Dra. Elomar Castilho Barilli Técnicas para a comunicação de projetos  científicas   Elomar Castilho Barilli
Plano de Aula Elomar Castilho Barilli 01 TARDE / 01 CARREIRA ACADÊMICA: NIVEIS, CURSOS E TÍTULOS TARDE / 01 FUNDAMENTOS CI...
Elomar Castilho Barilli Carreira Acadêmica GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO Lato sensu Stricto sensu Atualização Aperfeiçoamento Es...
A carreira acadêmica Elomar Castilho Barilli Níveis L.D.B. Educação Infantil Ensino Fundamental Ensino Médio Técnico Nível...
Elomar Castilho Barilli Os cursos seqüenciais podem servir ao interesse de todos os que, possuindo um certificado de concl...
Elomar Castilho Barilli Cursos Seqüenciais A carreira acadêmica Instituição de nível superior Distinção Coletiva Instituiç...
Elomar Castilho Barilli A carreira acadêmica Pós - Graduação Especialização Certificado MBA e Residência Médica Mestrado D...
Elomar Castilho Barilli exemplo A carreira acadêmica Curso Seqüencial Saúde – Imagem Pessoal – Estética e Cosmetologia Cam...
Elomar Castilho Barilli <ul><li>Qual é a Legislação que dispõe sobre a autorização e reconhecimento de cursos seqüenciais ...
a Ciência O conhecimento humano e Elomar Castilho Barilli
Elomar Castilho Barilli A evolução do entendimento humano A preocupação dos precursores da filosofia ( filo  = amigo +  so...
Elomar Castilho Barilli A evolução do entendimento humano Idade Média Renascimento Revolução agrícola ...
Elomar Castilho Barilli A evolução do entendimento humano Segundo a revista Impact of Science on Society, editada pela UNE...
Elomar Castilho Barilli Ciência é a sistematização de conheci- mentos. É um conjunto de proposições logicamente correlacio...
Elomar Castilho Barilli Características da ciência Segue o método científico Se baseia na experimentação. Nunca é exata. C...
Elomar Castilho Barilli Classificação da Ciência
Elomar Castilho Barilli Classificação da Ciência ^ Ciências humanas
Elomar Castilho Barilli Classificação da Ciência Ciências biológicas
Elomar Castilho Barilli Classificação da Ciência Ciências exatas
Elomar Castilho Barilli Alguns conceitos ...
Elomar Castilho Barilli Alguns conceitos
Elomar Castilho Barilli Alguns conceitos Teoria científica
Elomar Castilho Barilli Alguns conceitos Lei  científica
Elomar Castilho Barilli Alguns conceitos Hierarquia do saber científico
Comunicação Científica Elomar Castilho Barilli
Elomar Castilho Barilli Comunicação Científica escrita oral Artigo científico ( Paper ) Trabalhos acadêmicos: Resenha Mono...
Elomar Castilho Barilli Comunicação Científica Eventos científicos Jornada Seminário Congresso Semana Workshop Encontro Of...
Elomar Castilho Barilli Comunicação Científica Veículos/instrumentos Periódicos impressos Periódicos eletrônicos Livros Jo...
Elomar Castilho Barilli Comunicação Científica Fontes A BVS é uma evolução e legado do trabalho cooperativo de mais de 3 d...
Elomar Castilho Barilli LILACS  (Li teratura  L atino- A mericana e do  Ca ribe em  C iências da  S aúde) - é uma base de ...
Elomar Castilho Barilli O artigo é a apresentação sintética, em forma de texto escrito, dos resultados de investigações ou...
Elomar Castilho Barilli <ul><li>Escolha da publicação. </li></ul>Artigos científicos  Elementos importantes O  QUALIS  é u...
Elomar Castilho Barilli Artigos científicos  <ul><li>Escolha da publicação. </li></ul>indexação ISSN International Standar...
Elomar Castilho Barilli Artigos científicos  2.  Normas do Editor. formato O texto deve conter entre 10 e 20 páginas.  No ...
Elomar Castilho Barilli Artigos científicos  Versão Inglês Espanhol Francês ... Submissão Valor pago para a publicação do ...
Elomar Castilho Barilli Artigos científicos  a informação fornecida foi baseada em uma pesquisa? a informação fornecida fo...
Elomar Castilho Barilli Artigos científicos  Formato do papel  – A4: 210mm X 297mm. Margens : Superior 3cm Inferior 2cm Es...
Elomar Castilho Barilli Estruturas de parágrafos : iniciar sempre o parágrafo com uma tabulação para indicar o início (rec...
Elomar Castilho Barilli Estrutura de artigos científicos  <ul><li>Título </li></ul><ul><li>Nome dos autores </li></ul><ul>...
