Your SlideShare is downloading. ×
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Relatório de avaliacao 2012-13 da Biblioteca Escolar Pedro Nunes,

99

Published on

Esta Biblioteca Escolar pertence ao Agrupamento de Escolas de nº1 de Alcácer do Sal e está localizada na Escola Básica nº 2, com Jardim de Infância, de Alcácer do Sal.

Esta Biblioteca Escolar pertence ao Agrupamento de Escolas de nº1 de Alcácer do Sal e está localizada na Escola Básica nº 2, com Jardim de Infância, de Alcácer do Sal.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
99
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 1/30 Relatório de avaliação Contexto e caracterização 1. Contexto 1.1 Escola/agrupamento 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 1.2 Endereço Bairro do Morgadinho 7580- 210 Alcácer do Sal 1.3 Oferta Curricular Cursos de Educação e Formação (CEFS): Curso CEF Serviço de Mesa. Plano integrado de Educação e Formação (PIEF) - 2º e 3º ciclos. Ensino Básico do Pré Escolar ao 9º ano de escolaridade (com excepção do 8ºano de escolaridade) Unidade de Multi-deficiência. 1.4. Dados Escolares 1.4.1. Taxa média de transição/conclusão 90.00% 1.4.2. Taxa de abandono escolar 0.00% 1.4.3. Nº de alunos com apoios educativos 57 2. Intervenientes no processo de avaliação Ano / Ciclo de Ensino N.º de Alunos N.º de intervenientes % Pré-Escolar 0 0 -- 1.º Ano 0 0 -- 2.º Ano 0 0 -- 3.º Ano 0 0 -- 4.º Ano 20 2 10.00% Total 1.º Ciclo 20.0 2.0 5.º Ano 114 12 10.53% 6.º Ano 99 10 10.10% Outros cursos * 0 0 -- Total 2.º Ciclo 213.0 22.0 7.º Ano 131 13 9.92% 8.º Ano 0 0 -- 9.º Ano 41 4 9.76% Outros cursos * 20 2 10.00% Total 3.º Ciclo 192.0 19.0 10.º Ano 0 0 -- 11.º Ano 0 0 -- 12.º Ano 0 0 -- Outros cursos * 0 0 -- Total 425.0 43.0 Departamento/ outros intervenientes com funções pedagógicas N.º de Docentes N.º de inquiridos % Departamento de Expressões 15 3 20.00% Departamento de Línguas 11 2 18.18% Departamento de Matemática e Ciências Experimentais 14 3 21.43% Departamento de Ciências Sociais e Humanas 11 2 18.18% 0 0 0 -- 0 0 0 -- 0 0 0 -- 0 0 0 -- Total 51.0 10.0 Pais/ encarregados de educação N.º N.º de inquiridos % 0 0 0 -- Outros a definir N.º N.º de inquiridos % 0 0 0 -- 0 0 0 -- 0 0 0 -- Total 0.0 0.0
  • 2. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 2/30 Secção A D. Gestão da biblioteca escolar D.1 Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE. D.1.1 Integração/ação da BE na escola/agrupamento Evidências A coordenadora das BE do Agrupamento, professora bibliotecária da Escola Básica Pedro Nunes tem assento no Conselho Pedagógico. A Escola inclui a BE na formulação e desnvolvimento da sua missão. O Regimento das BE do Agrupamento define e divulga as regras de utilização destes espaços e dos seus recursos. Assim, 79% dos alunos considera que as regras de funcionamento da BE são adequadas e vão ao encontro das suas necessidades. O Regulamento Interno do Agrupamento contempla a Biblioteca escolar, a sua missão, os seus objetivos, com a finalidade de clarificaro papel do professor bibliotecário e as suas funções na biblioteca. O Plano Anual de Atividades do Agrupamento contempla as atividades da BE, indo ao encontro dos diferentes vetores estratégicos e problemas detetados no Projeto Educativo, num trabalho colaborativo e articulado. Como contributo para o aumento da taxa dos resultados escolares, na disciplna de Português, a BE desenvolve atividades específicas em colaboração com os docentes de Portugês, nomeadamente a participação na atividade "Leitor Top + do mês", concurso "Uma Aventura Literária". Numa articulação de objetivos e de trabalho com alguns departamentos e com a colaboração da Biblioteca Municipal foi planificada e desnvolvida para os diferentes ciclos de ensino as atividade: "Atelier oficina de sonhos" e o Projeto : A BM vai à escola - Contos improváveis. Para promover a igualdade de oportunidades de oportunidades e sucesso escolares alguns alunos com NEE do 6º e 9º anos elaboraram registos de utilização da BE, desenvolvendo competências integradas no currículo da disciplina de Matemática e Portugês com o apoio dos docentes do ensino especial. Pontos fortes identificados A BE está contemplada nos documentos organizativos da escola. As atividades promovidas pela BE estão inseridas no Plano anual de Atividades do Agrupamento e vão ao encontro dos vetores orientadores do Projeto Educativo. A integração plena dos alunos com NEE nas atividades desenvolvidas pela BE. Pontos fracos identificados A fraca articulação de atividades com o Departamento de Ciências Exatas. A equipa da BE não é estável, varia consoante a disponibilidade do corpo docente (inexistência de crédito horário para formar equipa). D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos de direção, administração e gestão da escola/agrupamento Evidências A equipa é formada pelo Professor Bibliotecário e pela assistente operacional, apoiando ao máximo dos alunos e docentes. 76% dos alunos refere que a equipa os apoia na procura de livros ou nas suas pesquisas realizadas. A BE tem uma assistente operacional a tempo inteiro, que atende os utilizadores, apoia-os nas suas pesquisas, facilita o empréstimo domiciliário, organiza e mantém a arrumação do fundo documental e dá entrada dos recursos canalizados para a BE. Requalificão de obras na BE, com verba de 1.900 euros para duas portas de vidros para a BE. 86% dos alunos considera que a área da BE é adequada a uma livre circulação e facilita a execução dos trabalhos. Pontos fortes identificados Aquisição de duas portas de vidro que apresentam a BE aberta para a escola. Divulgação das atividades da BE através do seu blogue. Pontos fracos identificados A inexistência de uma equipa da BE. A ausência da atribuição de uma verba, no início do ano letivo, para a atualização do fundo documental. D.1.3 Resposta da BE às necessidades da escola/agrupamento Evidências Todos os elementos da comunidade escolar podem frequentar a BE das 8:30 às 17h todos os dias úteis da semana. 