levando a criança para as costas por dentro do sling. É uma posição que pode dar receio de praticar, mas quando se consegue é muito confortável.
  • 24. Amamentação X Carinho & Aconchego Slings Uma boa posição para amamentar o seu filho no sling é colocando o bebê com a cabeça voltada para o ombro que segura o sling. Coloque a costura central na frente e o velcro nas costas, pois assim abre mais espaço para o bebê se acomodar. Nesta posição, o bebê tem mais facilidade em pegar o peito, porém, não é uma regra.
  • 25. Há mães e filhos que se ajustam melhor para amamentar em outras posições. É só ir praticando e descobrindo qual é a sua preferida. Se tiver dificuldades em testar uma nova posição, peça ajuda à outra pessoa ou entre em contato conosco.
  • 26. Usando o Carinho & Aconchego Slings com segurança Costuras: recomendamos que você faça uma vistoria de tempos em tempos nas costuras e no tecido. Como nossos slings são produzidos com tecidos 100% algodão, eles possuem fibras resistentes às lavagens e ao uso contínuo, mas, como qualquer bom tecido, existe o desgaste natural do tempo. Não custa prestar atenção.
  • 27. Velcro: visando sempre a segurança e o bem estar do bebê e de quem o leva, os slings da Carinho & Aconchego são produzidos com velcro que suporta até 40kg. Mas isto não significa que o sling, em si, vá carregar este peso. O sling da Carinho & Aconchego é normalmente utilizado com bebês de até 4 anos ou até 20kg. Porém, isto não é uma regra. Você quem vai determinar se suporta ou não levar uma criança mais ou menos pesada.
  • 28. Tecidos: como já dito anteriormente, utilizamos tecidos 100% algodão. A escolha do algodão deve-se ao nosso clima. O algodão absorve o suor da criança e tem uma fibra natural, de toque macio, que não pega fogo tão facilmente quanto um tecido sintético. Além de ser um tecido mais indicado para bebês por não provocar irritação. O que poderia acontecer com tecidos sintéticos.
  • 29. Cuidado! Não se aproxime de um fogão aceso com uma criança no Carinho & Aconchego Slings. Cuidado ao descer escadas e mesmo ao caminhar. Lembre- se, sempre, que a criança está entre você e o mundo. Ao inclinar-se para frente, segure o corpo do bebê. Cuidado com varandas!
  • 30. Cuidado! Não manipule líquidos quentes, nem instrumentos afiados ou pontiagudos. Não ande de bicicleta, nem substitua o cinto de segurança do carro pelo sling. Certifique-se sempre de que o bebê está bem posicionado no Carinho & Aconchego Slings.
  • 31. O conforto que um Carinho & Aconchego Slings oferece pode até dar a sensação de não estar carregando um bebezinho, portanto, muito cuidado com isso. Lembre-se, sempre: seu bebê está entre você e o mundo e tudo o que você fizer merece atenção redobrada!
  • 32. Modo de lavar: Como qualquer tecido colorido, não use alvejante e não deixe de molho. Prefira lavar com sabão de côco ou algum sabão neutro. Se for lavar na máquina, deixe o velcro “montado” e não lave junto com outros tecidos. Para evitar que os tecidos 100% algodão encolham, lave com água fria e seque ao ar livre e na sobra (o Sol pode queimar tecidos coloridos).
  • 33. Dicas para melhor utilizar o seu Carinho & Aconchego Slings Se você ainda não tem segurança, treine primeiro com uma almofada, travesseiro ou algum boneco e, se precisar, peça ajuda de outra pessoa. Estamos sempre disponíveis para isso! Na primeira vez que for utilizar o seu sling, sugerimos que coloque o bebê no sling enquanto estiver dormindo ou se ele estiver totalmente tranqüilo (alimentado e sem sono);
  • 34. Treine bastante dentro de casa e nas redondezas. Movimente-se bastante para que seu bebê relaxe e você adquira segurança. A segurança é apenas uma questão de prática e o bebê vai ficar mais aconchegado quando sentir que você já relaxou (eles sentem tudo...).
