Nocoes seg-hig

4,907 views
4,751 views

Published on

0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,907
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
492
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Nocoes seg-hig

  1. 1. Noções de Segurança e Higiene do Trabalho
  2. 2. • Generalidades. Sinópse• Antecedentes Históricos.• Conceitos Básicos: - Acidente do Trabalho; - Atividades e Operações Insalúbres; - Riscos Ocupacionais; - Equipamentos de Proteção; - Atividades e Operações Perigosas.• Estrutura de Recursos Humanos.• Ferramentas de Apoio a Implementação dos Sistemas.• Exercício de Fixação.• Conclusão
  3. 3. Generalidades
  4. 4. Saúde Estado de completo de completo bem estar físico, mental e social. (OMS)
  5. 5. Segurança do Trabalho Estudo através de metodologias e técnicas próprias das possíveis causas de acidentes do trabalho, objetivando a prevenção das suas consequências.
  6. 6. Medicina do Trabalho Ciência que através de metodologia e técnicas próprias, estuda a causa das doenças ocupacionais, objetivando a prevenção das mesmas.
  7. 7. Saúde OcupacionalEstudos sistemáticos emEngenharia de Segurança eMedicina do Trabalho, visandopromover a saúde e proteger aintegridade física do trabalhadorno local de trabalho.
  8. 8. Antecedentes Históricos
  9. 9. 1700 – Bernadino RamazziniAs Doenças dos Trabalhadores “Prevenir é melhor que curar”
  10. 10. EUA• 1877 – Lei que obrigava aos empregadores a instalar dispositivos de segurança em máquinas;• 1892 – Primeira empresa a organizar um Departamento de Segurança;• 1913 – Criação do National Safety Concil.
  11. 11. No Brasil• 1943 – CLT;Hoje•Lei Nº 6.514 de 12/77;•Normas Regulamentadoras aprovadas pelaportaria Nº 3.214 de 06/78;•Normas Regulamentadoras Ruraisaprovadas pela portaria Nº 3.067 de 04/88.
  12. 12. Acidente do Trabalho• Conceito legal;• Conceito prevencionista.
  13. 13. Acidente do Trabalho - Causas• Ato Inseguro;• Condição insegura;• Fator pessoal de insegurança.
  14. 14. Atividade e Operações Insalubres
  15. 15. InsalubridadeAtividade em que o trabalhadorestá exposto acima do limite detolerância a um agente nocivo àsua saúde.
  16. 16. Riscos Ocupacionais• Físicos;• Químicos;• Biológicos;• Ergonômicos;• De acidentes.
  17. 17. Riscos Físicos• Ruídos;• Vibrações;• Radiações;• Frio;• Calor;• Pressões anormais;• Umidade.
  18. 18. Riscos Quimicos• Poeiras;• Fumos;• Névoas;• Neblinas;• Gases;• Vapores;• Produtos químicos em geral.
  19. 19. Biológicos• Vírus;• Bactérias;• Protozoários;• Fungos;• Parasitas;• Bacilos.
  20. 20. Ergonômicos• Esforço físico intenso;• Posturas inadequadas;• Imposição de rítmos excessivos;• Jornadas de trabalho prolongadas;• Monotonia e repetitividade.
  21. 21. Acidentes • Arranjo físico inadequado; • Máquinas e equipamento sem proteção; • Ferramentas inadequadas ou defeituosas; • Iluminação inadequada.
  22. 22. Doença = Acidente do Trabalho ?• Doença profissional;• Doença do trabalho.
  23. 23. Periculosidade
  24. 24. Atividades e OperaçõesPerigosas• Explosivos;• Inflamáveis;• Radiações ionizantes;• Empregados em operações em contato com energia elétrica.
  25. 25. Adicionais de Salário Risco Grau Adicional de Salário Insalubridade Mínimo 10 % (*) Médio 20 % (*) Máximo 40 % (*) Periculosidade 40 % (**) (*) Sobre o salário Mínimo (**) Sobre o Salário-Base
  26. 26. Equipamentos de ProteçãoObjetivo: Evitar o contato / exposição ao risco ambiental;• Equipamentos Proteção Coletiva (E.P.C);• Equipamentos Proteção Individual (E.P.I).
  27. 27. Equipamentos Proteção ColetivaProteger mais de uma pessoa simultaneamente.Exemplos:• Sistema de exaustão;• Sistema de enclausuramento;• Equipamentos de proteção contra incêndio;• Pára-raios;• Sinalização de segurança;• Aterramento elétrico.
  28. 28. Ausência de EPC
  29. 29. EPC – Cerca de Contenção
  30. 30. Equipamentos de Proteção Individual
  31. 31. Estrutura de Recursos Humanos
  32. 32. Serviço Especializado emSegurança e Medicina do Trabalho• Engenheiro de Segurança do Trabalho;• Técnico de Segurança do Trabalho;• Médico do Trabalho;• Enfermeiro do Trabalho;• Auxiliares de Enfermagem do Trabalho.
  33. 33. Ferramentas de Apoio• Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA;• Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPRA;• Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO;• Mapas de Riscos.
  34. 34. CIPA – Objetivos:• Observar e relatar condições de risco existentes no ambiente de trabalho;• Solicitar medidas com o objetivo de reduzir ou eliminar os riscos;• Discutir as causas dos acidentes ocorridos;• Solicitar medidas acidentes;• Orientar os demais trabalhadores, quanto as medidas de prevenção;• Fornecer apoio logístico ao SESMT.
  35. 35. PPRA – O que é ?Elaboração de um programa anual visandoa preservação da integridade física dostrabalhadores no seu espaço laboralObjetivos•Reconher, antecipar, avaliar e controlar osriscos ambientais;•Fornecer elementos de suporte para aelaboração do PCMSO e do(s) Mapa(s) deRiscos;
  36. 36. PCMSO – O que é ?Um conjunto de ações de natureza médicarealizadas em caráter anual. Visa arealização de rastreamento, prevenção ediagnóstico precoce dos agravos de saúderelacionados ao trabalho.Objetivos•Objetiva rastrear, prevenir e diagnósticarprecocemente os agravos de saúderelacionados ao trabalho;•Fornecer elementos adicionais para aelaboração do(s) Mapa(s) de Riscos.
  37. 37. Mapa de RiscoRepresentação pictórica dasinstalações analisadas, com oobjetivo de mostrar de forma clara anatureza e a intensidade dos riscosinerentes a aquele setor de trabalho.
  38. 38. Modelo Simplificado de um Mapa de Risco Iluminação Inadequada 15 Gases 12 Postura Inadequada 03
  39. 39. Exercício de Fixação
  40. 40. Com os conhecimentosadquiridos nesta aula, elaborar oMapa de Riscos simplificado paraa instalação detalhada a seguir…
  41. 41. 35 4 2 Arr. Post Inad Inad 01 01 7 6 1 8
  42. 42. Conclusão
  43. 43. • Relevância do tópico;• Caráter informativo do enfoque;• Leitura complementar para aprofundamento do tema.

×