Your SlideShare is downloading. ×

IT Essentials Windows 7

4,687

Published on

Descreve sistema operacional Windows 7

Descreve sistema operacional Windows 7

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
4,687
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
158
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 1 de 43 IT ESSENTIALS V4.1 SUPLEMENTO PARA WINDOWS 7 O conteúdo sobre Windows 7 foi adicionado em ambos os exames exigidos para obter a certificação CompTIA A+: CompTIA A+ Essentials (220-701) e CompTIA A+ Practical Application (220-702). Para ajudar a garantir o sucesso dos instrutores e alunos da Networking Academy, esse documento sobre o Windows 7 fornece os conteúdos e imagens de telas necessários. Nesse documento, "LI" significa Indicador de aprendizado. Ele é uma referência indicando o local no currículo online do IT Essentials v4.1 no qual o conteúdo sobre Windows 7 deve ser aplicado. A tabela de conteúdo contém hyperlinks de navegação para os conteúdos novos ou modificados do LI indicado. Os materiais do Windows 7 que não possuam uma tradução para a versão 4.1 do curso disponível serão disponibilizados através da versão 4.0.
  • 2. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 2 de 43 Conteúdo IT Essentials v4.1 LI 5.1.2 Explicar conceitos de sistemas operacionais ................................................................3 IT Essentials v4.1 LI 5.2.1 Descrever sistemas operacionais para computadores pessoais ..................................4 IT Essentials v4.1 LI 5.3.2 Determinar os requisitos mínimos de hardware e compatibilidade com a plataforma do SO................................................................................................................................................................5 IT Essentials v4.1 LI 5.4.2 Preparar unidade de disco rígido...................................................................................6 IT Essentials v4.1 LI 5.4.3 Instalar o sistema operacional usando a configuração padrão .....................................6 IT Essentials v4.1 LI 5.4.5 Concluir a instalação......................................................................................................7 IT Essentials v4.1 LI 5.4.6 Descrever opções de instalação personalizadas ..........................................................7 IT Essentials v4.1 LI 5.4.9 Descrever estruturas de diretório...................................................................................8 IT Essentials v4.1 LI 5.5.1 Manipular itens no desktop ............................................................................................8 IT Essentials v4.1 LI 5.5.2 Explorar os applets do Painel de Controle ..................................................................12 IT Essentials v4.1 LI 5.5.3 Explorar ferramentas administrativas ..........................................................................13 IT Essentials v4.1 LI 5.5.4 Instalar, navegar e desinstalar um aplicativo...............................................................18 IT Essentials v4.1 LI 5.5.5 Descrever a atualização de um sistema operacional ..................................................18 IT Essentials v4.1 LI 5.6.2 Agendar uma tarefa .....................................................................................................20 IT Essentials v4.1 LI 5.6.3 Fazer backup do disco rígido.......................................................................................21 IT Essentials v4.1 LI 6.4.1 Descrever como configurar opções de energia...........................................................21 IT Essentials v4.1 LI 6.4.3 Instalação e configuração de hardware de comunicação do laptop............................24 IT Essentials v4.1 LI 7.2.6 Descrever como imprimir uma página de teste ...........................................................25 IT Essentials v4.1 LI 7.2.7 Descrever como compartilhar uma impressora...........................................................25 IT Essentials v4.1 LI 8.3.2 Descrever o endereçamento IP ...................................................................................25 IT Essentials v4.1 LI 8.9.1 Instalar ou atualizar um driver NIC ..............................................................................26 IT Essentials v4.1 LI 11.4.5 Atualizar e configurar dispositivos de armazenamento e discos rígidos...................26 IT Essentials v4.1 LI 12.0 Introdução .....................................................................................................................26 IT Essentials v4.1 LI 12.1.3 Estruturas de diretório do SO Windows.....................................................................27 IT Essentials v4.1 LI 12.2.3 Criar, visualizar e gerenciar discos, diretórios e arquivos .........................................27 IT Essentials v4.1 LI 12.2.4 Identificar procedimentos e utilitários usados para otimizar o desempenho de sistemas operacionais ...............................................................................................................................30 IT Essentials v4.1 LI 12.2.5 Identificar procedimentos e utilitários usados para otimizar o desempenho de navegadores..............................................................................................................................................37 IT Essentials v4.1 LI 12.2.9 Comandos CLI do Windows ......................................................................................37 IT Essentials v4.1 LI 12.3 Descrever como atualizar sistemas operacionais ........................................................37 IT Essentials v4.1 LI 12.4.1 Agendar tarefas e atualizações automáticas.............................................................37 IT Essentials v4.1 LI 12.5.2 Identificar problemas e soluções comuns..................................................................37 IT Essentials v4.1 LI 13.3.3 Selecionar dispositivos de armazenamento ..............................................................39 IT Essentials v4.1 LI 13.4.1 Descrever como agendar e realizar a manutenção de laptops .................................39 IT Essentials v4.1 LI 14.2.2 Instalar e configurar o driver e software.....................................................................39 IT Essentials v4.1 LI 14.3 Descrever como compartilhar uma impressora e um scanner em uma rede...............40 IT Essentials v4.1 LI 14.3.2 Descrever como instalar software e drivers de impressora de rede em um computador................................................................................................................................................40 IT Essentials v4.1 LI 15.4.2 Configurar a Internet e recursos de rede do cliente ..................................................41 IT Essentials v4.1 LI 15.5.3 Testar uma conexão ..................................................................................................41 IT Essentials v4.1 LI 16.4.3 Explicar procedimentos de backup de dados, acesso aos backups e proteção de mídia física de backup...............................................................................................................................41
  • 3. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 3 de 43 OBSERVAÇÃO: • Embora existam muitas versões do Windows 7, para o propósito desse documento, o foco é o Windows 7 Starter, Windows 7 Home Premium, Windows 7 Professional e Windows 7 Ultimate. • Nesse documento, nós referimo-nos ao botão Iniciar como Iniciar. • Nesse documento, nós referimo-nos a Pesquisar programas e arquivos do Windows 7, como Iniciar pesquisa. • No Windows Vista e Windows 7, Meu Computador é chamado de Computador. IT Essentials v4.1 LI 5.1.2 Explicar conceitos de sistemas operacionais Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.1 Compatibilidade de aplicativos, locais de programas instalados (32 bit x 64 bit), modo de compatibilidade do Windows Alterações no Windows 7: Inclua o texto a seguir no final da seção Modo de compatibilidade. No Windows 7, você pode ajustar o nível de monitoramento executado pelo CCU, conforme mostrado na Figura 3. Quando o Windows 7 é instalado, a conta principal é definida como Padrão — Notificar-me somente quando os programas tentarem fazer alterações no meu computador. Para ajustar o nível de monitoramento do CCU, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Contas de usuário e segurança familiar > Contas de usuário > Alterar configurações do controle de conta do usuário OBSERVAÇÃO: O Painel de Controle no Windows 7 tem três opções de visualização: Categoria, ícones grandes e ícones pequenos Esse curso usa a visualização de categoria. Como o Windows Vista, alguns programas mais antigos podem não funcionar corretamente ou não funcionar de forma alguma, mesmo usando o modo de compatibilidade do Windows. Para resolver o problema, você pode alterar as configurações de compatibilidade do programa manualmente ou usar o solucionador de problemas de compatibilidade de programa. Para solucionar problemas de compatibilidade de programa no Windows 7, siga esses passos: 1. Clique em Iniciar > Painel de Controle. 2. Na caixa de pesquisa, digite solução de problemas e clique em Solução de problemas na lista exibida. 3. Em Programas, clique em Executar programas criados para versões anteriores do Windows e clique em Avançar. O Windows procura problemas de compatibilidade e uma lista de programas é exibida. 4. Selecione o programa com problemas e clique em Avançar. Se o programa não estiver na lista, selecione Não listado > Avançar > Procurar para localizar o programa e depois clique em Abrir > Avançar. 5. Você pode escolher Tentar configurações recomendadas para executar o programa usando as configurações que o Windows 7 determinou que seriam as mais compatíveis, ou você pode escolher também Solucionar problemas de programa, que permite selecionar as etapas da solução de problemas baseado nos problemas observados. 6. Clique em Iniciar o programa para verificar se o problema foi solucionado. 7. Clique em Avançar para que o Windows aplique as configurações permanentemente ou repita o processo para escolher configurações diferentes até que a compatibilidade seja atingida.
  • 4. Você pode também executar o solucionador de problemas de compatibilidade de programas clicando com o botão direito no atalho do programa e depois escolher Solucionar problemas de compatibilidade. Nova Figura 3 Configuração de controle de conta do usuário IT Essentials v4.1 LI 5.2.1 Descrever sistemas operacionais para computadores pessoais Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.1 Comparar e contrastar os diferentes sistemas operacionais do Windows e seus recursos Alterações no Windows 7: Inclua os seguintes itens na lista de itens na seção do Microsoft Windows. • Windows 7 Starter – usado em computadores netbook para facilitar o acesso à rede • Windows 7 Home Premium – usado em computadores domésticos para facilitar o compartilhamento de mídia • Windows 7 Professional – usado em computadores de trabalho para proteger informações importantes e facilitar a conclusão de tarefas de rotina • Windows 7 Ultimate – usado em computadores para combinar a facilidade de uso do Windows 7 Home Premium com as capacidades comerciais do Windows 7 Professional e fornecer segurança de dados adicional © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 4 de 43
  • 5. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 5 de 43 IT Essentials v4.1 LI 5.3.2 Determinar os requisitos mínimos de hardware e compatibilidade com a plataforma do SO Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.1 Comparar e contrastar os diferentes sistemas operacionais do Windows e seus recursos Complementos à Figura 1 CPU RAM Unidade de disco rígido Placa de vídeo Recursos Uso ideal Windows 7 Starter 1 GHz ou processador de 32-bit (x86) ou 64-bit (x64) mais rápido 1 GB de RAM Disco rígido com pelo menos 16 GB de espaço disponível (32-bit) Dispositivo gráfico DirectX 9 com driver WDDM 1.0 ou mais recente • Listas de atalho • Fixar • Snap • Pesquisa do Windows Boa escolha para clientes com um netbook Windows 7 Home Premium 1 GHz ou processador de 32-bit (x86) ou 64-bit (x64) mais rápido 1 GB de RAM (32- bit) ou 2 GB de RAM (64- bit) Disco rígido com pelo menos 16 GB de espaço disponível (32-bit) ou 20 GB (64-bit) Dispositivo gráfico DirectX 9 com driver WDDM 1.0 ou mais recente • Shake • Temas personalizáveis • Navegação na área de trabalho melhorada • Internet TV • Grupo Doméstico Boa escolha para usuários domésticos que desejam compartilhar mídia Windows 7 Professional 1 GHz ou processador de 32-bit (x86) ou 64-bit (x64) mais rápido 1 GB de RAM (32- bit) ou 2 GB de RAM (64- bit) Disco rígido com pelo menos 16 GB de espaço disponível (32-bit) ou 20 GB (64-bit) Dispositivo gráfico DirectX 9 com driver WDDM 1.0 ou mais recente • Impressão com reconhecimento de local • Modo Windows XP • Associação da um domínio • Backups para rede doméstica ou comercial Boa escolha para pessoas que usam aplicativos comerciais e desejam proteger dados Windows 7 Ultimate 1 GHz ou processador de 32-bit (x86) ou 64-bit (x64) mais rápido 1 GB de RAM (32- bit) ou 2 GB de RAM (64- bit) Disco rígido com pelo menos 16 GB de espaço disponível (32-bit) ou 20 GB (64-bit) Dispositivo gráfico DirectX 9 com driver WDDM 1.0 ou mais recente • BitLocker • Pode alternar entre 35 idiomas Boa escolha para pessoas que precisam de segurança, compartilhar mídia e executar aplicativos comerciais
  • 6. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 6 de 43 Complementos à Figura 2 32-bit 64-bit Caminho do sistema operacional Caminho de programas instalados Windows 7 Starter X C:Windows C:Arquivos de Programas Windows 7 Home Premium X X C:Windows C:Arquivos de Programas para aplicativos de 64-bit C:Arquivos de Programas (x86) para aplicativos de 32-bit Windows 7 Professional X X C:Windows C:Arquivos de Programas para aplicativos de 64-bit C:Arquivos de Programas (x86) para aplicativos de 32-bit Windows 7 Ultimate X X C:Windows C:Arquivos de Programas para aplicativos de 64-bit C:Arquivos de Programas (x86) para aplicativos de 32-bit IT Essentials v4.1 LI 5.4.2 Preparar unidade de disco rígido Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.3 Ordem de preparação de disco, formatar unidade, partição Alterações no Windows 7: Substitua o último parágrafo pelo texto a seguir. Os sistemas operacionais Windows Vista e Windows 7 criam automaticamente uma partição usando toda a unidade de disco. Se você não quiser criar partições personalizadas usando a opção Novo, como exibido na Figura 2, o sistema formata a partição e inicia a instalação do Windows. Se você criar e formatar suas próprias partições, o processo é o mesmo do Windows XP, exceto que o Windows Vista e Windows 7 não fornecem a escolha dos sistemas de arquivo. A partição é formatada com NTFS. IT Essentials v4.1 LI 5.4.3 Instalar o sistema operacional usando a configuração padrão Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.3 Reparar a instalação Alterações no Windows 7: Substitua a lista de itens e o texto ao redor na parte inferior da página pelo seguinte texto: Quando o computador inicia usando o disco de instalação do Windows Vista ou Windows 7, são disponibilizadas três opções: • Atualizar – faz o upgrade do Windows, mas mantém seus arquivos atuais, configuração e programas. Use essa opção para reparar uma instalação. • Personalizada (avançado) – instala uma cópia limpa do Windows no local escolhido e permite alterar discos e partições.