  • 35. Quais os benefícios de um Carinho & Aconchego Slings? 1. Para o antropólogo Ashley Montagu, bebês que são carregados por slings estendem significativamente a experiência do útero. É como se a gestação continuasse fora do ventre da mãe, proporcionando, assim, uma criança mais segura, calma, inteligente e com auto- estima elevada;
  • 36. 2. O uso do sling transmite carinho, aconchego e segurança ao bebê. Estando junto ao corpo da mãe (ou de quem o carrega), o bebê escuta as batidas do coração e muitos outros sons que ouvia enquanto estava na barriga da mamãe; sente o cheiro e fica “guardadinho” como se estivesse no útero materno. Além de se acalmar sentido os passos e os movimentos da mesma maneira que sentia antes de nascer. Este estímulo tem mostrado ter efeitos positivos no desenvolvimento físico e cognitivo dos bebês;
  • 37. 3. Confortável, a criança adormece facilmente dentro do sling; 4. O formato ergonômico respeita a espinha dorsal do bebê e de quem o carrega. Apesar de muitos até questionarem se o bebê não fica “tortinho” dentro do sling, as posições que ele fica dão curvaturas ideais à coluna do bebê e proporcionam um melhor desenvolvimento psicomotor;
  • 38. 5. Permite que o bebê mantenha as perninhas juntinhas em uma fase em que as articulações ainda estão se formando; 6. Previne cólicas, regurgitamento e favorece a digestão. É bastante indicado em casos de refluxo crônico (o ácido mantém-se no estômago quando a criança é carregada na posição correta); 7. Você pode amamentar discretamente e longe dos olhares curiosos ou mesmo de reprovação (é, infelizmente, eles existem);
  • 39. 8. O uso do sling estimula o sistema nervoso do bebê, diminui o choro e a inquietação em mais de 40%; 9. Aumenta a auto-estima do bebê, pois ele recebe mais carinho e atenção do que estando no carrinho ou bebê- conforto; 10. Com tantos fatores físicos e emocionais se desenvolvendo rapidamente, o sling contribui imensamente estreitando o vínculo entre pai/mãe/bebê, melhorando a comunicação entre eles e gerando mais segurança e compreensão das
  • 40. necessidades do bebê. Nele você sente os batimentos cardíacos do seu filho, observa a respiração, sabe se ele está bem e pode atender com mais rapidez alguma necessidade. Transportar um bebê em um sling regula o ritmo respiratório e cardíaco; 11. O Carinho & Aconchego Sling também proporciona liberdade de movimentos a quem está usando. Permitindo a realização das tarefas diárias, antes impossíveis com o bebê no colo;
  • 41. 12. O uso do Carinho & Aconchego Slings também é de grande importância para bebês prematuros, pois ele atua como uma incubadora natural, proporcionando o calor necessário ao bebê aliado ao carinho, aconchego e proteção da mãe; 13. Bebês que têm muito colo são crianças que choram menos; 14. O sling promove calma e satisfação aumentando o sono “alerta”, chamado de sono REM (movimento rápido dos olhos). Estado em que o bebê se desenvolve mais;
  • 42. 15. Manter o bebê juntinho ajuda-o a organizar os ciclos de sono; 16. Crianças “slingadas” comem melhor, ganham peso mais facilmente – pesquisas têm demonstrado que bebês prematuros que são tocados e têm mais colinho, ganham peso mais facilmente e são mais saudáveis; 17. Diminui o stress dos pais e do bebê; 18. O bebê aprende a habilidade de ouvir e imita os movimentos da boca quando está na altura da voz e da
  • 43. visão de quem fala; 19. No sling a criança está mais protegida do sol, do vento e até daquelas pessoas que, mesmo bem- intencionadas, insistem em pegar nas mãozinhas dela; 20. Com o sling é mais fácil passear na multidão, em lugares com desníveis e em qualquer local de difícil acesso de carrinhos; 21. Além de todos os benefícios anteriores, um Carinho & Aconchego Slings é prático, confortável, moderno,
  • 44. lavável, dobrável, leve, seguro e ainda facilita seus passeios a shoppings, supermercados, praias... Existem tantos outros benefícios proporcionados por um Carinho & Aconchego Slings que só você usando vai percebendo.
  • 45. Opinião Médica Segundo Jucille Meneses, pediatra do Departamento Científico de Neonatologia da Sociedade Brasileira de Pediatria, as mães relatam que seus filhos choram menos e se sentem mais seguros com o uso do sling, além de sentarem e andarem mais cedo. Ela cita outras vantagens da rede: mantém as pernas do bebê unidas e não altera o desenvolvimento do quadril, o que pode ocorrer com o uso contínuo da mochila tipo canguru e de modelos tipo cadeirinha. Ainda segundo a pediatra, o sling ajuda a diminuir as cólicas, pois fortalece o vínculo entre a mãe e o bebê, melhora o ambiente psíquico e, conseqüentemente,
  • 46. diminui as cólicas. O pediatra americano, William Sears, autor de mais de 40 livros, é um dos entusiastas dos carregadores de bebês e o responsável pelo termo "babywearing" (algo como "vestir o bebê"). De acordo com ele, os bebês "slingados" choram menos, aprendem mais e são mais espertos.
  • 47. O Sling e a Prevenção da Displasia do Desenvolvimento do Quadril. Natália Martins, fisioterapeuta no Hospital Distrital do Pombal, Portugal, começou a investigar os benefícios do Sling devido à sua aplicação no tratamento da displasia de desenvolvimento do quadril, um defeito na articulação do quadril em que a cabeça do fêmur não se encontra corretamente colocada na respectiva cavidade. A postura que o sling proporciona ao bebê é ótima e indicada para o tratamento deste problema. De uma forma agradável e aconchegante, contribui para a sua correção. A fisioterapeuta também frisa que os benefícios estendem- se também aos bebês que não têm este problema.
  • 48. Para ela, o sling é o melhor meio de transporte para o bebê, sendo também benéfico para a mãe. Ela também lembra que no período pós-parto, normalmente, a mãe tem dores nas costas devido à fraqueza dos músculos abdominais e à sobrecarga física causada pelos cuidados ao bebê e afirma que andar com o bebê no bebê-conforto só agrava a situação devido ao peso do conjunto e ao fato de provocar um desvio grande na coluna. Com o sling, a posição da mãe está correta porque o peso está equilibrado. Para o bebê também é melhor do que estar sempre sentado no bebê-conforto. Adaptação: Roberta da Fonte Fonte: www.mae.iol.pt
  • 49. Contatos Site: www.carinhoeaconchego.com.br Loja Virtual: www.carinhoeaconchego.elo7.com.br e-mail: contato@carinhoeaconchego.com.br Tel: (81) 3241.4406 Cel: (81) 8683.1140 e (81) 9636.0740