Regras da ABNT

94,443 views
94,041 views

Published on

Descreve detalhadamente como deve ser um trabalho nas regras da ABNT, de forma clara e eficiente.

Published in: Education
5 Comments
26 Likes
Statistics
Notes
  • OQ É Epígrafe
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Assisti um vídeo que ensina como fazer um TCC EM BLOCOS, um MÉTODO bem interessante. O link do vídeo é esse: http://j.mp/roteiro-TCC
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Olá, precisando de um TCC ou trabalhos de faculdade, entre em contato comigo, sem plagio: http://tccetrabalhosdefaculdade.blogspot.com.br/
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • O que me ajudou muito na hora de fazer meu TCC foi este site http://www.comofazerumtcc.net.br/ os caras são referencia em elaborar TCC mesmo que você esteja perdido vai funcionar eles já ajudaram milhares de estudantes VOCÊ TEM QUE CONFERIR!
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Muito bom consegui um modelo completo no site (www.modelodetrabalhoacademico.com.br) Valeu apena tem 4 arquivos completos lá vale a pena antes ia pagar 650 reais para padronizar uma monografia mas lá paguei somente 179,00 mas vai servir para todos os anos do meu curso...
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
94,443
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
1,270
Comments
5
Likes
26
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Regras da ABNT

  1. 1. COLÉGIO ESTADUAL BARBOSA RODRIGUES CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO AUTORES TÍTULO DO TRABALHO GRAVATAÍ 2012
  2. 2. 2 Digit COLÉGIO ESTADUAL BARBOSA RODRIGUES AUTORES TÍTULO DO TRABALHO Projeto Final de semestre apresentado para avaliação do Curso de Administração de empresas, Nível Técnico, do Colégio Barbosa Rodrigues de Gravataí, RS. Orientadores(as): Prof. Fulano de Tal Co-orientador: Prof. Fulano de Tal (se houver) GRAVATAÍ 2012 Digit
  3. 3. 3 Epígrafe...” [opcional] Autor da Epígrafe
  4. 4. 5 Dedicatória... [Opcional]
  5. 5. SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS...............................................................................................................7 LISTA DE TABELAS..............................................................................................................8 LISTA DE QUADROS.............................................................................................................9 LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS............................................................................10 RESUMO.................................................................................................................................11 1 INTRODUÇÃO....................................................................................................................12 1 TÍTULO DE CAPÍTULO EM LETRAS MAIÚSCULAS...............................................13 TÍTULO DE SEÇÃO DO CAPÍTULO (APENAS A INICIAL MAIÚSCULA) ......................................13 SEGUNDA SEÇÃO...................................................................................................................13 1.2.1 Subseção 1..............................................................................................................13 1.2.2 Subseção 2..............................................................................................................14 3 TERCEIRO CAPÍTULO DO DESENVOLVIMENTO...................................................15 4 CONCLUSÃO......................................................................................................................16 REFERÊNCIAS......................................................................................................................17 APÊNDICE A – NOME DO APÊNDICE.............................................................................18 ANEXO A – NOME DO ANEXO.........................................................................................19
  6. 6. LISTA DE FIGURAS Figura 1 – Nome da figura no estilo “Figura – nome”........................................................13
  7. 7. LISTA DE TABELAS Tabela 1 – Nome da primeira tabela.....................................................................................14