Elomar Castilho Barilli A UTILIZAÇÃO DA TECNOLOGIA DE REALIDADE VIRTUAL PARA APOIAR PROCESSOS EDUCATIVOS A DISTÂNCIA QUE E...
Elomar Castilho Barilli Estrutura do artigo  <ul><li>Título  - deve encerrar a temática abordada e expressar  o objeto da ...
Elomar Castilho Barilli Abstract -  O Abstract é o resumo traduzido para o inglês, sendo que alguns  periódicos aceitam a ...
Elomar Castilho Barilli Artigos científicos  O  CORPO DO TEXTO  dependerá das  Normas do Editor , ou seja, geralmente a es...
Elomar Castilho Barilli Artigos científicos  7.  Metodologia  – é a apresentação dos materiais (produtos químicos, equipam...
Elomar Castilho Barilli Artigos científicos  10.   Referências Bibliográficas  - Referências são um conjunto de elementos ...
Elomar Castilho Barilli <ul><li>Quais são os periódicos, da área de Estética,  melhor colocados na classificação QUALIS da...
Regras do jogo <ul><li>Trabalho individual. </li></ul><ul><li>A escolha do tema deve ser pactuada com a coordenação do  Cu...
Qual é o melhor texto que existe? Elomar Castilho Barilli aquele que eu entendo .
Iniciando ... Elomar Castilho Barilli Correção do texto . Tratamento/pessoa  -  sujeito indeterminado (ex. espera-se, conc...
mão na massa
Elomar Castilho Barilli ADJUNTO DE MEDICINA ESTÉTICA: UMA COMPETÊNCIA NECESSÁRIA  (TIMES NEW ROMAN 16, negrito) RESUMO  (T...
Parada obrigatória
Parada obrigatória De acordo com o tema, quais são os elemento importantes que devem aparecer no texto? Perguntas : a. com...
INTRODUÇÃO 1º PARÁGRAFO como deveriam ser as equipes ligadas à Estética? por  que  é  importante  a  presença  do  estetic...
Elomar Castilho Barilli INTRODUÇÃO Foi-se o tempo em que as formas arredondadas significavam beleza.  O rigor das  formas ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Aula 3. Curso de Pós-Graduação em Adjunto de Medicina Estática

2,623 views
2,516 views

Published on

How to make scientfic papers

Published in: Education, Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,623
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
24
Actions
Shares
0
Downloads
60
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Aula 3. Curso de Pós-Graduação em Adjunto de Medicina Estática

    1. 1. Dra. Elomar Castilho Barilli Técnicas para a comunicação de projetos científicas Elomar Castilho Barilli
    2. 2. Plano de Aula Elomar Castilho Barilli 01 TARDE / 01 CARREIRA ACADÊMICA: NIVEIS, CURSOS E TÍTULOS TARDE / 01 FUNDAMENTOS CIENTÍFICOS: CIÊNCIA (CONCEITOS), PRINCÍPIOS DA CIÊNCIA, TIPOS DE CONHECIMENTO, FUNÇÃO DA CIÊNCIA TARDE / 01 O TRABALHO CIENTÍFICO: CLASSIFICAÇÃO E INSERÇÃO (NBRS/ABNT) TARDE / 01 COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA: TIPOS E POSSIBILIDADES DE PARTICIPAÇÃO (EVENTOS TÉCNICO-CIENTÍFICOS) TOTAL 04 horas
    3. 3. Elomar Castilho Barilli Carreira Acadêmica GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO Lato sensu Stricto sensu Atualização Aperfeiçoamento Especialização Mestrado Doutorado Pós- Doutorado Livre Docência
    4. 4. A carreira acadêmica Elomar Castilho Barilli Níveis L.D.B. Educação Infantil Ensino Fundamental Ensino Médio Técnico Nível Médio E N S I N O S U P E R I O R Cursos de Graduação Cursos Seqüenciais Cursos de Extensão Elomar Castilho Barilli Bacharelado Diploma Licenciatura Diploma Tecnólogo Diploma Formação Específica Diploma Complementação Certificado Pós Graduação Stricto Sensu e Lato Sensu Mestrado Diploma Doutorado Diploma Pós-Doutorado Especialização Certificado MBA e Residência Médica Possui caráter social. Pode ser cursado a qualquer momento. Não possui habilitação nem valor acadêmico. Certificado L.D.B. Currículo mínimo Diretrizes curriculares
    5. 5. Elomar Castilho Barilli Os cursos seqüenciais podem servir ao interesse de todos os que, possuindo um certificado de conclusão de ensino médio, buscam ampliar ou atualizar, em variado grau de extensão ou profundidade, seus horizontes intelectuais em campos das humanidades ou das ciências, ou mesmo suas qualificações técnico-profissionais, freqüentando o ensino superior sem necessariamente ingressar num curso de graduação.Educação Continuada do 3º Grau. A carreira acadêmica Níveis L.D.B. Educação Infantil Ensino Fundamental Ensino Médio Técnico Nível Médio E N S I N O S U P E R I O R Cursos de Graduação Cursos Seqüenciais Cursos de Extensão Elomar Castilho Barilli Bacharelado Diploma Licenciatura Diploma Tecnólogo Diploma Formação Específica Diploma Complementação Certificado Pós Graduação Stricto Sensu e Lato Sensu Mestrado Diploma Doutorado Diploma Pós-Doutorado Especialização Certificado MBA e Residência Médica Possui caráter social. Pode ser cursado a qualquer momento. Não possui habilitação nem valor acadêmico. Certificado
