Your SlideShare is downloading. ×
Regimento da Biblioteca
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Regimento da Biblioteca

506
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
506
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 2009/2013 ESCOLA SECUNDÁRIADR. GINESTAL MACHADO REGIMENTO DA SANTARÉM BIBLIOTECA ESCOLAR
  • 2. Regimento da BE/CRE 2009/2013ÍNDICECAPÍTULO IARTIGO 1.º (DEFINIÇÃO)ARTIGO 2.º (OBJECTIVOS)CAPÍTULO II ORGANIZAÇÃO FUNCIONAL DO ESPAÇOARTIGO 3.º (ORGANIZAÇÃO ESPACIAL)ARTIGO 4.º (ORGANIZAÇÃO TEMPORAL)Capítulo III GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOSARTIGO 5.º (CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA EDUCATIVA)Capítulo IV ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DOS RECURSOS DE INFORMAÇÃOARTIGO 6.º (ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO)Capítulo V UTILIZAÇÃOARTIGO 7.º (ACESSO)ARTIGO 8.º (DIRECTOS)ARTIGO 9. º (DEVERES)ARTIGO 10.ºARTIGO 11.º (REQUISIÇÃO PARA CONSULTA NA BE/CRE)ARTIGO 12.º (REQUISIÇÃO PARA CONSULTA NA SALA DE AULA)ARTIGO 13.º (REQUISIÇÃO PARA CONSULTA DOMICILIÁRIA)CAPÍTULO VI ARTICULAÇÃO DA BE/CRE COM AS ESTRUTURAS PEDAGÓGICASARTIGO 14.ºCAPÍTULOV II PARCERIASARTIGO 15.ºCAPÍTULOV III DISPOSIÇÕES DIVERSASARTIGO 16.º (PERDA DO DIREITO DE USUFRUTO DO ESPAÇO BE/CRE)ARTIGO 17.º 2
  • 3. Regimento da BE/CRE 2009/2013 Capítulo I DEFINIÇÃO, OBJECTIVOS ARTIGO 1. º (DEFINIÇÃO)A BE é uma estrutura que gere recursos educativos directamente ligados às actividadescurriculares, extracurriculares e à ocupação dos tempos livres. ARTIGO 2. º (OBJECTIVOS)1. A BE tem em vista entre outros os seguintes objectivos:1.1. Dotar a escola de um fundo documental adequado às necessidades das diferentesdisciplinas e projectos de trabalho;1.2. Organizar actividades que favoreçam a sensibilização cultural e social;1.3. Estimular nos alunos o prazer de ler e o interesse pela cultura regional, nacional euniversal;1.4. Desenvolver nos alunos competências e hábitos de trabalho baseados na consulta,tratamento e produção de informação;1.5. Colaborar com as diferentes estruturas pedagógicas da escola de modo a promover novaspráticas de ensino;1.6. Incentivar a frequência da biblioteca como ocupação dos tempos livres. Capítulo II ORGANIZAÇÃO FUNCIONAL DO ESPAÇO ARTIGO 3. º (ORGANIZAÇÃO ESPACIAL)1. A BE é constituída por uma área nuclear, espaço lúdico e depósito.A área nuclear está organizada em vários espaços:1.1. Recepção;1.2 Leitura informal;1.3. Leitura de vídeo/Tv/áudio;1.4. Leitura multimédia;1.5. Produção gráfica/trabalho de grupo;1.6. Leitura de documentos impressos/fundos documentais. 3
  • 4. Regimento da BE/CRE 2009/2013 ARTIGO 4. º (ORGANIZAÇÃO TEMPORAL) 1. O horário de funcionamento da BE está afixado em lugar visível e é definido no início decada ano lectivo.2. A BE garante o livre acesso dos utilizadores durante um mínimo de 35 horas semanais. Capítulo III GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS ARTIGO 5. º (CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA) 1. A equipa é constituída por um professor bibliotecário, três docentes e dois assistentes operacionais. 1.1. O recrutamento do professor bibliotecário é feita de acordo com a legislação em vigor. 1.2. O professor bibliotecário gere, planeia e organiza a BE, relativamente ao domínio da informação e dos aspectos pedagógico, administrativo e de pessoal, nomeadamente a distribuição do crédito horário atribuído, que propõe ao órgão de gestão. 1.3. O professor bibliotecário propõe a política de aquisições da BE, ouvida a equipa educativa e coordena a sua execução. 1.4. O Professor bibliotecário elabora, anualmente, o plano de atividades da BE para ser aprovado em conselho pedagógico. 1.5. O Professor bibliotecário representa a BE no conselho pedagógico. 1.6. Compete ao professor bibliotecário implementar o processo de avaliação das actividades e dos serviços da BE e elaborar o relatório de exercício anual. 