Your SlideShare is downloading. ×
A pratica do design thinking v2
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

A pratica do design thinking v2

755
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
755
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Gerenciamento  e  Execução  de   Projetos  de  Inovação  Tecnológica   em  Empresas  -­‐  GEPIT   AULA  PRESENCIAL  NO.  3            1  FEVEREIRO  DE  2014   JOSÉ  ANTONIO  LEROSA  DE  SIQUEIRA,  PROF.  DR.  EPUSP  
  • 2. Programação  da  aula  3   •  9h30  -­‐  Orientações  sobre  todos  os  trabalhos  que  os   parVcipantes  do  curso  deverão  preparar  e  entregar  ,  pelos   professores  Siqueira  e  Perussi  -­‐  estas  orientações  serão  dadas   novamente  às  14h.   •  10h00  -­‐  Leonardo  Cordeiro,  Gerente  de  Patentes  da  Clarke,   Modet  &  Co  (Brazil)  -­‐  Gestão  da  propriedade  intelectual  no   Brasil  -­‐  sistema  de  patente  -­‐  inovação  e  proteção  fazem  a   diferença!   •  11h30  -­‐  Prof.  Siqueira  -­‐  uma  aula  práVca  sobre  Design   Thinking   •  14h00  -­‐  RepeVção  das  orientações  sobre  os  trabalhos,  pelos   professores  Siqueira  e  Perussi.   •  14h30  -­‐  Encerramento.  
  • 3. Orientações  sobre  os  trabalhos   •  Trabalhos  com  entregas  parciais  e  avaliações   parciais   •  Datas  definidas  com  antecedência   •  Primeiro  trabalho  entregue:  a  capa  da   biografia   •  2  provas  com  testes,  presenciais  de  30   minutos  –  uma  na  aula  5  (15  de  março);  outra   na  aula  8  (31  de  maio),  às  14h   •  Aula  9  –  exposição  de  posters  dos  planos  de   inovação    
  • 4. •  Trabalho  no.  1:  Execução  e  Gerenciamento  de   um  pequeno  projeto  de  inovação   •  Equipe  com  de  2  a  6  parVcipantes   •  Tema  geral:  realizar  um  empreendimento   social  que  aproveite  os  recursos  sociais  desta   sala  e  procure  gerar  algum  serviço  que   insVgue  os  parVcipantes  a  colaborar  na   produção  de  algo:  um  evento,  um  documento,   um  aprendizado  validado    
  • 5. Empreendimento  Social   •  Definir  objeVvo  do  projeto  -­‐  que  efeito  conseguimos   aVngir  se  criarmos  o  empreendimento  social  X?   •  Planejar  todas  os  experimentos  de  definição,  definir   índices  de  desempenho   •  Executar  os  experimentos  de  definição,   monitorarando  a  execução  e  acompanhando  os   índices  de  desempenho   •  Registrar  aprendizados     •  Replanejar  à  medida  que  se  aprende   •  Submeter  um  relato  da  experiência  
  • 6. Exemplos  de  ações  de   empreendedorismo  social   •  Criar  a  Corrente  GEPIT,  página  no  Facebook  para  a   organização  de  aVvidades  adicionais  entre  os  parVcipantes  do   curso   •  Organizar  e  fazer  acontecer  a  cerimônia  de  formatura  da   turma   •  Criar  grupos  de  discussão  interessantes  no  AVA  com  o   objeVvo  de  criar  sites,  que  por  exemplo  busquem  divulgar   boas  práVcas  em  uma  determinada  área     •  Organizar  e  realizar  um  evento  de  meio  de  curso  no  dia  22  de   fevereiro  e  outro  de  fim  de  curso  no  dia  7  de  junho  
  • 7. Submissão  da  proposta  do  empreendimento   –  até  aula  4  (22  fev)   Exemplo:   Proposta  de  Empreendimento  Social   Título:  Site  de  Bons  Hábitos  Mentais   Fazer  um  site  que  cadastre  bons  hábitos  mentais  para  o   desenvolvimento  de  uma  pessoa.   INFORMAÇÃO  IMPORTANTE:  é  mais  relevante  a   capacidade  de  executar  do  que  a  criaVvidade;  podem   exisVr  diversos  sites  de  bons  hábitos  mentais,  compeVndo   entre  si  
  • 8. Submissão  do  plano  do  empreendimento   –  até  aula  5  (15  de  março)  –  este  será  o  tema  da  prova   escrita  1.   Exemplo  de  estrutura  de  plano  de  empreendimento   social:   •  Hipóteses  a  serem  validadas   •  Experimentos  para  validar  as  hipóteses   •  Resultados  esperados   •  Períodos  de  realização  de  cada  experimento   planejado   •  Responsabilidades  
  • 9. Relatório  do  Primeiro  Passo   -­‐  até  15  de  março   O  primeiro  passo  é  o  início  do  processo  de  execução  e   gerenciamento  da  execução.   Estrutura  do  relatório   ObjeVvo  secundário  a  ser  aVngido   Ação  planejada   Resultado  esperado   Registro  da  realização  da  ação   Resultado  obVdo    