    6. 6. Elomar Castilho Barilli Cursos Seqüenciais A carreira acadêmica Instituição de nível superior Distinção Coletiva Instituição de nível superior Programa de Formação Institucional Formação Específica Complementação É um programa de formação de estudantes em qualificações técnicas, profissionais ou acadêmicas, que confere um diploma aos concluintes. É constituído por um conjunto de disciplinas e atividades organizadas, com carga horária e duração mínimas de 1.600 horas e 400 dias letivos, respectivamente É um programa de formação de estudantes em qualificações técnicas, profissionais ou acadêmicas, com destinação coletiva ou individual, conferindo certificado. É obrigatoriamente vinculado a curso de graduação existente na IES e é constituído por um conjunto de disciplinas e atividades para atender a objetivos educacionais definidos pela instituição, no caso de cursos coletivos, ou para atender às necessidades individuais. Distinção individual Vagas Instrumentos de seleção Matrícula Programa de Formação individual curso superior de complementação de estudos curso superior de complementação de estudos Conjunto de disciplinas - Lógica interna Campo do saber dois anos letivos (ou 400 dias letivos), Igual ou supeior a dois anos letivos (ou 400 dias letivos),
    7. 7. Elomar Castilho Barilli A carreira acadêmica Pós - Graduação Especialização Certificado MBA e Residência Médica Mestrado Doutorado Pós-Doutorado Diploma Lato Sensu Stricto Sensu
    8. 8. Elomar Castilho Barilli exemplo A carreira acadêmica Curso Seqüencial Saúde – Imagem Pessoal – Estética e Cosmetologia Campo do saber Auditoria, a consultoria e a assessoria sobre cosméticos e equipamentos específicos de estética Gerenciamento de projetos de desenvolvimento de produtos cosméticos e serviços correlacionados à Estética Elaboração de informes, de pareceres técnicoscientíficos, de estudos, de trabalhos e de pesquisas mercadológicas ou experimentais relativos à Estética e à Cosmetologia;
    9. 9. Elomar Castilho Barilli <ul><li>Qual é a Legislação que dispõe sobre a autorização e reconhecimento de cursos seqüenciais da educação superior? </li></ul><ul><li>2. Quais são as Instituições e Cursos Seqüenciais existentes? </li></ul>A carreira acadêmica Pesquisa
    10. 10. a Ciência O conhecimento humano e Elomar Castilho Barilli
    11. 11. Elomar Castilho Barilli A evolução do entendimento humano A preocupação dos precursores da filosofia ( filo = amigo + sofia ( sóphos ) = saber e quer dizer amigo do saber ) era buscar conhecer o porque e o para que de tudo o que se pudesse pensar. 3 fases principais medo ... misticismo ... ciência
    12. 12. Elomar Castilho Barilli A evolução do entendimento humano Idade Média Renascimento Revolução agrícola ...
    13. 13. Elomar Castilho Barilli A evolução do entendimento humano Segundo a revista Impact of Science on Society, editada pela UNESCO em 1980, quase a quarta parte dos recursos mundiais dedicados à pesquisa científica era consumida pela pesquisa militar, e mais de meio milhão de cientistas estavam atrelados ao desenvolvimento de novas armas1 Ciência como instrumento de poder
    14. 14. Elomar Castilho Barilli Ciência é a sistematização de conheci- mentos. É um conjunto de proposições logicamente correlacionadas sobre o comportamento de certos fenômenos que se deseja estudar. Seus resultados, podem ser verificados e comprovados. A ciência É a aquisição sistematizada do conhecimento sobre a natureza Utiliza métodos objetivos e confiáveis para se chegar à verdade. A verdade, em ciência, nunca é absoluta ou final, pode sempre ser modificada ou substituída. Descreve a natureza através de “modelos” que podem ser quantitativos ou qualitativos.