2. Os professores que integram a equipa têm de possuir competências nos domínios pedagógico, gestão de projectos, gestão da informação, de ciências documentais e de tecnologias de informação e comunicação. 2.1. A equipa deve, sempre que possível, ter na sua constituição professores de diferentes áreas de conhecimento, com reconhecida apetência para o desempenho destas funções. 2.2. O mandato da equipa educativa é no mínimo de quatro anos. 2.3. As funções dos elementos da equipa serão distribuídas anualmente de acordo com o plano anual de actividades. 3. O assistente operacional tem de possuir conhecimentos no domínio gestão de informação, ciências documentais e de tecnologias de informação e comunicação. 3.1. O mandato deve ser no mínimo de quatro anos. 3.2. Funções: zelar pelo bom ambiente da BE; fazer o atendimento/acolhimento dos utilizadores; 4
  • 5. Regimento da BE/CRE 2009/2013 manter actualizado o catálogo; colaborar nas diferentes actividades da BE; apoiar alunos e professores na utilização dos recursos disponíveis. 4. Funções dos colaboradores 4.1. Executar as tarefas atribuídas pelo coordenador; 4.2. Apoiar os utilizadores na consulta e produção em diferentes suportes; 4.3. Conceber e lançar iniciativas disciplinares, pluridisciplinares e interdisciplinares. CAPÍTULO IV ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DOS RECURSOS DE INFORMAÇÃO ARTIGO 6.º (ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO)1. O tratamento técnico-documental obedece a critérios de adequação aos perfis deutilizadores.2. Os procedimentos técnico-documentais orientam-se pelas normas internacionais comadaptações nacionais quer ao nível da catalogação (Regras Portuguesas de catalogação) quer anível da classificação (Tabela de Autoridade da CDU, edição abreviada).3. Na gestão de todos os recursos de informação da BE e pesquisa dos utentes utiliza-se umsoftware informático para bibliotecas em formato Unimarc.4. A equipa da BE responsabiliza-se pela divulgação das novas aquisições e listas de difusãoselectiva da informação, de acordo com as necessidades e solicitação dos utilizadores.5. A página Web da BE é o veículo preferencial para divulgação da informação relativa àsactividades e aos recursos existentes.6. É obrigatória a divulgação de todos os recursos de informação existentes na BE.7. Sempre que nas actividades realizadas na escola, resultar a produção de um documentocom interesse histórico e didáctico-pedagógico, pode ser entregue uma cópia na BE paraarquivo e catalogação.8. A política documental será definida pela equipa da BE, depois de ouvidos a DirecçãoExecutiva, os Departamentos Curriculares e as Áreas Disciplinares. CAPÍTULO V 5
  • 6. Regimento da BE/CRE 2009/2013 UTILIZAÇÃO ARTIGO 7. º (ACESSO)1. A BE pode ser utilizada por qualquer membro da Comunidade Educativa (aluno, professor,funcionário ou Encarregado de Educação) e outros utentes quando autorizados pela Direcção. Artigo 8.º (Direitos)1. Os utentes da BE a consultar/utilizar todo o acervo documental e equipamento existente.2. A utilização do acervo documental e equipamento é de livre acesso. Artigo 9.º (Deveres)1. A requisição para utilização do equipamento é efectuada junto do responsável do espaço daBE.2. O número máximo de utilizadores por computador, em simultâneo, é de dois.3. A utilização de computadores é prioritariamente para fins pedagógicos, sendo por issorestrita a utilização de jogos educativos, correio electrónico, chats e outros programassimilares, para o uso dos quais deverá ser pedido autorização.4. No espaço da BE existe dois computador com utilização preferencial para consulta docatálogo electrónico.5. As eventuais avarias do equipamento devem ser comunicadas de imediato ao responsáveldo espaço da BE/CRE para que possam ser reparadas o mais rapidamente possível.6. Os