93% dos alunos considera que o horário da BE é adequado às suas necessidades de acesso. Os docentes ...... AS estantes são de livre acesso e o fatos dos recursos da BE estarem na sua maioria catalogados e arrumados, de acordo com as classes da CDU, facilita a procura e a identificação aos seus utilizadores.83,7% dos alunos inquiridos encontra os livros ou outros recursos na BE. O espaço da BE é utilizado nos intervalos como local de lazer, principalmente o espaço de leitura informal onde estão disponíveis dois jornais diários e sete revistas mensais. % de alunos .................... Pontos fortes identificados Um horário contínuo de funcionamento da BE. O acesso livre aos utilizadores. A organização da BE. Pontos fracos identificados A existência de um certo desequilíbrio entre o fundo documental, ao nível dos recursos áudio/DVD. D.1.4 Avaliação da BE na escola/agrupamento Evidências Existiu ao longo do ano letivo uma avaliação sistemática da biblioteca, do seu funcionamento, da sua utilização, através da realização de registos diários, semanais e mensais (registo das leituras, registo da frequência da BE, pesquisas e utilização do computador). Procedeu-se ao longo do ano à aplicação do Modelo de Avaliação das BE, no que diz respeito ao domínio D. Pontos fortes identificados Existência de uma avaliação trimestral. Aplicação do Modelo de Avaliação da BE. Pontos fracos identificados Ausência de uma planificação para a implementação do MABE. D.2 Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços. D.2.1 Liderança do professor bibliotecário na escola/agrupamento Evidências O PB tem formação adequada ao desempenho das suas funções. Continua a fazer uma formação contínua e a investir na atualização das suas competências. Apresenta uma liderança forte e eficaz, mobilizando a escola para a utilização da BE e dos seus recursos. ----- dos docentes considera a capacidade de liderança e o trabalho desenvolvido com os docentes e os alunos é ------------------- O PB mantém uma relação de cordialidade e respeito pelos colaboradores da BE, estabelecendo contatos informais e encontrando soluções, sempre que se justifique. O PB tem uma participação efetiva no Conselho Pedagógico, na medida em que são monitorizadas as atividades realizadas pela BE, garantindo uma interação permanente e uma partilha com os órgãos da administração e gestão da escola. Foram estabelecidas parcerias e dinamizadas atividades de articulação com o PTE e com o PNL, com o objetivo de rentabilizar os recursos existentes, para além de envolver a comunidade educativa e escolar. Realizaram-se atividades de articulação com o currículo, nomeadamente a Semana da Leitura, onde os alunos aplicaram competências na área do Português. Pontos fortes identificados Articulação de atividades com os Departamentos de Línguas, Ciências Sociais e Humanas , PTE e PNL. Pontos fracos identificados Ausência de programas de formação para as literacias. D.2.2 Adequação dos recursos humanos às necessidades de funcionamento da BE na escola/agrupamento Evidências
  • 3. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 3/30 O PB foi designado em concurso externo, tendo renovando o seu lugar anualmente em concurso, tendo dado assim, uma continuidade ao seu trabalho. O PB possui formação adequada, nos termos da legislação. 46,5% dos alunos considera o trabalho global do PB como bom. Pontos fortes identificados Continuidade do trabalho realizado pelo PB, no ano anterior. Trabalho em articulação do PB com alguns docentes colaboradores. Articulação com a BE as BE do Agrupamento e com a BM. Existência de uma assistente operacional a tempo inteiro. Partilha de recursos entre as bibliotecas. Pontos fracos identificados A inexistência de uma equipa na BE da escola. D.2.3 Adequação da BE em termos de espaço às necessidades da escola/agrupamento Evidências A BE apresenta uma zona de trabalho individual e uma outra em grupo, o que facilita ,não só a sua utilização pelas turmas em contexto de sala de aula, mas também a sua utilização a título individual. Foi alterada a disposição de algumas estantes e sofás, o que tornou o espaço da BE mais convidativo e acolhedor. 90% % de docentes considera que a organização do espaço , o mobiliário e as condições de acomodação na BE são boas. 86% dos alunos considera que a área da BE é adequada. Pontos fortes identificados A BE integra os normativos definidos pela RBE. Foi utilizada um verba da RBE para a colocação de duas portas de vidro na BE, dando -lhe uma nova apresentação. Pontos fracos identificados -- D.2.4 Adequação dos computadores e equipamentos tecnológicos ao trabalho da BE e dos utilizadores na escola/agrupamento. Evidências A BE dispõe de 7 computadores para a realização de trabalhos e pesquisas (trabalho grupo/turma)e um computador na zona de atendimento. Os alunos podem utilizar os computadores para trabalho de pesquisa, individualmente ou com o professor/turma, mediante uma requisição. Os equipamentos estão actualizados e em rede, o que facilita o trabalho dos alunos. 65% dos alunos consideram que os computadores respondem às necessidades e permitem-lhes realizar os trabalhos . 50% dos docentes considera razoável o número, adequação e actualização dos equipamentos tecnológicos da BE. Pontos fortes identificados O número de computadores na BE. A atualização do hardware e do software. O funcionamento em rede. Pontos fracos identificados O reduzido número de equipamentos vídeo/DVD. Um recurso reduzido a diferentes tipos de ferramentas da Web 2.0 D.3 Gestão da coleção/da informação. D.3.1 Planeamento/ gestão da coleção de acordo com a inventariação das necessidades curriculares e dos utilizadores da escola/agrupamento Evidências Existe o Manual de procedimentos comum às BE e à BM do concelho. O catálogo está totalmente informatizado e colocado à disposição dos utilizadores para a pesquisa da informação (ver CK3). 66,7% dos alunos considera que o catálogo da BE é útil nas pesquisas (QA4). 64,4% dos alunos indica que a BE tem uma documentação variada (QA4). Pontos fortes identificados A política documental encontra-se definida . A existência de uma gestão integrada que permite a circulação da documentação. A construção em breve de um portal RBSAL com catalogo coletivo disponível. Pontos fracos identificados A política de desenvolvimento da Coleção ainda não foi formalizada e submetida ao parecer do Conselho Pedagógico. D.3.2 Adequação dos livros e de outros recursos de informação (no local e em linha) às necessidades curriculares e aos interesses dos utilizadores na escola/agrupamento. Evidências A colecção ainda não está equilibrada em termos de quantidade entre suportes e entre as diferentes áreas, havendo uma discrepância entre o material livro e não livro. A colecção ainda não está equitativamente distribuída, sendo a classe 8 (Língua Literatura) aquela onde se regista um maior número de recursos disponíveis. O desenvolvimento da colecção foi durante este ano lectivo, planeado de acordo com a avaliação da colecção, mas necessita de acções de melhoria e de ter em conta os critérios formalizado na política de desenvolvimento da coleção(no final do 3º período). 60% dos docentes considera que a adequação da coleção às necessidades pessoais e ao trabalho com os alunos é boa, já 60% dos docentes inquiridos considera que a atualidade dos fundos documentais é razoável. Pontos fortes identificados Aquisição de algumas obras no âmbito do PNL e a assinatura de novas revistas mensais. Pontos fracos identificados Desequilíbrio na coleção, entre suportes e áreas. D.3.3 Uso da coleção pelos utilizadores da escola/agrupamento Evidências No início do ano letivo, os alunos que frequentam a escola, pela primeira vez, 1º ano e 5º ano são recebidos na BE e são -lhes divulgadas as regras de funcionamento e de utilização da BE (é entregue a cada aluno um guia de utilizador), o que lhes permite um conhecimento mais prático e direto sobre as regras de utilização da BE. A BE promove o empréstimo domiciliário à comunidade escolar, através de requisições ((este ano letivo a taxa de empréstimo ao domicilio foi de 52,38%)Porém a coleção ainda é usada medianamente pelos utilizadores. 