Livro

9,290 views
9,004 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
9,290
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
213
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Livro

  1. 1. LIVRO-REPORTAGEM INTRODUÇÃO Contextualização do Livro-Reportagem no contexto jornalístico Quanto ao gênero: JORNALISMO INTERPRETATIVO - Grande reportagem - Reportagem de profundidade - contextualização detalhada - histórico do fato - suporte (pesquisas, testemunhas, especialistas) - mudanças no tempo/espaço - perfil das personagens - humanização da reportagem - não é pautado pela relação causa-efeito CONCEITO Livro-reportagem é o veículo de comunicação impressa não-periódico que apresenta reportagens em grau de amplitude superior ao tratamento costumeiro nos meios de comunicação jornalística periódicos. Por grau de amplitude superior, se entende maior ênfase ao tratamento do tema em foco nos aspectos extensivo e intensivo (LIMA, 2004). Características - não–periódico - reportagem aprofundada - conceito de livro: 48 páginas (UNESCO)
  2. 2. - Difere-se das demais publicações por: 1) conteúdo – factual, real, verossímil 2) Tratamento – linguagem jornalística (clareza, precisão e exatidão) 3) Função – informar, orientar e explicar - pode ser unilateral (opinativo) - multiangular (interpretativ o, investigativo) Concepções de livro-reportagem: 1) O livro-reportagem que nasce da junção de uma série de reportagens e que posteriormente são editadas sob o formato de livro. País-Bandido (Carlos Wagner) 2) O livro-reportagem que já nasce sob o formato de livro. Exemplo: Abusado (Caco Barcellos) Modelos de reportagem Action Story (Reportagem de Ação) – neste tipo a reportagem é iniciada pelo que existe de mais envolvente na narrativa, partindo para os detalhes da notícia Pode ser: cronológica (tempo passo a passo) ou dialética (contraste de idéias) Fact-Story (Reportagem de fatos) – relato objetivo da notícia, atendo-se ao esquema da pirâmide investida Quote-story (Reportagem documental) – é descrita de maneira objetiva, acrescida de depoimentos que complementam e esclarecem o assunto tratado Outras formas de reportagem: - reportagem-conto: particulariza a ação, escolhendo um personagem para ilustrar o tema que pretende desenvolver; - reportagem-crônica: se atém mais em situações flagrantes do cotidiano, conduzindo a narrativa de forma impressionista, por meio de um narrador colocado em posição observadora ou reflexiva;
  3. 3. - livro-reportagem: veículo de comunicação impressa não-periódico que apresenta reportagens em grau de amplitude superior a o tratamento costumeiro Tipos de Livro-Reportagem (Edvaldo Pereira Lima) 1) Livro-reportagem-perfil – dá ênfase na questão humana de uma personalidade Exemplo: “Che Guevara, uma biografia” (Jon Lee Anderson; “O Anjo Pornográfico” (Rui Castro); “A Estrela Solitária” (Rui Castro) 2) Livro-reportagem-depoimento – reconstitui um fato a partir da visão de um participante ou testemunha. Pode ser escrito ser escrito pelo próprio envolvido ou por um profissional que compila e elabora o livro (ghost-writter). Exemplo: 'O ronco da pororoca: histórias de um repórter na Amazônia' (Marcos Losekan) 3) Livro-reportagem-retrato - similar ao livro-perfil, só que aborda uma região geográfica ou segmento social Exemplo: 'Lapa' (Moacyr Andrade) 4) Livro-reportagem-ciência - publicação que serve ao propósito de divulgação científica, geralmente em torno de um tema específico. Exemplo: 'O demônio do meio-dia: uma anatomia da depressão' (Andrew Solomon) 5) Livro-reportagem-ambiente – tem seu foco na questão ambiental Exemplo: 'Chico Mendes: Um povo da flores ta' (Edilson Martins) 6) Livro-reportagem-história - tem origem em temas históricos Exemplos: 'IBM e o Holocausto' (Edwin Black) ; 'Os dez dias que abalaram o mundo', John Reed
  4. 4. 7) Livro-reportagem nova consciência – tem inspiração em novas formas comportamentais, sociais, culturais, econômicas e religiosas) Exemplo: 'Hip hop, a periferia grita' (Patrícia Casseano, Mirella Domenich e Janaína Rocha) 8) Livro-reportagem-instantâneo – tem foco em um fato recém concluído, com desfecho concluído Exemplos: 'Narcoditadura – O caso Tim Lopes, crime organizado e jornalismo investigativo no Brasil' (Percival Alves de Souza) 9) Livro-reportagem-atualidade – parecido com o livro-instantâneo, com a particularidade que o desfecho ainda não ocorreu Exemplos: 'Nova Iorque antes e depois do ataque' (Sérgio Dávila) 10) Livro-reportagem-antologia – publicação que reúne diversas reportagens agrupadas e publicadas na mesma edição Exemplo: 10 Reportagens que abalaram a ditadura (Fernando Molica) 11) Livro-reportagem-denúncia – de cunho investigativo, esse tipo de livro apela para clamor contra as injustiças e desmandos Exemplo: 'Rota 66, a história da polícia que mata' (Caco Barcelos) 12) Livro-reportagem-viagem - apresenta como pretexto uma viagem e uma região geográfica específica, o que serve de pretexto para retratar seu lado sociológico, histórico, humano etc. (Difere completamente do relato meramente turístico) Exemplo: 'Enviado Especial: 25 anos ao redor do mundo', (Clovis Rossi) 13) Livro-reportagem-ensaio – quando o autor delimita um tema e disserta sobre ele. Exemplo: O Despertar dos mágicos: uma introdução ao realismo fantástico (Louis Pauwels e Jacques Bergier)

×