Your SlideShare is downloading. ×
0
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Sadc e tigres asiaticos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Sadc e tigres asiaticos

2,195

Published on

Trabalho sobre Tigres Asiáticos e SADC - Blocos econômicos -

Trabalho sobre Tigres Asiáticos e SADC - Blocos econômicos -

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,195
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
37
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. SADC/Tigres Asiáticos Blocos econômicos
  • 2. Breve definição de bloco econômico Bloco Econômico é uma união de países com interesses mútuos de crescimento econômico e, em alguns casos, se estende também á integração social desses países. Tem como uma das ideias principais a visão de que haja uma integração maior entre países e a facilitação no comércio entre eles pode beneficiar a ambos ter um crescimento maior e em conjunto. O primeiro bloco a ser formado em 1956 foi a CECA (Comunidade Europeia do Carvão e do Aço), na Europa. Esse grupo foi formado inicialmente pela Bélgica, Alemanha Ocidental, Holanda, Itália, Luxemburgo e França. Depois desse grupo, principalmente depois da Guerra Fria, mais e mais Blocos Econômicos foram se formando.
  • 3. SADC (Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral)  A SADC foi estabelecida por meio de um tratado, em 1992. Esse tratado tem por objetivo melhorar as habilidades técnicas e administrativas dentro da região e estipula o estabelecimento de uma série de protocolos voltados para uma maior integração regional inter alia: os protocolos do comércio, energia, educação e turismo.  A SADC passou a existir após uma decisão tomada na Conferência de Coordenação para o Desenvolvimento da África Austral (SADCC). A SADCC foi oficialmente formada em 1.o de abril de 1980, seguindo a adoção do Protocolo de Lusaka, e passou a funcionar em Lusaka, Zâmbia.
  • 4.  Tornaram-se membros da SADCC Angola, Botsuana, Lesoto, Malavi, Moçambique, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia e Zimbábue. Assim, a SADCC nasceu das experiências positivas de íntima cooperação entre governos e povos da África Austral.  O período de transição da década de 1960 para a de 1970 foi marcado por maciça revolta política no continente africano. Foi o tempo da descolonização e independência, e esse movimento ocorreu com relativa rapidez na maioria da África.  O bloco coordenou seus esforços, recursos e estratégias para apoiar movimentos de libertação e, ao mesmo tempo, resistir às agressões do regime de minoria branca na África do Sul.
  • 5. Objetivos da SADCC  Dentro da SADCC foram visados os seguintes objetivos :  1. reduzir a dependência do mundo exterior e, em particular, da África do Sul;  2. promover a autoconfiança coletiva dos Estados membros;  3. promover e coordenar a cooperação econômica por meio de um projeto e de uma abordagem orientada por setor;  4. promover uma ação conjunta para garantir a compreensão internacional e seu apoio prático para a estratégia da SADCC.
  • 6. Integração da SADC  A SADC tem Protocolos do Comercio estes são :  liberalizar ainda mais o comércio intra-regional de bens e serviços, com base em acordos de comércio justos;  contribuir para melhorar o clima de investimentos domésticos entre fronteiras e estrangeiros;  intensificar o desenvolvimento econômico, a diversificação e a industrialização da região;  intensificar o processo de integração regional através do aumento do comércio intra-regional e facilitando o comércio entre fronteiras.
  • 7. Países-membros  O SADC tem atualmente 15 países-membros são eles :  África do Sul, Angola, Botsuana, Lesoto, Malavi, Maurício, Moçambique, Namíbia, República Democrática do Congo, Seicheles, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia e Zimbábue.  Cada um deles tem uma função especifica dentro do bloco econômico, isto virá a ser discutido mais a frente .
  • 8. Mapa da distribuição dos países-membros
  • 9. Função individual de cada país-membro  África do Sul : Finanças e investimentos;  Angola : Comissão de Energia;  Botsuana : Investigação Agrária e produção animal e controle de doenças de animais;  Lesoto : Conservação da água e solo e utilização da terra e turismo;  Malauí : Pesca, área florestal e vida selvagem;  Maurício : Não tem um grande objetivo;  Moçambique : Cultura, informação, esportes, comissão de transportes e comunicação;
  • 10.  Namíbia : Pescas;  Suazilândia : Desenvolvimento de Recursos Humanos;  Tanzânia : Indústria e comércio;  Zâmbia : Emprego, trabalho e mineração;  Zimbábue : Produção agrícola, alimentação, recursos agrícolas e naturais;
  • 11. Principais objetivos do bloco  Os Estados membros visionam a África Austral como uma região caracterizada pela paz, boa vizinhança e tranquilidade, onde as nações tenham maior crescimento econômico.  alcançar desenvolvimento e crescimento econômico, aliviar a pobreza, aumentar o padrão e a qualidade de vida dos países da África Austral;  desenvolver valores, sistemas e instituições políticas comuns;  promover e defender a paz e segurança;  promover o desenvolvimento sustentado a partir da autoconfiança coletiva e da interdependência dos Estados membros;
  • 12.  alcançar a complementaridade entre estratégias e programas nacionais e regionais;  promover e maximizar o produtivo emprego e a utilização dos recursos da região;  alcançar o uso sustentável dos recursos naturais e a efetiva proteção do meio ambiente;  fortalecer e consolidar as antigas afinidades históricas, sociais e culturais e os elos entre os povos da região.
