Controlo de pragas 12ect-mariana graca e catia cardoso

2,556
-1

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,556
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
83
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Controlo de pragas 12ect-mariana graca e catia cardoso

  1. 1. O que são Pragas? O conceito oficial de praga é estabelecido pela FAO como sendo: "qualquer espécie, raça ou biótipo de vegetais, animais ou agente patogênicos, nocivos aos vegetais ou produtos vegetais".. Pragas causadas por animais(insectos,ratos).por exemplo, os gafanhotos que nas suas migrações podem devastar os campos. O Conceito de praga não é só aplicado os animais mas também as ervas daninhas, consideradas invasoras, prejudiciais à biodiversidade de alguns ambientes ou à produção agrícola.
  2. 2. Sintese do caso da filoxera Em meados do século XXI ocorreu uma grande praga de filoxera na Europa , de que resultou a destruição de muitas das vinhas, principalmente em França, que levou à ruína a indústria vinícola francesa. Questões Chave Como seQuais são os propaga? Meios de luta?prejuizos?
  3. 3. FiloxeraAlimenta-se de seiva das videiras epode atacar as folhas e rebentos ouentão as raízes acabando por causar amorte das plantas.A filoxera tem um ciclo reproductorcomplexo,com reprodulão sexuada ereprodução assexuada porpartenogénese.Pode considerar-se umciclo aereo e um ciclo subterraneo.Resolução:Plantações de variadadesportuguesas mais resistentes áfiloxera.Enxertia de variadadesregionais sobre porta-enxertos devariadadesamericanas resistentes áfiloxera.
  4. 4. Insectos e Plantas Plantas outros cultivadas infestadas,que Fungos e A necessidade animaisqueestão sujeitas entram em Bacterias que de proteger as consomem a multiplas competição os parasitam. culturas. diferentes agressões com elas. estruturas.
  5. 5. Produtos e Agentes para combater as pragas Luta quimica Luta Luta Biológica integrada Proteger
  6. 6. Luta Quimica A luta química consiste na utilização de produtos químicos (pesticidas) para combater os parasitas ou pragas do tipo vegetal e animal. Questões Chave Quais são osVantagens Desvantagens processos?
  7. 7. Processos/PesticidasUm pesticida pode ser uma substânciaquímica ou um agente biológico (tal comoum vírus ou bactéria) que é usado para impedir,destruir, repelir qualquer praga que destrói asplantas cultivadas ou que dissemina doenças.
  8. 8. Principais Pesticidas Herbicidas • matam as plantas infestantes • Podem ser totais ou selectivos. Insecticidas • matam insectos e atuam por contacto (penetram através da cutícula); • por ingestão (junto com o alimento – insecticidas sistémicos transportados pela seiva); • por asfixia. Fungicidas • matam fungos (inibem a germinação de esporos ou destroem os fungos que vivem sobre a planta, impedindo a sua reprodução).
  9. 9. Caracteristicas dos Pesticidas • Relaciona-se com a quantidade de espécies para as quais é tóxico. Quando o espectro de ação é largo ,os pesticidas sãoEspetro de tóxicos para quase todas as espécies. ação Neste caso, designa-se os pesticidas por biocidas. • Corresponde ao intervalo de tempo que um pesticida permanece ativo(algumas horas, dias ou semanasPersistência ou alguns anos).
  10. 10. VantagensAumenta a produtividade agrícola;Combate a expansão de certas doenças como amalária e o paludismo “DDT apresenta grande eficiência no combate a mosquitos. Com ajuda do DDT, a malária foi banida da Flórida, da Itália e da Espanha, entre outros. Não existem pesquisas que demonstrem como seria o prisma de doenças como a dengue hoje se o DDT jamais tivesse existido, visto que ele combateu o inseto causador da dengue e ao mesmo tempo combateu pássaros e predadores naturais do inseto.”
  11. 11. DesvantagensA nível ambiental:O uso de pesticidas para acabar com as pragas naspráticas agrícolas deve ser moderado e feito com algunscuidados, se não, pode causar a contaminação edesertificação do solo. O uso intenso de pesticidas podelevar à degradação dos recursos naturais, em algunscasos de forma irreversível, levando a desequilíbriosbiológicos e ecológicos, entre eles a contaminação daágua, do ar e do próprio solo. Destruir cadeias alimentaresinteiras.A nível humano:Os estudos indicam que a exposição aos pesticidas, alongo prazo, causa graves e vários problemas de saúde,tais como: dificuldades respiratórias, problemas dememória, problemas na pele, cancro, etc.
  12. 12. A aplicação de pesticidas com um determinado fimpode afectar outras populações dosecossistemas,tendo dois efeitos indesejaveis:Bioacumulação:Corresponde à soma sucessiva daincorporação de um poluente efectuada por via diretaou por via alimentar, sendo mais frequente nosorganismos aquáticos.Bioampliação:Causada pela acumulação decompostos tóxicos nos tecidos, mais grave para osconsumidores de topo das cadeias alimentares, ondese registam os mais graves problemas de toxicidade– a concentração de certas substâncias aumenta denível trófico para nível trófico, ao longo das cadeiasalimentares, e afecta organismos que não foramdiretamente expostos.
