Principais Desafios e Tendências
   das Empresas Jornalísticas


- Novo Consumidor, Novas Tecnologias -




  Bianca Drama...
Um novo posicionamento


                         Diante de uma nova realidade, era necessário construir um novo
         ...
Um novo posicionamento


                                              “O Globo não é um jornal.
                         ...
On Line.


          O advento da internet constrói um novo consumidor e cria um
          novo concorrente.
             ...
On Time.


          Hoje a notícia não “espera” mais o jornal ser impresso para
          acontecer. E para que ela chegu...
Full Time.


            O novo consumidor precisa e deseja informação a todo momento,
            nas mais diversas plata...
O primeiro desafio...


            Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10
            anos, deixo...
O primeiro desafio...


            Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10
            anos deixou...
O primeiro desafio...


            Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10
            anos deixou...
O primeiro desafio...


            Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10
            anos deixou...
O primeiro desafio...


            Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10
            anos deixou...
O primeiro desafio...


            Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10
            anos deixou...
Consumidor de Informação



             Não existe mais o leitor, o espectador, o ouvinte, o internauta. O
             q...
Os tipos de mídia
Cada mídia, uma característica



                                                        RÁDIO

       ...
Os tipos de mídia
Cada mídia, uma característica


                                 TV

                                 ...
Os tipos de mídia
Cada mídia, uma característica


                                 Internet

                            ...
Os tipos de mídia
Cada mídia, uma característica



                                 REVISTA

                            ...
Os tipos de mídia
Cada mídia, uma característica


                                 JORNAL

                              ...
Os tipos de mídia
Cada mídia, uma característica


                                 JORNAL


                             ...
Os tipos de mídia
Cada mídia, uma característica




                                   Bianca Dramali    SEMANA DE COMUNI...
Veículos de Comunicação



                  Não podemos afirmar nem mesmo quem são as empresas de
                  comun...
Desempenho Comunicação
    Veículos de
                DQ

                  Não podemos afirmar nem mesmo quem são as emp...
Veículos de Comunicação



                  Não podemos afirmar nem mesmo quem são as empresas de
                  comun...
Veículos de Comunicação



                   Não podemos afirmar nem mesmo quem são as empresas de
                   com...
Veículos de Comunicação



                   Não podemos afirmar nem mesmo quem são as empresas de
                   com...
Veículos de Comunicação



                  Não podemos afirmar nem mesmo quem são as empresas de
                  comun...
Público Jovem: vocês
Os desafios e oportunidades

                              Idade Leitores Jornal - 2001 a 2007
      ...
Público Jovem: vocês
Os desafios e oportunidades


                              Precisamos tornar o público fiel à marca ...
Público Jovem: vocês
Os desafios e oportunidades


                                                                       ...
Público Jovem: vocês
Os desafios e oportunidades


                                                                       ...
Da circulação para audiência
Os desafios e oportunidades


                              Uma outra questão: é preciso migr...
Jornais Gratuitos
Os desafios e oportunidades


                                 • Conteúdo gratuito está mudando o modelo...
Jornais Gratuitos no Brasil
Os desafios e oportunidades




                                 1974 – SP                    ...
Jornais Gratuitos
Os desafios e oportunidades


                              CARACTERÍSTICAS


                          ...
Classes Populares
Os desafios e oportunidades


                              Penetração do Meio Jornal
                  ...
O jornal vai morrer?


                         “Quando surgiu o videocassete todos diziam que ele mataria a
Previsões e T...
O jornal vai morrer?


                                               “A cada geração, o número de consumidores de jornais...
O jornal vai morrer?

