Energias renováveis
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Energias renováveis

on

  • 2,064 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,064
Views on SlideShare
2,059
Embed Views
5

Actions

Likes
0
Downloads
17
Comments
0

2 Embeds 5

http://eco-escolaaveca.blogspot.com 4
http://eco-escolaaveca.blogspot.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Energias renováveis Energias renováveis Presentation Transcript

  • Energias renováveis A energia renovável é aquela que é obtida de fontes naturais capazes de se regenerar, e portanto virtualmente inesgotáveis, ao contrário dos recursos não renováveis. São conhecidas pela imensa quantidade de energia que contêm, e porque são capazes de se regenerar por meios naturais.
  • Energia Nuclear e Renováveis Os núcleos atómicos de elementos pesados como o urânio, podem ser desintegrados (fissão nuclear ou cisão nuclear) e liberar energia radiante e cinética. Usinas termonucleares usam essa energia para produzir electricidade utilizando turbinas a vapor. Uma consequência da actividade de produção deste tipo de energia, são os resíduos nucleares, que podem levar milhares de anos para perder a radioactividade. Os combustíveis renováveis são combustíveis que usam como matéria-prima elementos renováveis para a natureza, como a cana-de-açúcar, utilizada para a fabricação do álcool e também de vários outros vegetais como a mamona utilizado para a fabricação do biodiesel ou outros óleos vegetais que podem ser usados directamente em motores diesel com algumas adaptações.
  • Fontes de Energia As fontes de energia podem ser divididas em dois grupos principais: permanentes (renováveis) e temporários (não renováveis). Em princípio, as fontes permanentes são aquelas que têm origem solar. Ainda assim, o conceito de renovabilidade depende da escala temporal que está a ser utilizado e os padrões de utilização dos recursos. Assim, são considerados os combustíveis fósseis não - renováveis já que a taxa de utilização é muito superior à taxa de formação do recurso propriamente dito.
  • Combustíveis Fósseis • Os combustíveis fósseis podem ser usados na forma sólida (carvão), líquida (petróleo) ou gasosa (gás natural). Segundo a teoria mais aceita, foram formados por acumulações de seres vivos que viveram há milhões de anos e que foram fossilizados formando carvão ou hidrocarboneto. No caso do carvão se trata de bosques e florestas nas zonas húmidas e, no caso do petróleo e do gás natural de grandes massas de plâncton acumuladas no fundo de bacias marinhas ou lacustres. Em ambos os casos, a matéria orgânica foi parcialmente decomposta, pela acção da temperatura, pressão e certas bactérias, na ausência de oxigénio, de forma que foram armazenadas moléculas com ligações de alta energia. • Se distinguem as "reservas identificadas", embora não sejam exploradas, e as "reservas prováveis", que poderão ser descobertas com tecnologias futuras. Segundo os cálculos, o planeta pode fornecer energia para mais 40 anos (se for usado apenas o petróleo) e mais de 200 (se continuar a usar carvão).
  • Não Renováveis Os combustíveis fósseis são fontes não renováveis de energia: não é possível repor o que gastamos. Em algum momento vão acabar e podem ser necessários milhões de anos de evolução semelhante para poder contar novamente com eles. São aqueles cujas reservas são limitadas e estão sendo devastadas com a utilização. As principais são a energia nuclear e os combustíveis fósseis (petróleo, gás natural e carvão).
  • Energia Hidráulica • A energia hidroeléctrica é a energia que se produz em barragens construídas em cursos de água (exemplo, a barragem do Alqueva). É encontrada sob a forma de energia cinética, sob diferenças de temperatura ou gradientes de salinidade e que pode ser aproveitada e utilizada. Uma vez que a água é aproximadamente 800 vezes mais densa que o ar, requer um lento fluxo corrente de água, ou ondas de mar moderadas, que podem produzir uma quantidade considerável de energia. O potencial da energia acumulada nas cachoeiras pode ser convertido em electricidade. As centrais hidroeléctricas aproveitam a energia dos rios para funcionar uma turbina que move um gerador eléctrico.
  • Reciclagem • A reciclagem é o termo genericamente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto. Muitos materiais podem ser reciclados e os exemplos mais comuns são o papel, o vidro, o metal e o plástico. As maiores vantagens da reciclagem são a minimização da utilização de fontes naturais, muitas vezes não renováveis; e a minimização da quantidade de resíduos que necessita de tratamento final, como enterramento, ou incineração. O conceito de reciclagem serve apenas para os materiais que podem voltar ao estado original e ser transformado novamente em um produto igual em todas as suas características. O conceito de reciclagem é diferente do de reutilização.
  • Cores dos cestos de separação para reciclagem • Em Portugal, os recipientes de resíduos para reciclagem dividem-se em: • Azul: papel/papelão • Verde: vidro/vidrão • Amarelo: Embalagens de metal e plástico • Vermelho: pilhas/pilhão • Preto: orgânico e/ou nenhum dos anteriores
  • Vantagens da reciclagem Os resultados da reciclagem são expressivos tanto no campo ambiental, como nos campos económico e social. No meio - ambiente a reciclagem pode reduzir a acumulação progressiva de resíduos a produção de novos materiais, como por exemplo o papel, que exigiria o corte de mais árvores; as emissões de gases como metano e gás carbónico; as agressões ao solo, ar e água; entre outros tantos factores negativos. No aspecto económico a reciclagem contribui para a utilização mais racional dos recursos naturais e a reposição daqueles recursos que são passíveis de reaproveitamento. No âmbito social, a reciclagem não só proporciona melhor qualidade de vida para as pessoas, através das melhorias ambientais, como também tem gerado muitos postos de trabalho e rendimento para pessoas que vivem nas camadas mais pobres.
  • Tipos de reciclagem Reciclagem de aço Reciclagem de alumínio Reciclagem de baterias Reciclagem de computadores Reciclagem de embalagens longa vida Reciclagem de entulho Reciclagem de madeira Reciclagem de metal Reciclagem de papel Reciclagem de plástico e embalagens Reciclagem de vidro
  • Trabalho Elaborado por: • Ana Beatriz, nº 2 • Catarina Banza, nº6 • Inês Horta, nº 12 Turma: A do 7º Ano