  13. 13. ExemploSupondo que neste ambiente estava presente umpesticida,as aves da margem seriam os que erammais afectados (bioampliação).
  14. 14. Luta Biológica DiferentesOrganismos tactitas sem Feromonas Esterilização auxiliares usar pesticidas
  15. 15. O Que são? Os organismos auxiliares têmcomo função combater as pragas e as doenças, podendo ser predadores, ou parasitóides (organismos, normalmenteinsectos, que se desenvolvem total ou parcialmente à custa de um organismo de outra espécie, acabando por provocar a sua própria morte).
  16. 16. Exemplo Estes percevejos Suponhamos que também funcionam este aranhiço como limpeza emvermelho ataca uma relação aos afídios da plantação. macieira. Os percevejos entram em ação na proteção da plantação. Podem ser inseridos no meio como força de combate a essa praga.
  17. 17. O Que são? As feromonas são substâncias químicas, captadas por animais de uma mesma espécie (intraespecífica), permitem o reconhecimento mútuo e sexual dos indivíduos. São capazes de suscitar reações específicas de tipo fisiológico e/ou comportamental em outros membros que estejam num determinado raio do espaço físico ocupado pelo excretor. As fêmeas quando estão prontas para acasalar ,libertam quantidades de uma feromona que tem o efeito de atração sexual.
  18. 18. Aplicação ao controlo de pragasPodem utilizar-se estratégias relacionadas com asferomonas para atrair animais para armadilhas com afinalidade de controlar as pragas. Existem no mercadoferomonas que podem ser adquiridas e utilizadas paraesse fim.
  19. 19. O Caso: Escaravelho Japonês A dsponibilidade de alimentos como folhas de silva espontânea,vinha,flores de roseira e frutos de maceira e pessegueiro,a par da ausência de preadadores naturais,levaram a proliferação da espécie. Nos Açores,normalmente não existem parasitas desta praga e portanto,foram usadas armadilhas onde se colocou um atrativo floral e uma feronomona. Estas armadilhas atraem os machos, o que tem como consequência a diminuição da reprodução estando a praga presentemente controlada.
  20. 20. O Que é? Aplicação?• Método que consiste na criação de grandes quantidades de machos da espécie considerada, que são esterilizados em determinada fase do desenvolvimento.• A esterilização pode ser feita por métodos químico (utilizando substâncias que ao serem ingeridas pelos machos os torna estéreis) ou por métodos físicos (radiação ionizante).• Os machos estéreis são libertados numa zona infestada pela sua espécie. O seu acasalamento com as fêmeas não produz descendência e a população da praga diminui.
  21. 21. O Caso:Ceratitis capitata A mosca do mediterrâneo,é uma praga de frutos frescos disseminada em todo o mundo Em Portugal,existem condições ecológicas que favorece, o desenvolvimento e crescimento desta praga que causa prejuizos atacando diferentes espécies de frutos. Como o uso de inseticidas tem sido insuficiente ,temos recorrido á luta autocida,em que são utilizados os próprios insectos para se controlarem a si próprios.
  22. 22. Balanço da Luta Biológica Desvantagens Vantagens
  23. 23. Luta IntegradaEste programa de controlo está associado avárias técnicas para um bom equilíbrio do meioambiente. Luta Luta Luta Quimica Biologica IntegradaEste tipo de gestão não visa,em regra,erradicaras pragas ,mas sim reduzir os prejuizoscausados nas colheitas para níveiseconomicamente aceitáveis.
  24. 24. Vantagens e Desvantagens-Reduz o uso de -Requer umpesticidas conhecimento-Aumenta o lucro das rigoroso da situaçãocolheitas de praga-Reduz a utilização -É um processo maisde fertilizantes lento-Previne a Poluição -Custos iniciais mais altos
  25. 25. Controlo GenéticoPara além da luta integrada, existe também umprocesso para eliminação de pragas.É assim que falamos de controlo genético,obtendo-se plantas resistentes a certos“perigos”. Faz-se então cruzamentos seletivos paraobtenção de variedades.
  26. 26. Como se processa?Recorrendo a engenharia genética podemostransferir para uma planta um gene que lhefornecerá ter resistência a um possível agressor.
  27. 27. ConclusãoNão existem métodos infaliveis relacionadoscom o controlo de pragas visto que é necessárioconhecer-se o ciclo de vida das plantas e daspragas.Para além dos ciclos de vida dorespectivo afectado e agressor,támbem temosde conhecer o habitat dos seres que atacam asculturas.Podemos então concluir que é preferiveloptar pela luta integrada que tem como normausar técnicas da luta química e da luta biológicatentando ao máximo não prejudicar osecossistemas.
  28. 28. Trabalho Realizado por:Cátia CardosoMariana Graça12ºECT

×