                         “Afinal, não é mais uma questão de se perguntar se os jornais vão acabar ou...
Caminhos para o novo jornal


                         “(...) há três caminhos básicos (...): expansão ao redor da marca,
...
Caminhos para o novo jornal
Previsões e Tendências



                                                             AMBIENT...
Tendências que podem ajudar



                         A Associação Mundial de Jornais (WAN) divulgou 66 tendências que
P...
Tendências que podem ajudar



                         A Associação Mundial de Jornais (WAN) divulgou 66 tendências que
P...
Brasil: contra a maré


                         Ao contrário do que ocorre nos EUA e na Europa, no Brasil cresce a
Previs...
Brasil: contra a maré


                         Ao contrário do que ocorre nos EUA e na Europa, no Brasil cresce a
Previs...
Futuro...
Previsões e Tendências



                         “É como se a empresa de comunicação fosse um shopping,
      ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Semana Comunicação Desafio Jornal

2,428

Published on

Palestra ministrada em 2008, na Universidade Estácio de Sá de Petrópolis, no evento "Semana de Comunicação". O tema eram os medos do mercado de comunicação. E minha palestra tratou dos desafios do mercado de jornais diante do novo consumidor e da sociedade digital. Posteriormente essa mesma palestra foi ministrada no RJ para turma do Politécnico de Marketing da mesma Universidade.

Published in: Business, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,428
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
84
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Semana Comunicação Desafio Jornal