    15. 15. Elomar Castilho Barilli Características da ciência Segue o método científico Se baseia na experimentação. Nunca é exata. Considera resultados positivos e negativos. Pesquisa Científica
    16. 16. Elomar Castilho Barilli Classificação da Ciência
    17. 17. Elomar Castilho Barilli Classificação da Ciência ^ Ciências humanas
    18. 18. Elomar Castilho Barilli Classificação da Ciência Ciências biológicas
    19. 19. Elomar Castilho Barilli Classificação da Ciência Ciências exatas
    20. 20. Elomar Castilho Barilli Alguns conceitos ...
    21. 21. Elomar Castilho Barilli Alguns conceitos
    22. 22. Elomar Castilho Barilli Alguns conceitos Teoria científica
    23. 23. Elomar Castilho Barilli Alguns conceitos Lei científica
    24. 24. Elomar Castilho Barilli Alguns conceitos Hierarquia do saber científico
    25. 25. Comunicação Científica Elomar Castilho Barilli
    26. 26. Elomar Castilho Barilli Comunicação Científica escrita oral Artigo científico ( Paper ) Trabalhos acadêmicos: Resenha Monografia Projeto Dissertação Tese Comunicações coordenadas Mesa redonda Painel científico Palestra Colóquio Discurso Aula
    27. 27. Elomar Castilho Barilli Comunicação Científica Eventos científicos Jornada Seminário Congresso Semana Workshop Encontro Oficina/Taller Entrevista
    28. 28. Elomar Castilho Barilli Comunicação Científica Veículos/instrumentos Periódicos impressos Periódicos eletrônicos Livros Jornais/Jounals Boletins Cadernos
    29. 29. Elomar Castilho Barilli Comunicação Científica Fontes A BVS é uma evolução e legado do trabalho cooperativo de mais de 3 décadas para ampliar e fortalecer o fluxo de informação científico-técnica em saúde na América Latina e Caribe sob a liderança da OPAS , através da BIREME . Desde sua origem, este trabalho cooperativo renova-se continuamente de acordo a novos modelos de gestão, organização e tratamento da informação (BVS, 2006).
    30. 30. Elomar Castilho Barilli LILACS (Li teratura L atino- A mericana e do Ca ribe em C iências da S aúde) - é uma base de dados cooperativa do Sistema BIREME e que compreende a literatura relativa às Ciências da Saúde, publicada nos países da Região, a partir de 1982. Contém artigos de cerca de 670 revistas mais conceituadas da área da saúde, atingindo mais de 350 mil registros, e outros documentos tais como: teses, capítulos de teses, livros, capítulos de livros, anais de congressos ou conferências, relatórios técnico-científicos e publicações governamentais. Utilizada para pesquisa em palavras do título e palavras do resumo, usando preferencialmente os idiomas português, espanhol ou inglês , pois a maioria dos artigos LILACS estão em um destes idiomas. Comunicação Científica Fontes MEDLINE (Literatura Internacional em Ciências da Saúde) - é uma base de dados da literatura internacional da área médica e biomédica, produzida pela NLM ( N ational L ibrary of M edicine, USA) e que contém referências bibliográficas e resumos de mais de 4.000 títulos de revistas publicadas nos Estados Unidos e em outros 70 países. Contém aproximadamente 11 milhões de registros da literatura desde 1966 até o momento, que cobrem as áreas de: medicina, biomedicina, enfermagem, odontologia, veterinária e ciências afins. A atualização da base de dados é mensal. SciELO ( Sc ientific E lectronic L ibrary O nline - Biblioteca Científica Eletrônica em Linha) é uma publicação eletrônica cooperativa de periódicos científicos em texto completo disponível na Internet.