  • 7. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 7 de 43 • Abandonar – sai da instalação. Se forem encontradas instalações existentes do Windows, a opção Atualizar é desativada, conforme mostrado na Figura 2. A menos que você faça uma instalação limpa do Windows 7, a pasta anterior do Windows será mantida, junto com as pastas Documentos e configurações e Arquivos de programas. Durante a instalação do Windows 7, essas pastas são movidas para uma pasta chamada Windows.old. Você pode copiar os arquivos das instalações anteriores para sua nova instalação se precisar deles. IT Essentials v4.1 LI 5.4.5 Concluir a instalação Objetivo do CompTIA A+ 220-701 2.5 SO Alterações no Windows 7: Adicione Windows 7 às instruções para acessar o Windows Update. No Windows Vista ou Windows 7, use o seguinte caminho para acessar o Windows Update: Iniciar > Todos os programas > Windows Update Alterações no Windows 7: Adicione Windows 7 às instruções para acessar o Gerenciador de dispositivos. No Windows Vista ou Windows 7, use o seguinte caminho para acessar o Gerenciador de dispositivos: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Sistema > Gerenciador de dispositivos IT Essentials v4.1 LI 5.4.6 Descrever opções de instalação personalizadas Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.3 Instalação de rede 3.3 CD de recuperação Alterações no Windows 7: Inclua o texto a seguir no final da seção de instalação de rede. Para instalar o Windows 7 em uma rede: 1. Prepare o computador criando uma partição FAT ou FAT32 de pelo menos 5 GB. Você deve tornar a partição iniciável e incluir um cliente de rede. Você pode usar também um disco de inicialização que contém um cliente de rede, assim o computador pode se conectar ao servidor de arquivos através da rede. 2. Copie a mídia de instalação do Windows 7 no servidor de rede e verifique se o diretório está compartilhado de forma que os clientes possam se conectar e usar os arquivos. 3. Inicie o computador e conecte-se ao diretório compartilhado. 4. Do diretório compartilhado, execute o programa de instalação, setup.exe, localizado no diretório de origem. O programa de instalação copia todos os arquivos de instalação em seu disco rígido. Após a cópia dos arquivos de instalação, a instalação prossegue de forma similar à instalação a partir de um disco.
  • 8. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 8 de 43 Alterações no Windows 7: Inclua o texto a seguir no final da seção do disco de recuperação. No Windows 7, você pode usar um disco de recuperação de sistema para iniciar o computador e depois usar as ferramentas de recuperação de sistema para recuperar o Windows 7 dos erros que impeçam a inicialização do sistema. Você pode também usar um disco de recuperação de sistema para iniciar o computador e restaurá-lo completamente a partir de uma imagem do sistema. Para criar um disco de recuperação de sistema do Windows 7, siga os seguintes passos: 1. Clique em Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Backup e Restauração > Criar um disco de reparação do sistema. 2. Insira um disco vazio na unidade de disco ótico e clique em Criar disco. 3. Teste o disco usando-o para iniciar o computador. 4. Após a tela Opções de recuperação do sistema ser exibida, destaque o sistema operacional que precisa ser restaurado e clique em Avançar. As seguintes ferramentas devem estar disponíveis: • Correção de inicialização • Restauração do sistema • Recuperação da imagem do sistema • Diagnóstico de memória do Windows • Prompt de comando IT Essentials v4.1 LI 5.4.9 Descrever estruturas de diretório Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.3 FAT32 x NTFS Alterações no Windows 7: Substitua o parágrafo NTFS e FAT32 pelo seguinte parágrafo. O Windows XP e Windows 2000 suportam os sistemas de arquivo FAT32 e NTFS, ao passo que o Windows Vista e Windows 7 usam somente NTFS. A segurança é uma das diferenças mais importantes entre FAT32 e NTFS. O NTFS pode suportar mais e maiores arquivos que FAT32, além de fornecer recursos de segurança mais flexíveis para arquivos e pastas. As Figuras 2 e 3 mostram as propriedades de permissão de arquivos para FAT32 e NTFS. Alterações no Windows 7: Adicione Windows 7 às instruções para exibir arquivos ocultos. No Windows 7, use esse caminho: Iniciar > Painel de Controle > Aparência e Personalização > Opções de Pasta > Modo de Exibição > Mostrar arquivos, pastas e unidades ocultas IT Essentials v4.1 LI 5.5.1 Manipular itens no desktop Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.1 Barra lateral, Aero, CCU, requisitos mínimos do sistema, limites do sistema 3.1 Interface do usuário, layout da barra iniciar 3.2 Bibliotecas do Windows 7 3.2 Meu Computador 3.2 Meus Locais de Rede / Grupo Doméstico 3.2 Menu Iniciar
  • 9. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 9 de 43 Alterações no Windows 7: Substitua a página inteira pelo texto a seguir. Após a instalação do sistema operacional, a área de trabalho pode ser personalizada para se adequar às necessidades individuais. A área de trabalho em um computador é uma representação gráfica de um espaço de trabalho. A área de trabalho tem ícones, barras de ferramentas e menus para manipular arquivos. A área de trabalho pode ser personalizada com imagens, sons e cores para fornecer uma experiência mais personalizada. Todos esses itens personalizados juntos constituem um tema. O Windows Vista e Windows 7 têm um tema especial chamado Aero, como mostrado na Figura 1. Aero é o tema padrão e tem bordas de janela translúcidas, várias animações e ícones ativos que são imagens em miniatura do conteúdo de um arquivo. Devido à necessidade de gráficos avançados, o tema Aero pode ser usado somente em computadores que atendam as seguintes exigências de hardware: • Processador de 1 GHz de 32-bit ou 64-bit • 1 GB de RAM • Placa de vídeo de 128 MB • Processador gráfico de classe DirectX 9 que suporte um driver modelo Windows Display Driver, Pixel Shader 2.0 em hardware e 32 bits por pixel. OBSERVAÇÃO: O Windows Vista Home Basic e Windows 7 Starter não incluem o tema Aero. O Windows 7 inclui os seguintes novos recursos do Aero: • Shake – minimize todas as janelas não sendo usadas clicando numa janela e sacudindo o mouse. Para maximizar as janelas novamente, clique na mesma janela e sacuda o mouse. • Peek – visualize os ícones e gadgets na área de trabalho apontando o mouse no canto direito da barra de tarefas para tornar todas as janelas transparentes. • Snap – redimensione uma janela arrastando-a para um dos cantos da tela. o Esquerda – ajusta a janela para a metade esquerda da tela o Direita – ajusta a janela para a metade direita da tela o Topo - maximiza a janela para ocupar toda a tela No Windows Vista, um recurso chamado Barra lateral, como exibido na Figura 2, pode também ser personalizado. A Barra lateral é um painel gráfico na área de trabalho que mantém os gadgets organizados. Os gadgets são pequenos aplicativos como jogos, notas adesivas ou um relógio. Novos gadgets, como interfaces para informações da web, mapas climáticos ou contatos de um site de rede social também podem ser adicionados à Barra lateral. No Windows 7, você pode colocar os gadgets em qualquer parte da sua área de trabalho. Você pode escolher encaixar os gadgets ou posicioná-los nas laterais e cantos de sua área de trabalho, assim como alinhá-los com outros gadgets. Para adicionar gadgets na área de trabalho: 1. Clique com o botão direito em qualquer parte da sua área de trabalho e escolha Gadgets. 2. Faça o seguinte: • Arraste e solte o gadget do menu na área de trabalho. • Clique duas vezes sobre o gadget e o adicione à área de trabalho. • Clique com o botão direito no gadget e escolha Adicionar. 3. Para encaixar um gadget, arraste-o para o local da área de trabalho desejado. O gadget se alinha com as bordas da tela e outros gadgets.
  • 10. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 10 de 43 Propriedades da área de trabalho Para personalizar a GUI do Windows XP da sua área de trabalho, clique com o botão direito na área de trabalho e escolha Propriedades. A janela Propriedades de vídeo, como mostrada na Figura 3, tem cinco guias: Temas, área de trabalho, proteção de tela, aparência e configurações. Clique em qualquer uma dessas guias para personalizar as configurações de exibição. No Windows Vista e Windows 7, clique com o botão direito na área de trabalho e escolha Personalizar. A janela de personalização do Windows Vista, como mostrado na Figura 4, tem sete links: Cor e Aparência da Janela, Plano de Fundo da Área de Trabalho, Protetor de Tela, Sons, Ponteiros do Mouse, Temas e Configurações de vídeo. Clique em qualquer desses links para personalizar as configurações de exibição. No Windows 7, a janela de personalização tem três links à esquerda para alterar os ícones da área de trabalho, ponteiros do mouse e imagem da conta. Os temas são escolhidos no painel direito. Você pode modificar o plano de fundo, cor, som e proteção de tela de um tema usando os quatro itens na janela. Itens da área de trabalho Há vários itens na área de trabalho que podem ser personalizados, como a barra de tarefas e a lixeira. Para personalizar qualquer item, clique com o botão direito no item e depois escolha Propriedades. Menu Iniciar Na área de trabalho, o menu Iniciar é acessado clicando em Iniciar. O menu Iniciar, mostrado na Figura 5, exibe todos os aplicativos instalados no computador, uma lista de documentos recentemente abertos e uma listagem de outros elementos como um recurso de pesquisa, centro de ajuda e configuração do sistema. O menu Iniciar pode ser também personalizado. Existem dois estilos de menu Iniciar: XP e Clássico. O estilo XP do menu Iniciar é usado ao longo desse curso para demonstrar a sequência de comandos. No Windows 7, os estilos do menu Iniciar foram removidos. Você pode personalizar muitos aspectos do menu Iniciar usando as configurações de personalização do menu Iniciar, como mostrado na Figura 6. Para acessar as configurações da personalização do menu Iniciar, use o seguinte caminho: Clique com o botão direito em uma sessão vazia da barra de tarefas e escolha Propriedades > Menu Iniciar > Personalizar. Barra de tarefa No Windows 7, os novos recursos a seguir foram adicionados à barra de tarefas para facilitar a navegação, organização e acesso às janelas e notificações. • Lista de atalho – para exibir uma lista de tarefas que são exclusivas ao aplicativo, clique com o botão direito na barra de tarefa. • Aplicativos fixados – para adicionar um aplicativo à barra de tarefas para acesso fácil, clique com o botão direito no ícone do aplicativo e selecione Fixar na barra de tarefas. • Visualizações de miniatura – para ver uma imagem em miniatura da janela, passe o mouse sobre um ícone da barra de tarefas. Meu Computador Para acessar as várias unidades instaladas no computador, clique duas vezes sobre o ícone Meu Computador que aparece na área de trabalho. Para personalizar certas configurações, clique com o botão direito em Meu Computador e escolha Propriedades. As configurações podem ser personalizadas para incluir os seguintes itens: • Nome do computador • Configuração de hardware • Memória virtual • Atualizações automáticas • Acesso remoto
  • 11. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 11 de 43 OBSERVAÇÃO: No Windows Vista e Windows 7, Meu Computador é chamado de Computador. Para personalizar certas configurações, clique em Iniciar e depois com o botão direito em Computador e escolha Propriedades. No Windows 7, você deve clicar também em Configurações avançadas do sistema. Acesse as unidades instaladas no Windows Vista ou Windows 7 com o seguinte caminho: Clique em Iniciar > Computador Windows Explorer O Windows 7 adiciona os seguintes recursos ao Windows Explorer: • Caixa de pesquisa – acessa pesquisas anteriores. Você pode também filtrar os resultados de pesquisa. • Botão nova pasta – cria novas pastas em um clique. • Organizar por – organiza itens facilmente de acordo com diferentes critérios. • Botão painel de visualização – liga ou desliga o painel de visualização conforme a necessidade. Bibliotecas do Windows 7 As bibliotecas são um novo recurso do Windows 7 que permitem organizar facilmente o conteúdo de vários dispositivos de armazenamento em seu computador local e rede, incluindo mídia removível, sem realmente mover os arquivos. Uma biblioteca é uma pasta virtual que apresenta conteúdo de diferentes locais dentro da mesma visualização. Você pode pesquisar em uma biblioteca e filtrar o conteúdo usando critérios como autor, data de modificação ou tag. Quando o Windows 7 está instalado, cada usuário tem quatro bibliotecas padrão: Documentos, músicas, imagens e vídeos. Para acessar uma biblioteca, abra qualquer pasta e clique em Bibliotecas na coluna esquerda. Para adicionar um arquivo ou pasta à biblioteca, clique com o botão direito e selecione Incluir na biblioteca, e depois escolha em qual biblioteca adicionar o item. O arquivo ou pasta estará disponível quando você abrir essa biblioteca. Para criar uma nova biblioteca, abra uma pasta e use o seguinte caminho: Bibliotecas > Nova biblioteca Para personalizar uma biblioteca clique com o botão direito na biblioteca e clique em Propriedades. A janela de propriedades permite adicionar pastas à biblioteca clicando em Incluir uma pasta. Você pode também alterar o ícone da biblioteca e personalizar como os itens podem ser organizados na biblioteca. Como iniciar aplicativos Você pode iniciar aplicativos de várias maneiras: • Clique em um aplicativo no menu Iniciar. • Clique duas vezes no ícone de atalho do aplicativo na área de trabalho. • Clique duas vezes no arquivo executável do aplicativo em Meu Computador no Windows XP. • Clique duas vezes no arquivo executável do aplicativo em Computador no Windows Vista e Windows 7. • Iniciar o aplicativo da janela Executar ou linha de comando. Meus Locais de Rede Para visualizar e configurar conexões de rede, clique com o botão direito no ícone Meus Locais de Rede na área de trabalho. Em Meus Locais de Rede, você pode conectar-se ou desconectar-se de uma unidade de rede. Clique em Propriedades para configurar as conexões de rede existentes, tais como uma conexão local (LAN) com ou sem fio.