  • 13. Necessidades destes objetivos :  harmonizem as políticas e planos políticos e socioeconômicos dos estados membros;  encorajem os povos da região e suas instituições a tomar iniciativas para desenvolver laços econômicos, sociais e culturais por toda a região e participar plenamente na implementação de programas e projetos da SADC;  criem instituições e mecanismos apropriados para a mobilização dos recursos necessários à implementação dos programas e projetos da SADC e suas instituições;  desenvolvam políticas que objetivem a progressiva eliminação de obstáculos à livre movimentação de capital e trabalho, bens e serviços, e dos povos da região;
  • 14.  melhorem a administração e o desempenho econômico por meio da cooperação regional;  promovam o desenvolvimento, a transmissão e o domínio da tecnologia;  promovam a coordenação e a harmonização de relações internacionais dos Estados membros;  garantam entendimento, cooperação e apoio internacional e mobilizem o influxo de recursos públicos e privados na região;  desenvolvam outras atividades que os Estados membros decidam, em apoio a esse tratado.
  • 15. O STATUS POLÍTICO E ECONÔMICO DA REGIÃO DA SADC  Visão política - composto por Estados altamente diversificados em suas condições socioeconômicas e políticas. Embora todos eles se declarem democráticos, bem poucos contêm as instituições que caracterizam as modernas democracias em seus sistemas políticos, como eleições livres e justas. E muitos deles não aceitam uma oposição política e poucos respeitam o sistema de leis vigente.  Em alguns países envolvidos em guerras civis, a busca de ideais democráticos obviamente tornou-se difícil. O conselho do bloco está empenhado em resolver esses conflitos de forma rápida.
  • 16.  Visão econômica – Tem uma população total de aproximadamente 257,7 milhões de habitantes e tem um produto interno bruto de aproximadamente 471,1 E.U. $ bilhões.  Arrecada uma media de US$ 53,5 bilhões de exportações.  Gasta uma media de US$ 52,8 bilhões em importação.  Tem disparidades econômicas.  Não tem uma moeda comum interna.  As economias da SADC caracterizam-se por moedas muito instáveis. O crescimento no comércio regional é mutuamente benéfico se as taxas de câmbio de todos os países não forem distorcidas.
  • 17. Projetos a ser desenvolvidos  O Mercado Comum (MC), para 2015; União Monetária (MU), para 2016; e a implantação de uma moeda única em 2018.  O financiamento aos projetos é obtido de contribuição de cada um dos membros. E da colaboração de parceiros econômicos internacionais. O principal parceiro econômico da SADC é a União Europeia. As relações comerciais entre a UE e o SADC vêm diminuindo bastante: de 7% na década de 80 para 3% atualmente. Há planos de integração entre o Mercosul e a SADC.
  • 18. Conclusão  O programa da SADC está longe de estar completo. Embora sua direção seja bastante positiva, seu ritmo é dolorosamente lento. Os países membros continuam a competir por investimentos em vez de cooperarem; comportam-se como Estados soberanos, ao invés de comunidade.  A implementação do protocolo sobre a  Zona de livre comércio foi extremamente lenta. Além disso, houve uma série de disputas comerciais, principalmente entre o Zimbábue e a África do Sul, as maiores economias da região.  No entanto, em um mundo que caminha para uma economia global, o objetivo da SADC deve ser buscado com infalível determinação. Os benefícios virão somente se os Estados membros mantiverem uma forte vontade política e estiverem dispostos a abrir mão de sua autonomia
  • 19. Tigres Asiáticos
  • 20. Mapa mostrando os quatro Tigres Asiáticos  Localização dos quatro Tigres asiáticos na Ásia ( Hong Kong, Taiwan, Singapura e Coreia do Sul).
  • 21. Características dos Tigres Asiáticos  Os países chamados de "Tigres Asiáticos" são Taiwan, Cingapura e Coréia do Sul, e estão em desenvolvimento com altas taxas de crescimento. A partir de 1960, esses países adotaram, processo de substituição de importação para bens de consumo não duráveis e, numa Segunda etapa, a exportação desses produtos. Na década de 70, o mesmo processo ocorreu para bens duráveis. As principais razões para o crescimento econômico foram o baixo custo da mão de obra e a produção em larga escala para exportações a partir dos anos 60.
