Novas atribuições da embalagem

  • 1,298 views
Uploaded on

Novas funções que a embalagem precisa atender

Novas funções que a embalagem precisa atender

More in: Design , Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,298
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
89
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Novas atribuições da embalagem Atendendo as demandas de um mercado mais competitivo
  • 2. Atenção !!! Esta apresentação faz parte de minhas aulas e seu conteúdo foi elaborado com base na minha experiência profissional que, em algum momento, pode contradizer o que é explicado na maioria dos livros. Suas informações são limitadas e superficiais, sendo que o conteúdo completo é dano durante a aula. Fique a vontade para utilizá-lo se precisa, mas tome cuidado para não copiar conteúdo incompleto. Odair Cavichioli Júnior http://www.odaircavichioli.com.br
  • 3. De pacote a objeto de desejo
    • Antigamente, a função da embalagem era apenas facilitar o transporte do produto.
    • Atualmente, a embalagem passou a desempenhar um papel de comunicação e conveniência.
    • Além de ser funcional, precisa um visual que realize sua venda, faça a diferença em relação ao seu público.
  • 4. Vendedor invisível
    • 90% dos produtos comercializados dependem somente da embalagem como instrumento de venda.
    • A industria de embalagem no Brasil é responsável por 1,5% do PIB nacional. Esse dado é tão relevante que é apontada como indicador do movimento econômico da indústria no país.
  • 5. Novas atribuições da embalagem
    • Proteger e acondicionar;
    • Transportar;
    • Informar e identificar;
    • Promover e vender;
    • Formar e consolidar a imagem;
    • Funcionalidade;
    • Economizar e valorizar;
  • 6. Proteger e acondicionar
    • Preservar a integridade física e química do produto, desde o envio até o momento de sua aquisição.
    • Devem ser considerados os seguintes riscos:
      • Biológicos: microorganismos, mofo, bactérias, contaminações, insetos e roedores;
      • Climáticos: deformações físicas ou químicas causadas por umidade, frio, calor, etc;
      • Física: manuseio, vibração, impacto, compreensão, distorção, etc.
      • Desfalque: roubo e furto, tanto no transporte como no canal de venda.
  • 7. Transportar
    • Um mercado mais competitivo obriga as empresas a buscar locais estratégicos para a construção de fábricas.
    • As fábricas ficam muito distante dos centros comerciais, seja por questões tributárias ou expansão para outros mercados.
    • Por isso, as embalagens precisam ter resistência para serem transportadas por longas distâncias e troca de transportes. As vezes, de um país para outro.
    • Um consumidor deixa de adquirir um produto com a embalagem danificar, gerando perdas.
  • 8. Informar e identificar
    • Hoje, temos parâmetros internacionais de vigilância, legislações e estatutos que obrigam a presença de algumas informações na embalagem.
    • Como ferramenta de comunicação, também pode conter informações com o dicas, entretenimento ou propaganda.
  • 9. Informar e identificar
    • A identidade visual também deve definir uma “família de produtos” para ajudar o consumidor a identificar o tipo de produto e até sua marca.
  • 10. Promover e vender
    • A embalagem é uma ferramenta de comunicação.
    • Deve proporcionar uma “experiência” ao cliente, para conhecer o produto sem experimentá-lo.
  • 11. Formar e consolidar a imagem
    • A embalagem deve dar personalidade ao produto, diferenciando-o de seus concorrentes.
    • O visual da embalagem ajuda a consolidar sua imagem na sociedade (imagem societal).
  • 12. Formar e consolidar a imagem
    • A caixa do amido de milho Maisena transmite uma série de valores para os consumidores.
    • Apenas o produto (um pó branco) não diz nada ao mercado.
  • 13. Funcionalidade
    • Aplicabilidade: o manuseio deve ser pratico e fácil, permitindo utilizá-lo em qualquer local e condição física.
    • Individualização: deve caber em uma bolsa, mochila ou até no bolso para que as pessoas possam levá-lo para o trabalho, academia, escola, etc.
  • 14. Economizar e valorizar
    • Custo:
      • Valores concretos de produção.
      • Esse valor é considerado ao definir o preço de algum produto.
    • Preço:
      • Valor estabelecido pela lei de mercado de oferta e procura.
      • Esse valor é intangível no processo de venda.
  • 15. Economizar e valorizar
    • Não devemos pensar somente em redução de custo. Muitas vezes, o cliente está disposto a pagar mais pela beleza e qualidade.
    • Produtos com valor agregado devem ter uma embalagem que ofereça o status desejado pelo consumidor.
    • A embalagem deve representar visualmente o status que a categoria do produto pode oferecer ao mercado.
  • 16. Para pesquisa
    • Imagem Societal
  • 17. Referência bibliográfica
    • Existem algumas informações que são encontradas na Wikipédia. Porém, como seu conteúdo pode ser alterado por qualquer pessoa, sua credibilidade é questionável. Só utilize informações da Wikipédia se você já conhece o assunto e concorda com as definições.
    • Design de Embalagem: do marketing à produção
      • Celso Negrão e Eleida Camargo
      • Editora Novatex
      • 2008
  • 18. Novas atribuições da embalagem Atendendo as demandas de um mercado mais competitivo Odair Cavichioli Júnior www.odaircavichioli.com.br