Economia 2008
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Economia 2008

on

  • 1,343 views

Slide da professora Giovana Gina, da ETFG TO, sobre a crise nos EUA em 2008, e reflexos hoje.

Slide da professora Giovana Gina, da ETFG TO, sobre a crise nos EUA em 2008, e reflexos hoje.

Statistics

Views

Total Views
1,343
Views on SlideShare
1,343
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
21
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Economia 2008 Presentation Transcript

  • 1. ECONOMIA PROFESSORA: GIOVANA GINA
  • 2. Disparidades das moedas nacionais No sistema monetário global há uma hierarquia de moedas, a mais aceita no mercado internacional , é a moeda que mantém a hegemonia econômica mundial . No caso atual – Dólar
  • 3. A evolução do Sistema Monetário Internacional
    • Padrão –ouro – Vigorou entre 1870 e 1914 – o valor das moedas dos países era definido mediante as reservas (peso) em ouro que o país possuía.
  • 4. 1ª Guerra Mundial -1914 e 1918
    • Desorganização monetária – Crise de 29 e Segunda Guerra Mundial.
    • Surge o Padrão dólar-ouro.
  • 5. DURANTE A 2ª GUERRA MUNDIAL . PAÍSES ALIADOS SE REUNEM NOS EUA Na cidade americana, Bretton Woods, ficou decidido como procederiam às relações comerciais financeiras, no pós-guerra. Três importantes decisões foram tomadas: 1 - O padrão ouro-dólar 2 - A criação do FMI 3- A criação do BIRD
  • 6. PADRÃO OURO-DÓLAR: O dólar estadunidense seria usado como moeda de troca internacional A sua emissão estava sujeita á quantidade de ouro que os Estados Unidos tivessem no seu Banco Central . 1971- - os EUA acabaram com o lastro ouro-dólar, já que emitiam uma quantidade de dólar superior às reservas em ouro. A estabilidade da moeda, portanto, depende das políticas estadunidenses de ajuste e controle da economia. O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM A SUPERPOTÊNCIA NA ATUALIDADE?
  • 7. Leia as notícias atuais-G7 tenta coordenar resposta para acalmar mercados ( VEJA- on line-7/2011 ) O grupo dos países mais ricos do mundo, o G7, está sob pressão neste domingo para tentar coordenar uma resposta à crise da dívida na zona do euro e ao rebaixamento da nota da dívida dos Estados Unidos . Eles buscam evitar um novo colapso da Bolsas mundiais na segunda-feira. (8/8/2011) Como primeiro indicador da situação nos mercados depois do choque provocado pela redução da nota americana , a Bolsa de Tel Aviv, uma das poucas que funciona domingo, caiu mais de 6%. No sábado, a primeira Bolsa a operar após a divulgação da notícia, a de Riad, a mais importante dos países árabes, caiu 5,46%.
  • 8. FMI- PRINCIPAL FUNÇÃO: EMPRESTAR DINHEIRO PARA PAÍSES EM DIFICULDADES E ZELAR QUE OS EMPRÉSTIMOS SEJAM PAGOS FMI- apresenta uma “Carta de intenções”, que nada mais é do que as exigências que o país deve acatar para ajustar a sua economia . A Liberação do dinheiro , em parcelas , depende do cumprimento dessas exigências
  • 9.  
  • 10. FMI COBRA DOS PAÍSES DEVEDORES AJUSTE EM SEU ORÇAMENTO Resultados: O FMI faz cortes de investimentos em setores essenciais como : saúde, moradia e educação . Daí o motivo de diversos sindicatos se colocarem contra a solicitação de empréstimo ao FMI O Orçamento do FMI advém dos países ricos, conhecidos como G-7. A decisão sempre cabe ao país-membro com a maior contribuição, no caso, eram os EUA
  • 11. FMI elogia liderança do Brasil após empréstimo de US$ 10 bilhões (2009) “ Segundo Mantega, os financiamentos ao FMI serão feitos pela compra de bônus (títulos), expressos em direitos especiais de saque, modalidade que já existia no fundo e foi recuperada pelo Brasil. É como se o Brasil desse um cheque de US$ 10 bilhões ao FMI, para ser usado em caso de emergência, e pelo qual o país recebe juros --a taxa ainda não foi definida . “