  • 10. Relatório  Final   –  até  aula  7  (10  de  maio)   Relatório  da  equipe:  de  resultados  obVdos:  hipóteses   validadas,  hipóteses  abandonadas,  lições  aprendidas,   sugestões  para  conVnuidade.   Relatórios  individuais  de  cada  membro  da  equipe  :     aVvidades  e  produtos  que  realizou,  as  dificuldades   encontradas,  as  surpresas  posiVvas,  as  lições  que   aprendeu,durante  a  execução  do  projeto  de   empreendedorismo  social  
  • 11. Término  da  fase  de  execução  do  projeto   -­‐  até  31  de  maio  de  2014   -­‐  Mas  nada  impede  a  sua  conVnuidade  
  • 12. Keynote   Leonardo  Cordeiro,  Gerente  de  Patentes  da   Clarke,  Modet  &  Co  (Brazil)  
  • 13. •  Design  thinking  –  fazendo  as  perguntas  certas   •  Início:  12:20  
  • 14. Métodos  para  resolução  de   problemas   Método  analíVco:  entenda  o  problema  em   detalhes,  procure  a  solução  óVma     Método  sintéVco:  entenda  uma  solução   existente  para  o  problema  e  tente   melhorá-­‐la  
  • 15. Resolva  o  seguinte  problema   Preencha  células  do   quadriculado  de  9  por  9.   Não  há  número  mínimo   nem  número  máximo  de   células  a  serem   preenchidas.  O  objeVvo  é   preencher  o  maior   número  possível  de   células  que  sejam  aceitas   pelas  regras  secretas,  que   eliminam  algumas,  ou  até   todas,    as  células    que   foram  preenchidas.  
  • 16. Abordagem  analíVca:  método  cienwfico  de   resolução  de  problemas   •  Divida  o  problema  em  partes  menores,  de  acordo   com  algum  critério  rigoroso.   •  Tente  descobrir  quais  são  as  regras  do  jogo,  isto  é,   que  condições  as  células  precisam  obedecer  para   que  sejam  aceitas.   •  Para  tanto,  monte  experimentos  que  possam   mostrar  que  determinadas  regras  sejam  as   válidas.  
  • 17. Abordagem  sintéVca:   •  Parta  de  uma  solução  possível  e   procure  melhorá-­‐la  gradualmente.  
  • 18. O  que  é  Design?                                
  • 19. Design  
  • 20. d  =  design  como  processo   Design  thinking:  par:r  de  uma   solução  existente  e  procure   criar  uma  solução  melhor  
  • 21. Nosso  Desafio  de  Design   Como  podemos  construir   competências  colaboraVvas   interdisciplinares  e  criaVvidade  para   apoio  no  gerenciamento  e  execução  de   projetos  de  inovação.  
  • 22. •  Problem-­‐based  learning   •  É  necessário  trabalhar  no  contexto  de   organização  de  parcerias   •  É  preciso  trabalhar  em  equipes  
  • 23. O  processo  de  design  thinking  
  • 24. O  processo  de  design  thinking   passo  1  –  entenda  o  problema  
  • 25. •  •  •  •  •  Escute   Não  tente  bancar  o  sabichão   Não  tente  adivinhar  respostas   Não  sugira  respostas   Não  se  precipite  em  Vrar  conclusões;  ainda  é   cedo  demais  
  • 26. O  processo  de  design  thinking   passo  2  –  observe  o  problema   acontecendo  
  • 27. O  processo  de  design  thinking   passo  3  –  defina  o(s)  ponto(s)  de  vista   importantes  
  • 28. O  processo  de  design  thinking   passo  4  –  gere  ideias  
  • 29. O  processo  de  design  thinking   passo  5  –  produza  um  protóVpo  
  • 30. O  processo  de  design  thinking   passo  6  –  teste  o  protóVpo  
  • 31. Veja  um  exemplo  de  aplicação  de   design  thinking   Video  de  apresentação   •  The  Deep  Dive  (1999)  ABC  News  
  • 32. Exercício  práVco  de  design   thinking   Em  duplas  
  • 33.  Reinvente  a  experiência  de  fazer  um  curso...  para  o  seu  parceiro.   EMPATIZE  Comece  ganhando  empatia.   Sua  missão:   1        Entrevista   2      Vá  mais  fundo          8  min.  (2  sessões  x  4  minutos  cada)   Anotações  de  sua  primeira  entrevista          8  min.  (2  sessões  x  4  minutos  cada)   Anotações  de  sua  segunda  entrevista   Troque  os  papéis  e  repita  a  entrevista   GEPIT    –  DESIGN  THINKING   Troque  os  papéis  e  repita  a  entrevista  
  • 34. A  entrevista  B     4  minutos  
  • 35. B  entrevista  A     4  minutos  
  • 36. A  entrevista  B  de  novo     4  minutos  
  • 37. B  entrevista  A  de  novo     4  minutos  