    31. 31. Elomar Castilho Barilli O artigo é a apresentação sintética, em forma de texto escrito, dos resultados de investigações ou estudos realizados a respeito de uma questão. O objetivo fundamental de um artigo é o de ser um meio rápido e sucinto de divulgar e tornar conhecidos, através de sua publicação em periódicos especializados, a dúvida investigada, o referencial teórico utilizado (as teorias que serviam de base para orientar a pesquisa), a metodologia empregada, os resultados alcançados e as principais dificuldades encontradas no processo de investigação ou na análise de uma questão. Assim, os problemas abordados nos artigos podem ser os mais diversos: podem fazer parte quer de questões que historicamente são polemizadas, quer de problemas teóricos ou práticos novos. Comunicação Científica o artigo científico Clarides Henrich de Barba (2007)
    32. 32. Elomar Castilho Barilli <ul><li>Escolha da publicação. </li></ul>Artigos científicos Elementos importantes O QUALIS é uma classificação feita pela CAPES dos veículos utilizados pelos programas de pós-graduação para a divulgação da produção intelectual de seus docentes e alunos, cujo objetivo é atender às necessidades específicas da avaliação da pós-graduação realizada por esta agência. Essa classificação é feita por 44 comissões de consultores, cada qual focalizando um conjunto específico de áreas do conhecimento, e se baseia nas informações fornecidas pelos programas, por meio do Coleta de Dados/Capes, sobre os trabalhos publicados por seus docentes e discentes. Anualmente, cada comissão analisa a lista de veículos (periódicos, revistas ...) citados pelos programas de sua área, referentes às publicações efetuadas no ano anterior http://qualis.capes.gov.br/arquivos/avaliacao/webqualis/listacompletaperiodicos/Periodicos_Qualis_06.xls A B C
    33. 33. Elomar Castilho Barilli Artigos científicos <ul><li>Escolha da publicação. </li></ul>indexação ISSN International Standard Serial Number - Número Internacional Normalizado das Publicações em Série O ISSN aplica-se a todas as publicações em série, publicadas no passado ou no presente, ou a publicar num futuro previsível, em qualquer tipo de suporte. As publicações em série compreendem as revistas, os jornais, as publicações anuais (como relatórios, anuários, directórios, etc.), as séries monográficas, as memórias, as actas de sociedades, etc.&quot;. Elementos importantes
    34. 34. Elomar Castilho Barilli Artigos científicos 2. Normas do Editor. formato O texto deve conter entre 10 e 20 páginas. No documento, deve ser empregada a fonte “Times New Roman”, com parágrafos justificados e espaçamento 1,5. Para o corpo do texto, utilizar tamanho 12; para citações longas, tamanho 10 e recuo de 1,5cm à esquerda e à direita; para notas, tamanho 10. Referências bibliográficas não devem ser incluídas em uma seção individual ao final do texto, mas antes constar diretamente em notas de rodapé referentes a citações, conforme os modelos abaixo: NIETZSCHE, F. O nascimento da tragédia ou Helenismo e pessimismo. Tradução de J. Guinsburg. São Paulo: Companhia das Letras, 2003, p. 22. WOODRUFF, P. “Aristotle on Mimesis”. In: RORTY, A. O. (org.) Essays on Aristotle’s Poetics . Princeton: Princeton University Press, 1992. exemplo Viso · Cadernos de estética aplicada http://www.revistaviso.com.br/ Elementos importantes
    35. 35. Elomar Castilho Barilli Artigos científicos Versão Inglês Espanhol Francês ... Submissão Valor pago para a publicação do artigo (usado para “cobrir” os gastos editoriais) 3. Custos. Elaboração resultado de uma Pesquisa Científica revisão Elementos importantes
    36. 36. Elomar Castilho Barilli Artigos científicos a informação fornecida foi baseada em uma pesquisa? a informação fornecida foi baseada em uma opinião pessoal e não existe nenhuma pesquisa de boa qualidade que fundamente a informação Apresentada? A pesquisa visa responder a uma dificuldade? (PROBLEMA) Houve uma comparação independente e “cega” com um padrão de referência? A amostra de clientes incluiu uma variedade apropriada do tipo de clientes a quem o teste diagnóstico será aplicado na prática? Existiam grupos controle claramente identificado que eram semelhantes com respeito a determinantes importantes do desfecho (além daquele de interesse)? reflexões iniciais Elementos importantes
    37. 37. Elomar Castilho Barilli Artigos científicos Formato do papel – A4: 210mm X 297mm. Margens : Superior 3cm Inferior 2cm Esquerda 3cm Direita 2cm. Espacejamento : entre linhas e entre parágrafos é 1,5 Parágrafos – justificados Numeração de página – no canto superior direito, iniciando na INTRODUÇÂO. normas