utentes não podem entrar na BE com sacos e mochilas, possuindo para esse efeito,cacifos à entrada da BE.7. Não é permitida a utilização de telemóveis no espaço BE nem o consumo de alimentos.8. O utilizador é responsável por qualquer estrago, que não resulte do seu uso normal, nosequipamentos, documentos e suportes da informação, enquanto estiverem em seu poder.9. A gravação de trabalhos só pode ser feita em pens e/ou noutro suporte digital e não nodisco dos computadores.10. A utilização de suportes de gravação exige autorização do responsável.11. A fotocopiadora pode ser utilizada mediante pagamento definido pela Direcção. 6
  • 7. Regimento da BE/CRE 2009/201312. A instalação e a cópia de programas, a alteração da configuração dos “interfaces” e adeslocação ou saída de qualquer equipamento da BE são expressamente proibidos. Artigo 10. º1. Os utentes da BE podem trazer e utilizar na BE documentos e equipamentos pessoais,estando sujeitos às restrições impostas anteriormente. ARTIGO 11. º (REQUISIÇÃO PARA CONSULTA NA BE)1. A utilização da televisão, vídeos, CDs, DVDs e auscultadores obriga ao preenchimento préviode uma ficha de requisição.2. Após utilização dos livros e ou periódicos, estes devem ser colocados no carrinho detransporte e não nas prateleiras.4. Para a utilização do equipamento vídeo/áudio é obrigatório o uso de auscultadores.5. As enciclopédias, dicionários, livros em reserva, livros esgotados, periódicos, exemplares deconsulta frequente, obras de vários volumes, cassetes VHS, DVDs e CDs, só podem serconsultados na Biblioteca.6. Nos termos do número anterior, exceptuam-se os casos de trabalhos a realizar na aula,desde que o professor ou o aluno requisitem o documento antes do início da mesma,devolvendo-o logo que esta termine, e os casos em que o número de exemplares existentespermita assegurar as necessidades permanentes dos utilizadores. ARTIGO 12. º (REQUISIÇÃO PARA CONSULTA NA SALA DE AULA)1. A utilização de livros, periódicos, vídeos, CDs, DVDs obriga ao preenchimento prévio de umaficha de requisição.2. A devolução de material é feita no final da aula. ARTIGO 13. º (REQUISIÇÃO PARA CONSULTA DOMICILIÁRIA)1. Os professores podem requisitar livros e periódicos por um período de 15 dias e, vídeos, CDse DVDs por um período de 8 dias, mediante preenchimento da ficha de requisição.2. Os professores responsáveis pelas áreas disciplinares podem requisitar livros e periódicospor um período de 30 dias e, vídeos, CDs e DVDs por um período de 8 dias, mediantepreenchimento da ficha de requisição.3. Os alunos e os assistentes operacionais podem requisitar livros e periódicos por um períodode 15 dias, mediante preenchimento da ficha de requisição. 7
  • 8. Regimento da BE/CRE 2009/20134. Nos termos dos números anteriores podem os utilizadores renovar os documentos por igualperíodo, desde que os mesmos não estejam a ser solicitados. CAPÍTULO VI ARTICULAÇÃO DA BE/CRE COM AS ESTRUTURAS PEDAGÓGICAS E OS DOCENTES ARTIGO 14. º (ESTRUTURAS PEDAGÓGICAS)1. A equipa da BE reúne trimestralmente com as estruturas pedagógicas para definiractividades conjuntas e verificação a sua execução.2. A equipa da BE contacta pessoalmente com os outros docentes de modo a articular asactividades desenvolvidas pelos docentes e com o apoio da BE. CAPÍTULO VII PARCERIAS ARTIGO 15. º1. A BE tem parcerias com RBE, com os Clubes existentes na escola e com o projecto“Avieiros” da Escola Superior da Educação. CAPÍTULO VIII DISPOSIÇÕES DIVERSAS ARTIGO 16. º1. Este regimento deverá ser aprovado e divulgado a toda a comunidade escolar, no início decada ano lectivo.2. Qualquer omissão deverá ser resolvida pelo professor bibliotecário e/ou pela Direcção. ARTIGO 17. º (PERDA DO DIREITO DE USUFRUTO DO ESPAÇO BE/CRE)1. Os utilizadores que não cumprirem qualquer das normas referidas neste regimento poderãoperder o direito de usufruto deste espaço. 8