  • 22. Métodos de desenvolvimento do bloco econômico  Para conseguirem este rápido desenvolvimento usaram uma política de baixos impostos, investimentos em tecnologia e educação, incentivos às exportações, abertura para a entrada de capital estrangeiro, forte participação na economia de mercado, inserção na globalização e grande oferta de mão-de-obra barata e disciplinada.  Com a estratégia adotada, conseguiram desenvolver produtos com tecnologia agregada e preços competitivos. Além do desenvolvimento econômico, atualmente, são considerados países que apresentam ótimos índices educacionais e sociais.
  • 23. Histórico  A partir da década de 70, o direcionamento da indústria eletrônica para a exportação de produtos  baratos traz prosperidade econômica crescente e rápida para alguns países da Ásia. Coréia do Sul,  Formosa (Taiwan), Hong Kong e Cingapura são os primeiros destaques. Dez anos depois, Malásia,  Tailândia e Indonésia integram o grupo de países chamados Tigres Asiáticos.
  • 24. Objetivo principal  Integrar os países asiáticos, visando o fim das barreiras alfandegárias e desenvolver novas tecnologias no processo competitivo que toma conta do mundo atual.(Basicamente essa é a meta de todos os países-membros ao entrarem em um bloco econômico ).
  • 25. Países-membros  Cingapura - Durante séculos, a ilha de Cingapura foi uma área pantanosa ocupada por pescadores que pertencente ao sultanato de Johore, no sul da Malásia. Em 1819, instala-se a Companhia Britânica das Índias Orientais, funda ali um entreposto comercial. Em 1826, a companhia incorpora Cingapura e outros dois territórios peninsulares (Penang e Malaca) em um único Estabelecimento dos Estreitos, que passa a ser colônia britânica em 1867.
  • 26.  Coréia do Sul – A Coréia do Sul possui dois mil anos de história em comum com a Coréia do Norte. O Estado Sul Coreano surge em maio de 1948, quando a zona ocupada pelos Estados Unidos, na metade sul da península, torna-se um país independente, sob a liderança do nacionalista Syngman Rhee. Em 1950, a nova Nação é invadida pela Coréia do Norte, dando início à Guerra da Coréia, que dura até o armistício de 1953. Rhee permanece no poder até 1960, quando renuncia em meio a acusações de corrupção. Seu sucessor, Chang Myon, é deposto em 1961, em um golpe militar chefiado pelo general Park Chung Hee. Após ser confirmado no cargo por eleições consideradas fraudulentas, Park instaura uma ditadura militar em 1972.
  • 27.  Taiwan – Conhecida pelos chineses desde os primeiros séculos da Era Cristã, a ilha só é de fato ocupada por eles no século XVII. Antes disso, em 1950, os portugueses estabelecem um entreposto comercial, denominado Formosa. Segue-se breve ocupação de espanhóis, expulsos pelos holandeses em 1642. os chineses ocupam a ilha em 1661 e, mais tarde, transformam a região em sua província.
  • 28.  Com a derrota na Guerra Sino-Japonesa, em 1895, a China é obrigada a entregar Taiwan ao Japão. No fim da Segunda Guerra Mundial, a ilha volta à soberania da China, então governada pelo Partido Nacionalista (Kuomintang) de Chiang KaiShek. Em 1949, derrotados pelas forças comunistas de Mao Tse-tung, Chiang Kai Shek e os remanescentes de seu governo fogem para Taiwan, formando um Estado à parte, que se intitula a verdadeira República da China. Em 1971, Taiwan é obrigado a retirar-se da ONU, a partir da entrada da China no organismo. Em conseqüência, Taiwan vê rompidas suas relações diplomáticas com quase todas as Nações do mundo. Seu comércio externo, porém, intensifica-se.
  • 29.  Hong Kong - As origens dessa singularidade de Hong Kong estão na política expansionista britânica do século 19. Hong Kong - “Porto do Aroma”, em mandarim - era só um remoto vilarejo de pescadores no ano de 1841 quando, de Londres, a recém-empossada rainha Vitória, nada vitoriana, ordenou a invasão da ilha. Sua Majestade estava à procura de algum porto estratégico no Oriente para ancorar os rendimentos de um produto derivado de uma flor. Não, não era a inocente bauhínia.