    38. 38. Elomar Castilho Barilli Estruturas de parágrafos : iniciar sempre o parágrafo com uma tabulação para indicar o início (recuo no começo do parágrafo). Tamanho da fonte: título do artigo (em letras maiúsculas e negrito) = 12 sub-títulos = 12 (negrito e letras maiúsculas) nome do(s) autor(es) = 11 titulação (nota de rodapé) 10 resumo = 11; palavras-chave = 11 redação do texto (introdução, desenvolvimento e conclusão) = 11 citações longas = 10 referências = 11. Artigos científicos normas
    39. 39. Elomar Castilho Barilli Estrutura de artigos científicos <ul><li>Título </li></ul><ul><li>Nome dos autores </li></ul><ul><li>Instituições dos autores (outras informações: email , endereço etc.) </li></ul>cabeçalho 3. Resumo/Abstract 4. Introdução 5. Objetivos (Geral e Específicos) Corpo do Texto ... (depende das normas de publicação) 6. Fundamentação teórica 7. Metodologia 8. Resultados 9. Conclusões 10. Referências Bibliográficas estrutura
    40. 40. Elomar Castilho Barilli A UTILIZAÇÃO DA TECNOLOGIA DE REALIDADE VIRTUAL PARA APOIAR PROCESSOS EDUCATIVOS A DISTÂNCIA QUE EXIJAM O DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES MOTORAS: A FORMAÇÃO DOSMPROFISSIONAIS DO SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E NUTRICIONAL DO SISTEMA DE SAÚDE DO BRASIL Elomar Christina Vieira Castilho Barilli ; Nelson Francisco Favilla Ebecken ; Gerson Gomes Cunha Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública; Programa de Engenharia Civil, Núcleo Técnico de Computação Científica; Laboratório de Métodos Computacionais em Engenharia RESUMO o presente trabalho propõe a utilização da Tecnologia de Realidade Virtual (RV), por possibilitar o desenvolvimento de aplicativos virtuais tridimensionais capazes de prover visualização 3D, manipulação e interação em tempo real. Estas características têm feito da RV uma potente aliada do campo da Educação profissional, onde a construção de competências exige o desenvolvimento de habilidades técnicas que implicam execução de algum tipo de tarefa motora. O presente estudo, portanto, visou desenvolver um Ambiente Virtual, baseado em na tecnologia de RV, de forma a consubstanciar o processo de Educação Permanente em Saúde, assim como colaborar com as importantes políticas públicas de combate à fome no Brasil. Palavras-chave: Realidade Virtual, Educação Permanente, Saúde. 1. Introdução No âmbito da saúde no Brasil, desde a promulgação da Constituição Federal de 1988 na qual, em seu artigo 200 dispôs sobre a criação de um Sistema Único de Saúde com o objetivo de reduzir as desigualdades na atenção à saúde, impõe-se o reforço da função governamental de formulação de políticas e de regulação, assim como da produção de bens e serviços estratégicos voltados para sua implantação. Assim, a formação de profissionais e o desenvolvimento de metodologias voltadas para viabilizar o exercício dessas funções passaram a ser prioridades no pais. Diante deste desafio, os esforços despendidos têm apontado para a construção de uma estrutura de formação e educação permanente de profissionais estratégicos para a atuação eficaz no Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro. Este contexto aliado às dimensões continentais brasilieras, impeliram ao campo da Educação Profissional em Saúde para a investigação, utilização e apropriação de novos modelos e formas de ensinar. Aqui, a Educação a Distância se insere como modalidade educativa capaz de minimizar variáves como tempo e espaço. Por outro lado, as demandas inerentes aos processos educativos em saúde voltadas não só para a apropriação teórica e conceitual, mas exigindo o domínio técnico e motor dos procedimentos ligados à atenção e ao cuidado, impuseram a utilização de tecnologias arrojadas capazes de oferecer resultados mais realístico, acrescentando à visualização, manipulação e audição, respostas multi-sensoriais em tempo real. Nesse sentido, a Realidade Virtual (RV) tem sido utilizada, em função de novas possibilidades que oferece para a navegação em espaços tridimensionais, imersão no contexto da aplicação e interação em tempo real. Estrutura de artigos científicos
    41. 41. Elomar Castilho Barilli Estrutura do artigo <ul><li>Título - deve encerrar a temática abordada e expressar o objeto da pesquisa </li></ul><ul><li>desenvolvida. </li></ul>3. Resumo do artigo. O resumo deve conter os elementos necessários para que o leitor possa fazer uma avaliação da validade, importância e aplicabilidade. O resumo deve apresentar de forma concisa, os objetivos, a metodologia e os resultados alcançados, em geral não ultrapassando 250 palavras. Não deve conter citações. O texto deve ser escrito em um único parágrafo. Geralmente, imediatamente após o RESUMO, encontram-se as PALAVRAS-CHAVE que são palavras que auxiliarão os leitores a encontrar o artigo em bases indexadas. O autor do artigo deve vir indicado do centro para a margem direita. Caso haja mais de um autor, os mesmos deverão vir em ordem alfabética, ou se houver titulações diferentes deverão seguir a ordem da maior para a menor titulação. Os dados da titulação de cada um serão indicados em nota de rodapé através de numeração ordinal. 2. Autor (es)