  1. 1. Principais Desafios e Tendências das Empresas Jornalísticas - Novo Consumidor, Novas Tecnologias - Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  2. 2. Um novo posicionamento Diante de uma nova realidade, era necessário construir um novo posicionamento. E é isso que vamos ver agora: o novo posicionamento de marca do jornal O Globo. On Line. On Time. Full Time. Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  3. 3. Um novo posicionamento “O Globo não é um jornal. É uma marca provedora, chanceladora de informação, independente da mídia / plataforma” Sandra Sanches Diretora executiva do O Globo Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  4. 4. On Line. O advento da internet constrói um novo consumidor e cria um novo concorrente. “Tempos fluidos, efêmeros e transitórios” Modernidade Líquida – Zygmunt Bauman On Line “Em tempos de desejos voláteis e mutantes, inquietação e inovação são mandatórias” Desejos Contemporâneos – Beth Furtado “O consumidor não quer perder mais tempo procurando. Precisa de marcas curadoras.” Pesquisa Editora Abril “Novos Consumidores” Internet rouba US$ 1 bilhão de verba publicitária de jornais e TV nos EUA ADNEWS - 24/06/08 Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  5. 5. On Time. Hoje a notícia não “espera” mais o jornal ser impresso para acontecer. E para que ela chegue a todos na hora em que acontece, é necessário que também o consumidor participe, interaja, produza conteúdo. Esse consumidor-produtor mudou On Time toda a dinâmica e velocidade de fazer jornalismo. “Blogs atraem novos leitores: reproduzir o conteúdo de blogs de sucesso é um expediente que está atraindo novos leitores para os jornais dos Estados Unidos” www.anj.org.br “A internet revela uma nova fonte de conteúdo: os próprios usuários” Pesquisa Editora Abril “Novos Consumidores” Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  6. 6. Full Time. O novo consumidor precisa e deseja informação a todo momento, nas mais diversas plataformas, com maior ou com menor profundidade, locais ou globais. Full Time “É um público sedento de informações, mas que adquiriu o hábito de diversificar as suas fontes, de acordo com o momento do dia ou mesmo com a fase da vida” O Destino do Jornal – Lourival Sant’Anna “As fusões multimídias e as concentrações de empresas na produção de cultura correspondem, no consumo cultural, à integração de rádio, televisão, música, notícias, livros, revistas e internet. Devido à convergência digital desses meios são reorganizados os modos de acesso a bens culturais e às formas de comunicação” Leitores, Espectadores e Internautas – Néstor García Canclini Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  7. 7. O primeiro desafio... Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10 anos, deixou de ser empresa mono produto (O Globo), para ser uma empresa multi-produto. Uma mudança cultural para Infoglobo acompanhar uma tendência de mercado. Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  8. 8. O primeiro desafio... Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10 anos deixou de ser empresa mono produto (O Globo), para ser uma empresa multi-produto. Uma mudança cultural para Infoglobo acompanhar uma tendência de mercado. • Classe A/B • Linguagem mais sofisticada, atinge um público mais qualificado, formador de opinião, maioria com nível superior • Moderno, dinâmico, para toda a família; • Marca muito valorizada – Organizações Globo • Preço: dias úteis R$ 2,00 – domingos R$ 3,50 • Abrangência: território nacional Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  9. 9. O primeiro desafio... Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10 anos deixou de ser empresa mono produto (O Globo), para ser uma empresa multi-produto. Uma mudança cultural para Infoglobo acompanhar uma tendência de mercado. • Classe B/C • Qualidade editorial com forte ênfase em prestação de serviços • Inovação em ações promocionais: cuponagem • Alta circulação: venda exclusiva em bancas • Preço: dias úteis R$ 1,00 – domingos R$ 2,30 • Abrangência: RJ, SP, ES, MG Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  10. 10. O primeiro desafio... Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10 anos deixou de ser empresa mono produto (O Globo), para ser uma empresa multi-produto. Uma mudança cultural para Infoglobo acompanhar uma tendência de mercado. • Classe C/D • Lançado em Março/2006 • Circula de 2ª a sábado, em todo o Estado do Rio • Com linguagem simples e direta, é direcionado aos leitores que não têm tempo de ler, mas querem se manter informados. Consumidores que ficam horas em transportes coletivos dirigindo-se ao trabalho e buscam informação fácil de entender e barata • Venda exclusiva em bancas Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  11. 11. O primeiro desafio... Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10 anos deixou de ser empresa mono produto (O Globo), para ser uma empresa multi-produto. Uma mudança cultural para Infoglobo acompanhar uma tendência de mercado. • Classe B/C • Preço: Dias úteis: R$ 1,50 Domingos: R$ 2,50 • Lançado em Setembro/2001 • É um aliado do dia-a-dia. Diferencia-se dos demais jornais de São Paulo por utilizar uma linguagem simples, direta e por priorizar assuntos locais, sem perder de vista a importância dos noticiários nacional e internacional Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  12. 12. O primeiro desafio... Percebendo a nítida segmentação de mercado, a Infoglobo, há 10 anos deixou de ser empresa mono produto (O Globo), para ser uma empresa multi-produto. Uma mudança cultural para Infoglobo acompanhar uma tendência de mercado. Agência de Notícia que comercializa conteúdo dos produtos Infoglobo Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  13. 13. Consumidor de Informação Não existe mais o leitor, o espectador, o ouvinte, o internauta. O que existe é o “consumidor de informação”. Ora ele está leitor, ora está espectador, ora ouvinte, ora internauta e, às vezes, Informação exerce muitos desses papéis ao mesmo tempo. “A notícia e a opinião tornaram-se matérias-primas básicas e o produto mais importante da sociedade e da economia atuais. Pela informação o indivíduo constrói seu conhecimento e integra-se à realidade” Livro: O Destino do Jornal Pesquisa de focus group realizada em SP no ano de 2003 com público A e B+ Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  14. 14. Os tipos de mídia Cada mídia, uma característica RÁDIO  Funciona com um “filtro”, informando quais são os fatos relevantes para depois o ouvinte se aprofundar em outro canal de comunicação.  Vantagem de mesclar entretenimento com notícias. Imagem: Corbis.com Fonte: Pesquisa Focus Group SP 2003 – Classe A e B+ (livro: O Destino do Jornal) Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  15. 15. Os tipos de mídia Cada mídia, uma característica TV  Recursos de imagem e de som permitem entender mais a notícia.  “É um meio de comunicação relaxante, descontraído, de receber informação”. “É o meio mais prazeroso”.  Banaliza as informações, é superficial, básica. Imagem: Corbis.com Fonte: Pesquisa Focus Group SP 2003 – Classe A e B+ (livro: O Destino do Jornal) Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  16. 16. Os tipos de mídia Cada mídia, uma característica Internet  Meio infinito, no qual se obtêm as informações mais atuais de forma ágil e rápida.  “É um banco de dados”. “Uma janela aberta para obter informações e notícias de qualquer parte do mundo”.  É atemporal. “Por ela é possível conhecer o passado e o presente”.  “Um meio mais prático e rápido de leitura”.  “Uma certa sensação de poder, de domínio sobre a informação”.  “Falta confiabilidade à internet e qualidade à notícia veiculada”. Imagem: Corbis.com Fonte: Pesquisa Focus Group SP 2003 – Classe A e B+ (livro: O Destino do Jornal) Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  17. 17. Os tipos de mídia Cada mídia, uma característica REVISTA  “Forma mais light e descompromissada de obter a notícia”. “Álbum fotográfico”. “Resumo”.  “Uma sensação de descanso, de relax, uma pausa da linguagem jornalística que exige maior concentração e raciocínio”. Imagem: Corbis.com Fonte: Pesquisa Focus Group SP 2003 – Classe A e B+ (livro: O Destino do Jornal) Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  18. 18. Os tipos de mídia Cada mídia, uma característica JORNAL  “Meio de comunicação mais completo, o que vai mais fundo, o que é investigativo, o que estimula a pensar”.  “Desfaz as incertezas do receptor diante de várias alternativas de uma mesma notícia”. “Documenta os fatos”.  “É o meio que te dá a garantia de você ter uma informação de credibilidade”. “É o meio mais confiável”.  Os jornais são os meios mais estruturados para produzir apuração genuína de informação. Tanto que costuma pautar os demais meios. Imagem: Corbis.com Fonte: Pesquisa Focus Group SP 2003 – Classe A e B+ (livro: O Destino do Jornal) Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  19. 19. Os tipos de mídia Cada mídia, uma característica JORNAL “O jornal é âncora do mundo” Frase dita por um formador de opinião escolhida como síntese do que pensam os brasileiros sobre seus jornais A pesquisa foi do tipo qualitativo e envolveu oito grupos formados por leitores de jornal femininos e masculinos, grupos de idade divididos entre jovens (18-24 anos) e adultos (25-50 anos) e incluiu 13 entrevistas em profundidade com formadores de opinião, tomadores de decisão e executivos de 1º escalão. Imagem: Corbis.com Fonte: Pesquisa Instituto Ipsos Marplan – julho 2008 Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  20. 20. Os tipos de mídia Cada mídia, uma característica Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  21. 