51% do número total de alunos inquiridos recorre à coleção no seu apoio ao estudo e na realização de trabalhos. Os alunos que frequentam o espaço da BE, requisitam livros e utilizam os recursos que estão disponíveis na BE, contando sempre com o apoio do PB e da assistente operacional. Os docentes utilizam a BE e os seus recursos nas suas atividades de ensino/aprendizagem, nomeadamente 60% dos docentes consideram que a coleção está bem adequada às suas necessidades pessoais. Pontos fortes identificados A utilização da BE pelos alunos do 2º ciclo e 7º ano. Pontos fracos identificados A coleção para o pré -escolar e 1º ciclo não responde às necessidades dos docentes nem dos alunos. Uma diminuição de requisições de livros e recursos, por parte dos alunos do pré -escolar e do 1º ciclo da escola. D.3.4 Organização da informação. Informatização da coleção Evidências A informação está organizada segundo as regras e linguagens normalizadas; na classificação, catalogação e indexação, o que facilita a procura de documentos e a identificação de assuntos. Está disponível, em linha, o catálogo da BE aos utilizadores e permite uma pesquisa útil. Pontos fortes identificados
  • 4. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 4/30 A existência de um catálogo informatizado online. Pontos fracos identificados Reduzida exploração do catálogo, apesar da sua divulgação. D.3.5 Difusão da informação Evidências Existe a difusão de informação no blogue da BE: http://bibliotecasalcacerdosal.blogspot.pt/e no Moodle do Agrupamento: http://ebpedronunes.website.online.pt/ 79% dos alunos considera que a BE divulga os seus recursos e as atividades que realiza. Existe a divulgação de recursos na sala de professores e na BE em espaço próprio. Pontos fortes identificados Divulgação da informação e de recursos. Pontos fracos identificados reduzido número de estratégias de interação com os utilizadores Web. Quadro Síntese D. Gestão da biblioteca escolar Motivo da escolha do domínio Concluir o processo de avaliação de quatro anos. Este é último ano e domínio a ser avaliado dentro do processo do Modelo de Avaliação da BE. Nível obtido 3.17 Ações para melhoria Reforçar e articular os objetivos de trabalho da BE com os Departamentos e com os docentes. atribuição de uma verba no início de cada ano letivo para aquisições de fundo documental, tendo em conta as necessidades e prioridades dos Departamentos Curriculares. Inventariar as necessidades funcionais da BE e dos utilizadores. Equilibrar, através de aquisições, o fundo documental da biblioteca de acordo com os interesses dos utilizadores. Observações -- Nível obtido 2.80 Ações para melhoria Promover mais formação na área das BE para as assistentes operacionais e para docentes. Criar programas de formação para as literacias, atendendo às necessidades dos utilizadores da BE. Aprofundar a articulação com os docentes das TIC para rentabilizar os equipamentos/possibilidades de trabalho com os alunos. Observações -- Nível obtido 3.00 Ações para melhoria Apresentar aos órgãos de administração e gestão a política de desenvolvimento da coleção. Realizar avaliações anuais da coleção. Detetar os pontos fracos da coleção e reforçar as áreas com carências identificadas. Manter a coleção da BE atualizada e adequada às necessidades da população que serve. Explorar e difundir o uso de recursos em linha. Incentivar o recurso de dispositivos da WEB 2.0 para produzir e difundir informação. Concretizar o Portal Concelhio RBSAL Observações -- Fontes de evidências Neste item pode incluir excertos ou referências de diferentes documentos. Limite máximo de 2500 caracteres. Documentos de gestão da Escola/ Agrupamento (Projeto Educativo, Projeto Curricular, Plano de Ação, Regulamento Interno, Plano Anual de Atividades, relatórios de avaliação, currículos profissionais da equipa da BE, outros.) Excerto do Regulamento Interno do Agrupamento: "A BE proporciona oportunidades de produção e utilização de informação para o conhecimento, compreensão, imaginação e divertimento..." Plano Anual de Atividades do Agrupamento, intitulado: "Construir + saber", onde está inserido o Plano Anual de Atividades da BE da escola. Documentos pedagógicos da Escola/Agrupamento (Planificações dos departamentos, ACND, AEC, SAE, PTE-TIC, OTE, projetos curriculares das turmas, orientações/ recomendações do CP, trabalhos de alunos, resultados de avaliação dos alunos, outros) Documentos de planificação e de avaliação de cada atividade proposta e desenvolvida pela BE. Planificação da atividade: dinamização da leitura do livro "O marquês de Pombal e o seu tempo" em articulação com o Departamento de Ciências Sociais e Humanas para o 6º ano de escolaridade, para dar a conhecer aos alunos o alcance das reformas Pombalinas. Planificação da atividade: Leitura Expressiva do livro “Esdrúxulas, graves e agudas, magrinhas e barrigudas” de José Fanha (em articulação com o grupo disciplinar de Português). Participação no Concurso "Uma Aventura Literária" com os alunos do 6º ano de escolaridade. Documentos de Gestão da BE (Plano de Ação, Plano Anual de Atividades, acordos de parceria, Política de Desenvolvimento da Coleção, Manual de Procedimentos, Regimento, horário, relatórios, plantas, inventários, outros) Guia de utilizador da BE Pedro Nunes, onde consta o horário de funcionamento da BE. Semana da Leitura – Língua Portuguesa/BE a) Projeto SOBE b) Leituras Trocadas. Protocolo de colaboração entre a Biblioteca da Escola Secundária de Alcácer do Sal e a Biblioteca do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal: As Professoras-Bibliotecárias do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal e da Escola Secundária de Alcácer do Sal, respetivamente, Madalena Cabral e Julieta Machado, comprometem-se a colaborar, no sentido de melhorar os serviços, recursos materiais e humanos das suas bibliotecas escolares. Atividades planificadas em parceria com a Biblioteca Municipal. Documentos de funcionamento e dinamização da BE (Atas/ registos de reuniões/ contactos, registos de projetos/ atividades realizados, estatísticas da BE, materiais de apoio produzidos e editados, catálogo e outras ferramentas utilizadas, resultados de avaliação da coleção, outros) Dados estatísticos sobre a utilização da BE (Base de dados 2012/13)): Número de documentos emprestados para domicílio: 736; número de documentos emprestados presencialmente: 7867; número de documentos emprestados em contexto de sala de aula:5687; número de documentos emprestados interbibliotecas:60. Catalogo diponivel online.
  • 5. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 5/30
  • 6. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 6/30 Perfis de desempenho D.1 Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE. D1.1 Integração da BE no funcionamento global da escola e inclusão na formulação e desenvolvimento da sua missão, princípios e objetivos estratégicos e operacionais: 4. A BE Está bem integrada e contemplada. D1.2 Reconhecimento do valor da BE pelos órgãos de direção, administração e gestão e garantia de condições em termos de recursos humanos com qualidade e de verba para o seu funcionamento: 3. Reconhecem o valor da BE, garantindo condições adequadas. D1.3 A BE assume-se e é entendida como um recurso ativo ao serviço da escola / O professor bibliotecário integra o CP / Os órgãos de direção, administração e gestão reconhecem o valor da articulação/planificação entre a BE e os vários departamentos curriculares e demais estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica: 3. Sim/ Sim/ Sim. D1.4 A BE faculta serviços e articula atividades/projetos com a escola: 3. Faculta bons serviços e articula atividades/projetos com a escola – 60 a 79% avalia positivamente o trabalho da BE. D1.5 A BE: 3. Tem horário contínuo, responde satisfatoriamente, faculta acompanhamento/formação e regista utilização entre 60 e 79%. D1.6 A BE: 3. Implementa um sistema de avaliação e de melhoria contínuo, planificando e orientando a sua acção com base nos dados obtidos. D.2 Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços. D2.1 O professor bibliotecário possui formação: 4. Muito adequada ao seu conteúdo funcional, nos termos da legislação vigente (10 pontos ou mais). D2.2 O professor bibliotecário: 3. Exerce uma boa gestão, procurando mobilizar a equipa e a escola – 60 a 79% avaliam muito positivamente este item. D2.3 A equipa é, no que respeita às competências e número dos seus elementos: 1. Limitada no que respeita às competências e ao número dos seus elementos e necessidades da escola. D2.4 Condições de espaço, mobiliário e equipamento da BE: 3. A BE apresenta boas condições, adequando-se bem ao trabalho na escola. D2.5 Nível dos equipamentos tecnológicos (hardware e software) disponibilizados pela BE: 3. Respondem às necessidades da escola e estão atualizados – 60 a 79% dos utilizadores avaliam positivamente este item. D.3 Gestão da coleção/da informação. D3.1 A coleção: 3. Responde bem às necessidades de informação da escola e é equilibrada nos suportes e diferentes áreas. D3.2 Uso da Coleção pelos docentes e alunos no desenvolvimento das suas atividades, para ler, para se recrear ou para satisfazer necessidades de informação: 3. Muito usada – 60 a 79% dos docentes e 60 a 79% dos alunos recorrem à coleção. D3.3 O catálogo: 3. Está maioritariamente informatizado e inclui recursos em linha, também devidamente organizados. D3.4 Existe uma política documental definida para a escola e o desenvolvimento da coleção realiza-se, tendo em conta os princípios definidos na Política de desenvolvimento da coleção (PDC): 3. Sim. D3.5 A BE conta com uma verba anual para atualização da coleção: 1. Não. D3.6 Existe uma rede partilhada de documentação entre as várias BE/ escolas/JI e, a nível local, com outras bibliotecas e com a BM: 4. Sim. D3.7 A BE desenvolve uma política permanente de difusão da informação com o objetivo de divulgar recursos de informação e incentivar o seu uso: 4. Sim, de forma permanente.
  • 7. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 7/30 Secção B Domínio A. Apoio ao desenvolvimento curricular A.1. Articulação curricular da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica e os docentes. Relatório de avaliação A BE está integrada nos documentos orientadores do Agrupamento, para além disso, das atividades propostas pela BE estão inseridas no Plano Anual de Atividades do Agrupamento. A professora bibliotecária esteve presente em quase todas as reuniões do Conselho Pedagógico, onde tem assento. A PB realizou um trabalho em articulação eficaz, com todos os órgãos da escola e em particular com os Coordenadores de Departamento, de forma a integrar as atividades da BE no desenvolvimento das respetivas atividades, estratégias e recursos. A BE é bem rentabilizada pelos docentes no âmbito das suas atividades letivas, conforme o comprova as trezentas requisições do espaço como complemento da aula de aula e da requisição de documentos emprestados em contexto de sala de aula (5668). - A BE disponibilizou e organizou eficazmente livros e atividades de leitura no âmbito do PNL com todas as turmas da escola/Agrupamento. A BE planificou atividades com o Departamento de Línguas (postais de Natal, Halloween, frase de amor no dia dos namorados) onde os trabalhos foram expostos na BE. A utilização da BE é rentabilizada em atividades de estudo , leitura e pesquisa em contexto livre. A BE promoveu a comemoração do dia Nacional do autor Português convidando uma docente de outra escola (Concelho de Grândola) para fazer uma atividade sobre a obra do escritor José Fanha. Evidências que fundamentam o relatório A realização da Semana de Leitura com a colaboração de docentes do grupo de Português. A participação de alguns alunos com NEE, no registo de dados estatísticos (blocos de noventas minutos ao longo da semana)que desenvolveram atividades de estudo fora da sala de aula, acompanhados do docente do ensino especial. Na Semana da leitura realizaram-se "Leituras trocadas" em que alunos da escola foram fazer leituras, em diferentes contextos na escola Secundária. Ações para melhoria Organizar ações informais de formação sobre a BE junto dos docentes. Continuar a promover a articulação com os Departamentos e Conselhos de Turma, de modo a conseguir um maior envolvimento e uma maior interação e rentabilização de recursos disponíveis. A.2. Promoção das literacias da informação, tecnológica e digital. Relatório de avaliação A BE no inicio do ano letivo desenvolveu algumas atividades relacionadas com a formação dos utilizadores, mas não contemplou todas as turmas. Há a necessidade de se investir mais na área de apoio ao desenvolvimento Curricular e de promover a autonomia e o desenvolvimento de competências no âmbito da literacia da informação. Estabeleceu -se parcerias com as outras BE do Concelho e com a BM. Evidências que fundamentam o relatório Tentando colmatar alguns dos problemas identificados no Projeto Educativo do Agrupamento, tais como "elevada taxa de absentismo, insucesso escolar e indisciplina" a BE tentou cativar os alunos para a utilização do espaço da BE com a criação de atividades como concurso leitor do mês "TOP + Leitor", Projeto "O que Fazemos" em que os alunos durante a hora do almoço frequentavam a BE e realizavam atividades/trabalhos práticos, jogos lúdicos nos computadores. Ações para melhoria Implicar a BE nas políticas, projetos e planos existentes na escola/agrupamento na área da TIC e da gestão da informação. Domínio B. Leitura e literacia B.1. Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura na escola/agrupamento. Relatório de avaliação No âmbito da promoção da leitura a BE tem tido um impacto relevante, uma vez que promove atividades de leitura , divulga recursos e tem dentro do possível renovado o seu fundo documental, no que diz respeito à literatura juvenil. No âmbito do PNL, a BE dispõe de uma listagem de obras em número suficiente para que os docentes possam proceder a atividades de leitura orientada em contexto de sala de aula. A escola divulgou os concursos do PNL e participou, sempre que os alunos e docentes manifestaram interesse. Evidências que fundamentam o relatório A "Hora do Conto" realizada semanalmente para o pré -escolar e 1º ciclo foi uma mais valia, incentivando à leitura , à dramatização e à divulgação de autores portugueses e estrangeiros. "Leituras trocadas" foi uma atividade desenvolvida na semana de leitura que teve lugar em março, em que alunos da escola foram fazer leituras, em diferentes contextos na escola Secundária. O Concurso Nacional de Leitura - 7ª Edição- com a participação de duas alunas do 9º ano de escolaridade na fase distrital no auditório da BM do Barreiro. A Participação de uma turma do 6º ano no Concurso "Uma Aventura Literária". A Feira do livro Usado (em janeiro) e a Feira do Livro (no terceiro período)permitiram também a divulgação de livros e de autores. Ações para melhoria Existir uma equipa da BE que trabalhe em articulação, pois não existe equipa. B.2. Integração da BE nas estratégias e programas de leitura ao nível da escola/agrupamento. Relatório de avaliação No Projeto Educativo e consequentemente no PAA está contemplado o desenvolvimento de competências no âmbito da leitura e da escrita e a BE surge como recurso fundamental a esse trabalho. As linhas de orientação do PNL foram tidas em conta e os docentes de português promoveram-nas junto dos seus alunos, sempre com a finalidade de incentivar os alunos à leitura. A atividade desenvolvidas na semana da leitura "Leituras Trocadas" foram uma prova para o incentivo à leitura. Evidências que fundamentam o relatório "Leituras trocadas" realizadas na Semana da Leitura". Participação de dois alunos do nono ano de escolaridade no Concurso Nacional de Leitura. A "Hora do Conto" atividade semanal desenvolvida para o pré-escolar e primeiro ciclo. "Ler em espiral" - atividade de leitura desenvolvida pelos alunos na semana da leitura. Concurso do leitor do mês: "TOP+Leitor" Ações para melhoria Organizar seminários sobre a importância da leitura para pais e encarregados de educação/família. Elaborar guiões de leitura, de acordo com as leituras orientadas em contexto de sala de aula. B.3. Impacto do trabalho da BE nas atitudes e competências dos alunos, no âmbito da leitura e da literacia. Relatório de avaliação A BE permanece aberta durante todo o dia, o que permite o livre acesso da mesma aos seus utilizadores de forma sistemática aos alunos e docentes. Os alunos frequentam o espaço da BE nos intervalos e nos seus tempos livres, porém não é a leitura a atividade preferida. As atividades, no âmbito da leitura, desenvolvidas pela BE, são maioritariamente em articulação com os docentes e em contexto de sala de aula. Evidências que fundamentam o relatório O número de alunos que utilizou o empréstimo domiciliário reduziu comparativamente com o ano letivo anterior. Ações para melhoria Dialogar com os alunos com vista a identificar os interesses e as necessidades dos mesmos , no campo da leitura. Motivar e encorajar os alunos a participarem em atividades livres, no âmbito da leitura. Domínio C. Projetos, parcerias e atividades livres e de abertura à comunidade
  • 8. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 8/30 C.1. Apoio a atividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricular. Relatório de avaliação Os alunos beneficiaram de acesso livre e permanente à BE, pois o horário de funcionamento desta é continuo. A BE está organizada em zonas definidas que permitem o trabalho individual,o trabalho em grupo ou uma leitura informal. Ao longo do ano houve um incentivo à participação dos alunos em atividades lúdicas e desafios relacionados com as disciplinas Evidências que fundamentam o relatório Horário da BE. Exposições, ao longo do ano, com trabalhos elaborados pelos alunos na comemoração de efemérides em articulação com os Departamentos Curriculares. Ações para melhoria Aumentar a participação da BE na dinamização de atividades culturais da escola/agrupamento. Solicitar o envolvimento e colaboração dos encarregados de educação/Pais e da comunidade na organização e financiamento dos eventos. C.2. Projetos e parcerias Relatório de avaliação As atividades da BE estão integradas no PAA do Agrupamento. A Biblioteca Municipal planifica atividades com a BE, numa dimensão pedagógica e organizativa. Existe um trabalho colaborativo de empréstimos e de atividades desenvolvidas com as outras BE do Agrupamento. Evidências que fundamentam o relatório A PB participou em reuniões interconcelhias com a CIBE. A BM colaborou em atividades desenvolvidas com as BE do Agrupamento. Elaboraram-se e reformularam-se documentos orientadores, para pôr em prática o trabalho colaborativo e para a formulação de boas práticas (Manual de Procedimentos, empréstimo interbibliotecas, Gestão da Coleção). A autarquia colaborou no transporte dos alunos, aquando da participação dos alunos em atividades promovidas ou orientadas pela BE, fora do concelho. Ações para melhoria Melhorar a comunicação entre a BE e a Comunidade Educativa sobre Projetos em curso ou que possam vir a participar. Organizar encontros/seminários para comunicação e partilha de experiências. Fontes de evidências Neste item pode incluir excertos ou referências de diferentes documentos. Limite máximo de 2500 caracteres. Documentos de gestão da Escola/ Agrupamento (Projeto Educativo, Projeto Curricular, Plano de Ação, Regulamento Interno, Plano Anual de Atividades, relatórios de avaliação, currículos profissionais da equipa da BE, outros.) Plano Anual de Atividades do Agrupamento, intitulado: "Construir + saber", onde está inserido o Plano Anual de Atividades da BE da escola. Documentos pedagógicos da Escola/Agrupamento (Planificações dos departamentos, ACND, AEC, SAE, PTE-TIC, OTE, projetos curriculares das turmas, orientações/ recomendações do CP, trabalhos de alunos, resultados de avaliação dos alunos, outros) Documentos de planificação e de avaliação de cada atividade proposta e desenvolvida pela BE. Planificação da atividade: dinamização da leitura do livro "O marquês de Pombal e o seu tempo" em articulação com o Departamento de Ciências Sociais e Humanas para o 6º ano de escolaridade, para dar a conhecer aos alunos o alcance das reformas Pombalinas. Planificação da atividade: Leitura Expressiva do livro “Esdrúxulas, graves e agudas, magrinhas e barrigudas” de José Fanha (em articulação com o grupo disciplinar de Português). Participação no Concurso "Uma Aventura Literária" com os alunos do 6º ano de escolaridade. Documentos de Gestão da BE (Plano de Ação, Plano Anual de Atividades, acordos de parceria, Política de Desenvolvimento da Coleção, Manual de Procedimentos, Regimento, horário, relatórios, plantas, inventários, outros) Guia de utilizador da BE Pedro Nunes, onde consta o horário de funcionamento da BE. Semana da Leitura – Língua Portuguesa/BE a) Projeto SOBE b) Leituras Trocadas. Protocolo de colaboração entre a Biblioteca da Escola Secundária de Alcácer do Sal e a Biblioteca do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal: As Professoras-Bibliotecárias do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal e da Escola Secundária de Alcácer do Sal, respetivamente, Madalena Cabral e Julieta Machado, comprometem-se a colaborar, no sentido de melhorar os serviços, recursos materiais e humanos das suas bibliotecas escolares. Atividades planificadas em parceria com a Biblioteca Municipal. Documentos de funcionamento e dinamização da BE (Atas/ registos de reuniões/ contactos, registos de projetos/ atividades realizados, estatísticas da BE, materiais de apoio produzidos e editados, catálogo e outras ferramentas utilizadas, resultados de avaliação da coleção, outros) Dados estatísticos sobre a utilização da BE (Base de dados 2012/13)): Número de documentos emprestados para domicílio: 736; número de documentos emprestados presencialmente: 7867; número de documentos emprestados em contexto de sala de aula:5687; número de documentos emprestados interbibliotecas:60. Catalogo diponivel online. Síntese geral da avaliação das BE do agrupamento O preenchimento deste quadro só se aplica aos Agrupamentos. Apesar de feito no espaço da aplicação da escola sede, pretende ser uma síntese breve e geral da avaliação realizada ao nível das bibliotecas do Agrupamento, de modo a facilitar uma visão global do seu desempenho e a adopção de uma política de gestão integrada que promova o seu desenvolvimento harmonioso e articulado. Identificar domínio/ subdomínios avaliados e níveis obtidos em cada BE D.1. Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso a serviços prestados pela BE- Nível 3 D.2. condições humanas e materiais para a prestação dos serviços - Nível 2.80 D.3. Gestão da coleção/da informação - Nível 3 Pontos fortes A BE está contemplada nos documentos orientadores do Agrupamento. As atividades promovidas pela BE estão inseridas no PAA do Agrupamento e vão ao encontro dos problemas do Projeto Educativo. Participação do PB em reuniões de articulação com os docentes. Utilização dos recursos da BE pelos alunos e docentes. A BE iniciou o Projeto SOBE. Apoio aos utilizadores no acesso aos recursos da BE. Articulação da BE com alguns projetos da Escola (PNL). Formação adequada na área das BE, da professora bibliotecária. A plena integração dos alunos NEE nas atividades da BE. Divulgação das atividades da BE no blogue das BE. O horário continuo de funcionamento da BE. O acesso livre aos utilizadores. Aplicação do Modelo de Avaliação da BE. Continuidade do trabalho desenvolvido pela PB, durante um período de quatro anos.
  • 9. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 9/30 Articulação com as BE da RBE do Concelho e com a BM. Divulgação de recursos entre as BE do Concelho. Existência de uma assistente operacional a tempo inteiro na BE. A existência de um catálogo informatizado online. Aquisição de obras, no âmbito do PNL. Pontos fracos A inexistência de uma equipa da BE. Ausência de uma verba anual atribuída no início de cada ano letivo , para a atualização do fundo documental. Desequilíbrio do fundo documental, ao nível de recursos áudio/DVD. Ausência de uma planificação para a implementação do MABE. Ausência de programas de formação para as literacias. Reduzido número de estratégias de interação com os utilizadores da Web 2.0. Um registo menor de requisições de livros/recursos, por parte dos alunos do 3º ciclo. Ações para melhoria Apresentar aos órgãos de administração e gestão a Política de Desenvolvimento da Coleção. Realizar avaliações anuais das coleções. Inventariar as necessidades funcionais da BE e dos seus utilizadores. Maior empenho na criação do Portal RBSAL. Reforçar a articulação de objetivos e de trabalho com os diferentes Departamentos e com os docentes. Detetar os pontos fracos das coleções e reforçar as áreas com carências identificadas. Manter a coleção da BE atualizada e adequada às necessidades da população que serve. Explorar e difundir o uso de recursos em linha. Incentivar o recurso de dispositivos da Web para a produção e difusão da informação. Adquirir material não livro, de acordo com as prioridades definidas pelos departamentos Curriculares. Equilibrar, através de aquisições, o fundo documental das BE de acordo com os interesses e necessidades dos utilizadores. Promover formação na área das BE para assistentes operacionais e docentes.
  • 10. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 10/30 Secção C Domínio A. Apoio ao desenvolvimento curricular Ano de incidência da avaliação. 2010 Data de apresentação ao Conselho Pedagógico. -- A.1. Articulação curricular da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica e os docentes. Nível obtido 2 Resultados das ações de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio. Uma maior articulação entre os Departamentos curriculares e a BE na planificação de atividades. Recomendações do Conselho Pedagógico Uma maior colaboração entre os docentes e a BE de modo a serem eles os primeiros a dar o exemplo de frequentarem a BE para o enriquecimento do seu connhecimento. A.2. Promoção das literacias da informação, tecnológica e digital. Nível obtido 2 Resultados das ações de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio. Os docentes passaram a frequentar em contexto de sala de aula mais vezes a BE , havendo um trabalho de bastidores de preparação entre o docente e o PB. Recomendações do Conselho Pedagógico O funcionamento em pleno, e a existência de uma futura articulação entre a BE e o PTE, para que os resultados dos alunos da escola, a nível da promoção das literacias da informação , tecnológica e digital sejam mais satisfatórios. Domínio B. Leitura e literacia Ano de incidência da avaliação. 2011 Data de apresentação ao Conselho Pedagógico. -- Nível obtido 2 Resultados das ações de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio. Maior adesão dos alunos para a prática da leitura e literacias. A divulgação do "livro e escritor do mês" através de placard e do blog da BE com livros mais apelativos, adequados aos seus interesses e idades foi uma mais valia. A criação de um novo blog só relacioado com as leituras praticadas pelos alunos intítulado"Os Heróis do PNL" também funcionou. Recomendações do Conselho Pedagógico A existência de uma maior articulação com os vários docentes dos Departamentos através da participação em programas e projectos relacionados com a leitura. Sensibilizar os encarregados de educação para a importância da leitura e da literacia , como suporte às aprendizagens e à progressão da formação dos alunos da escola, como futuros cidadãos. Domínio C. Projetos, parcerias e atividades livres e de abertura à comunidade Ano de incidência da avaliação. 2012 Data de apresentação ao Conselho Pedagógico. -- C.1. Apoio a atividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricular. Nível obtido 3 Resultados das ações de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio. Os alunos beneficiam de acesso livre e permanente à BE, pois o seu horário é contínuo. A BE está organizada em zonas bem definidas que permitem um trabalho individual, em grupo ou uma leitura informal. Recomendações do Conselho Pedagógico Incentivar os alunos ao longo do ano a participarem em atividades lúdicas e em desafios relacionados com as disciplinas curriculares. Solicitar o envolvimento e a colaboração dos encarregados de educação/pais e da comunidade na organização dos eventos. C.2. Projetos e parcerias Nível obtido 3 Resultados das ações de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio. As atividades da BE estão integradas no PAA do Agrupamento. A BM planifica atividades com a BE, numa dimensão pedagógica e organizativa. Envolvimento da BE e da Escola nos Projetos já existentes e a participação em novos. Criaram-se documentos orientadores para pôr em prática um trabalho colaborativo e para a formalização de boas práticas, nomeadamente: a)manual de procedimentos; b)Empréstimo entre bibliotecas; c)gestão da coleção. Recomendações do Conselho Pedagógico Existir uma maior articulação entre os vários Departamentos Curriculares e as atividades desenvolvidas pela BE (PAA). Uma maior participação e envolvimento dos docentes no trabalho desenvolvido pela BE e pelo PB. Domínio D. Gestão da biblioteca escolar Ano de incidência da avaliação. 2013 Data de apresentação ao Conselho Pedagógico. -- D.1. Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE. Nível obtido 3 Resultados das ações de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio. -- Recomendações do Conselho Pedagógico -- D.2. Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços. Nível obtido 2 Resultados das ações de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio.
  • 11. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 11/30 -- Recomendações do Conselho Pedagógico -- D.3. Gestão da coleção/da informação. Nível obtido 3 Resultados das ações de melhoria implementadas, após avaliação, para o subdomínio. -- Recomendações do Conselho Pedagógico -- Observações --
  • 12. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 12/30 QA4. Questionário aos alunos 1. Identificação Masculino 24 55.8% Feminino 19 44.2% 2. Frequento: 2.1 Ensino Básico: 5.º 12 29.3% 6.º 12 29.3% 7.º 13 31.7% 9.º 4 9.8% 2.1.1 Tipo de ensino CEF 1 50.0% PIEF 1 50.0%
  • 13. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 13/30 2.2 Ensino Secundário: 2.2.1 Curso 3. Vais à biblioteca escolar (BE) Todos os dias 14 32.6% Uma ou duas vezes por semana 18 41.9% Uma ou duas vezes por mês 9 20.9% Uma ou duas vezes por período 2 4.7% 4.1 O horário da BE é adequado e responde às tuas necessidades de acesso? Sim 40 93.0% Não 3 7.0% 4.2 A área da BE é adequada para circulares à vontade e realizares bem os trabalhos. Sim 37 86.0% Não 6 14.0%
  • 14. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 14/30 4.3 Os computadores respondem às tuas necessidades e têm-te permitido realizar os trabalhos. Sim 28 65.1% Não 15 34.9% 4.4 Encontras os livros ou outros documentos que procuras. Sim 36 83.7% Não 7 16.3% 4.5 Os livros e outros documentos são atuais e têm informação com qualidade. Sim 30 69.8% Não 13 30.2%
  • 15. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 15/30 4.6 Na BE existe documentação variada, incluindo: CD, CD-ROM, DVD, e informação "online"? Sim 29 64.4% Não 16 35.6% 4.7 O catálogo da BE é útil nas tuas pesquisas? Sim 30 66.7% Não 15 33.3% 4.8 A equipa apoia-me quando procuras um livro, precisas de realizar uma pesquisa ou fazer um trabalho, se pedires? Sim 33 76.7% Não 10 23.3%
  • 16. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 16/30 4.9 O regulamento de funcionamento da BE é adequado e responde às tuas necessidades? Sim 34 79.1% Não 9 20.9% 4.10 A BE informa-te acerca dos materiais existentes e das atividades que realiza? Sim 34 79.1% Não 9 20.9% 5.1 Obras de referência: enciclopédias, dicionários... Bom 20 46.5% Razoável 23 53.5%
  • 17. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 17/30 5.2 Jornais e revistas. Bom 26 60.5% Razoável 17 39.5% 5.3 Livros de literatura. Bom 24 55.8% Razoável 16 37.2% Fraco 3 7.0% 5.4 Livros de tipo informativo. Bom 20 46.5% Razoável 21 48.8% Fraco 2 4.7%
  • 18. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 18/30 5.5 CD áudio, DVD, jogos. Bom 19 44.2% Razoável 20 46.5% Fraco 4 9.3% 5.6 Livros para apoio ao estudo e para realização de trabalhos. Bom 22 51.2% Razoável 20 46.5% Fraco 1 2.3% 5.7 Informação organizada acessível através da Internet Bom 8 18.6% Razoável 28 65.1% Fraco 7 16.3%
  • 19. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 19/30 6. Classifica o trabalho global do professor bibliotecário/ equipa no acesso à BE, no apoio à pesquisa de informação e na realização de trabalhos. Muito bom 7 16.3% Bom 20 46.5% Razoável 16 37.2%
  • 20. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 20/30 QD4. Questionário aos docentes Ciclo de Ensino 2.º Ciclo 5 50.0% 3.º Ciclo 5 50.0% 1. Considera a gestão da biblioteca escolar (BE) eficaz e capaz de favorecer o trabalho com os alunos e a articulação com o currículo? Muito 4 40.0% Razoavelmente 5 50.0% Pouco 1 10.0% 2. Como classifica as condições de acesso e os recursos disponibilizados pela BE? 2.1 Horário de abertura da BE. Muito Bom 3 30.0% Bom 5 50.0% Razoável 2 20.0%
  • 21. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 21/30 2.2 Área, organização do espaço, mobiliário existente e condições de acomodação nas deslocações com alunos. Muito Bom 1 10.0% Bom 9 90.0% 2.3 Número, atualização e adequação dos equipamentos tecnológicos da BE. Muito Bom 1 10.0% Bom 4 40.0% Razoável 5 50.0% 2.4 Adequação da coleção às necessidades pessoais de documentação e ao trabalho pedagógico com os alunos. Bom 6 60.0% Razoável 4 40.0%
  • 22. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 22/30 2.5 Atualidade dos fundos documentais. Bom 4 40.0% Razoável 6 60.0% 2.6 Diversidade da coleção em áreas temáticas e em suportes, incluindo recursos organizados em linha. Bom 4 40.0% Razoável 6 60.0% 2.7 Disponibilização de informação relacionada com interesses pessoais/ divulgação de iniciativas. Muito Bom 2 20.0% Bom 4 40.0% Razoável 4 40.0%
  • 23. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 23/30 2.8 Disponibilização de informação relacionada com o trabalho escolar/ currículo. Bom 4 40.0% Razoável 6 60.0% 2.9 Disponibilização de recursos e de ferramentas Web para acesso, produção e difusão de informação. Bom 1 10.0% Razoável 9 90.0% 3. Como classifica os serviços prestados pela BE? 3.1 Capacidade de liderança do professor bibliotecário, trabalho com os departamentos, docentes e alunos e desempenho ao nível de gestão da BE. Bom 7 70.0% Razoável 3 30.0%
  • 24. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 24/30 3.2 Capacidade de contribuir para melhorar a qualidade do trabalho escolar e o nível de competências dos alunos. Bom 8 80.0% Razoável 2 20.0% 3.3 Trabalho da equipa na criação de instrumentos de apoio ao trabalho escolar e aos utilizadores. Bom 5 50.0% Razoável 5 50.0% 3.4 Interação da BE com a escola. Definição de programas formativos e de trabalho com departamentos e docentes. Bom 5 50.0% Razoável 5 50.0%
  • 25. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 25/30 3.5 Criação de condições de acesso e acompanhamento aos utilizadores na pesquisa e uso da informação. Muito Bom 1 10.0% Bom 5 50.0% Razoável 4 40.0% 3.6 Criação de condições para o uso das TIC e para a exploração e uso qualificado da Internet e disseminação de ferramentas Web Bom 1 10.0% Razoável 8 80.0% Fraco 1 10.0% 3.7 Criação de condições para a promoção da leitura e da literacia. Muito Bom 2 20.0% Bom 7 70.0% Razoável 1 10.0%
  • 26. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 26/30 3.8 Trabalho articulado com os docentes e apoio ao desenvolvimento curricular. Bom 7 70.0% Razoável 3 30.0% 3.9 Articulação de atividades e partilha de recursos entre as escolas/ bibliotecas no agrupamento. Muito Bom 1 10.0% Bom 7 70.0% Razoável 2 20.0% 4. Faça um balanço global do impacto da BE na vida da escola e no apoio ao seu trabalho enquanto docente. Bom 7 70.0% Razoável 3 30.0%
  • 27. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 27/30
  • 28. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 28/30 CK1. Lista de verificação para o diretor(a) da escola/ agrupamento Esta lista de verificação tem por objetivo identificar a situação da escola/ agrupamento, com o propósito de melhorar o valor e integração da BE na escola e o seu impacto nas aprendizagens dos alunos. 1. De que forma é a biblioteca escolar (BE) apoiada para se promover a sua integração na escola? Assinale as situações que correspondem à sua escola/ agrupamento. 1.1 A BE está reconhecida de forma explícita nos documentos normativos – regulamento interno, projeto educativo, plano anual e plurianual de atividade – da escola/ agrupamento, sendo encarada como um recurso pedagógico fundamental. Implementado, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 1.2 A BE está envolvida nas grandes finalidades e nas prioridades pedagógicas e educativas identificadas para a escola/ agrupamento. Em implementação 1 100.0% 1.3 A BE e o seu trabalho são acompanhados com regularidade, por exemplo, através da realização de encontros regulares com o professor bibliotecário, da observação de atividades, outros. Implementado, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 1.4 O professor bibliotecário e a sua equipa têm apoio e condições para participarem em reuniões que permitem aprofundar a ligação da BE à escola, por exemplo, reuniões de Conselho Pedagógico, departamentos, conselhos de turmas, docentes, outros. Implementado com sucesso 1 100.0% 1.5 A BE tem condições – recursos materiais; verbas anuais – para cumprir os requisitos necessários de funcionamento de acordo com as orientações da RBE, designadamente para a renovação dos equipamentos e a atualização da coleção. Em implementação 1 100.0% 1.6 A BE tem os recursos humanos necessários – docentes e não docentes – em número, disponibilidade e em competências para o seu bom funcionamento. Implementado, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 1.7 A BE tem condições de trabalho e recursos para facultar serviços de biblioteca a todo o agrupamento. Implementado, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 1.8 O processo de avaliação da BE é apoiado, sendo facilitadas as condições necessárias à sua realização. Implementado, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 1.9 A autoavaliação da escola/ agrupamento inclui referências concretas à BE, pelo seu contributo para a qualidade do ensino e da aprendizagem. Implementado com sucesso 1 100.0% 2. De que forma é a BE apoiada para desenvolver as competências e o sucesso dos alunos? Assinale as situações que correspondem à sua escola/ agrupamento. 2.1 A BE é apoiada para que exista uma maior articulação pedagógica e curricular com os departamentos, demais estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica e docentes. Em implementação 1 100.0% 2.2 A BE é apoiada para que exista uma maior integração dos seus recursos e possibilidades de trabalho no processo de planificação e no desenvolvimento das atividades formativas e curriculares. Em implementação 1 100.0% 2.3 A BE é apoiada na implementação de procedimentos comuns na escola/ agrupamento para o desenvolvimento de competências de informação, por exemplo, na utilização de um modelo de pesquisa. Não se verifica 1 100.0% 2.4 A BE é apoiada na identificação de necessidades de formação para o desenvolvimento das competências tecnológicas e de literacias de informação dos alunos. Em implementação 1 100.0% 2.5 A BE é apoiada na identificação de necessidades de formação para o desenvolvimento das competências tecnológicas e de literacias de informação dos docentes. Em implementação 1 100.0% 2.6 A BE é apoiada nas suas iniciativas para promover as competências de leitura – mobilização dos docentes, criação e candidatura a projetos, aquisição/disponibilização atempada de novos documentos, outros. Em implementação 1 100.0% 2.7 A BE é envolvida nas decisões relacionadas com a política de gestão da informação dentro da escola/ agrupamento e a sua ligação ao PTE e a outros projetos. Em implementação 1 100.0%
  • 29. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 29/30 CK2. Lista de verificação para o professor bibliotecário Assinale a sua situação em relação a cada indicador. 1. Tem um nível de formação aprofundado e continua a investir na melhoria e atualização das suas competências. Implementado com sucesso 1 100.0% 2. Desenvolve uma boa gestão e uma liderança forte, mobilizando a equipa e a escola/ agrupamento para o uso da BE e dos seus recursos. Implementado, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 3. Gere a equipa, fomentando boas relações interpessoais. Cria situações de formação em contexto e incentiva a equipa a recorrer à autoformação e a formação externa, para melhorar o nível das suas competências. Implementado, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 4. Cria condições de acesso aos recursos e desenvolve estratégias de acompanhamento e de formação aos utilizadores. Implementado, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 5. Promove a integração da BE no funcionamento global da escola e no trabalho curricular dos docentes. Implementado, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 6. Promove, de forma sistemática e continuada, o desenvolvimento dos hábitos e do gosto pela leitura e das competências a ela associadas. Implementado com sucesso 1 100.0% 7. Estimula o uso das TIC e explora os recursos Web, incrementando o desenvolvimento de competências digitais e da literacia da informação. Implementado com sucesso 1 100.0% 8. Implementa serviços de biblioteca no agrupamento, procurando criar condições de igualdade no acesso e estendendo o impacto desses serviços a todo o agrupamento. Implementado com sucesso 1 100.0% 9. Define objetivos, delineia atividades, trabalha em articulação com as restantes escolas/ bibliotecas e desenvolve políticas de cooperação com o exterior. Implementado com sucesso 1 100.0% 10. Avalia os recursos e os serviços em contínuo, planifica e atua de acordo com os resultados e as problemáticas identificadas. Implementado com sucesso 1 100.0%
  • 30. Relatório de avaliação 1501116 Escola Básica Pedro Nunes, Alcácer do Sal 2013/08/09 10:55:09 30/30 CK3. Lista de verificação para a coleção Analise a coleção da biblioteca escolar (BE) 1. A coleção possui uma extensão, abrangência e qualidade dos recursos de informação adequadas às necessidades da escola/ agrupamento. Desenvolvido com sucesso 1 100.0% 2. A coleção é equilibrada, disponibilizando um nível de recursos de informação diversificado. Desenvolvido com sucesso 1 100.0% 3. A coleção inclui a documentação relacionada com as áreas curriculares adequada às necessidades da escola/ agrupamento. Desenvolvido com sucesso 1 100.0% 4. A coleção integra recursos em linha e explora as vantagens e possibilidades que o paradigma digital introduz. Desenvolvido, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 5. O empréstimo domiciliário é implementado e regista índices de requisição elevados. Desenvolvido com sucesso 1 100.0% 6. A BE produz informação relacionada com a formação dos alunos, com projetos ou atividades em desenvolvimento ou com o desenho curricular. Desenvolvido, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 7. Os recursos documentais estão atualizados. Desenvolvido, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 8. A informação está organizada segundo um sistema de classificação normalizado. Desenvolvido com sucesso 1 100.0% 9. O catálogo está totalmente informatizado e colocado à disposição dos utilizadores para pesquisa da informação. Desenvolvido com sucesso 1 100.0% 10. O catálogo pode ser acedido em linha. Desenvolvido com sucesso 1 100.0% 11. A BE desenvolve uma política de difusão da informação, recorrendo a diferentes meios e aos novos dispositivos facultados pela Web. Desenvolvido, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 12. Existe uma rede de partilha de recursos documentais e de pesquisa/ organização de informação relacionada com as necessidades de informação dos utilizadores no agrupamento, com outras bibliotecas e com a BM. Desenvolvido com sucesso 1 100.0% 13. A BE organiza informação digital em linha ou impressa, relacionada com o desenvolvimento curricular, com projetos curriculares ou atividades em desenvolvimento na escola. Desenvolvido, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 14. O desenvolvimento da coleção faz-se de forma planeada, de acordo com uma avaliação sistemática da coleção e com os critérios formalizados na Política de Desenvolvimento da Coleção. Desenvolvido com sucesso 1 100.0% 15. A coleção regista índices de utilização muito elevados pelos alunos. Desenvolvido, mas a requerer ações para melhoria 1 100.0% 16. A coleção regista índices de utilização muito elevados pelos docentes. Desenvolvido com sucesso 1 100.0% 17. O órgão de gestão atribui uma verba para o desenvolvimento da coleção e os fundos documentais são atualizados, pelo menos, anualmente. A precisar de desenvolvimento urgente 1 100.0%

×