Aves migratorias pantanal

1,837
-1

Published on

Alessandro Pacheco Nunes,
Aves migratórias do pantanal, apresentado no 6º Encontro Brasileiro de Osbervação de Aves

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,837
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aves migratorias pantanal

  1. 1. Aves MigratóriasPantanal  Alessandro Pacheco Nunes MSc. Ecologia e Conservação Bolsista CNPq, Embrapa Pantanal
  2. 2. InformaçõesNunes, A. P. & Tomas, W. M. (2008). Avesmigratórias e nômades ocorrentes no Pantanal.EMBRAPA-CPAP, Corumbá.Disponível:http://www.cpap.embrapa.br/publicacoes/online/Livro033.pdf.http://www.sbo.org.br
  3. 3. Bacia do Alto Paraguai & Pantanal Pantanal: 580 espécies (Nunes 2011, in press)  BAP: > 800 espécies (Tomas et al. 2008) 
  4. 4. Pantanais"Hamilton et al. (1996)
  5. 5. Paisagens“No Pantanal não se pode passar a régua. A régua impõelimites e o Pantanal não tem limites. Tem uma estrutura aquática que não permite que ele seja modificado” (Manoel de Barros) 
  6. 6. Nhecolândia Corixo  Vazante  Baía Campo Capão  Salina  Cordilheira 
  7. 7. Capões  Vazante Baía  Cordilheira 
  8. 8. Salina
  9. 9. Capão
  10. 10. Capão
  11. 11. Cerrado de murundu
  12. 12. Maiores populações de avesaquáticas continentais do Brasil
  13. 13. Rotas
  14. 14. Aves migratórias•  Inversão dos polos magnéticos da terra x sistemas de migração;•  Mudanças climáticas x rotas migratórias;•  Alteração rotas migratórias x sanidade animal.
  15. 15. Migrantes neárticos 40 espécies 
  16. 16. Águias, gaviões e falcõesÁguia-pescadora(Pandionhaliaetus)Gavião-tesoura(Elanoidesforficatus)Suveiro-do-norte(Ictiniamississippiensis)Falcão-peregrino(Falco peregrinus)
  17. 17. Batuiruçus e pernilongos•  Batuiruçu (Pluvialis dominica)•  Batuiruçu-de- axila-preta (Pluvialis squatarola)•  Pernilongo-de- costas-negras (Himantopus mexicanus)
  18. 18. •  Maçarico- Maçaricos esquimó (Numenius borelais)•  Maçarico-galego (Numenius phaeopus)•  Maçarico-do- campo (Bartramia longicauda•  Maçarico-de- bico-virado (Limosa haemastica)
  19. 19. Maçaricos •  Maçarico-pintado (Actitis macularius)•  Maçarico-solitário (Tringa solitaria)•  Maçarico-grande-de- perna-amarela (Tringa melanoleuca)•  Maçarico-de-perna- amarela (Tringa flavipes)
  20. 20. Maçaricos •  Vira-pedras (Arenaria interpres)•  Maçarico-de- papo-vermelho (Calidris canutus)•  Maçarico-branco (Calidris alba)•  Maçarico- rasteirinho (Calidris pusilla)
  21. 21. Maçaricos•  Maçariquinho (Calidris minutilla)•  Maçarico-de- sobre-branco (Calidris fuscicollis)•  Maçarico-de- bico-fino (Calidris bairdii)•  Maçarico-de- colete (Calidris melanotos)
  22. 22. Maçaricos e trinta-réis •  Maçarico- pernilongo (Calidris himantopus)•  Maçarico- acanelado (Tryngites subruficollis)•  Pisa-n’água (Phalaropus tricolor)•  Trinta-réis- boreal (Sterna hirundo)
  23. 23. Papa-lagartas, bacuraus, juruviaras e•  Papa-lagarta- mariquitas de-asa- vermelha (Coccyzus americaus)•  Bacurau-norte- americano (Chordeiles minor)•  Juruviara (Vireo olivaceus)•  Mariquita-de- connecticut (Geothlypis agilis)
  24. 24. Papa-moscas , sabiá e triste- pia•  Papa-moscas-de- alder (Empidonax alnorum)•  Suiriri-valente (Tyrannus tyrannus)•  Sabiá-norte- americano (Catharus fuscescens)•  Triste-pia (Dolichonyx oryzivorus)
  25. 25. Andorinhas•  Andorinha-azul (Progne subis)•  Andorinha-do- barranco (Riparia riparia)•  Andorinha-de- bando (Hirundo rustica)•  Andorinha-de- dorso-acanelado (Petrochelidon pyrrhonota)
  26. 26. Migrantes Intercontinentais130 espécies 
  27. 27. Pantanal – Costa brasileira•  Batuíra-de-coleira (Charadrius collaris)•  Trinta-réis-anão (Sternula superciliaris)•  Trinta-réis-grande (Phaetusa simplex)•  Pernilongo-de- costas-brancas (Himantopus melanurus)
  28. 28. Pantanal – Chaco do Paraguai•  Tuiuiú (Jabiru mycteria)•  Pombão (Patagioenas picazuro)
  29. 29. Pantanal – Patagônia •  Talha-mar ou taimã (Rynchops niger )
  30. 30. Pantanal - Amazônia•  Carão (Aramus guarauna)•  Biguá (Phalacrocorax brasilianus )
  31. 31. Andes - Pantanal Rei-do-bosque (Pheucticus aureoventris)
  32. 32. Cone sul América do Sul – Pantanal: Anatidae Capororoca(Coscorobacoscoroba)Marreca-toicinho (Anasplatalea)Marreca-oveira(Anas sibilatrix)Marreca-colorada (Anascyanoptera)
  33. 33. Cone sul América do Sul – Pantanal: Anatidae Marreca-de-coleira(Callonettaleucophrys)Marrecão (Nettapeposaca)Marreca-pé-na-bunda (Oxyuravittata)
  34. 34. Cone sul América do Sul – Pantanal: Threskiornithidae Caraúna-de-cara-branca(Plegadischihi)Tapicuru-de-cara-pelada(Phimosusinfuscatus)Colhereiro(Plataleaajaja)
  35. 35. Cone sul América do Sul – Pantanal: Ciconiidae Cabeça-seca(Mycteriaamericana)Maguari outabuiaiá(Ciconiamaguari)
  36. 36. Cone sul América do Sul – Pantanal: Tyrannidae Guaracava-de-crista-branca(Elaeniachilensis)Tricolino-oliváceo(Pseudocolopteryxacutipennis)Bem-te-vi-rajado(Myiodinastesmaculatus)Príncipe ouverão(Pyrocephalusrubinus)
  37. 37. Cone sul América do Sul – Pantanal: Tyrannidae Peitica-de-chapéu-preto(Griseotyrannusaurantioatrocristatus)Viuvinha-de-óculos(Hymenopsperspicillatus)Tesourinha(Tyrannussavana)Tesoura-do-campo(Alectrurusrisora)
  38. 38. Cone sul América do Sul – Pantanal: TyrannidaePrimavera(Xolmiscinereus)Maria-preta-acinzentada(Knipolegusstriaticeps)Maria-preta –do-sul(Knipolegushudsoni)
  39. 39. Cone sul América do Sul – Pantanal: Emberizidae Caboclinho-de-papo-escuro(Sporophilaruficollis)Caboclinho-de-sobre-ferrugem(Sporophilahypochroma)Caboclinho-de-chapéu-cinzento(Sporophilacinnamomea)Caboclinho-de-papo-branco(Sporophilapalustris)
  40. 40. Cone sul América do Sul – Pantanal Andorinha-do-sul(Progneelegans)Calhandra-de-três-rabos(Mimustriurus)Polícia-inglesa-do-norte(Sturnellamilitaris)
  41. 41. Amazônia - Pantanal Tiziu(Volatiniajacarina)Bigodinho(Sporophilalineola)
  42. 42. NômadesPato-do-mato(Cairinamoschata)Pé-vermelho(Amazonettabrasiliensis)Marreca-de-bico-roxo(Nomonyxdominica)
  43. 43. Nômades Garça-vaqueira(Bubulcusibis)Gavião-belo(Busarellusnigricollis)frango-dágua-pequeno(Porphyrioflavirostris)
  44. 44. Nômades Rolinha-vaqueira(Uropeliacampestris)pomba-de-bando(Zenaidaauriculata)Marianinha-amarela(Capsiempisflaveola)
  45. 45. Nômades saí-andorinha(Tersina viridis)Tico-tico-do-campo(Ammodramushumeralis)Carretão(Agelasticuscyanopus)
  46. 46. Estimativas – Intercontinentais•  Pluvialis dominica: 580 indivíduos na Nhecolândia e Rio Negro;•  Himantopus mexicanus: 100 mil indivíduos em toda planície;•  Tringa flavipes: 1784 indivíduos em toda a planície;•  Bartramia longicauda: 202 indivíduos na Nhecolândia e Rio Negro;•  Calidris melanotos: 2167 indivíduos na Nhecolândia e Rio Negro;•  Tryngites subruficollis: 80 indivíduos na Nhecolândia.Fonte: Morrison et al. (2008)
  47. 47. Estimativas – Intracontinentais  •  Phalacrocorax brasilianus: 7665 indivíduos (> concentrações no baixo rio Cuiabá)•  Ardea cocoi: 2196 indivíduos em toda a planície;•  Ardea alba: 12715 indivíduos em toda a planície;•  Mycteria americana: 10728 indivíduos na planície (> concentrações na porção central);•  Ciconia maguari: 1291 indivíduos (rio Paraguai e rio Negro);•  Jabiru mycteria: 6790 indivíduos (> concentrações na porção norte e Nhecolândia);•  Platalea ajaja: 2163 indivíduos, com > concentrações na porção central;•  Dendrocygna viduata: 3079 indivíduos em toda a planície.Fonte: Morrison et al. (2008)
  48. 48. Observação de Aves“As garças descem nos brejos que nem brisas. Todas asmanhãs.” Manoel de Barros 1996 (Livro sobre o nada)
  49. 49. Rodovia Transpataneira, MT 465 espécies (Cintra & Yamashita 1990)
  50. 50. > 320 espécies (Antas & Palo Jr. 2009)
  51. 51. Estrada Parque Pantanal, MS 320 espécies (Nunes et al. 2010)
  52. 52. rio Paraguai  Maciço do Urucum   Porto da Manga   Aterro da Nhecolândia  rio Abobral  rio Vermelho   Passo do Lontra  
  53. 53. 359 espécies (Melo 2006
  54. 54. > 400 espécies (Leuzinger 2010) 397 espécies (Donatelli 2005)
  55. 55. 355 espécies 
  56. 56. 203 espécies (Nunes 2011, in press)  
  57. 57. 308 espécies 
  58. 58. Ameaças •  Escassez de estudos•  Desmatamento•  Simplificação da paisagem•  Alteração na estrutura do habitat•  Eutrofização de salinas•  Alteração no pulso de inundação
  59. 59. Canais de drenagem
  60. 60. Desmatamento 
  61. 61. Simplificação de habitat
  62. 62. Simplificação de habitat 
  63. 63. Alteração no pulso de inundaçãoInundação permanente e mortandade de espécies arbóreas de áreas secas 
  64. 64. Pulsos de inundação e mudança climáticaApós vários anos sem grandes pulsos de inundação campos sazonalmente inundáveis são colonizadospela lixeira (Curatella americana) , árvore típica do Cerrado não tolerante à inundação 
  65. 65. Obrigado pela atenção!Contato:udu@ibest.com.brornito_pantanal@yahoo.com.br Na língua dos pássaros uma expressão tinge a seguinte. Se é vermelha tinge a outra de vermelho. Se é alva tinge a outra dos lírios da manhã. É língua muito transitiva a dos pássaros. Não carece de conjunções nem de abotoaduras. Se comunica por encantamentos. E por não ser contaminada de contradições, a língua dos pássaros só produz gorjeios (Manoel de Barros).

×