21. Veículos de Comunicação Não podemos afirmar nem mesmo quem são as empresas de comunicação, os veículos, enfim, quem é a mídia? Quem é a mídia? Telefone Fixo Oi Fm Oi TV Oi TV Móvel Internet Celular Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  22. 22. Desempenho Comunicação Veículos de DQ Não podemos afirmar nem mesmo quem são as empresas de comunicação, os veículos, enfim, quem é a mídia? Quem é a mídia? Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  23. 23. Veículos de Comunicação Não podemos afirmar nem mesmo quem são as empresas de comunicação, os veículos, enfim, quem é a mídia? Quem é a mídia? “As faixas musicais fazem parte do objetivo da Rádio de oferecer, além da prestação de serviços, uma programação diferenciada (...). ‘A cobertura do trânsito continua com a mesma qualidade e profissionalismo, porém, como o movimento nesses horários (das 22h às 23h) é menor, intercalamos com muita música de qualidade e para todos os gostos, acompanhando o ouvinte na volta para casa e mostrando também o melhor caminho para o cinema, o teatro, a viagem ou a balada em uma programação musical qualificada” Adnews 24/06/08 (www.adnews.com.br) Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  24. 24. Veículos de Comunicação Não podemos afirmar nem mesmo quem são as empresas de comunicação, os veículos, enfim, quem é a mídia? Quem é a mídia? (agregador de notícias) Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  25. 25. Veículos de Comunicação Não podemos afirmar nem mesmo quem são as empresas de comunicação, os veículos, enfim, quem é a mídia? Quem é a mídia? Depende do conteúdo de jornais (agregador de notícias) para exibir seus resultados. Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  26. 26. Veículos de Comunicação Não podemos afirmar nem mesmo quem são as empresas de comunicação, os veículos, enfim, quem é a mídia? Quem é a mídia? YouTube lança quot;canal do repórterquot; O YouTube abriu um espaço jornalístico para seus usuários. O quot;canal do repórterquot; vai permitir que jornalistas profissionais ou cidadãos que se interessem por informar sobre acontecimentos se manifestem na Web. Fonte: Redação Adnews - 11/06/08 Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  27. 27. Público Jovem: vocês Os desafios e oportunidades Idade Leitores Jornal - 2001 a 2007 2002 2007 Fonte: ANJ 55% dos leitores 51% dos leitores 30% de jornal têm de jornal têm entre 10 e 34 entre 10 e 34 26% anos anos 24% 25% 21% 21% 22% 20% 20% 19% 20% 15% 10% 8% 7% 6% 6% 5% 0% 10-14 15-24 25-34 35-44 45-64 65 e + 2001 2002 2003 2004 2005 2006 Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  28. 28. Público Jovem: vocês Os desafios e oportunidades Precisamos tornar o público fiel à marca e não à mídia, à plataforma. Como criar identidade do público jovem com a marca O Globo, por exemplo? Com o novo posicionamento um dos objetivos é de rejuvenescer a marca, sem que ela perca o seu principal atributo: a credibilidade adquirida através do meio jornal. Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  29. 29. Público Jovem: vocês Os desafios e oportunidades • Plataforma multimídia de comunicação com o público jovem de todas as marcas do grupo RBS – Região Sul do Brasil – como o Jornal ZH. • Seções como “Eu.jpg”, “Agende-se” e “Drops” incentivam a participação do público na mídia. Nasce de um “zine” de escola, é adquirido como unidade de negócios pelo Grupo RBS, e passa a ser responsável pela produção de conteúdo, comunicação e relacionamento com o público jovem em todos seus produtos e também para outros clientes, como Pepsi. Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  30. 30. Público Jovem: vocês Os desafios e oportunidades • Plataforma multimídia de comunicação com o público jovem de todas as marcas do grupo RBS – Região Sul do Brasil – Em 2008 ganhou como o Jornal ZH. o “Prêmio Jovem Leitor do Mundo” concedido pela Associação Mundial de como “Eu.jpg”, • Seções Jornais “Agende-se” e “Drops” incentivam a participação do público na mídia. Nasce de um “zine” de escola, é adquirido como unidade de negócios pelo Grupo RBS, e passa a ser responsável pela produção de conteúdo, comunicação e relacionamento com o público jovem em todos seus produtos. Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  31. 31. Da circulação para audiência Os desafios e oportunidades Uma outra questão: é preciso migrar o conceito de CIRCULAÇÃO AUDIÊNCIA • Apenas meio impresso • Todas as mídias • Métrica do produto • Métrica da marca • Métrica comparável a outras mídias • Contempla leitores e não apenas compradores “A nova realidade da indústria jornalística, que não produz conteúdo apenas para jornais impressos mas também para as mídias online, levou a Associação Mundial de Jornais (WAN, na sigla em inglês), a lançar um site dedicado à medição da audiência jornalística em diferentes mídias.” Fonte: www.anj.org.br Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  32. 