  • 38. DEFINE  Reformule  o  problema.   3      Registre  descobertas  3  min   4      Defina  a  declaração  do  problema  3  min                                                                                                                                                nome         precisa  achar  um  jeito  de________________________________________.                                                                                                                          Necessidade  do  usuário           Inesperadamente,  em  seu  mundo,       ____________________________________________________________.                                                                                                                              insights     Necessidades:  coisas  que  estão  tentando  fazer*   *  use  verbos                   Insights:  novos  aprendizados  sobre  os  sentimentos  do  seu  parceiro/  visão   do  mundo  para  levar  em  conta  em  seu  design*   *  faça  inferências  a  partir  do  que  escutou   Troque  os  papéis  e  repita  a  entrevista   GEPIT    –  DESIGN  THINKING   Troque  os  papéis  e  repita  a  entrevista  
  • 39. Reformule  o  problema   Registre  descobertas   3  min   Defina  a  declaração  do  problema   3  min  
  • 40. IDEATE:  gere  ideias  a  serem  testadas.   5      Rascunhe  3-­‐5  formas  radicais  de  atender  as  necessidades  do  usuário.  5  min       _________________________________________________________________________________________________________________________.   Escreva  acima  a  sua  declaração  do  problema.     6  Compartilhe  suas  soluções  e  capture  feedback.     GEPIT  –  DESIGN  THINKING  
  • 41. Esboce  5  soluções   5  min   B  fornece  feedback  para  A   4  min   A  fornece  feedback  para  B   4  min  
  • 42. Itere  com  base  no  feedback.   7      Reflita  e  gere  uma  nova  solução.  3  min     Esboce  sua  grande  ideia,  faça  anotações  de  detalhes  se  necessário!   Troque  os  papéis  e  repita  a  entrevista   GEPIT  –  DESIGN  THINKING  
  • 43. Revise  o  seu  esboço.     3  min    
  • 44. Construa  e  teste.    8  Construa  sua  solução.   9  Compartilhe  sua  solução  e  obtenha  feedback.          Faça  algo  com  que  o  seu  parceiro   possa  interagir!                                                                                (não  aqui)                       10  min   GEPIT  –  AULA  3  –  DESIGN  THINKING   +  o  que  funcionou...                                                                                              -­‐  o  que  pode  ser  aprimorado...                     ?  perguntas...                                                                                                                        !  ideias...                                                                             8  min  (duas  sessões  x  4  min  cada)  
  • 45. ProtoVpe:  construa  sua  solução.   10  min   B  dá  a  A  um  feedback  a  respeito  do  protóVpo.   4min   A  dá  a  B  um  feedback  a  respeito  do  protóVpo.   4  min    
  • 46. LIÇÕES  APRENDIDAS  –  DIGESTÃO   •  Aceitar  um  desafio     •  Atuar  de  forma  centrada  no  aspecto  humano   •  (human-­‐centered  acVon)   •  ProtoVpar  tudo,  o  que  funciona  e  o  que  não   funciona   •  Ser  mais  colaboraVvo   •  Inovação  é  um  esporte  de  equipe   •  Ter  um  viés  para  a  ação  
  • 47. Reflexões   •  Você  dialogou  com  uma  pessoa  real,  testou   um  protóVpo  junto  a  ela.  Como  isto  mudou  a   direção  que  o  seu  protóVpo  tomou  em   seguida?    
  • 48. Reflexões   •  Como  você  se  senVu  mostrando  um  trabalho   ainda  inacabado,  em  progresso,  para  uma   outra  pessoa?    
  • 49. Reflexões   •  O  que  você  achou  do  ritmo  do  trabalho?   •  Foi  um  ritmo  rápido,  iteraVvo,  cíclico.   •  O  que  se  pode  observar  quando  comparamos   o  ritmo  do  trabalho  feito  com  o  ritmo  do   trabalho  usual?    
  • 50. Reflexões   •  Aprenda,  sinta  pessoalmente  quais  áreas  precisam  de  mais   explorações,  itere.   •  No  seu  trabalho  de  hoje,  você  voltaria  à  etapa  de  empaVa   com  o  seu  parceiro?   •  Você  redefiniria  a  sua  declaração  do  problema?   •  Você  buscaria  idear  mais  soluções?   •  Você  tentaria  montar  um  protóVpo  a  mais?   •  Pense  por  um  momento  qual  seria  o  próximo  passo  se  você   Vvesse  que  iterar  tudo  de  novo  desde  o  início.   •  Qual  seria  a  aVvidade  que  você  gostaria  de  testar  amanhã?