  • 12.  
  • 13. CRIAÇÃO DO BIRD OU BANCO MUNDIAL O BIRD empresta dinheiro para investimentos e não para ajuste de déficits como o ( FMI ). Os empréstimos do BIRD são concedidos para projetos nas áreas de infraestarutura, social e ambiental. Tais empréstimos são liberados em parcelas que, por sua vez, estão condicionados ao cumprimento das etapas do projeto.
  • 14. PÓS 1944- EUA FINANCIA PAÍSES PARA COLOCÁ-LOS DENTRO DA ESFERA DO PODER Com a Conferência de Bretton Woods, que deu valor ao dólar estadunidense um poder ilimitado ao torná-lo a moeda de troca internacional , os EUA utilizam o seu poder para financiar países e colocá-lo dentro da sua esfera de poder . A partir de 1968, a AMÉRICA LATINA recebeu vultosos valores através de empréstimos estatais e privados. Esses valores aumentaram a partir de 1973, quando sobravam dólares nos bancos dos países desenvolvidos e havia necessidade de conceder empréstimos, ainda com juros “aparentemente “ baixos.
  • 15. GRANDE CRESCIMENTO DAS ECONOMIAS LATINO-AMERICANAS PORÉM O ENDIVIDAMENTO DE 17% EM 1973 PASSA PARA 31% EM 1981 A infra-estrutura criado pelo Estado , com industrialização recente, com os empréstimos internacionais a exemplo do Brasil, México e Argentina , criava condição necessária para o ingresso de transnacionais , o que garantia milhares de empregos . Esses fatores , conjugados , passavam a idéia de desenvolvimento. O SERVIÇO DA DÍVIDA CRESCIA EM PROPORÇÃO MAIOR QUE O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
  • 16. DESDE 1980 ATÉ 1995 O VOLUME DE EXPORTAÇÕES DA AMÉRICA LATINA TEVE UM AUMENTO DE 245% Entre 1985 e 1996, a América latina , haviam extraído e enviado ao exterior 2,706 milhões de toneladas de produtos básicos, a maioria não renováveis . Em catorze anos( 1982-1996), a América Latina havia pago US$739,9 bilhões , mais que o dobro do que devia em 1982- aproximadamente US$300 bilhões –e, no entanto continuava devendo US$607,230 bilhões
  • 17. GOVERNOS MILITARES INVESTEM NA AMÉRICA LATINA .SALDO NEGATIVO FOI MAIOR. SALDO NEGATIVO: Exclusão social-aumento da desigualdade-empobrecimento da classe média, falta de planejamento urbano, aumento de latifúndios , inflação descontrolada e ENDIVIDAMENTO EXTERNO
  • 18. QUEDA DO MURO DE BERLIM , ASCENSÃO DAS IDEOLOGIAS LIGADAS AO MERCADO GLOBAL Por todo o mundo e com ampla colaboração da mídia, os ideais do liberalismo econômico ganharam cada vez maior projeção . Promessa de uma nova era sem competição entre sistemas diferentes . OBJETIVO FINAL FORMAÇÃO DE UM ÚNICO E PRÓSPETO MERCADO GLOBAL , COM A PERDA DA IMPORTÂNCIA DO ESTADO
  • 19. NEOLIBERALISMO- PROMESSAS QUE LEVARIAM A AMÉRICA LATINA EM DESENVOLVIMENTO ALGUMAS CARACTERÌSTICAS: Privatizações das empresas estatais; Privatização da Previdência Social. Forte abertura comercial( diminuição de impostos cobrados pelos produtos importados; Abertura do sistema bancário à concorrência estrangeira ( permissão da operação de bancos estrangeiros); Aumento da participação do setor financeiro nas economias nacionais , em detrimento dos setores produtivos, Diminuição dos gastos sociais , Desnacionalização de empresas privadas .
  • 20. MEDIDAS NEOLIBERAIS FORAM DIVULGADAS COMO NECESSÁRIAS PARA COLOCAR OS PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO NA MODERNIDADE Esses princípios neoliberais tiveram um grande destaque no pensamento econômico dos EUA. Esses princípios neoliberais , com grande destaque para as privatizações ,acabaram por beneficiar empresas privadas dos EUA que ampliaram suas operações em todo o mundo