32. Jornais Gratuitos Os desafios e oportunidades • Conteúdo gratuito está mudando o modelo de negócios . Os jornais estão respondendo a este movimento com produtos gratuitos ou de nichos: Corner News, Metro, Quick, RedEye, Examiner, Express, House to Home, VOW, Bluffton Today. • Há assinantes que consomem conteúdo gratuito durante a semana, mas aos finais de semana pagam pela sua informação, assinando o jornal. • Hoje existem 230 jornais gratuitos em 50 países Circulação Gratuitos na Europa 1ª queda Out/2008 300 mil exemplares Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  33. 33. Jornais Gratuitos no Brasil Os desafios e oportunidades 1974 – SP Maio 2006 – SP Group Thomeu Grupo Bandeirantes / Metro International Julho 2006 – SP e RJ (Folha Metropolitana) (Metro franchise) Andre Jordan / Cofina Jornal de Londrina Maio 2006 Londrina Jornal do Ônibus Metro Magazine RPC Maio 2006 - Cuiabá Agosto 2008 - RJ (Rede Paranaense de Comunicação) Correio Paranaense (Gazeta do Povo) (weekly first) Phenix Comunicao Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  34. 34. Jornais Gratuitos Os desafios e oportunidades CARACTERÍSTICAS • Tempo de leitura de no máximo 30 minutos • Foco nas notícias locais e em entretenimento • Textos curtos como os da internet • Atitude pró-ativa (o jornal vai até o leitor) • Formato tablóide (mais fáceis de manusear/carregar) • Formação de novo público leitor (65% dos leitores do Destak têm até 34 anos) • 52% dos leitores do Destak pertencem às classes A e B Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  35. 35. Classes Populares Os desafios e oportunidades Penetração do Meio Jornal Fonte: Ipsos Marplan - 2008 78% Classe A 65% Classe B 46% Classe C 28% Classe D 18% Classe E Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  36. 36. O jornal vai morrer? “Quando surgiu o videocassete todos diziam que ele mataria a Previsões e Tendências indústria do cinema. Hollywood até tentou boicotar o produto. Pois bem, matou? Não. Mais tarde, com o surgimento da internet, especulava-se que ela mataria a mídia impressa. Matou? Obviamente que não.” Fonte: www.visaodemarketing.com.br “O atual momento de transição das mídias não se trata de outro processo de acomodação, a exemplo do que aconteceu quando surgiu o rádio e a televisão. ‘Não são tempos de simples evolução tecnológica, mas de mudanças radicais e transformadoras, comparáveis à invenção da imprensa e da revolução industrial’, enfatizou.” Rosental Calmon Alves, Universidade do Texas Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  37. 37. O jornal vai morrer? “A cada geração, o número de consumidores de jornais Previsões e Tendências impressos diminui - e a curva está se inclinando numa velocidade estonteante. Ponha-se num gráfico a diminuição de circulação dos jornais nos EUA, por exemplo, e o fim tem data marcada. É em 2043.” - Philip Meyer “O jornal impresso ainda tem uma sobrevida de 20 ou 30 anos” Jornalista Ethevaldo Siqueira, do jornal quot;O Estado de S.Paulo” “Até 2030, a expectativa é que o impresso mude seu papel na mídia, antes de desaparecer. Não será necessariamente um meio de massa, mas poderá ser consumido por segmentos especializados.” Adnews – “Conheça o jornal do futuro” - 28/04/08 “Não sei realmente se daqui a cinco anos ainda vamos imprimir o Times e, na verdade, não importa muito” - Arthur Sulzberger Presidente e Editor do The New York Times O fundamental, segundo ele, é se concentrar no melhor modo de operar a transição da folha impressa à internet. – Fonte: Agência de Notícias ANSA Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  38. 38. O jornal vai morrer? “Afinal, não é mais uma questão de se perguntar se os jornais vão acabar ou não (porque, em papel, eles já estão acabando), mas, sim, uma oportunidade única de Previsões e Tendências reinventar o jornalismo, preservando o que ele tem de melhor e jogando todo o resto fora (hierarquias e burocracias inúteis).” Júlio Daio Borges – Editor do site www.digestivocultural.com “O que a imprensa oferece é influência, influência social e influência comercial. A influência social está na divulgação daquilo que acontece na comunidade. Esta influência não está à venda. A influência comercial vai dos grandes anúncios aos classificados, e vende-se. A relevância de um órgão de imprensa é dada por sua influência social e é o público quem decide isto. Influência social não se cria num dia, tampouco se perde rapidamente. A manutenção da relevância se dá investindo em reportagem e análise.” – Philip Meyer Observatório da Imprensa Essa influência pode ser transmitida da marca do jornal para qualquer outra mídia Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  39. 39. Caminhos para o novo jornal “(...) há três caminhos básicos (...): expansão ao redor da marca, Previsões e Tendências crescimento geográfico e o uso de novas mídias. • Expandir a marca significa lançar títulos populares, novos formatos, explorar nichos diferenciados e vender produtos agregados. • Já o crescimento geográfico significa expansão para regiões próximas e até mesmo fusões e compras de outros títulos. • O uso de novas mídias, por sua vez, é um expediente que já está sendo usado com sucesso pelos jornais, sendo que o grande filão para a captação de publicidade on line, além dos classificados, serão os serviços de busca de produtos e serviços.” Fabián Barros, Consultor da Mackinsey Fonte: www.anj.com.br Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  40. 40. Caminhos para o novo jornal Previsões e Tendências AMBIENTES consumo, transportes, esporte/saúde... Primárias: jornal, revista, guias e listas, internet fixa e móvel, celular NECESSIDADES jornais CLIENTES PLATAFORMAS DE ou cadernos (consumidor DISTRIBUIÇÃO temáticos de informação) Secundárias: (encarte, evento, livro, mkt direto, mídia exterior e interior, pdv, tel fixo, licenciamento de GEOGRAFIAS marca, games) Grande SP, RJ, bairro, rua, casa... Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  41. 41. Tendências que podem ajudar A Associação Mundial de Jornais (WAN) divulgou 66 tendências que Previsões e Tendências vão impactar o mercado de jornais. Aí estão algumas delas: • Pesquisa por autenticidade - em um mundo de histórias “fakes”, a autenticidade e credibilidade se tornam mais importantes • Consumidor como co-produtor de idéias, conceitos, tendências • Jornalismo cidadão - pessoas querem se envolver e fazer parte da reportagem • Relações públicas e marketing - conteúdo editorial tem maior impacto do que peças publicitárias, o que torna relações públicas uma atividade de vendas • Jornalismo mais analítico • quot;Snacks newsquot; - pílulas de notícias Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  42. 42. Tendências que podem ajudar A Associação Mundial de Jornais (WAN) divulgou 66 tendências que Previsões e Tendências vão impactar o mercado de jornais. Aí estão algumas delas: • O conteúdo torna-se mais importante do que o canal • Companhias de jornais se tornam apenas mais uma mídia • Estratégias multi-canal - diferenças entre jornais, TVs, rádio, revistas e internet ficam cada vez mais fracas. A estratégia é abranger todas as mídias integradas • Melhor qualidade de material impresso - mais cores e considerável aumento da qualidade na mídia impressa • Hiper-Localismo Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  43. 43. Brasil: contra a maré Ao contrário do que ocorre nos EUA e na Europa, no Brasil cresce a Previsões e Tendências circulação dos jornais impressos. • A circulação de jornais auditados pelo Instituto Verificador de Circulação (IVC) aumentou 8,1% no primeiro semestre de 2008, comparada com igual período de 2007. • O crescimento tem sido uma constante há quatro anos. • Os grandes responsáveis pelo crescimento são os jornais populares e os locais, com a cobertura focada nas cidades em que circulam. • O jornal continua sendo o segundo maior meio de publicidade do mundo, depois da televisão. A parcela dos jornais no bolo publicitário mundial caiu de 28,7% para 27,5% no ano de 2007, enquanto que no Brasil ela foi 6% superior à do ano anterior. Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  44. 44. Brasil: contra a maré Ao contrário do que ocorre nos EUA e na Europa, no Brasil cresce a Previsões e Tendências circulação dos jornais impressos. • A circulação brasileira de jornais foi a que mais cresceu no ano de 2007 na América do Sul, continente que registrou crescimento de 6,72 por cento, o maior das regiões mundiais. O crescimento da circulação de jornais do Brasil no ano passado foi de 11,8%, mais de três vezes superior ao crescimento mundial, que foi de 2,57%. (Relatório World Press Trends de 2007 da Associação Mundial de Jornais - WAN - com 232 países) • O aumento da receita com publicidade nos jornais brasileiros também foi bem maior que a média mundial em 2007. A variação brasileira de publicidade nos jornais foi de 15,22%, enquanto que a média mundial foi de apenas 0,86%, segundo o relatório da WAN. Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  45. 45. Futuro... Previsões e Tendências “É como se a empresa de comunicação fosse um shopping, e o jornal, sua loja-âncora” Tom Rosenstiel Pesquisa “O Estado da Mídia” - Universidade Columbia, em Nova York – Abril 2007 E nesse “shopping” há uma valorização de marcas, ou seja, maior exposição das grifes jornalísticas. Por isso um bom posicionamento é essencial para garantir a longevidade do negócio, seja em que mídia for. Bianca Dramali SEMANA DE COMUNICAÇÃO ESTÁCIO DE SÁ 27/10/2008
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×