Zoo 2   de anelídeos a equinodermos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Zoo 2 de anelídeos a equinodermos

on

  • 5,440 views

 

Statistics

Views

Total Views
5,440
Views on SlideShare
5,440
Embed Views
0

Actions

Likes
3
Downloads
149
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • kkkkkkkkkkkkkkkkkkk a parte dos artrópodes mt engraçada
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Zoo 2   de anelídeos a equinodermos Zoo 2 de anelídeos a equinodermos Presentation Transcript

    • ANELÍDEOS :
    • Corpo segmentado ou metamerizado, dividido em anéis ou metâmeros. 
    • Vivem em solo úmido, na água doce e salgada.
    • Sanguessuga, sem cerdas (hirudíneos), Nereis e Eunices com muitas cerdas (poliquetas) e minhoca, com poucas cerdas (oligoquetas).
    • 1ºs. A terem Sistema circulatório fechado com hemoglobina dissolvida no plasma.
    • Minhocas e sanguessugas fazem respiração cutânea (pele úmida) em poliquetos , branquial .
    • O sistema excretor (amônia) e composto por metanefrídios:
    • O sistema nervoso é ganglionar , ramificado com gânglios ventrais
    • As minhocas são detritívoras, com papo e moela no tubo digestório. A cavar, engolem terra, causando a areação do solo . As fezes são adubo natural do solo, os humus .
    • Tiflossole em anelídeos : aumento da área de absorção:
    • As minhocas são hermaforditas (monóicas), fazem fecundação cruzada e tem desenvolvimento direto. O clitelo e responsável por criar um casulo em torno dos ovos.
    • Os Poliquetos se locomovem por parapodes e a saliva das sanguessugas é usada na medicina.
    • MOLUSCOS
    • Possuem o corpo mole protegido por uma concha calcária, ou valva. (exceto a lesma e o polvo).
    •   Vivem no mar, na terra e em água doce.
    •   Três grupos principais: bivalves, gastrópodes e cefalópodes.
    •   São formados por 3 partes principais:  Cabeça, (com tentáculos), Massa visceral (região do manto e onde estão os órgãos) e o Pé (lubrificado). A massa visceral é recoberta por uma fina epiderme chamada manto que fabrica a concha.
    • Apresentam sistema circulatório aberto exeto cefalopodes, que possui sistema fechado
    • A) gastrópodes: Caramujos e lesmas
    • Corpo dividido em cabaça, pé e massa visceral.
    • Boca com rádula (raspagem dos sedimentos)
    • pulmonados ou branquiais. Hermafordias
    • B) bivalves: Mariscos e ostras
    • Corpo dividido em pé e massa visceral.
    • Filtradores séseis, branquiais e dióicos
  •  
    • B) cefalópodes: Lulas possuem concha interna. Polvos não tem concha.
    • Corpo dividido em cabaça, pé, massa visceral. primeiro cérebro verdadeiro (polvo). Dióicos com sistema circulatório fechado com hemocianina
  • ARTRÓPODES: (patas articuladas) crustáceos miriápodes aracnídeos insetos
    • Características Gerais:
    • Possuem patas articuladas e o corpo segmentado.
    • Possuem um exoesqueleto de quitina que impermeabiliza o corpo, dá sustentação, proteção e possibilita movimentos.
    • O exoesqueleto Limita o crescimento forçando o animal fazer as mudas ou ecdises , porém possibilitou seres estes os
    • 1ºs a habitarem o ambiente terrestre .
    • Todos os artrópodes terrestres fazem fecundação interna, e os aquáticos externa.
    • Os ovos possuem casca impermeabilizante sem anexos embrionários
    • Todos os artrópodes apresentam sistema circulatório aberto e tubo digestório completo.
    • O sistema nervoso é ganglionar ventral.
  •  
  •  
    • CRUSTÁCEOS:
    • A maioria é AQUÁTICA (exceto o tatu-bola).
    • Fazem parte do plâncton marinho e de água doce.
    • lagosta, camarão, siri e caranguejo e cracas.
    •  
    • o corpo é revestido por um exoesqueleto de quitina e calcário e divide-se em duas partes: cefalotórax (conjunto de cabeça e tórax) e abdome. Possuem cinco ou mais pares de pernas, dois pares de antenas.
    • A grande maioria respira por brânquias. O sangue apresenta hemocianina
    • A excreção (amônia) e feita por glândulas verdes ou antenais. A maioria é monóica, com des. indireto.
  •  
    • Aracnídeos: Todos terrestres Aranhas, escorpiões e ácaros (carrapatos). Corpo dividido em cefalotórax e abdome. Apresentam quatro pares de patas e não possuem antenas. Aranhas Possuem quelíceras (inocular veneno), palpos (manipulação) e glândulas sericígenas ou fiandeiras (teias).
    • Os escorpiões injetam veneno através do aguilhão.
    • Carrapatos são ácaros ectoparasitas hematófagos vetores de doenças, como a febre maculosa. Podem viver na pele (cravo) ou infestar carpetes e causar alergias
    • O sistema excretor é constituído por glândulas coxais e túbulos de Malpighi. A a maioria excreta ácido úrico e alguns guanina. A respiração e filotroqueal com pulmão foliáceo e o sangue pode apresentar hemocianina
    • Insetos: Os insetos existem em todas as regiões do mundo. Grupo com a maior biodiversidade.
    • O corpo dividido em cabeça, tórax e abdome. Um par de antenas e três pares de pernas. Possuem um par de asas (barbeiro, hemíptero) ou dois pares de asas (mosquitos, dípteros ). Pulgas e piolhos não tem asas (ápteros)
