Minimalario pt

945
-1

Published on

literatura infantil

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
945
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
35
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Minimalario pt

  1. 1. Pinto & Chinto
  2. 2. MINIMALÁRIO Pinto & Chinto
  3. 3. Camaleão.....................8 Galo...............................9 Rinoceronte..............10 Cão..............................11 Girafa.........................12 Peru.............................13 Lagartixa...................14 Galinha......................15 Vison...........................16 Tigre...........................17 Veado..........................18 Joaninha....................19 Rã................................20 Cavalo........................21 Hiena..........................22 Gato............................23 Lagarta.......................24 Corvo.........................25 Leão............................26 Águia..........................27 Bicho-pau.................28 Bicho-folha...............29 Toupeira....................30 Esquilo.......................31 Traça...........................32 Crocodilo..................33 Sardinha....................34 Baleia..........................35 Bicho-da-seda..........36 Pardal.........................37 Arganaz.....................38 Coala..........................39 Ouriço........................40 Urso............................41 Borrego......................42 Canguru....................43 Pinguim.....................44 Brita-ossos..............45 Grilo...........................46 Cigarra.......................47 Avestruz....................48 Doninha....................49 Borboleta...................50 Lobo.........................51 Pomba........................52 Orangotango............53 Morcego....................54 Salmão.......................55 Mosca.........................56 Lagarto......................57 Peixe-voador.............58 Burro..........................59 Aranha.......................60 Cuco...........................61 Vaca.............................62 Vespa..........................63 Elefante.....................64
  4. 4. Papa-formigas.........65 Gafanhoto................66 Enguia........................67 Coruja........................68 Tartaruga...................69 Lesma........................70 Lula.............................71 Cabra..........................72 Louro.........................73 Hipopótamo............74 Tubarão.....................75 Leopardo...................76 Abelha.......................77 Pulga..........................78 Medusa......................79 Garça..........................80 Escaravelho..............81 Estrela-do-mar........82 Preguiça.....................83 Caranguejo-eremita 84 Zebra..........................85 Gnu.............................86 Caracol......................87 Pirilampo..................88 Tatu.............................89 Térmita.....................90 Serpente....................91 Peixe-balão...............92 Castor........................93 Piolho.........................94 Porco-espinho.........95 Centopeia.................96 Polvo...........................97 Raia.............................98 Tucano.......................99 Caimão....................100 Peixe.........................101 Rato..........................102 Sapo..........................103 Cachalote...............104 Foca..........................105 Hamster...................106 Caranguejo.............107 Linguado................108 Carneiro..................109 Pega..........................110 Porco........................111 Chita........................112 Lagostim................113 Iguana......................114 Camelo....................115 Escorpião................116 Papagaio..................117 Golfinho.................118
  5. 5. Este era um camaleão que não sabia mudar de cor. Ao ver que os outros camaleões conseguiam, ficava verde de inveja. Às vezes gozavam com ele, e ele ficava vermelho de raiva. Chegou mesmo a cair doente, e ficou amarelo. Delirava de febre, e julgou ver um fantasma, e teve tanto medo que ficou branco. O pobre camaleão via-se negro. Para o consolar, a mãe preparou-lhe um bolo enorme, e ele comeu tanto que se engasgou até ficar roxo. 8
  6. 6. Este era um galo que cantava sempre ao nascer do sol, mas cantava tão mal que começava logo a chover. 9
  7. 7. Este era um rinoceronte que disse para com os seus botões: «Vou ali àquela montanha ver se encontro alguma coisa para comer.» O rinoceronte começou a andar e andou, andou, andou... E o caso é que nunca chegou à montanha, porque o rinoceronte era muito míope, tal como todos os rinocerontes, e não se apercebeu de que o que ele via não era uma montanha, mas sim o corno que os rinocerontes têm no cimo do focinho.
  8. 8. Este era um cão que encontrou um osso. «Vou guardá-lo para outro dia», pensou. E foi enterrá-lo. Passado algum tempo, voltou ao lugar onde tinha enterrado o osso e viu que, precisamente naquele sítio, tinha nascido uma árvore que estava carregadinha de ossos. 11
  9. 9. Esta era uma girafa que, por mais que esticasse o pescoço, não chegava às apetitosas folhas daquela árvore. As outras girafas também tentaram, e não tendo conseguido, foram-se dali embora. Porém, esta girafa não foi e aguardou pacientemente debaixo da árvore. E assim, com o tempo chegou o outono, e as folhas caíram, e a girafa já as conseguiu comer. 12
  10. 10. Este era um peru que um dia disse para com os seus botões: «Estou farto da minha plumagem negra. É feia e monótona.» E decidiu que se vestiria com penas de pavão. «Vou ficar bem janota», disse para com os seus botões. Assim, arrancou as penas negras para vestir as de pavão, e quando ficou depenado acontece que se constipou, e ficou com uma tosse terrível. E é por isso que os perus têm ranho pendurado no nariz. 13
  11. 11. Este é um livro que guarda mais de cem histórias de mais de cem animais. Sabemos que no mundo há muitos mais animais, muitíssimos mais do que os que aqui aparecem, mas seria impossível dar-lhes guarida entre estas páginas porque este livro não é um jardim zoológico, nem um deserto, nem um oceano, nem uma savana, nem uma montanha, nem o polo Norte, nem o polo Sul, nem sequer a arca de Noé. Mas couberam aqui todos esses lugares juntos e também muitos animais, alguns tão pequenos como uma pulga, outros de tamanho médio como uma foca e uns quantos tão grandes como um elefante. Todos eles têm uma história, uma mínima história que agora te contamos. Esperamos que possas desfrutar da sua leitura e que, enquanto as lês, te sintas tão à vontade como na tua própria… selva.

×