  8. 8. LISTA DE QUADROS Quadro 1 – Exemplo de quadro.............................................................................................14 Quadro 2 – Nome do segundo quadro...................................................................................14
  9. 9. LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS abrev. SIGLA Significado da abreviatura Significado da SIGLA
  10. 10. RESUMO Parágrafo... [o resumo deve ser apresentado em um único parágrafo] Palavras-chave: Área 1; Área 2; Área 3; Área 4; Área 5.
  11. 11. 1 INTRODUÇÃO A primeira página de cada capítulo não leva número de página. Para isto, ao iniciar um capítulo use a opção “Quebra” (do menu “Inserir”), selecionando “Próxima página” em “Quebras de seção”. Parágrafo... Parágrafo... As CITAÇÕES no texto com mais de três linhas devem ser destacadas com recuo de 4 cm da margem esquerda, com FONTE 10 e sem aspas (ABNT, 2001, p. 2). Parágrafo...
  12. 12. 1 TÍTULO DE CAPÍTULO EM LETRAS MAIÚSCULAS Parágrafo... Título de seção do capítulo (APENAS A INICIAL MAIÚSCULA) Parágrafo: Parágrafo... A Figura 1 mostra um exemplo de figura. • A figura inclui gráficos, ilustrações, desenhos, fotos e qualquer outro material que não seja classificado como quadro ou tabela. Pode ser usado em qualquer ponto do trabalho. O número da figura e a fonte devem vir abaixo da mesma. Figura 1 – Nome da figura no estilo “Figura – nome” Parágrafo... SEGUNDA SEÇÃO Parágrafo...1 1.2.1 Subseção 1 Parágrafo... A Tabela 1 apresenta um exemplo de tabela. Tabelas devem conter informações numéricas e devem ter suas laterais abertas. Caso as informações não sejam numéricas, deve-se usar quadros. Depois da tabela deve seguir uma linha em branco no estilo “Tabela”. O único lugar do texto onde aparecem linhas em branco é depois de tabelas e quadros. 1 Texto da nota de rodapé.
  13. 13. 14 Parâmetro 1 Parâmetro 2 Parâmetro 3 Parâmetro 4 Parâmetro 5 Tabela 1 – Nome da primeira tabela Método 1 (s) Método 2 (s) Método 3 (s) 10.05 11.20 13.40 11.20 12.90 45.99 15.00 14.99 45.00 14.00 33.99 58.42 34.00 33.80 45.32 Método 4 (s) 15.90 56.00 45.33 45.44 54.45 1.2.2 Subseção 2 Parágrafo... O Quadro 1 apresenta um exemplo de quadro. Quadros contém informações textuais e devem ter suas laterais fechadas. Depois do quadro deve seguir uma linha em branco no estilo “Quadro”. O único lugar do texto onde aparecem linhas em branco é depois de tabelas e quadros. Nome do Objeto Objeto 1 Objeto 2 Quadro 1 – Exemplo de quadro Vantagem xxxxx zzzzzz Desvantagem yyyyyy kkkkkk Parágrafo... Parâmetros Parâmetro 1 Parâmetro 2 Parâmetro 3 Parágrafo... Quadro 2 – Nome do segundo quadro Modelo A Modelo B Método 1 (s) Método 2 (s) Método 1 (s) Método 2 (s) Sim Não Sim Não Sim Não Não Não Sim Não Sim Sim
  14. 14. 3 TERCEIRO CAPÍTULO DO DESENVOLVIMENTO Parágrafo... Parágrafo...
  15. 15. 4 CONCLUSÃO Parágrafo... Parágrafo...
  16. 16. REFERÊNCIAS Referências sempre ordenadas (ordem alfabética crescente)... Referência... Referência... ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520: Informação e documentação – Apresentação de citações em documentos. Rio de Janeiro: ABNT, 2001. 4 p. ERNANI, Terra, NETO, José De Nicola. 1001 dúvidas de português. 7. ed. São Paulo: Saraiva, 1999. 264p. SACCONI, Luiz Antonio. Não erre mais! 19. ed. São Paulo: Atual, 1990. 421p. TRAINOTTI, Teresinha Salete. Trabalho de conclusão pós-graduação lato sensu. Canoas: Ed. ULBRA, 2001. 54p. (Cadernos Universitários, 07). TRINDADE, Ana Lígia, BITTENCOURT, Simone da Rocha. Manual para apresentação de trabalhos de pós-graduação. Canoas: Ed. ULBRA, 1999. 88p.
  17. 17. APÊNDICE A – NOME DO APÊNDICE Os apêndices são documentos elaborados pelo próprio autor da monografia, e que complementam a sua leitura. Podem existir quantos apêndices forem necessários, que são identificados por letras A, B, C, D, etc. O estilo para apêndices não é tão rigoroso. Pode-se usar um padrão diferente, por exemplo, com fontes de corpo menor.
  18. 18. ANEXO A – NOME DO ANEXO Parágrafo... Os anexos são documentos elaborados por outros autores, e que complementam a sua leitura. Podem existir quantos anexos forem necessários, que são identificados por letras A, B, C, D, etc. O estilo para anexos não é tão rigoroso. Pode-se usar um padrão diferente, por exemplo, com fontes de corpo menor.

×