    • Possuem olhos compostos por ocelos que formam imagens e aparelhos bucais diferenciados para várias dietas. Apresentam pelos sensoriais (quimio e mecanorreeptores)
    • A respiração é traqueal (transporta O2 direto aos tecidos. O sangue (hemolinfa) não transporta gases.
    • A excreção (ácido úrico) é feita por túbulos de Malpighi.
    • Em função da forma de reprodução podem ser ametábulos (sem metamorfose), hemimetábulos (metamorfose parcial) ou holometábulos (metamorfose completa).
    Traça ametábula : ovo, jovem e adulto Grilo hemimetábulo : ovo, ninfa, jovem e adulto
    • Metamorfose completa: holometábulos
    • São polinizadores mas também causam doenças.
    • Podem ser sociais.
    • Miriápodes : Quilópodes (um par de pata por segmento, lacraias e centopéias) e diplópodes (dois pares de patas por segmento, piolho de cobra). Apresentam o corpo dividido em cabeça e tronco longo (tórax curto), e um par de antenas. A respiração é traqueal e a excreção é por túbulos de Malpighi.
    Lacraia: um par de pata por segmento, venenosa. Piolho de cobra: dois pares de patas por segmento. Não venenosa
    • Equinodermos : possuem endoesqueleto calcário que emite espinhos ( echinos = espinho) e pedicelárias.  
    • São pentaradiais , porém as larvas são bilaterais .
    • Exclusivamente marinhos. Vivem no fundo (bentônicos)
    •   
    • Não possuem sist. circulatório verdadeiro (pseudo-hemal) 
    •   Possuem pés ambulacrários, pelos quais o animal se locomove. Ssão projeções de um complexo sistema interno de canais que formam o chamado sistema ambulacrário (hidrovascular).
    •   A boca fica na face inferior e Ânus na face superior. Os ouriços possuem a lanterna de Aristóteles (aparelho bucal).
    • A respiração é feita por brânquias ou pelo intestino.
    • Há um anel nervoso em volta do intestino que se ramifica pelos tentáculos. Não há sistema excretor (difusão)
    • São dióicos com desenvolvimento indireto.
    • 1) Crinóides: Lírios do mar
    • 2) Equinóides: Ouriços e bolachas do mar
    • 3) Asteróides: estrelas do mar
    • 4) Ofiuróides: Serpentes do mar
    • 5) Holoturióides: pepino do mar
    • CORDADOS: Nocorda, Tubo neural, Fendas branquiais e cauda. Dividem-se em Protocordados , com as ascídias (tunicado filtrador):
    • E os anfioxos (cefalocordados filtradores):
    • E os Vertebrados : Ciclostomados, peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos:
    • 1) Agnatos ou ciclostomados (sem mandíbula)filtradores, parasitas ou detritivoros. Esqueleto cartilaginoso e linha lateral (“tato” submarino:) Lampreias e peixes bruxas
    • 2) Peixes Cartilaginosos ou codríctes: (tubarões e raias)
    • Boca ventral, escamas placóides (epidérmicas), fendas branquiais, Ausência de bexiga natatória e boca ventral.
    • 3) Peixes ósseos (osteíctes): Primeiro esqueleto ósseo (crânio /coluna vertebral), boca anterior, escamas dérmicas
    • Bexiga natatória e opérculo
    • Peixes ósseos pulmonados
    • Primeiros tetrápodes
    • Ancestrais dos anfíbios
    • 4) Anfíbios (vida dupla): sapos rãs e salamandras
    • - girino (larva): aquático, branquial e ápoda
    • - adulto : terrestre (mal adaptado), pele fina (permeável) respiração pulmonar e cutânea, ovo sem casca, fecundação externa (dependência da água)
    • Amplexo (fec. externa)
    • Classes: ápodas, anuros e urodelos
  •  
  •  
  •  
    • 5 ) Répteis : cobras, lagartos tartarugas e jacarés.
    • 1os. Vertebrados a conquistarem o meio terrestre:: fecundação interna, ovo com casca e anexos embrionários, pele queratinizada e pulmões com alvéolos
    • Pele queratinizada
    • Ovo com casca e anexos embrionários
    • Escamados (cobras e lagartos)
    falsa verdadeira
    • Crocodilianos:
    • Quelônios:
    • Tartaruga: marinhas de água doce. Elas têm o casco mais alto que o dos cágados.
    • Jabotis: exclusivamente terrestre. Casco alto e pelas patas traseiras em formato cilíndrico, que lembram as de um elefante.
    • Cágados: difere dos jabutis por ser de de água doce e não terrestre. Já as diferenças em relação às tartarugas são sutis. Os cágados possuem casco mais achatado e têm o pescoço mais longo
    • 6) Aves : Penas querarinizadas (manutenção do calor e vôo) Ossos pneumáticos, músculos peitorais desenvolvidos, quilha, sacos aéreos, bico córneo, ausência de bexiga urinária. Endotérmicos.
    • Penas queratinizadas
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    • homeotermia
    • Aves e mamíferos: Circulação dupla e completa
    • G) Mamíferos : Pêlos queratinizados, glândulas mamarias, diafragma e dentes diferneciados.
    • Pele dos mamíferos queratinizada com pelos de queratina
    • Monotremados ou (ornitorrinco e équidinas): ovíparos (sem palcenta)
    • b) marsupiais (bolsa ou marsúpio) Placenta primitiva: cangurus, gambás e koalas.
    • c) placentários (maioria) desenvolvimento intra-uterino completo: