• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Revisão de História da Arte e Literatura
 

Revisão de História da Arte e Literatura

on

  • 3,663 views

Revisão de História da Arte e Literatura

Revisão de História da Arte e Literatura
Prof. Paulo Pimentel

Statistics

Views

Total Views
3,663
Views on SlideShare
1,897
Embed Views
1,766

Actions

Likes
0
Downloads
22
Comments
0

5 Embeds 1,766

http://hisrel.blogspot.com.br 1613
http://www.hisrel.blogspot.com.br 129
http://hisrel.blogspot.com 13
http://www.hisrel.blogspot.com 6
http://hisrel.blogspot.pt 5

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Revisão de História da Arte e Literatura Revisão de História da Arte e Literatura Presentation Transcript

    • ARTES PLÁSTICAS E LITERATURA ENEM 2012 Prof. Msc.: Paulo Pimentel
    • IDADE MÉDIA
    • RENASCENÇA
    • MANEIRISMO
    • BARROCO
    • NEOCLASSICISMO/ ARCADISMO
    • ROMANTISMO
    • REALISMO
    • IMPRESSIONISMO
    • VANGUARDASEUROPEIAS
    • Contexto:Freud e a teoria do insconciente (relacionada aos sonhos,a face obscura do ser) inaugurando a psicanálise.Lançamento dos cinematógrafos pelos irmãos Lumiére.Primeiro voo mecânico com Santos Dummont.1º Guerra MundialRevolução Russa
    • FUTURISMO
    • Defendia a negação do passado e fazelogio à máquina;Propunha abolição da sintaxe e dapontuação na poesia.Líder: MarinettiBrasil: Oswald de Andrade
    • CUBISMO
    • Bidimensionalização do tridimensionalGeometrização do mundofragmentação da perspectivaÊnfase à simultaneidade, instanteneismo, retratos docotidiano.Principal Representante: Pablo PicassoBrasil: Concretismo (Herdeiro nos anos 50 e 60)
    • EXPRESSIONISMO
    • Objetivação do subjetivoExpressão das imagens que vem do interior do serhumano, deformação de imagensaspectos torpes e degradantesÊnfase no grotescoPrincipais Representantes: Edvard Munch e Van GoghBrasil: Anita Malfatti, Portinari e Augusto dos Anjos
    • DADAÍSMO
    • Caos e absurdo;Falta de lógica/ ilogismo;Nillismo;Recusa de qualquer teoria;Improviso;Principais Representantes: Tristan Tzara e Marcel DuschampBrasil: Manoel de Barros
    • PARA FAZER UM POEMA DADAÍSTA – TRISTAN TZARAPegue num jornal.Pegue numa tesoura.Escolha no jornal um artigo com o comprimento que pretende dar aoseu poema.Recorte o artigo.Em seguida, recorte cuidadosamente as palavras que compõem o artigoe coloque-as num saco.Agite suavemente.Depois, retire os recortes uns a seguir aos outros.Transcreva-os escrupulosamente pela ordem que eles saíram do saco.O poema parecer-se-á consigo.E você será um escritor infinitamente original, de uma encantadorasensibilidade, ainda que incompreendido pelas pessoas vulgares.
    • SURREALISMO
    • Valorização do inconsciente;Imagens reais, combinações absurdasÊnfase ao sonho;Alucinação, loucura;Principal Representante: Salvador DaliBrasil: Macunaíma – Mário de Andrade
    • TARSILA DO AMARAL
    • FRIDHA KAHLO (1907 – 1954)
    • POP ART(A partir dos anos 50)
    • ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICASem estilo comum, programas oumanifestos, os trabalhos desses artistas seafinam pelas temáticas abordadas, pelodesenho simplificado e pelas coressaturadas. A nova atenção concedida aosobjetos comuns e à vida cotidiana encontraseus precursores na antiarte dos dadaístas.
    • “No futuro, todos terão seus quinzeminutos de fama” Andy Warhol (1928 – 1987) (o Papa ou o Marx do Pop)
    • Toda pintura,por mais bela que seja, 
sem uma moldura é uma pintura e nada mais,
falta-lhe brilho e formosura. 
Depois de uma moldura,
uma pintura não é mais uma pintura,
é uma obra de arte.
Assim é o nosso rosto sem um sorriso.
Por mais belo que seja o nosso rosto, 
sem um sorriso é um rosto e nada mais.
Com um sorriso, o nosso rosto não é apenas um rosto,
é um retrato de nossa mais expressiva beleza.
Experimente fazer uma plástica automática nesse rosto:
SORRIA!(Nilson Soares)