  • 12. OBSERVAÇÃO: No Windows Vista e Windows 7, Meus Locais de Rede chama-se Rede. No Windows Vista ou Windows 7, acesse as conexões de rede usando o seguinte caminho: Iniciar > clique com botão direito em Rede > Propriedades No Windows 7, acesse as conexões de rede usando o seguinte caminho: Clique em Iniciar > Computador > clique com botão direito em Rede > Propriedades Nova Figura 6 Personalizar o menu Iniciar IT Essentials v4.1 LI 5.5.2 Explorar os applets do Painel de Controle Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.2 Painel de Controle Alterações no Windows 7: Inclua o texto seguinte no final da seção de configuração de vídeo. Use o seguinte caminho no Windows 7: © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 12 de 43
  • 13. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 13 de 43 Iniciar > Painel de Controle > Aparência e Personalização > Vídeo > Alterar configurações de vídeo > Configurações avançadas IT Essentials v4.1 LI 5.5.3 Explorar ferramentas administrativas Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.2 Ferramentas administrativas, monitor de desempenho, visualizador de eventos, serviços, gerenciamento do computador 3.2 MMC 3.2 Gerenciador de tarefas 3.3 Gerenciador de dispositivos Alterações no Windows 7: Substitua a página inteira pelo texto a seguir. Gerenciamento do computador O console de Gerenciamento do computador, exibido na Figura 1, permite gerenciar muitos aspectos do seu computador e computadores remotos. O console de Gerenciamento do computador lida com três áreas principais da administração: Ferramentas do sistema, armazenamento e serviços e aplicativos. Você deve ter privilégios administrativos para acessar o console do Gerenciamento do computador. Para visualizar o console do Gerenciamento do computador, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Ferramentas Administrativas > Gerenciamento do computador No Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança >Ferramentas Administrativas > Gerenciamento do computador Para visualizar o console do Gerenciamento do computador de um computador remoto, clique com o botão direito em Gerenciamento do computador (Local) na árvore do console e clique em Conectar a outro computador…. Na caixa Outro computador:, digite o nome do computador ou clique em Procurar… para localizar o computador que você deseja gerenciar. Gerenciador de dispositivos O Gerenciador de dispositivos, mostrado na Figura 2, permite visualizar todas as configurações dos dispositivos no computador. Uma tarefa comum para técnicos é visualizar os valores atribuídos para o IRQ, endereço de E/S e configuração do DMA para todos os dispositivos no computador. Para visualizar os recursos do sistema no Gerenciador de Dispositivos, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema > Hardware > Gerenciador de Dispositivos > Visualizar > Recursos No Windows Vista, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema > Gerenciador de Dispositivos > Continuar > Visualizar > Recursos No Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança Gerenciador de Dispositivos > Exibir > Recursos por tipo (ou Recursos por conexão)
  • 14. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 14 de 43 A partir do Gerenciador de Dispositivos, você pode visualizar rapidamente as propriedades de qualquer dispositivo no sistema, clicando duas vezes no nome do dispositivo. Você pode visualizar a versão do driver instalado e os detalhes dos arquivos do driver, atualizar um driver ou mesmo reverter ou desinstalar um driver de dispositivo. Você pode comparar a versão do driver listada aqui com a versão disponível no site do fabricante do dispositivo. Além do Gerenciador de Dispositivos, o Windows 7 tem dois novos programas específicos para dispositivos para visualizar os dispositivos e suas capacidades. Um é o painel de controle chamado de Dispositivos e Impressoras, mostrado na Figura 3. Esse painel de controle incorpora o painel de Impressoras e Faxes com um novo recurso que exibe apenas os dispositivos externos conectados ao computador. Você pode acessar recursos específicos ao dispositivo clicando com o botão direito no dispositivo. O segundo novo programa usado para acessar dispositivos no Windows 7 é o Device Stage, mostrado na Figura 4. O Device Stage pode ser aberto clicando um ícone na barra de tarefas que é exibida quando um dispositivo é conectado ao computador. O Device Stage permite fácil acesso a tarefas comuns para cada dispositivo conectado. Por exemplo, após conectar um dispositivo MP3, o Device Stage deve mostrar opções de sincronização, novas atualizações de software ou acesso a suas bibliotecas de música. Gerenciador de Tarefas O Gerenciador de Tarefas, mostrado na Figura 5, permite visualizar todos os aplicativos que estão sendo executados no momento e fechar qualquer aplicativo que tenha parado de responder. O Gerenciador de Tarefas permite monitorar o desempenho da CPU e memória virtual, visualizar todos os processos atualmente em execução e as informações sobre as conexões de rede. Para visualizar as informações no Gerenciador de Tarefas, use o seguinte caminho: CTRL-ALT-DEL > Gerenciador de Tarefas No Windows Vista ou Windows 7, use o seguinte caminho: CTRL-ALT-DEL > Iniciar Gerenciador de Tarefas Serviços Serviços são programas executáveis que exigem pouca ou nenhuma entrada de dados por parte do usuário. Os Serviços podem ser definidos para ser executados automaticamente quando o Windows iniciar ou manualmente quando necessário. O console de Serviços, mostrado na Figura 6, permite gerenciar todos os serviços em seu computador ou computadores remotos. Você pode iniciar, interromper ou desativar serviços. Você pode também alterar como um serviço é iniciado ou definir ações para o computador realizar automaticamente quando um serviço falhar. Você deve ter privilégios administrativos para acessar o console de Serviços. Para visualizar o console de Serviços, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Ferramentas Administrativas > Serviços No Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança >Ferramentas Administrativas > Serviços Para localizar o console de Serviços em um computador remoto, clique com o botão direito em Serviços (Local) na árvore do console e clique em Conectar a outro computador…. Na caixa Outro computador:, digite o nome do computador ou clique em Procurar… para localizar o computador que você deseja gerenciar.
  • 15. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 15 de 43 Monitor de Desempenho O console do Monitor de Desempenho, exibido na Figura 7, tem duas partes distintas: o Monitor de Sistema e Logs e Alertas de Desempenho. O Monitor de Sistema exibe informações em tempo real sobre processadores, discos, memória e utilização de memória do seu computador. Você pode resumir facilmente essas atividades através de histogramas, gráficos e relatórios. Os Logs e Alertas de Desempenho permitem registrar dados de desempenho e configurar alertas. Os alertas notificam quando uma utilização específica ficar abaixo ou acima de um limiar especificado. Você pode definir alertas e criar entradas no log de eventos, enviar uma mensagem de rede, iniciar um log de desempenho, executar um programa específico ou qualquer combinação destes. Você precisa ter privilégios de administrador para acessar o console de Monitor de Desempenho. Para visualizar o console do Monitor de Desempenho no Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Ferramentas Administrativas > Desempenho No Windows Vista, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Ferramentas Administrativas > Monitor de Desempenho e Confiabilidade > Continuar No Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Ferramentas Administrativas > Monitor de Desempenho No Windows 7, você pode criar um Conjunto de coletores de dados, que é uma combinação de contadores de desempenho, dados de rastreamento de evento e informações de configuração para analisar como uma tarefa afeta o desempenho do computador. Um Conjunto de coletores de dados pode ser usado individualmente, combinado com outros Conjuntos de coletores de dados, visualizado no Monitor de Desempenho ou ajustado para alertar quando certos critérios são atingidos, como Logs e Alertas de Desempenho nas versões anteriores do Windows. Os Conjuntos de coletores de dados podem também ser utilizados e analisados por aplicativos de terceiros. Visualizador de Eventos O Visualizador de Eventos, exibido na Figura 8, registra um histórico de eventos a respeito dos aplicativos, segurança e sistema. Esses arquivos de log são ferramentas de solução de problemas valiosas. Para acessar o Visualizador de Eventos, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Ferramentas Administrativas > Visualizador de Eventos No Windows Vista, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Ferramentas Administrativas > Visualizador de Eventos > Continuar No Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Ferramentas Administrativas > Visualizador de Eventos
  • 16. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 16 de 43 MMC O Microsoft Management console (MMC), mostrado na Figura 9, permite organizar ferramentas de gerenciamento, chamados de snap-ins, em um local para fácil administração. Links de páginas da web, tarefas, controles ActiveX e pastas podem ser adicionadas também ao MMC. Após configurar um MMC, salve-o e mantenha todas as ferramentas e links nesse MMC. Você pode criar quantos MMCs personalizados precisar, cada um com um nome diferente. Isso é útil quando vários administradores gerenciam diferentes aspectos do mesmo computador. Cada administrador pode ter um MMC individualizado para monitoramento e configuração do computador. Você deve ter privilégios administrativos para acessar o MMC. Para visualizar o MMC no Windows XP, use o seguinte caminho: Iniciar > Executar > Digite mmc e pressione Enter No Windows Vista, use o seguinte caminho: Iniciar > Iniciar pesquisa > Digite mmc e pressione Enter No Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Pesquisar programas e arquivos > Digite mmc e pressione Enter Área de Trabalho Remota A Área de Trabalho Remota permite que um computador seja controlado remotamente a partir de outro computador. Os técnicos remotos podem usar esse recurso de solução de problemas para reparar e atualizar computadores. No Windows XP, a Área de Trabalho Remota está disponível somente no Windows XP Professional. Para acessar a Área de Trabalho Remota no Windows XP Professional, use o seguinte caminho: Iniciar > Todos os Programas > Acessórios > Comunicações > Conexão de Área de Trabalho Remota No Windows Vista ou Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Todos os Programas > Acessórios > Conexão de Área de Trabalho Remota Configurações de Desempenho Para melhorar o desempenho do sistema operacional, você pode alterar algumas configurações que seu computador usa, como uma configuração de memória virtual, que é mostrada na Figura 10. Para alterar a configuração de memória virtual no Windows XP, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema > Avançado > área de Desempenho > botão Configurações > guia Avançada > Alterar No Windows Vista, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Configurações avançadas de sistema > Continuar > guia Avançado > botão Configurações > Avançado > Alterar No Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Sistema > Configurações avançadas do sistema > Desempenho > botão Configurações > Avançado > Alterar
  • 17. Renumerar as Figuras existentes 3-8 como Figuras 5-10. Nova Figura 3 Dispositivos e Impressoras Nova Figura 4 Device Stage © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 17 de 43
  • 18. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 18 de 43 IT Essentials v4.1 LI 5.5.4 Instalar, navegar e desinstalar um aplicativo Objetivo do CompTIA A+ 220-701 2.2 Instalação do aplicativo Alterações no Windows 7: Adicionar Windows 7 às instruções para abrir o applet Adicionar ou Remover Programas. No Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Programas > Programas e Recursos IT Essentials v4.1 LI 5.5.5 Descrever a atualização de um sistema operacional Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.1 Windows 2000 e mais recentes – caminhos de atualização e requisitos Alterações no Windows 7: Adicione o seguinte texto após as Etapas de atualização do sistema operacional para Windows Vista. Como atualizar o sistema operacional para Windows 7 1. Insira a mídia do Windows 7 na unidade de disco ótico. A janela de instalação aparecerá. 2. Serão apresentadas duas opções: Verificar compatibilidade online e Instalar agora. 3. Selecione Instalar agora. 4. Você será solicitado a baixar todas as atualizações importantes para a instalação. 5. Concorde com o Contrato de Licença de Usuário Final, e clique em Avançar. 6. Serão apresentadas duas opções, Atualizar ou Personalizado. 7. Clique em Atualizar. O sistema começa a copiar os arquivos de instalação. 8. Siga as confirmações para concluir a atualização. Quando a instalação terminar, o computador irá reiniciar. Alterações no Windows 7: Adicione o seguinte texto antes do último parágrafo da página. Windows OS Upgrade Advisor Use o Windows 7 Upgrade Advisor para determinar se seu PC pode executar corretamente o Windows 7. Como mostrado na Figura 2, a ferramenta verifica se há problemas de compatibilidade no hardware e programas e depois guia através de etapas para solucionar os problemas antes de atualizar para o Windows 7. Para usar o Windows 7 Upgrade Advisor, siga os seguintes passos: 1. Baixe e execute o Windows 7 Upgrade Advisor do site da Microsoft. 2. Clique em Iniciar verificação. O programa verifica o hardware, dispositivos e software instalado em seu computador. O computador exibe um relatório de compatibilidade que pode ser impresso ou salvo. 3. Examine o relatório. Registre todas as correções recomendadas para os problemas encontrados. 4. Clique em Salvar relatório se você quiser mantê-lo e imprimi-lo mais tarde. 5. Clique em Fechar.
  • 19. OBSERVAÇÃO: Após fazer as alterações recomendadas para hardware, dispositivos e software, a Microsoft recomenda executar o Windows 7 Upgrade Advisor novamente. Kit de Ferramentas de Avaliação e Planejamento da Microsoft O software do Kit de Ferramentas de Avaliação e Planejamento da Microsoft (MAP) avalia os computadores para determinar se eles podem migrar para o Windows 7. O software do kit de ferramentas é instalado em apenas um computador. Ele coleta informações dos computadores na rede, como um inventário de computadores, aplicativos e dispositivos. O kit de ferramentas MAP gera propostas e relatórios detalhados sobre hardware, software e compatibilidade de dispositivos. Figura 1 modificada O SO pode ser atualizado para: Windows NT Windows 2000 Windows XP Windows Vista Windows 7 Windows 98 X √ √ √ X Windows NT N/D √ √ √ X Windows 2000 N/D N/D √ √ X Windows XP N/D N/D N/D √ X Windows Vista N/D N/D N/D N/D √ Nova Figura 2 Relatório do Windows 7 Upgrade Advisor © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 19 de 43
  • 20. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 20 de 43 IT Essentials v4.1 LI 5.6.2 Agendar uma tarefa Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.4 Iniciar para o ponto de restauração Alterações no Windows 7: Adicione o texto a seguir na parte de baixo da seção Ponto de restauração. No Windows 7, se o sistema operacional não conseguir inicializar, execute o utilitário Ponto de restauração a partir do disco de instalação e siga esses passos: 1. Insira a mídia de instalação do Windows 7. 2. Inicie o computador e pressione qualquer tecla para inicializar do CD ou DVD, quando solicitado. 3. Na tela de Instalação do Windows. clique em Avançar. 4. Clique em Reparar o computador. 5. Escolha Use as ferramentas de recuperação que podem ajudar a corrigir problemas de inicialização do Windows. 6. Selecione o sistema operacional que você deseja reparar e clique em Avançar. 7. Clique em Restauração do Sistema. 8. Siga as confirmações para restaurar seu computador para um estado anterior. Alterações no Windows 7: Adicione o texto a seguir na parte inferior da página. No Windows 7, se seu computador não conseguir inicializar, você pode usar um Disco de Reparo do Sistema para iniciar o computador e acessar as opções de recuperação, caso você não tenha a mídia original de instalação do Windows 7, como mostrado na Figura 4. Para criar um Disco de Reparo do Sistema: 1. Clique em Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Backup e Restauração > Criar um disco de reparação do sistema. 2. Insira um CD ou DVD vazio na unidade de disco ótico e clique em Criar disco. Nova Figura 4 Opções de recuperação do sistema
  • 21. IT Essentials v4.1 LI 5.6.3 Fazer backup do disco rígido Objetivo do CompTIA A+ 220-701 2.5 Procedimentos de backup Alterações no Windows 7: Adicionar Windows 7 às instruções para acessar o utilitário de backup diário. Para acessar o utilitário de backup diário no Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Backup e Restauração IT Essentials v4.1 LI 6.4.1 Descrever como configurar opções de energia Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.3 Suspender 3.3 Wake on LAN 3.3 Temporizador para suspensão 3.3 Hibernar 3.3 Espera © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 21 de 43
  • 22. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 22 de 43 Alterações no Windows 7: Substitua a página inteira pelo texto a seguir. Um dos recursos mais populares de um laptop é a capacidade de operar usando baterias. Esse recurso permite que os laptops operem em locais onde força CA não está disponível ou é inconveniente. Os avanços no gerenciamento de energia e tecnologia de bateria estão aumentando o tempo que os laptops possam permanecer desconectados da força CA. As baterias atuais podem durar entre 2 e 10 horas sem recarga. Gerenciar a energia, configurando as opções de energia em um laptop é importante para garantir que a carga da bateria seja usada eficientemente. Os padrões ACPI criam uma ponte entre o hardware e o SO, permitindo que os técnicos criem esquemas de gerenciamento de energia para obter o melhor desempenho do computador. Os padrões ACPI podem ser aplicados à maioria dos computadores, mas eles são particularmente importantes ao gerenciar a energia nos laptops. Clique nos estados de energia na Figura 1 para visualizar mais informações sobre cada um deles. OBSERVAÇÃO: Ao trabalhar no Windows XP, Windows Vista ou Windows 7, o modo de gerenciamento ACPI deve ser ativado no BIOS para permitir que o SO configure todos os estados de gerenciamento de energia. Os técnicos são frequentemente exigidos a configurar as opções de energia alterando as configurações encontradas no BIOS. Configurar as opções de energia no BIOS afeta as seguintes condições: • Estados do sistema • Modos de bateria e CA • Gerenciamento térmico • Gerenciamento de energia do bus PCI da CPU • Wake-On-LAN (WOL) OBSERVAÇÃO: WOL pode exigir uma conexão a cabo dentro do computador do adaptador de rede para a placa mãe. A Figura 2 mostra um exemplo da configuração de energia no BIOS. OBSERVAÇÃO: Não há um nome padrão para cada estado de gerenciamento de energia. Os fabricantes podem usar nomes diferentes para o mesmo estado. Aqui estão as etapas para verificar as configurações ACPI no BIOS: 1. Entre na configuração do BIOS pressionando a tecla ou combinação de teclas correta quando o computador estiver inicializando. Geralmente, é a tecla Delete ou tecla F2, mas existem muitas outras opções. 2. Localize e entre no item de menu de configurações de gerenciamento de energia. 3. Use as teclas apropriadas para ativar o modo ACPI. 4. Salve e saia da configuração do BIOS. OBSERVAÇÃO: Essas etapas são comuns para a maioria dos laptops e devem ser usadas somente como uma orientação. Verifique as configurações específicas no manual do seu laptop. O recurso de opções de energia no Windows XP, Windows Vista, ou Windows 7 permite reduzir o consumo de energia de vários dispositivos ou de todo o sistema. Use as opções de energia para controlar os recursos de gerenciamento de energia dos seguintes itens:
  • 23. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 23 de 43 • Disco rígido • Monitor • Modo desligar, hibernar e suspenso (Windows XP) • Modo desligar, hibernar e suspenso (Windows Vista e Windows 7) • Alertas de bateria fraca Como configurar as configurações de energia no Windows XP, Windows Vista ou Windows 7 Você pode ajustar o gerenciamento de energia usando as opções de energia no painel de controle. As opções de energia exibem somente as opções que podem ser controladas. OBSERVAÇÃO: As opções de energia detectam automaticamente dispositivos que possam ser exclusivos ao seu computador. Dessa forma, as janelas das opções de energia podem variar de acordo com o hardware que é detectado. Para configurar as opções de energia no Windows XP, clique em: Iniciar > Painel de Controle > Opções de Energia Para configurar as opções de energia no Windows Vista e Windows 7, clique em: Iniciar > Painel de Controle > Hardware e Som > Opções de Energia Como gerenciar a utilização de energia Os esquemas e planos de energia são uma coleção de configuração de hardware e sistema que gerenciam a utilização de energia do computador. Essas configurações de energia podem ajudar a economizar energia, maximizar o desempenho do sistema ou atingir um equilíbrio entre os dois. Tanto o disco rígido, quanto o monitor consomem grandes quantidades de energia. Eles podem ser configurados na guia Esquemas de Energia no Windows XP e em Alterar configurações do plano no Windows Vista e Windows 7. Ao abrir as opções de energia, você irá notar que o Windows XP tem esquemas de energia pré-definidos e o Windows Vista e Windows 7 têm planos de energia pré-definidos. Eles são configurações padrão e foram criados quando o sistema operacional foi instalado. Você pode usar a configuração padrão ou criar esquemas ou planos personalizados que são baseados em requisitos de trabalho específicos. Temporizadores para suspensão personalizados são mostrados na Figura 3 para o Esquema de energia do Windows XP e na Figura 4 para os Planos de energia do Windows Vista e Windows 7. Para configurar o tempo para suspensão no Windows XP, clique em: Iniciar > Painel de Controle > Opções de Energia > selecione o tempo desejado. Para configurar o tempo para a suspensão no Windows Vista e Windows 7, clique em: Iniciar > Painel de Controle > Hardware e Sons > Opções de energia > clique no link Alterar quando o computador é suspenso > selecione o tempo desejado. Gerenciamento de energia para o disco rígido e monitor Um dos maiores consumidores de energia em um laptop é o disco rígido. Em nosso exemplo, o disco rígido não é acessado frequentemente. O tempo para "Desligar os discos rígidos" está definido para 1 hora quando o laptop está plugado e 3 minutos quando ele está "Funcionando com baterias". Você pode também definir para que o LCD desligue após um período especificado de tempo. Você decide se as configurações padrão do Windows XP para os modos de espera e hibernação são aceitáveis e nenhuma alteração é realizada. No Windows Vista e Windows 7 essas configurações são suspensão, suspensão híbrida e hibernação. Os esquemas e planos de energia podem ser salvos com um nome padronizado. Salvar a nova configuração com um nome personalizado permite que o usuário volte facilmente para a configuração padrão. Na Figura 5 e Figura 6, a nova configuração é salva com o nome Pesquisa.
  • 24. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 24 de 43 Como configurar as Opções de energia no laptop Se você não quer desligar completamente o laptop, você tem duas opções no Windows XP: Modo de espera e hibernação. • Espera – os documentos e aplicativos são salvos em RAM, permitindo que o computador ligue rapidamente. • Hibernar – os documentos e aplicativos são salvos em um arquivo temporário no disco rígido e leva mais tempo que modo de espera para ligar. A Figura 7 mostra a hibernação ativada nas propriedades de opções de energia. Se não quiser desligar completamente o laptop, você tem três opções no Windows Vista e Windows 7: Suspensão, suspensão híbrida e hibernação. • Suspensão – os documentos e aplicativos são salvos em RAM, permitindo que o computador ligue rapidamente. • Suspensão híbrida – os documentos e aplicativos são salvos em RAM, os dados são gravados no disco rígido e leva um pouco mais de tempo que modo de suspensão para ligar. • Hibernar – os documentos e aplicativos são salvos em um arquivo temporário no disco rígido e leva mais tempo que modo de suspensão híbrida para ligar. Como ajustar os avisos de bateria fraca No Windows XP, você pode ajustar os avisos de bateria fraca. Há dois níveis: Alarme de bateria fraca e alarme de bateria em nível crítico. O alarme de bateria fraca avisa que a bateria está fraca. O alarme de bateria em nível crítico inicia uma espera, hibernação ou desligamento forçado, como mostrado na Figura 8. Modo de espera é chamado de suspensão no Windows Vista e Windows 7. IT Essentials v4.1 LI 6.4.3 Instalação e configuração de hardware de comunicação do laptop Objetivo do CompTIA A+ 220-701 1.10 Conexões de comunicação Alterações no Windows 7: Adicione Windows 7 aos passos de configuração e instalação de Ethernet. Windows 7: Iniciar > Painel de Controle > Rede e Internet > Central de Rede e Compartilhamento > Alterar as configurações do adaptador > clique com botão direito na conexão que deseja configurar > Propriedades > Protocolo TCP/IP versão 4 (TCP/IPv4) > Propriedades > configure o IP > OK > Fechar. Alterações no Windows 7: Adicione Windows 7 aos passos de configuração e instalação de modem. Windows 7: Iniciar > Painel de Controle > Procure por Telefone e Modem na caixa Pesquisar painel de controle > Telefone e Modem > Novo para criar um novo local ou Editar para modificar um local listado > especifique as informações de discagem do seu local > OK > Modems > Adicionar > Avançar > Assistente de instalação de hardware instala o dispositivo > Finalizar. Alterações no Windows 7: Adicione Windows 7 aos passos de configuração e instalação de Bluetooth. Windows 7:
  • 25. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 25 de 43 Iniciar > Painel de controle > Adicionar um dispositivo > selecione o dispositivo descoberto e clique em Avançar > digite o código de pareamento fornecido pelo Windows 7 no dispositivo Bluetooth > quando o dispositivo for adicionado com sucesso, clique em Fechar. IT Essentials v4.1 LI 7.2.6 Descrever como imprimir uma página de teste Objetivo do CompTIA A+ 220-701 2.3 Imprimir uma página de teste Alterações no Windows 7: Adicione o seguinte texto do Windows 7 aos passos para Imprimir uma página de teste. Para imprimir manualmente uma página de teste no Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Dispositivos e Impressoras para exibir o painel de controle de Dispositivos e Impressoras No Windows 7, clique no botão direito na impressora e siga esse caminho: Propriedades da impressora > Guia Geral > Imprimir página de teste IT Essentials v4.1 LI 7.2.7 Descrever como compartilhar uma impressora Objetivo do CompTIA A+ 220-701 1.11 Instalar e configurar impressoras Alterações no Windows 7: Altere os passos 1 e 2 para incluir o Windows 7. 1. No Windows XP, clique em Iniciar > Impressoras e Aparelhos de Fax. No Windows Vista, clique em Iniciar > Painel de Controle > Impressoras. No Windows 7, clique em Iniciar > Dispositivos e Impressoras. 2. No Windows XP e Windows Vista, clique com o botão direito na impressora e escolha Propriedades. No Windows 7, clique com o botão direito na impressora e escolha Propriedades da impressora. Alterações no Windows 7: Altere o último parágrafo para incluir o Windows 7. Para conectar-se à impressora de outro computador da rede no Windows XP, escolha Iniciar > Impressoras e Aparelhos de Fax > Adicionar Impressora. No Windows Vista, escolha Iniciar > Painel de Controle > Impressoras > Adicionar Impressora. No Windows 7, escolha Iniciar > Dispositivos e Impressoras > Adicionar uma impressora. O assistente Adicionar uma impressora aparecerá. Siga os passos usando o assistente. IT Essentials v4.1 LI 8.3.2 Descrever o endereçamento IP Objetivo do CompTIA A+ 220-701 4.1 IPv6 x IPv4 Alterações no Windows 7: Adicione o texto a seguir na parte inferior da página. Essa informação de endereçamento IP aplica-se ao IPv4. O IPv4 fornece 232 (4.294.967.296) endereços únicos de IP. Com o número crescente de dispositivos usados para acessar a Internet, os endereços estão se esgotando rapidamente. Para fornecer endereços IP para dispositivos futuros foi desenvolvido o IPv6. O IPv6 fornece 2128 (340.282.366.920.938.463.463.374.607.431.768.211.456) endereços únicos de IP, que são mais que o bastante para que cada dispositivo no planeta obtenha um endereço de IP exclusivo.
  • 26. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 26 de 43 O IPv4 usa quatro octetos separados por pontos para expressar um endereço IP. O IPv6 usa números hexadecimais de 16-bit separados por dois pontos. A seguir, alguns exemplos de como os endereços de IPv6 são expressos: • 128 bits são separados em oito blocos de 16 bits • Cada bloco de 16-bit é representado em hexadecimais e delimitados por dois pontos o 2001:00D3:0000:0000:02AA:00FF:FE28:9C5A • Em cada bloco de 16-bit, os zeros desnecessários de um valor (0000) podem ser removidos: o 2001:00D3:0000:0000:02AA:00FF:FE28:9C5A o 2001:D3:0:0:2AA:FF:FE28:9C5A • Blocos de 16-bit de zeros consecutivos podem ser substituídos por dois pontos duplos (::) o 2001:D3:0:0:2AA:FF:FE28:9C5A o 2001:D3::2AA:FF:FE28:9C5A • A substituição de zeros pode ser usada somente uma vez em qualquer endereço O IPv6 oferece também outras melhorias em relação ao IPv4: • Direcionamento mais eficiente • Segurança integrada através do uso de encriptação de dados • Configuração automática de forma que um dispositivo pode atribuir a si mesmo um endereço IP, se necessário • Suporte à qualidade de serviço (QoS), de forma que dados que possam expirar com o tempo tenham prioridade sobre os outros IT Essentials v4.1 LI 8.9.1 Instalar ou atualizar um driver NIC Objetivo do CompTIA A+ 220-701 3.3 Instalar e atualizar drivers de dispositivos Alterações no Windows 7: Adicionar o caminho do Windows 7 à seção Como verificar as propriedades do adaptador sem fio. Como verificar as propriedades do adaptador sem fio no Windows 7 Clique no ícone de rede na bandeja do sistema > Abir Central de rede e compartilhamento > Gerenciar redes sem fio > Propriedades do adaptador > Configurar > Avançado. IT Essentials v4.1 LI 11.4.5 Atualizar e configurar dispositivos de armazenamento e discos rígidos Objetivo do CompTIA A+ 220-702 2.3 Ferramentas de gerenciamento de disco Alterações no Windows 7: Adicione o seguinte texto às instruções para acessar o utilitário de Gerenciamento de Disco. No Windows Vista e Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Iniciar pesquisa > digite diskmgmt.msc > Enter > Continuar IT Essentials v4.1 LI 12.0 Introdução Objetivo do CompTIA A+ 220-702 2.0 Sistemas operacionais Alterações no Windows 7: Substitua o segundo parágrafo pelo texto a seguir.
  • 27. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 27 de 43 Várias marcas de sistemas operacionais estão disponíveis hoje no mercado, incluindo Microsoft Windows, Apple Mac OS, UNIX e Linux. Um técnico precisa considerar o sistema de computador atual ao selecionar um sistema operacional. Além disso, há várias versões do mesmo sistema operacional. Algumas versões do Microsoft Windows incluem: Windows 2000 Professional, Windows XP Home Edition, Windows XP Professional, Windows Media Center, Windows Vista Home Basic, Windows Vista Business, Windows Vista Premium, Windows 7 Starter, Windows 7 Home Premium, Windows 7 Professional e Windows 7 Ultimate. IT Essentials v4.1 LI 12.1.3 Estruturas de diretório do SO Windows Objetivo do CompTIA A+ 220-702 2.2 Locais de arquivo do usuário 2.2 Locais de arquivo do sistema 2.2 Fontes 2.2 Arquivos temporários 2.2 Arquivos de programa 2.2 Arquivos offline e pastas Complementos à Figura 1 Sistema operacional Arquivos do usuário Arquivos do sistema Fontes Arquivos temporários Arquivos de programa Arquivos offline e pastas Windows 7 Starter C:/Usuarios/No me_usuario C:/Windows/ System32 C:/Windows/ Fonts C:Usuarios Nome_usuar ioAppDataL ocalTemp C:Arquivos de Programas Não suportado Windows 7 Home Premium C:/Usuarios/No me_usuario C:/Windows/ System32 C:/Windows/ Fonts C:Usuarios Nome_usuar ioAppDataL ocalTemp C:Arquivos de Programas para 64-bit C:Arquivos de Programas (x86) para 32-bit Não suportado Windows 7 Professional C:/Usuarios/No me_usuario C:/Windows/ System32 C:/Windows/ Fonts C:Usuarios Nome_usuar ioAppDataL ocalTemp C:Arquivos de Programas para 64-bit C:Arquivos de Programas (x86) para 32-bit C:Windows CSC Windows 7 Ultimate C:/Usuarios/No me_usuario C:/Windows/ System32 C:/Windows/ Fonts C:Usuarios Nome_usuar ioAppDataL ocalTemp C:Arquivos de Programas para 64-bit C:Arquivos de Programas (x86) para 32-bit C:Windows CSC IT Essentials v4.1 LI 12.2.3 Criar, visualizar e gerenciar discos, diretórios e arquivos Objetivo do CompTIA A+ 220-702 2.3 Ferramentas de gerenciamento de disco 2.3 FAT32, NTFS, FAT64 (exFAT) Alterações no Windows 7: Substitua a página inteira pelo texto a seguir.
  • 28. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 28 de 43 No sistema operacional, discos e diretórios são locais onde os dados são armazenados e organizados. O sistema de arquivo usado pelo sistema operacional determina os fatores adicionais que afetam o armazenamento, como o tamanho da partição e do cluster, além dos recursos de segurança. Estrutura do disco Um disco rígido é dividido em áreas específicas chamadas de partições. As partições são formatadas de forma que possam armazenar informações. O utilitário de Gerenciamento de Disco exibe informações e executa serviços como o particionamento e formatação de discos no Windows. A Figura 1 mostra o utilitário de Gerenciamento de Disco usado no Windows XP. Existem vários tipos de partições em um disco rígido: • Partição primária – que é geralmente a primeira partição. Uma partição primária não pode ser subdividida em seções menores. Pode haver até quatro partições por disco rígido. • Partição ativa – essa partição é usada pelo sistema operacional para inicializar o computador. Apenas a partição primária pode ser marcada como ativa. • Partição estendida – essa partição normalmente utiliza o espaço livre restante em um disco rígido ou toma o lugar de uma partição primária. Pode haver somente uma partição estendida por disco rígido e ela pode ser subdivida em seções menores chamadas de unidades lógicas. OBSERVAÇÃO: A qualquer momento, você pode designar somente uma partição como partição ativa. O sistema operacional usa a partição ativa para inicializar o sistema. A partição ativa deve ser uma partição primária. Na maioria dos casos, a unidade C: é a partição ativa e contém os arquivos de inicialização e do sistema. Alguns usuários criam partições adicionais para organizar os arquivos ou para que possam contar com duas inicializações no computador. Há muitas formas de acessar o utilitário de Gerenciamento de Disco no Windows XP: • Selecione Iniciar > clique com o botão direito em Meu Computador > Gerenciar. • Selecione Gerenciamento de disco. • Selecione Iniciar > Configurações > Painel de Controle > Ferramentas administrativas > Gerenciamento de computador. • Selecione Gerenciamento de disco. Há muitas formas de acessar o utilitário de Gerenciamento de Disco no Windows Vista: • Selecione Iniciar > clique com o botão direito em Meu Computador > Gerenciar. • Selecione Gerenciamento de disco. • Selecione Iniciar > Configurações > Painel de Controle > Ferramentas administrativas > Gerenciamento de computador > Continuar. • Selecione Gerenciamento de disco. Há muitas formas de acessar o utilitário de Gerenciamento de Disco no Windows 7: • Selecione Iniciar > clique com o botão direito em Meu Computador > Gerenciar. • Selecione Gerenciamento de disco. • Selecione Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Ferramentas Administrativas > Gerenciamento do Computador. • Selecione Gerenciamento de disco.
  • 29. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 29 de 43 No Windows, são usadas letras para nomear as unidades. Um computador com Windows pode ter até 26 unidades físicas e lógicas, pois há 26 letras no alfabeto do idioma inglês. As unidades A e B são reservadas para discos flexíveis e o C para a partição primária e ativa. Assim, o número máximo de unidades adicionais é 23. No Windows Vista e Windows 7, pode-se atribuir as unidades A e B a volumes, se você não tem unidades de disco flexíveis. No sistema de arquivo NTFS, uma unidade pode ser mapeada para uma pasta vazia em um volume e isso é conhecido como uma unidade montada. As unidades montadas são caminhos de unidade atribuídos ao invés de letras e são exibidas como um ícone de unidade no Windows Explorer. Use uma unidade montada para configurar mais que 26 unidades em seu computador ou quando você precisar de espaço adicional de armazenamento em um volume. Para montar um volume no Windows: • Abra Gerenciamento de Computador e selecione Gerenciamento de Disco. • Clique com o botão direito na partição ou volume a ser montado. • Clique em Alterar a letra da unidade e caminho. • Clique em Adicionar. • Clique em Montar na seguinte pasta NTFS vazia. • Crie uma pasta vazia, digite o caminho para uma pasta vazia ou procure uma pasta vazia em um volume NTFS e clique em OK. • Feche o Gerenciamento de Computador. Status da unidade O utilitário de Gerenciamento de Disco exibe o status de cada unidade, como exibido na Figura 2. As unidades de disco rígido no computador exibem umas das seguintes condições: • Estrangeiro – um disco dinâmico que foi movido para um computador a partir de outro que funcionava com Windows 2000 ou Windows XP • Íntegro – um volume que funciona corretamente • Inicializado – um disco básico que está sendo convertido em um disco dinâmico • Não encontrado – um disco dinâmico que está corrompido, desligado ou desconectado • Não Inicializado – um disco que não contém uma assinatura válida • Online – um disco básico ou dinâmico que não exibe nenhum problema • Online (Erros) – erros de E/S que são detectados em um disco dinâmico • Offline – Um disco dinâmico que está corrompido ou indisponível • Ilegível – um disco básico ou dinâmico que passou por uma falha de hardware, corrupção ou erros de E/S Outros indicadores de status de unidade podem ser exibidos ao usar outras unidades que não sejam de disco rígido: • CD de Áudio – um CD de áudio que está na unidade de disco ótico • Sem mídia – uma unidade de disco ótico ou removível que está vazia Sistema de arquivo Partições são formatadas com um sistema de arquivo. Os três sistemas de arquivo disponíveis no Windows XP são FAT (FAT16), FAT32 e NTFS. NTFS tem maior estabilidade e mais recursos de segurança. FAT32, NTFS e exFAT são comparados na Figura 3. exFAT, ou FAT64, foi criado para tratar de algumas limitações no uso do FAT, FAT32 ou NTFS ao formatar unidades flash USB (pendrives), tais como tamanho do arquivo e do diretório.
  • 30. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 30 de 43 Por exemplo, o Windows não exibe a extensão do arquivo, mas essa prática pode causar problemas de segurança. Os desenvolvedores de vírus podem distribuir arquivos executáveis disfarçados como um arquivo não executável. Para evitar essa falha de segurança, você deve sempre exibir as extensões de arquivo fazendo o seguinte: Selecione Iniciar > Painel de Controle > Opções de pasta > Modos de exibição e desmarque a caixa Ocultar as extensões dos tipos de arquivos conhecidos, como mostrado na Figura 4. No Windows Vista e Windows 7, clique em Iniciar > Painel de Controle > Aparência e Personalização > Opções de pasta > Modos de exibição e desmarque a caixa Ocultar as extensões dos tipos de arquivos conhecidos. OBSERVAÇÃO: Salvar arquivos no diretório raiz da unidade C: pode causar problemas com a organização dos dados. Uma prática mais recomendada é armazenar os dados em pastas criadas na unidade C:. Complementos à Figura 3 exFAT Segurança exFAT pode suportar listas de controle de acesso (ACLs) que definem permissões para o acesso do usuário Compatibilidade Compatível com Windows XP com SP2 ou SP3, Windows Vista com SP1, Windows 7, Windows Server 2003 com SP2, Windows Server 2008 e Linux Tamanho do arquivo Máximo teórico de 64 zettabytes (ZBs), 512 TB recomendado Arquivos por volume Máximo de 16 exabytes (EBs) Eficiência do tamanho do arquivo Tamanho do cluster até 32 MB Confiabilidade Pode rastrear alterações no sistema de arquivos e recuperar dados se TFAT (Transaction-Safe FAT File System) estiver ativado. O TFAT retém duas cópias do sistema de arquivo. Se uma tabela for perdida ou corrompida, a outra cópia é recuperável. IT Essentials v4.1 LI 12.2.4 Identificar procedimentos e utilitários usados para otimizar o desempenho de sistemas operacionais Objetivo do CompTIA A+ 220-702 2.3 DEFRAG 2.3 Verificação de erros 2.3 Monitor do sistema 2.3 Utilização de recursos Alterações no Windows 7: Substitua a página inteira pelo texto a seguir. Vários procedimentos e ferramentas estão disponíveis para otimizar o desempenho de um sistema operacional. Os conceitos podem ser os mesmos em todos os sistemas operacionais, mas os métodos e procedimentos de otimização são diferentes. Por exemplo, mesmo que a memória virtual executa a mesma função nos sistemas operacionais Windows 98 e Windows XP, o caminho para encontrar e definir as configurações da memória virtual é diferente.
  • 31. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 31 de 43 Ferramentas do sistema Para manter e otimizar um sistema operacional, você pode acessar várias ferramentas no Windows. Algumas dessas ferramentas incluem a verificação de erros de disco, que pode verificar se há erros de estrutura no disco rígido e o desfragmentador de disco rígido, que pode consolidar arquivos para obter um acesso mais rápido. A Figura 1 mostra as ferramentas de gerenciamento de disco rígido. Ferramenta de verificação de erros de disco O sistema operacional Windows usa o CHKDSK a partida da GUI ou de uma linha de comando para detectar e reparar erros de disco. Para verificar se há erros usando a GUI, siga esses passos: 1. No Windows XP, clique duas vezes em Meu Computador. No Windows Vista ou Windows 7, clique em Computador no menu Iniciar. 2. Clique com o botão direito na unidade que você deseja verificar. 3. Clique em Propriedades. 4. Na guia ferramentas, em verificação de erros, clique em Verificar agora. 5. Nas opções de verificação de disco, marque a caixa Procurar setores defeituosos e tentar recuperá-los. 6. Clique em Iniciar. OBSERVAÇÃO: A opção Procurar setores defeituosos e tentar recuperá-los irá resolver automaticamente os erros de sistema de arquivo, assim como verificar se há setores defeituosos no disco e recuperar qualquer dado dos setores considerados defeituosos. Todos os dados que são recuperados são salvos em arquivos no diretório raiz do disco. A versão CLI do utilitário tem quatro opções para verificar erros em um disco: • chkdsk – exibe um relatório de status da unidade • chkdsk /f – resolver erros no disco • chkdsk /r – recupera as informações que podem ser lidas dos setores defeituosos • chkdsk /x – desmonta o volume se necessário O CHKDSK realiza várias etapas no disco, verificando através de critérios específicos: • Fase 1: Verificar arquivos – o CHKDSK examina a consistência de cada arquivo gravado na Tabela de arquivos mestre (MFT). Ao final dessa fase, o espaço usado e disponível no volume foram identificados. • Fase 2: Verificar índices – o CHKDSK examina a MFT para assegurar que cada arquivo e diretório está referenciado por ao menos uma entrada. Finalmente, o CHKDSK verifica se as marcas temporais e tamanhos de arquivo estão corretos nas listagens de diretório. • Fase 3: Verificar descritores de segurança – o CHKDSK examina as informações de propriedade do arquivo ou diretório nos descritores de segurança. • Fases 4 e 5: Verificar setores – se a opção /r for usada, o CHKDSK faz mais duas passagens procurando setores com danos físicos. Desfragmentador de disco Para ajudar a otimizar os arquivos no disco rígido, o sistema operacional Windows fornece um utilitário de desfragmentação. À medida que os arquivos são acessados e armazenados em um disco rígido, eles deixam de ser contíguos e começam a se dispersar pelo disco. Isso pode tornar o sistema operacional mais lento. O disco rígido tem que procurar em várias áreas do disco rígido para encontrar o arquivo completo. Para um arquivo, o efeito do processo é mínimo. Quando isso ocorre com milhares de arquivos, entretanto, o processo tornará a leitura e gravação de um arquivo no disco rígido mais lentas.
  • 32. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 32 de 43 Para desfragmentar uma unidade no Windows XP, clique duas vezes em Meu Computador na área de trabalho. Clique com o botão direito na unidade que você deseja otimizar. Escolha Propriedades. Na guia Ferramentas, clique em Desfragmentar agora. Para desfragmentar uma unidade no Windows Vista, clique duas vezes em Computador na área de trabalho. Clique com o botão direito na unidade que você deseja otimizar. Escolha Propriedades. Na guia Ferramentas, clique em Desfragmentar agora. Para desfragmentar uma unidade no Windows 7, clique em Computador no menu iniciar. Clique com o botão direito na unidade que você deseja otimizar. Escolha Propriedades. Na guia Ferramentas, clique em Desfragmentar agora. Informações do Sistema Os administradores podem usar a ferramenta Informações do Sistema, como mostrado na Figura 2 para coletar e exibir informações sobre computadores locais e remotos. A ferramenta Informações do Sistema encontra rapidamente informações sobre software, drivers, configurações de hardware e componentes do computador. As informações podem ser usadas pelo pessoal de suporte para diagnosticar um computador e solucionar seus problemas. Para acessar a ferramenta Informações do Sistema, use o seguinte caminho no menu Iniciar: Todos os Programas > Acessórios > Ferramentas do Sistema > Informações do Sistema Pode ser necessário enviar um arquivo contendo todas as informações sobre um computador a outro técnico ou help desk. Para exportar um arquivo de Informações do Sistema, clique em Arquivo > Exportar, digite o nome de um arquivo, escolha um local e clique em Salvar. A ferramenta Informações do Sistema no Windows XP também fornece acesso rápido a muitas outras ferramentas: • Diagnóstico de rede – essa ferramenta executa vários testes de rede para solucionar problemas relacionados à rede. • Restauração do Sistema – essa ferramenta cria ou carrega um ponto de restauração para restaurar os arquivos e configurações do sistema de um computador. • Utilitário de verificação de assinatura de arquivo – essa ferramenta verifica se há arquivos do sistema que não foram assinados digitalmente. • Ferramenta de diagnóstico do DirectX – essa ferramenta relata informações detalhadas sobre os componentes DirectX que estão instalados no computador. • Dr Watson – essa ferramenta debuga o Windows para ajudar a diagnosticar erros de programas. Para visualizar as informações a partir de um computador remoto, siga esses passos: • Escolha Visualizar > Computador remoto. • Escolha Computador remoto na rede. • Digite o nome do computador que você deseja visualizar e clique em OK. Remote Desktop Protocol O Remote Desktop Protocol permite usar um aplicativo como a Área de Trabalho Remota ou Assistência Remota para conectar a outro computador. Esses aplicativos permitem visualizar a tela e controle o mouse e teclado do computador como se você estivesse usando localmente esse computador. O Remote Desktop Protocol é também utilizado para operar computadores que estão conectados à rede, mas não possuem um monitor, mouse ou teclado.
  • 33. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 33 de 43 Para acessar o programa Área de Trabalho Remota, use o seguinte caminho: Todos os Programas > Acessórios > Conexão de Área de Trabalho Remota A Assistência Remota usa o Remote Desktop Protocol para permitir que outro usuário conecte-se ao seu computador, veja a tela do computador e converse através de uma rede. Com sua permissão, o usuário remoto pode controlar seu computador. Para acessar a Assistência Remota no Windows XP, use o seguinte caminho: Iniciar > Ajuda e Suporte > Convide um amigo para se conectar ao seu computador com a Assistência Remota > Convide alguém para ajudá-lo No Windows Vista, use o seguinte caminho: Iniciar > Ajuda e Suporte > Utilize a Assistência Remota do Windows para obter ajuda de um amigo ou para oferecer ajuda > Convidar alguém confiável para ajudá-lo No Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Ajuda e Suporte > Mais opções de suporte > Assistência Remota do Windows > Convidar alguém confiável para ajudá-lo Um convite por e-mail deve ser enviado a outro usuário para permitir que ele se conecte e controle seu computador. Após seu destinatário ter recebido o convite, ele poderá ver sua área de trabalho e ajudá-lo. Memória virtual A memória virtual, exibida na Figura 3, permite que a CPU enderece mais memória que está instalada no computador. Isso é feito para que todos os aplicativos possam endereçar a mesma quantidade de memória. A memória virtual é um arquivo de troca ou paginação que é constantemente lido na RAM. Geralmente, você deve deixar o Windows gerenciar o tamanho do arquivo de troca. A única configuração que você deve alterar é o local do arquivo de troca. Você deve ser um membro do grupo de administradores para realizar essa alteração. Para acessar as configurações de memória virtual no Windows XP, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema > guia Avançado > Desempenho, clique no botão Configurações > guia Avançada Para acessar as configurações de memória virtual no Windows Vista, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema > Configurações avançadas do sistema > Continuar > guia Avançado > Desempenho, clique no botão Configurações > guia Avançado Para acessar as configurações de memória virtual no Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Sistema > Configurações avançadas do sistema > guia Avançado > Desempenho, clique no botão Configurações > guia Avançado Ferramentas Administrativas O Windows contém muitas ferramentas que são usadas para gerenciar permissões e usuários ou configurar componentes e serviços do computador. Você precisa possuir direitos de administrador para acessar as ferramentas administrativas. Essas são algumas das ferramentas administrativas mais comuns:
  • 34. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 34 de 43 1. Visualizador de Eventos - essa ferramenta registra um histórico de eventos a respeito dos aplicativos, segurança e sistema. 2. Gerenciamento de computador – essa ferramenta permite acessar áreas administrativas como Ferramentas do Sistema, Armazenamento e Serviços e Aplicativos. 3. Serviços – essa ferramenta permite gerenciar todos os serviços em computadores locais e remotos. 4. Monitor de Sistema – essa ferramenta exibe e registra informações em tempo real sobre processadores, discos, memória e utilização de memória do computador. Serviços Serviços são um tipo de aplicativo que é executado em segundo plano para realizar um objetivo específico ou esperar por uma solicitação. Apenas serviços necessários devem ser iniciados para reduzir riscos de segurança desnecessários. Consulte alguns serviços disponíveis em um computador na Figura 4. Quatro configurações ou estados podem ser usados para controlar os serviços: • Automático • Manual • Desativado • Interrompido Se um serviço, como DHCP ou Atualizações Automáticas, estiver definido como automático, ele irá iniciar junto com o PC. Serviços manuais, como o suporte para um UPS, precisam ser configurados manualmente para funcionar. Alguns serviços podem ser interrompidos ou desativados para solucionar problemas, como desligar o spooler de impressão quando há problemas da impressora. Gerenciador de Dispositivos O Gerenciador de Dispositivos, mostrado na Figura 5, permite visualizar todas as configurações dos dispositivos no computador como o IRQ, endereço de E/S e as configurações DMA. Ele também pode ser usado para diagnosticar e solucionar conflitos entre dispositivos. No Gerenciador de Dispositivos, você pode visualizar detalhes sobre a versão do driver instalado. Você pode também realizar as seguintes funções: • Atualizar um driver • Reverter um driver • Desinstalar um driver • Desativar um dispositivo O Gerenciador de Dispositivos usa ícones especiais para indicar um problema com um dispositivo específico: • Um X vermelho aparece no ícone de dispositivos desativados. • Um ponto de exclamação dentro de um triângulo amarelo aparece no ícone de dispositivos que não tem drivers corretamente instalados ou não respondem. Gerenciador de Tarefas O Gerenciador de Tarefas, mostrado na Figura 6, permite visualizar todos os aplicativos que estão sendo executados no momento. No Gerenciador de Tarefas, você pode realizar as seguintes funções: • Fechar qualquer aplicativo que parou de responder. • Iniciar uma nova tarefa. • Monitorar o desempenho da CPU. • Monitorar o desempenho da memória virtual. • Visualizar todos os processos executados no momento. • Visualizar informações sobre conexões de rede.
  • 35. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 35 de 43 Há cinco guias no Gerenciador de Tarefas: • Aplicativos – essa guia mostra todos os aplicativos que estão sendo executados. Nessa guia, você pode criar, ir para tarefas ou finalizá-las usando os botões na parte inferior da guia. • Processos – essa guia mostra todos os processos que estão sendo executados. Um processo é qualquer conjunto de instruções sendo executado no computador que foi iniciado por um usuário, programa ou o sistema operacional. Nessa guia, você pode finalizar processos ou definir prioridades de processos. • Desempenho – essa guia mostra a utilização da CPU e arquivo de paginação do computador. • Rede – essa guia mostra a utilização dos adaptadores de rede do computador. • Usuários – essa guia mostra todos os usuários que estão conectados ao computador. Nessa guia, você pode desconectar usuários remotos ou usuários locais. O Windows 7 tem uma guia adicional chamada Serviços, que exibe todos os serviços instalados e seus status, e na qual você pode iniciar e interromper serviços. Seja cuidadoso ao finalizar processos. Finalizar um processo fará com que o programa termine imediatamente sem salvar nenhuma informação. Finalizar um processo que o Windows iniciou pode impedir que o sistema funcione corretamente. Seja cuidadoso ao alterar a prioridade dos processos. Se você alterar a prioridade de um processo, a alteração pode afetar de forma negativa o desempenho do computador. Monitor do Sistema O Monitor do Sistema no Windows XP, mostrado na Figura 7, é parte do console de Desempenho e exibe informações em tempo real sobre os processadores, discos, memória e utilização de rede do computador. Você pode resumir facilmente essas atividades através de histogramas, gráficos e relatórios. No Windows Vista e Windows 7, o Monitor de Desempenho é usado para coletar informações em tempo real. Você precisa ter privilégios de administrador para acessar o console de Monitor de Desempenho. Para visualizar o console do Monitor de Desempenho no Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Ferramentas Administrativas > Desempenho Para visualizar o console do Monitor de Desempenho no Windows Vista, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Ferramentas Administrativas > Monitor de Desempenho e Confiabilidade > Continuar Para visualizar o console do Monitor de Desempenho no Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Ferramentas Administrativas > Monitor de Desempenho > Monitor de Desempenho Os dados que o Monitor de Desempenho exibe é usado para ajudar a compreender como a carga de trabalho do computador afeta os recursos do sistema como CPU, memória e rede. Use o Monitor do Sistema para exibir dados detalhados sobre os recursos que são usados quando você executa tarefas específicas ou várias tarefas. Os dados coletados ajudam a determinar quando uma atualização pode ser necessária. O Monitor do Sistema mostra como as alterações de configuração ou ajuste do sistema afetam o computador. Por exemplo, use o Monitor do Sistema para determinar se um programa recentemente instalado precisa de mais RAM do computador.
  • 36. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 36 de 43 Opções Regionais e de Idiomas Você pode alterar muitos dos padrões e formatos de números, moeda, data e hora usando as configurações das Opções Regionais e de Idiomas. Essas configurações permitem também alterar o idioma principal ou instalar um adicional. Para acessar as Opções Regionais e de Idiomas no Windows XP, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Opções Regionais e de Idiomas No Windows Vista e Windows 7, acesse as Opções Regionais e de Idiomas usando o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Relógio, Idioma e Região > Região e Idioma Arquivos temporários Quase todos os programas usam arquivos temporários, que são geralmente excluídos quando o aplicativo ou sistema operacional termina de utilizá-los. Entretanto, alguns arquivos temporários precisam ser excluídos manualmente. Como os arquivos temporários ocupam espaço da unidade de disco rígido que poderia ser usado por outros arquivos, é uma boa ideia verificar e exclui-los a cada dois ou três meses, conforme o necessário. Os arquivos temporários estão geralmente localizados nos seguintes locais no Windows XP: • C:Temp • C:Tmp • C:WindowsTemp • C:WindowsTmp • C:Documents and Settings%USERPROFILE%Local SettingsTemp Os arquivos temporários estão geralmente localizados nos seguintes locais no Windows Vista e Windows 7: • C:WindowsTemp • C:Usuarios%USERPROFILE%AppDataLocalTemp OBSERVAÇÃO: Nos caminhos acima, %USERPROFILE% é uma variável de ambiente definida pelo sistema operacional com o nome do usuário que está conectado no momento no computador. As variáveis de ambiente são usadas pelo sistema operacional, aplicativos e programas de instalação de software. Para visualizar as variáveis de ambiente que estão configuradas em um computador com Windows XP, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema > Avançado > Variáveis de ambiente Para visualizar as variáveis de ambiente que estão configuradas em um computador com Windows Vista, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema > Configurações avançadas do sistema > guia Avançado > Variáveis de Ambiente Para visualizar as variáveis de ambiente que estão configuradas em um computador com Windows 7, use o seguinte caminho: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Sistema > Configurações avançadas do sistema > guia Avançado > Variáveis de ambiente
  • 37. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 37 de 43 IT Essentials v4.1 LI 12.2.5 Identificar procedimentos e utilitários usados para otimizar o desempenho de navegadores Objetivo do CompTIA A+ 220-702 3.2 Instalar e configurar uma rede de pequeno escritório ou escritório doméstico (SOHO) Alterações no Windows 7: Adicione o seguinte texto às instruções para acessar as configurações de cache do IE. Para acessar as configurações de cache no Windows Vista ou Windows 7, abra uma janela do navegador IE e escolha Ferramentas > Opções da Internet. Na área Histórico de navegação, clique em Configurações. IT Essentials v4.1 LI 12.2.9 Comandos CLI do Windows Objetivo do CompTIA A+ 220-702 2.1 SFC Alterações no Windows 7: Adicione a seguinte observação na parte inferior da página. OBSERVAÇÃO: Para executar o programa SFC no Windows Vista e Windows 7, você precisa primeiramente abrir um console com privilégios de administrador usando o seguinte caminho: Iniciar > Todos os programas > Acessórios > clique com o botão direito em Prompt de comando > Executar como administrador > Sim IT Essentials v4.1 LI 12.3 Descrever como atualizar sistemas operacionais Objetivo do CompTIA A+ 220-702 2.0 Sistemas operacionais Alterações no Windows 7: Adicione um item no final da lista de itens. • Somente o Windows Vista pode ser atualizado para Windows 7. IT Essentials v4.1 LI 12.4.1 Agendar tarefas e atualizações automáticas Objetivo do CompTIA A+ 220-702 2.3 Agendador de tarefas Alterações no Windows 7: Substitua pelo seguinte texto, no caminho do Windows Vista para abrir o assistente do Agendador de tarefas. Para abrir as tarefas agendadas no Windows Vista ou Windows 7, selecione Iniciar > Todos os programas > Acessórios > Ferramentas do sistema > Agendador de tarefas. Selecione Criar tarefa básica ou Criar tarefa, como mostrado na Figura 2. IT Essentials v4.1 LI 12.5.2 Identificar problemas e soluções comuns Objetivo do CompTIA A+ 220-702 2.4 Falha em drivers de dispositivos (dispositivos de entrada / saída) 2.4 Falha na instalação, inicialização ou carregamento do aplicativo
  • 38. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 38 de 43 2.4 Falha na inicialização do dispositivo / serviço 2.4 Dispositivo / programa não encontrado no registro 2.4 Desempenho e otimização do sistema, configurações do Aero, CCU Alterações no Windows 7: Mude o último parágrafo na página para o parágrafo a seguir. A função de reinicialização automática pode ser desativada no menu de Opções avançadas de inicialização. As Figuras 1, 2 e 3 são tabelas de problemas e soluções comuns de sistema operacional. Nova Figura 3 Problemas e soluções comuns para o Windows 7 Identificar o problema Causas prováveis Possíveis soluções Os programas antigos não são compatíveis com Windows 7. Os programas foram instalados antes da atualização para Windows 7. Reinstalar os programas no modo de compatibilidade. Um dispositivo não foi detectado, instalado ou está funcionado corretamente. O driver não é compatível com Windows 7. Atualize o driver para um compatível com Windows 7. A unidade de DVD não é encontrada após a atualização para Windows 7. Um erro de registro impede que o Windows 7 reconheça a unidade de DVD. Abra o registro do Windows e navegue para HKEY_LOCAL_MACHINESYSTEM CurrentControlSetControlClass{4D3 6E965-E325-11CE-BFC1- 08002BE10318}. Exclua as chaves de registro UpperFilters e LowerFilters. Reinicie o computador. O tema Aero não funciona. A placa de vídeo não suporta o Aero. O driver da placa de vídeo está desatualizado. Substituir a placa de vídeo por uma que atenda as exigência mínimas de hardware do Windows 7. Atualizar o driver da placa de vídeo. O Windows 7 está lento. Efeitos visuais desnecessários estão deixando a GUI lenta. No painel de controle Informações e Ferramentas de Desempenho, selecione Ajustar para obter um melhor desempenho na caixa de diálogo Opções de desempenho. O CCU do Windows 7 aparece muito frequentemente. A configuração CCU é muito alta para computação básica. Reduza a configuração CCU na caixa de diálogo Alterar configurações de controle de conta de usuário no controle de Contas de usuário.