    42. 42. Elomar Castilho Barilli Abstract - O Abstract é o resumo traduzido para o inglês, sendo que alguns periódicos aceitam a tradução em outra língua. Estrutura do artigo 4. Introdução. O princípio a ser utilizado é de que os leitores querem conhecer apenas a “parte nobre” do artigo. Uma boa norma é iniciar pelo problema que gerou a realização da pesquisa (relevância da pesquisa). Pode-se dizer, ainda, que o objetivo da Introdução é situar o leitor no contexto do tema pesquisado, oferecendo uma visão global do estudo realizado, esclarecendo as delimitações estabelecidas na abordagem do assunto, os objetivos e as justificativas que levaram o autor a tal investigação para, em seguida, apontar as questões de pesquisa para as quais buscará as respostas. Deve-se, ainda, destacar a Metodologia utilizada no trabalho. Em suma: apresenta e delimita a dúvida investigada (problema de estudo - o quê), os objetivos (para que serviu o estudo) e a metodologia utilizada no estudo (como). algumas sugestões
    43. 43. Elomar Castilho Barilli Artigos científicos O CORPO DO TEXTO dependerá das Normas do Editor , ou seja, geralmente a estrutura do artigo é determinada pelas normas do periódico para o qual o arti- go está sendo submetido. 6. Fundamentação teórica - . É importante expor os argumentos de forma explicativa ou demonstrativa, através de proposições desenvolvidas na pesquisa, onde o autor demonstra, assim, ter conhecimento da literatura básica, do assunto, onde é necessário analisar as informações publicadas sobre o tema até o momento da redação final do trabalho, demonstrando teoricamente o objeto de seu estudo e a necessidade ou oportunidade da pesquisa que realizou. 5. Objetivos Se dividem em: Geral – apresenta a intenção do trabalho realizado em contribuir com um campo específico do conhecimento. Exemplo : Contribuir com o campo da Estética e Cosmetologia, através do estudo da combinação da Drenagem Linfática com os óleos cipreste e junípero, na recuperação do pós- operatório em paciente com câncer de mama .
    44. 44. Elomar Castilho Barilli Artigos científicos 7. Metodologia – é a apresentação dos materiais (produtos químicos, equipamen- tos e demais produtos utilizados; e os métodos (ou seja, como os materiais foram usa- dos: técnicas e procedimentos descritos com suas respectivas fases e/ou passos). 8. Resultados - Quando o artigo inclui a pesquisa descritiva apresentam-se os resultados desenvolvidos na coleta dos dados através das entrevistas, observações, questionários, entre outras técnicas. Neste item são apresentados os achados numé- Ricos e estatísticas. 9. Conclusões - Após a análise e discussões dos resultados, são apresentadas as conclusões e as descobertas do texto, evidenciando com clareza e objetividade as deduções extraídas dos resultados obtidos ou apontadas ao longo da discussão do assunto. Neste momento são relacionadas às diversas idéias desenvolvidas ao longo do trabalho, num processo de síntese dos principais resultados, com os comentários do autor e as contribuições trazidas pela pesquisa. Cabe, ainda, lembrar que a conclusão é um fechamento do trabalho estudado, respondendo às hipóteses enunciadas e aos objetivos do estudo, apresentados na Introdução, onde não se permite que nesta seção sejam incluídos dados novos, que já não tenham sido apresentados anteriormente.
    45. 45. Elomar Castilho Barilli Artigos científicos 10. Referências Bibliográficas - Referências são um conjunto de elementos que permitem a identificação, no todo ou em parte, de documentos impressos ou registrados em diferentes tipos de materiais. As publicações devem ter sido mencionadas no texto do trabalho e devem obedecer as Normas da ABNT 6023/2000. Trata-se de uma listagem dos livros, artigos e outros elementos de autores efetivamente utilizados e referenciados ao longo do artigo.
    46. 46. Elomar Castilho Barilli <ul><li>Quais são os periódicos, da área de Estética, melhor colocados na classificação QUALIS da CAPES? </li></ul>Pesquisa 2. Artigo – O PAPEL DO PROFISSIONAL DE ESTÉTICA NO CONTEXTO DA SAÚDE NO SÉCULO XXI. (Até o item 4 da estrutura do artigo científico)
    47. 47. Regras do jogo <ul><li>Trabalho individual. </li></ul><ul><li>A escolha do tema deve ser pactuada com a coordenação do Curso (técnica abordada durante o Curso). </li></ul><ul><li>Os artigos deverão seguir as normas ABNT. </li></ul><ul><li>Estrutura: 1)INTRODUÇÃO; 2) O PROBLEMA; 3)O ESTUDO DE CASO; 4) RESULTADO; 5) CONCLUSÕES; 6) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS. </li></ul><ul><li>de todos os artigos, APENAS 1 será encaminhado oficialmente pela Coordenação do Curso para publicação . </li></ul>
    48. 48. Qual é o melhor texto que existe? Elomar Castilho Barilli aquele que eu entendo .