  • 21. A MÍDIA TEVE UM PAPEL CRUCIAL PARA QUE OS PRINCÍPIOS NEOLIBERAIS SE ESPALHASSEM stas neoliberais. Foi através do poder da mídia , repetição contínua da defesa do neoliberalismo , que os eleitores foram convencidos a votar em candidatos com propostas neoliberais A MÍDIA MANDA
  • 22. EM TODOS OS RAMOS OS PAISES LATINOS VENDERAM EMPRESAS POR BAIXO PREÇO PARA ESTRANGEIROS Aumento do desemprego, da mortalidade infantil, da fome e do desencanto dos setores urbanos em relação aos governantes neoliberais resultaram em um novo panorama político, abrindo novas propostas políticas e econômicas
  • 23. EM 2007 SURGIRAM A GRANDE CRISE FINANCEIRA GLOBAL Sinalizou em todo o mundo a condenação da GLOBALIZACÁO financeira e a falta do Estado , a falta das corporações financeiras levaram o mundo a uma crise com tanta gravidade sem paralelos
  • 24. 2000- A GLOBALIZAÇÃO FINANCEIRA VIVE UM SUPERAQUECIMENTO 1980- Depósitos bancários, títulos negociáveis existentes no mundo era na ordem de 10 trilhões de dólares , um valor próximo do PIB mundial da época 2006- Essa quantia passou para saltou para 167 trilhões de dólares, quase quatro vezes maior que o PIB mundial daquele ano. Essa expansão foi um reflexo da política econômica neoliberal. Amparados nessas idéias, o governo dos EUA, organismos como FMI e o Banco Mundial e bancos internacionais passaram a pressionar governos de diversos países para que eles afrouxassem a legislação que eles afrouxassem a legislação que regulamentava seus sistemas financeiros
  • 25. A PRESSÃO SURTIU EFEITO. HOUVE AFROUXAMENTO DE DIVERSAS REGRAS COM MAIS DINHEIRO EM CAIXA , os bancos norte-americanos passaram a conceder grandes volumes de empréstimos a juros baixos , principalmente na compra de imóveis . Os empréstimos eram liberados facilmente. Por meio de sofisticados mecanismos financeiros, os bancos transformaram essas dívidas em títulos negociáveis , que funcionavam como uma espécie de seguro. Como o preço dos imóveis estava alta, em razão do aquecimento do mercado imobiliário, a aquisição de tais papéis parecia um negócio atraente. Assim esses títulos foram vendidos a outros bancos , instituições financeiras e fundos de pensão do mundo inteiro.
  • 26. O GOVERNO DOS EUA RESOLVE AUMENTAR OS JUROS PARA CONTER A INFLAÇÃO A taxa básica de juros que em maio de 2004 era de 1 por cento, em junho de 2006 alcançou 5,25% . Essa elevação provocou um aumento da dívida de quase 2 milhões de compradores de imóveis que ficaram sem condições de quitar a sua hipotecas. O calote atingiu níveis elevados , muitos compradores perderam suas residências e o não pagamento deixou o banco sem dinheiro em caixa.Não podiam continuar fazendo empréstimos . Também não tinham mais dinheiro para pagar juros de quem investiu em seus papéis.
  • 27. MEADOS DE 2007 ,EUA ENTRA EM CRISE QUE ATINGE O SEU AUGE EM 2008 Sem dinheiro , empresas de financiamento, agências de hipotecas, seguradoras e bancos de diversas partes do mundo decretaram falência, provocando um pânico de dimensões globais. As Bolsas de Valores do mundo inteiro despencaram trazendo significativas perdas para investidores.
  • 28.  
  • 29. FMI e BIRD – DEVERIA SE ENCARREGAR DE RECONSTRUIR A ECONOMIA MUNDIAL
    • Deviam garantir o crescimento mundial evitando novas crises como de 1929.
    • Diante das crises financeiras no mundo geram dúvidas da necessidade do FMI
    • Na década de 1990, muitos governos , acusados de corrupção , receberem empréstimos do BIRD.
    Hoje FMI E O BIRD se mostram ineficazes?