  • 30. Economia  Quase toda a população vive em casa própria e o número de televisores e outros eletrodomésticos, por família, é bem maior que na América Latina, na África e no restante da Ásia (com exceção do Japão). A assistência médica é gratuita e as taxas de analfabetismo são baixas (2% em Formosa e na Coréia do Sul, 4% em Cingapura e 7% em Hong Kong).  A média salarial é baixa, se comparada com a dos países do Norte, mas é maior que a que prevalece nos países do Sul. O salário industrial médio dos ‘tigres’ é de U$ 800,00 por mês, sendo que o salário mínimo varia de 280 até 500 dólares. Usando um termo de comparação, basta lembrar que o salário industrial médio no Brasil é de 300 dólares,e o mínimo é superior 100 dólares.
  • 31. Economia - Taiwan  A agricultura é responsável por 3% do PIB, tendo descido de 35% em 1952. As indústrias tradicionais de mão-de-obra intensiva têm vindo a ser transferidas para outros países e a ser substituídas por indústrias mais dependentes do capital e da tecnologia. Taiwan tornou-se um investidor importante na China continental, na Tailândia, na Indonésia, nas Filipinas, na Malásia e no Vietname. A contração dos mercados de emprego levou a um influxo de trabalhadores estrangeiros, tanto legais como ilegais. Devido a uma abordagem financeira conservadora e à força das suas empresas, Taiwan sofreu pouco com a crise financeira asiática de 1998-2000, em comparação com muitos dos seus vizinhos. O crescimento em 2000 deve subir um pouco relativamente a 1999, ajudado pela expansão no consumo interno, nas exportações e no investimento privado.  O mercado de prostituição (masculina ou feminina) é um fator muito influente na economia paralela.  Moeda oficial : Novo dólar taiwanês
  • 32.  DADOS PRINCIPAIS:  Área: 35.908 km² Capital: Taipei População: 23,06 milhões de habitantes (2011) Nome Oficial: República da China Nacionalidade: taiwanesa ou formosina Governo: República com forma mista Divisão administrativa: 18 condados e 7 municipalidades.  PIB (Produto Interno Bruto): US$ 910 bilhões (2012) PIB per capita: US$ 38.500 (2012)
  • 33. Economia – Hong Kong  Hong Kong é uma região administrativa especial da República Popular da China  CAPITAL: não há POPULAÇÃO: 7,06 milhões de habitantes (Censo 2010) GENTÍLICO: Honconguês MOEDA: Dólar de Hong Kong NOME OFICIAL : Região Administrativa Especial de Hong Kong NACIONALIDADE: chinesa ADMINISTRAÇÃO: dividida em 18 distritos administrativos IDH: 0,898 – elevado  PIB (Produto Interno Bruto): US$ 225 bilhões (estimativa 2010) RENDA PER CAPITA: US$ 45.900 (estimativa 2010)
  • 34. Economia – Coreia do Sul  Capital: Seul População: 48,3 milhões (estimativa 2009) Moeda: Won sul-coreano Nome Oficial: República da Coreia Nacionalidade: sul-coreana Data Nacional: 15 de agosto (Dia da Independência). Governo: República presidencialista Presidente da República: Park Geun-hye Divisão administrativa: nove províncias, seis cidades metropolitanas e uma capital (Seul).  IDH: 0,909 (Pnud 2012) - desenvolvimento humano muito alto  Renda per capita: US$ 32.400 (estimativa 2010) PIB: US$ 1,61 trilhão (estimativa 2012)
  • 35. Economia - Cingapura ou Singapura  Capital: Cidade de Cingapura População: 4,8 milhões (estimativa 2010) Nome Oficial: República de Cingapura Nacionalidade: cingapuriana Governo: República parlamentarista Divisão administrativa: 5 regiões  IDH: 0,895 (muito alto) - Pnud 2012 PIB (Produto Interno Bruto): US$ 291,9 bilhões (estimativa 2010) PIB per Capita: US$ 62.100 (estimativa 2010)
  • 36. Novos Tigres Asiáticos  Com o passar do tempo, o caso bem sucedido observado em tais países fomentou a modernização de outras economias asiáticas. É daí que, a partir da década de 1990, observamos o surgimento dos chamados “Novos Tigres”, bloco esse, formado por Tailândia, Malásia, Filipinas, Indonésia e Vietnã. Diferente dos “tigres veteranos”, os “Novos Tigres” experimentaram uma onda de crescimento sustentada pelo investimento de poderosos grupos transnacionais em suas economias.
  • 37. Representação dos Novos Tigres em relação aos “Velhos”  Os Novos Tigres Asiáticos (em amarelo) e os "Velhos Tigres" (em vermelho).
  • 38. Resumo da distribuição dos blocos econômicos no mundo atual
  • 39. Componentes do grupo  Pedro Henrique Bacelar da Silva  Ananda Angeli  Milena Souza  Matheus Henrique  Diego Pereira  Joice Silva  Erica Rodrigues

×