    49. 49. Iniciando ... Elomar Castilho Barilli Correção do texto . Tratamento/pessoa - sujeito indeterminado (ex. espera-se, conclui-se). . Concordância ( agente vortemu onti - CUIDADO ). . Ortografia (se tiver dúvida, procure no dicionário). Dicas Apresentação dos temas . Quem escreve muito.... Aumenta suas chances de escrever besteira ou de ser chato. Evite “encher lingüiça”. . Evite termos rebuscados. Não seja “rococó”. . Os temos técnicos devem vir acompanhados de alguma forma de conceituação entre parêntesis, pois o leitor não tem obrigação de entender de tudo. . Evite “achismos” (Ex. eu acho que....). Melhor citar outros autores que já tenham pesquisado sobre o tema. . Não confunda ARTIGO CIENTÌFICO com entrevista... . Evite falar o óbvio.
    50. 50. mão na massa
    51. 51. Elomar Castilho Barilli ADJUNTO DE MEDICINA ESTÉTICA: UMA COMPETÊNCIA NECESSÁRIA (TIMES NEW ROMAN 16, negrito) RESUMO (TIMES NEW ROMAN 12, NEGRITO, sem numeração) .. APENAS 1 PARÁGRAFO. .. Geralmente – máximo de 250 palavras. .. Elementos: breve apresentação do tema, metodologia, resultados e objetivo (do trabalho). .. Não deve ter citações. Por isso melhor não ter conceitos. .. O último parágrafo geralmente apresenta o objetivo do artigo. Exemplo: O presente artigo, portanto, objetiva discutir sobre a importância da presen- ça do profissional adjunto de medicina estética nas equipes multidisciplina- res voltadas para o tratamento e acompanhamento de processos estéti- cos. .. Imediatamente abaixo do Resumo – Palavras-chave Elomar Christina Vieira Castilho Barilli (TIMES NEW ROMAN 12, ITÁLICO, NEGRITO) Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública, Educação a Distância Rua Leopoldo Bulhões, 1480 – Manguinhos – Reio de Janeiro [email_address] (TIMES NEW ROMAN 12) MÃO NA MASSA
    52. 52. Parada obrigatória
    53. 53. Parada obrigatória De acordo com o tema, quais são os elemento importantes que devem aparecer no texto? Perguntas : a. como deveriam ser as equipes ligadas à Estética? b. por que é importante a presença do esteticista nas equipes que realizam tratamentos estéticos? c. qual seria diferencial? Ou seja, quais as contribuições fundamentais que o pro- fissional de estética poderia trazer? c. o que é necessário para promover essa integração? (médicos, esteticistas, nu- tricionistas, odontólogos etc.). Perguntas : a. a que se deve a evolução da área e Estética? b. qual a relação estética – saúde – qualidade de vida? 2. Ressaltar a importância da presença do esteticista nas equipes de Estética: 1. Enfatizar o porquê fazer tratamentos estéticos:
    54. 54. INTRODUÇÃO 1º PARÁGRAFO como deveriam ser as equipes ligadas à Estética? por que é importante a presença do esteticista nas equipes que realizam tratamentos estéticos? qual seria diferencial? Ou seja, quais as contribuições fundamentais que o pro- fissional de estética poderia trazer? o que é necessário para promover essa integração? (médicos, esteticistas, nu- tricionistas, odontólogos etc.). 2. Ressaltar a importância da presença do esteticista nas equipes de Estética: 1. Enfatizar o porquê fazer tratamentos estéticos: a que se deve a evolução da área e Estética? qual a relação estética – saúde – qualidade de vida? 2º PARÁGRAFO 3º PARÁGRAFO 4º PARÁGRAFO 5º PARÁGRAFO 6º PARÁGRAFO MÃO NA MASSA
    55. 55. Elomar Castilho Barilli INTRODUÇÃO Foi-se o tempo em que as formas arredondadas significavam beleza. O rigor das formas imposto pela sociedade do século XXI traz, a reboque, hábitos saudáveis que apontam para a interação beleza e saúde. A noção de beleza, hoje, parece estar intimamente relacionada a atributos que outrora sequer eram considerados integrantes da busca pela beleza como estresse, baixa estima, hábitos alimentares entre outros. Assim, a área da Estética hoje procura olhar o indivíduo de forma holística, entendendo-o como um ser indivisível afeito à pluralidade do mundo em que vive. Parece óbvio que tal contexto exige, do campo da Estética, uma atuação multiprofissional que congregue diferentes saberes e habilidades em torno de um objetivo comum, contribuir para a qualidade de vida através da beleza saudável que promove a inserção social

    ×