  • 30. GLOBALIZAÇÃO È um processo econômico e social que estabelece uma integração entre os países e as pessoas do mundo todo. Através deste processo, as pessoas , os governos e as empresas trocam idéias, realizam transações financeiras e comerciais e espalham aspectos culturais pelos quatro cantos do planeta. A GLOBALIZAÇÃO BUSCA PELO BARATEAMENTO DO PROCESSO PRODUTIVO PELAS INDÚSTRIAS Com os mercados internos saturados, muitas empresas multinacionais buscaram conquistar novos mercados consumidores, principalmente dos países saídos do socialismo
  • 31. REDUÇÃO DE CUSTOS É A NOVA ORDEM DA GLOBALIZAÇÃO Produção de mercadorias em países diferentes, com o objetivo do barateamento do produto. Optam por países onde a mão-de-obra , a matéria- prima e energia são mais baratas. Exemplo- um tênis Projetado nos Estados Unidos, produzido na China, com matéria-prima do Brasil, e comercializado em diversos países do mundo Para facilitar as relações econômicas , as instituições financeiras (bancos, casas de câmbio, financeiras) criaram um sistema rápido e eficiente para favorecer a transferência de capital e comercialização de ações em nível mundial Investimentos , pagamentos e transferência de capital , podem ser feitos em questões de segundos através da Internet ou de telefone celular.
  • 32. ECONOMIA GLOBALIZADA –FORMAÇÃO DE BLOCOS ECONÔMICOS Dentro desse processo econômico , muitos países se juntaram e formaram blocos econômicos, cujo objetivo principal é aumentar as relações comerciais entre os membros.
  • 33. O BRASIL E A NOVA GEOGRAFIA COMERCIAL
  • 34. HERANÇAS DEIXADAS PELAS DITADURAS MILITARES NO BRASIL Elevada dívida externa, alto desemprego, empobrecimento, quebra de bancos e empresas produtivas, inflação descontrolada e em ascensão, falta de investimentos ; essas eram algumas das heranças .
  • 35. CÂMBIO FLUTUANTE
  • 36. Fatores Conjugados passam a ser definitivos para o valor das moedas
    • Taxa de crescimento da economia
  • 37. A Inflação
  • 38. A quantidade de dinheiro em circulação
  • 39. Valor do PIB
    • Procurando o PIB que aumentou .
  • 40. SUPERAVIT
  • 41. DÉFICIT na balança de pagamentos
  • 42. O MERCADO FINANCEIRO
    • Torna o centro da economia globalizada
  • 43. No novo mundo econômico o que circula são os papéis
  • 44. Benefícios da circulação desses papéis
    • Rapidez de circulação em escala global
  • 45. Livres de barreiras e regulamentações
    • Porém !!!!!!!!!!!! Pode gerar crises financeiras e recessões.
  • 46.  
  • 47. PODE GERAR EFEITO MANADA Quando há quedas no mercado financeiro, os investidores resolvem a vender todas as ações , saindo em bando . EFEITO MANADA. O bom e velho efeito manada, com os investidores vendendo ações a qualquer preço.
  • 48. MERCADO EM PÂNICO EUA e EUROPA estão à beira de nova recessão, com impacto nas economias emergentes , entre elas o Brasil.
  • 49. DÌVIDA DOS EUA É UM ATIVO DE RISCO
  • 50. CRISE GLOBAL AMEAÇA BRASIL?
  • 51. Furos na armadura do Brasil
    • Quebras dos grandes bancos reduz a oferta de créditos
    • Menor crédito lá fora , é provável que os bancos brasileiros , que trabalham com parceiros internacionais , limitem a oferta de crédito dentro do país.
    • Outras economias para as quais o Brasil exporta, como Japão e Europa , estão entrando em recessão o que prejudica as exportações nacionais .
  • 52. Mais ameaças- A INADIMPLÊNCIA VOLTOU A SUBIR ESTE ANO O câmbio oscilante continua reduzindo as exportações brasileiras e favorecendo as importações . Essa equação ameaça as reservas internacionais brasileiras estimadas em US$ 200 bilhões (Iedi) , e considerados como um dos principais instrumentos de blindagem contra a crise. DEVO NÃO NEGO Inadimplência nos maiores bancos privados do país vai a R$64,9 bilhões recorde histórico.