  • 39. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 39 de 43 IT Essentials v4.1 LI 13.3.3 Selecionar dispositivos de armazenamento Objetivo do CompTIA A+ 220-702 2.3 Gerenciador de dispositivos Alterações no Windows 7: Adicione o seguinte texto no caminho para abrir o Gerenciador de dispositivos. Use o seguinte caminho no Windows 7: Iniciar > Painel de Controle > Sistema e Segurança > Sistema > Gerenciador de dispositivos. IT Essentials v4.1 LI 13.4.1 Descrever como agendar e realizar a manutenção de laptops Objetivo do CompTIA A+ 220-702 1.1 Dada uma situação, instale, configure e faça a manutenção dos componentes do computador pessoal Alterações no Windows 7: Substitua o texto a seguir nas instruções de limpeza de disco no Windows Vista. Para executar a Limpeza de disco no Windows Vista ou Windows 7: 1. Selecione a unidade de disco rígido que deseja limpar. 2. Clique com o botão direito e escolha Propriedades. 3. Na guia Geral, clique em Limpeza de disco. 4. No Windows Vista, escolha quais arquivos limpar, Somente meus arquivos ou Arquivos de todos os usuários do computador. 5. Os arquivos disponíveis para exclusão são listados. Marque a caixa ao lado do arquivo para marcar o arquivo para ser excluído, e depois clique em OK. Alterações no Windows 7: Substitua as instruções de Desfragmentação de disco pelo texto a seguir. Para executar a Desfragmentação de disco no Windows [Figura 3]: 1. Selecione a unidade de disco rígido que deseja limpar. 2. Clique com o botão direito e escolha Propriedades. 3. Na guia Ferramentas, clique em Desfragmentar agora. No Windows Vista, clique em Continuar. O tempo necessário para a conclusão da desfragmentação varia de acordo com o nível de fragmentação da unidade de disco rígido. 4. No Windows 7, você pode agendar a desfragmentação de disco clicando em Configurar agendamento. Para desfragmentar agora um disco, selecione a unidade desejada e clique em Desfragmentar disco. IT Essentials v4.1 LI 14.2.2 Instalar e configurar o driver e software Objetivo do CompTIA A+ 220-702 1.5 Dada uma situação, detecte e resolva problemas comuns de impressora Alterações no Windows 7: Altere a etapa 5 das instruções de instalação do driver da impressora.
  • 40. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 40 de 43 5. Teste o driver. Para testar o driver, escolha Iniciar > Configurações > Impressoras e Faxes no Windows 2000 ou Iniciar > Painel de Controle > Impressoras e aparelhos de fax no Windows XP, Iniciar > Painel de Controle > Impressoras no Windows Vista ou Iniciar > Dispositivos e Impressoras no Windows 7. Clique com o botão direito na impressora e escolha Propriedades no Windows XP e Windows Vista. Escolha Propriedades da Impressora no Windows 7. Depois escolha Imprimir uma página de teste. Se a impressora não funcionar, reinicie o computador e tente novamente. IT Essentials v4.1 LI 14.3 Descrever como compartilhar uma impressora e um scanner em uma rede Objetivo do CompTIA A+ 220-702 1.5 Dada uma situação, detecte e resolva problemas comuns de impressora Alterações no Windows 7: Adicione as instruções para Windows 7 nas instruções de compartilhamento de impressora. Na janela Centro de Rede e Compartilhamento do Windows Vista, role a tela para baixo até a seção Compartilhamento e Descoberta e ative Compartilhamento de Impressora. No Windows 7, selecione Ativar compartilhamento de arquivo e impressora em Alterar as configurações de compartilhamento avançadas na Central de Redes e Compartilhamento. Clique em Aplicar ou Salvar alterações no Windows 7 para fazer as alterações. Clique com o botão direito na impressora para compartilhar e selecione Propriedades da impressora > Compartilhamento. Selecione a opção Compartilhar esta impressora e atribua um nome à impressora. IT Essentials v4.1 LI 14.3.2 Descrever como instalar software e drivers de impressora de rede em um computador Objetivo do CompTIA A+ 220-702 1.5 Dada uma situação, detecte e resolva problemas comuns de impressora Alterações no Windows 7: Adicione as instruções para Windows 7 nas instruções Como conectar outros usuários. Outros usuários na rede podem agora se conectar a essa impressora seguindo os seguintes passos no Windows Vista e Windows 7: 1. Escolha Iniciar > Painel de Controle > Hardware e sons > Adicionar uma impressora. No Windows 7, escolha Iniciar > Dispositivos e Impressoras > Adicionar uma impressora. 2. O assistente Adicionar uma impressora aparecerá. 3. Selecione Adicionar uma impressora da rede, sem fio ou Bluetooth, como mostrado na Figura 3. 4. Uma lista de impressoras compartilhadas irá aparecer. Se a impressora não estiver listada, selecione A impressora que desejo não está na lista. 5. Após selecionar a impressora, clique em Avançar. 6. Uma porta de impressora virtual é criada e exibida na janela Adicionar uma impressora. Os drivers necessários para impressão são baixados de um servidor de impressão e instalados no computador. O assistente então finaliza a instalação.
  • 41. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 41 de 43 IT Essentials v4.1 LI 15.4.2 Configurar a Internet e recursos de rede do cliente Objetivo do CompTIA A+ 220-702 3.1 Solucionar problemas de conectividade no lado do cliente usando as ferramentas apropriadas Alterações no Windows 7: Adicione o texto a seguir às instruções de Compartilhamento de arquivo. No Windows 7, clique com o botão direito na pasta, selecione Compartilhar com e escolha uma das seguintes opções: • Ninguém – remove todas as pessoas ou grupos com os quais a pasta está sendo compartilhada. • Grupo doméstico (leitura) – permite que qualquer usuário no grupo doméstico leia o conteúdo da pasta. • Grupo doméstico (leitura/gravação) – permite que todos os usuários no grupo doméstico leiam ou gravem na pasta. • Pessoas específicas – remove ou adiciona usuários ou grupos específicos e escolhe o tipo de permissão (leitura ou leitura/gravação) para os usuários na pasta. Alterações no Windows 7: Adicione o texto a seguir no final da página. Para compartilhar uma impressora no Windows 7, selecione Iniciar > Painel de Controle > Rede e Internet > Central de Rede e Compartilhamento > Alterar as configurações de compartilhamento avançadas. Selecione Ativar compartilhamento de arquivo e impressora > Salvar alterações. Selecione Iniciar > Dispositivos e impressoras. Clique com o botão direito na impressora e escolha Propriedades da impressora. Na guia Compartilhamento, marque Compartilhar esta impressora e digite um nome para ela. Clique em OK. No Windows 7, para acessar uma impressora compartilhada por outro computador, selecione Iniciar > Dispositivos e Impressoras. Escolha Adicionar uma impressora. Use o assistente Adicionar impressoras para localizar e instalar a impressora de rede compartilhada. IT Essentials v4.1 LI 15.5.3 Testar uma conexão Objetivo do CompTIA A+ 220-702 1.1 Placas de rede com e sem fio Alterações no Windows 7: Adicione o texto a seguir em verificar uma conexão sem fio. Para verificar uma conexão sem fio usando a GUI do Windows 7, selecione Iniciar > Painel de Controle > Rede e Internet > Central de Rede e Compartilhamento > Alterar as configurações do adaptador. Clique duas vezes em Conexão de rede sem fio para exibir o status. IT Essentials v4.1 LI 16.4.3 Explicar procedimentos de backup de dados, acesso aos backups e proteção de mídia física de backup Objetivo do CompTIA A+ 220-702 2.3 NTBACKUP Alterações no Windows 7: Substitua a página inteira pelo texto a seguir.
  • 42. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 42 de 43 Um backup de dados armazena uma cópia das informações de um computador em uma mídia de backup removível que pode ser mantida em um local seguro. Em caso de falha do hardware, os dados podem ser restaurados a partir do backup, em um hardware que esteja funcionando. Os backups de dados devem ser realizados regularmente. O backup de dados mais atual é geralmente armazenado em um local externo para protegê-lo em caso de acidente no prédio principal. A mídia de backup é frequentemente reutilizada para economia nos custos de mídia. Sempre siga as instruções de rotação de mídia de sua organização. As operações de backup no Windows XP podem ser realizadas em uma linha de comando ou arquivo de lote usando o comando NTBACKUP. Os parâmetros padrão para NTBACKUP são aqueles que foram definidos no utilitário de backup do Windows XP. Qualquer opção que você deseje sobrepor deve ser incluída na linha de comando. Você não pode restaurar arquivos a partir da linha de comando usando o comando NTBACKUP. Os arquivos do assistente de backup e restauração do Windows XP têm a extensão .bkf. Um arquivo.bkf pode ser salvo em um disco rígido, DVD ou qualquer outra mídia gravável. O local de origem e unidade de destino podem ser tanto NTFS, como FAT. Os arquivos de backup do Windows Vista e Windows 7 têm extensão .zip. Os dados de backup são automaticamente comprimidos e cada arquivo tem um tamanho máximo comprimido de 200 MB. Um arquivo de backup do Windows Vista ou Windows 7 pode ser salvo em uma unidade de disco rígido, qualquer mídia gravável ou outro computador ou servidor conectado a sua rede. O backup pode ser criado apenas a partir de uma partição NTFS. A unidade de disco rígido de destino pode ter formato NTFS ou FAT. OBSERVAÇÃO: Você pode excluir manualmente diretórios no assistente de backup e restauração do Windows XP ou Windows 7. Isso não pode ser feito no assistente de arquivos de backup do Windows. Você pode fazer o backup do Windows manualmente ou agendar a frequência com que o backup ocorrerá automaticamente. Para fazer um backup e restauração de dados no Windows com sucesso, é necessário ter as permissões e direitos de usuário corretos. • Todos os usuários podem fazer backup de seus arquivos e pastas. Eles podem também fazer backup de arquivos nos quais possuem permissão de leitura. • Todos os usuários podem restaurar arquivos e pastas nos quais eles possuem permissão de gravação. • Os membros dos administradores, operadores de backup e operadores de servidor (se unidos a um domínio) podem fazer backup e restauração de todos os arquivos (independentemente das permissões atribuídas). Como padrão, os membros desses grupos têm direitos de usuário para fazer backup e restauração de arquivos e diretórios. O assistente de backup e restauração do Windows XP fornece cinco tipos de backup: • Completo ou Normal – esse tipo de backup copia todos os arquivos selecionados e marca cada arquivo como copiados. • Incremental – esse tipo de backup faz backups somente de arquivos que foram criados ou alterados desde o último backup normal ou incremental. A restauração de arquivos exige que você tenha o último conjunto de backup total e todos os conjuntos de backups incrementais. • Diferencial – esse tipo de backup copia somente os arquivos que você criou e alterou desde o último backup completo. A restauração de arquivos exige que você tenha o último conjunto de backup total e um backup diferencial. • Diário – esse tipo de backup copia todos os arquivos selecionados que foram modificados no dia em que o backup diário foi executado.
  • 43. © 2011, Cisco Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento é uma informação pública da Cisco. Página 43 de 43 • Cópia – esse tipo de backup copia todos os arquivos selecionados mas não os marca como copiados. Para iniciar o assistente de backup e restauração do Windows XP, selecione: Iniciar > Todos programas > Acessórios > Ferramentas do sistema > Backup. O assistente de backup e restauração inicia. Para alterar a configuração de backup, selecione Modo avançado > Ferramentas > Opções. Para restaurar um arquivo de backup do Windows XP, selecione no assistente de backup e restauração: Avançar > Restaurar arquivos e configurações > Avançar > selecione o arquivo de backup > Avançar > Finalizar. Para iniciar o assistente Fazer Backup de Arquivos do Windows Vista, selecione: Iniciar > Todos os Programas > Manutenção > Centro de Backup e Restauração > Fazer backup de arquivos. Para alterar a configuração de backup, selecione Alterar configurações > Alterar configurações de backup > Continuar. Para restaurar um arquivo de backup no Windows Vista, selecione: Iniciar > Todos os Programas > Manutenção > Centro de Backup e Restauração > Restaurar arquivos. Para iniciar o assistente Fazer Backup de Arquivos do Windows 7 pela primeira vez, selecione: Iniciar > Todos os Programas > Manutenção > Backup e Restauração > Configurar backup. Para alterar as configurações de backup no Windows 7, depois que o assistente Fazer backup de arquivos for concluído, selecione Alterar configurações > Alterar configurações de backup > Continuar. Para restaurar um arquivo de backup no Windows 7, selecione: Iniciar > Todos os Programas > Manutenção > Backup e Restauração > Restaurar meus arquivos. Uma combinação de tipos de backup, como mostrado na Figura 1, permite que o backup dos dados seja feito eficientemente. Um backup total é uma cópia de todos os arquivos na unidade. Um backup incremental copia apenas os arquivos criados ou alterados desde o último backup normal ou incremental. Ele marca os arquivos que foram copiados. Um backup diferencial copia arquivos criados ou alterados desde o último backup normal ou incremental, mas não marca os arquivos como copiados. O backup de dados pode levar algum tempo, assim é preferível fazê-los quando o tráfego na rede é baixo. Outros tipos de backup incluem backup diário e backup de cópia, que não marcam os arquivos que foram copiados. A mídia de backup de dados é tão importante quanto os dados no computador. Você deve armazenar a mídia de backup em uma instalação de armazenamento externa climatizada, com boa segurança física. Os backups devem estar prontamente disponíveis em caso de emergência.

×