Your SlideShare is downloading. ×
Direito   DicionáRio 180304
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Direito DicionáRio 180304

3,766

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
3,766
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
20
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Dicionário Edson José Cortiano Direito e Linguagem Março de 2004
  • 2. Para que serve um dicionário?
    • Numa biblioteca, em casa, na livraria, encontramos os
    • mais diferentes tipos de livros. Vários deles servem para
    • ser consultados quando temos dúvidas sobre uma
    • palavra ou quando queremos obter uma informação.
    • Por exemplo: se você ouviu a palavra eutanásia e não
    • sabe o que ela significa, pode consultar um dicionário;
    • mas se sabe o que ela significa e quer ter mais
    • informações sobre esse assunto, pode recorrer a uma
    • enciclopédia.
  • 3.
    • Eutanásia: do ponto de vista jurídico, consiste em provocar voluntariamente a morte de um doente terminal para minorar seu sofrimento físico e evitar-lhe a morte dolorosa. A prática consiste em ministrar drogas, farmacêuticas ou outras substâncias que aliviem a dor, ainda que com elas se abrevie a vida. Como não existem previsões específicas nos códigos penais, se é praticada sem o consentimento da pessoa, é considerada crime de homicídio e, se realizada com o consentimento da pessoa, é considerada crime de auxílio ao suicídio.
    • Os Países Baixos são o primeiro país no mundo a autorizar essa controversa prática. A Câmara dos Deputados da Holanda aprovou, no dia 28 de novembro de 2000, um projeto de lei que legaliza a eutanásia. Microsoft ® Encarta ® Encyclopedia 2002.
  • 4.
    • Existem vários tipos de dicionário. Os que consultamos com maior freqüência são os que trazem as palavras da língua e suas acepções (significados), ditos unilíngües ou monolíngües. Mas há outros: os que traduzem as palavras de uma língua para outra, chamados de bilíngües diretos ou de retorno à língua de partida (dicionários de Português-Inglês; Inglês-Alemão; Japonês-Russo, etc.); os especializados lingüísticos (dicionários de sinônimos, de rimas, de nomes próprios, de gírias, etc.); os especializados enciclopédicos (dicionários de política, de sexo, etc.).
    • Para exemplificar, veja como a palavra noite aparece em diferentes dicionários:
  • 5.
    • noite. s.f . 1. Espaço de tempo em que o Sol está abaixo do horizonte. 2. Escuridão; trevas. (Minidicionário Luft)
    • noite Sin. Sombra, escuridão, trevas, cerração, obscuridade. Cegueira; ignorância, incerteza, Noitada. Tristeza. Noite e dia: continuamente, incessantemente. Alta noite: muito tarde, a desoras. Ant. - Dia. (Francisco Fernandes, Dicionário de Sinônimos e Antônimos da Língua Portuguesa, Globo)
    • noite s.f Noche. • Anteontem à noite . Anteanoche. Da noite para o dia . De la noche a la manana. De/À noite . Por la noche. Ontem à noite . Anoche. Passar a noite em claro . Desvelarse, trasnochar, (Eugenia Flavian & Gretel Fernández, Minidicionário Espanhol-Português/Português-Espanhol, Ática)
    • noite Filha do Caos e irmã de Érebo, segundo a versão de Hesíodo. Sem princípio masculino, gerou o Éter, o Dia, o Destino, as Queres, as Parcas, a Morte, o Sono e os Sonhos, o Sarcasmo (Momo), a Vingança (Nêmesis), a Miséria, o Engano, a Velhice, a Discórdia 1...]. (Dicionário de Mitologia Greco-Romana, Abril)
  • 6. Os Dicionários Também Envelhecem
    • Na atualidade o DVD é uma das formas mais
    • usuais de diversão. Nossos avós, quando
    • adolescentes, no máximo passavam as tardes
    • com a vitrola ligada. Da mesma forma como os
    • hábitos se modificam e o mundo muda, as línguas
    • se transformam. As mudanças da sociedade e da
    • cultura provocam a criação de palavras novas, o
    • abandono de outras e o reaproveitamento de
    • palavras já existentes com novos sentidos.
  • 7.
    • Na década de 70, uma pessoa que se vestia com roupas de mau gosto era chamada de cafona . Atualmente, ela é chamada de brega . Da mesma forma, em 1960 não havia microcomputador e quando as pessoas falavam em digitação não se referiam ao ato de apertar as teclas de um micro, mas ao movimento de exercício dos dedos.
    • Se a língua se modifica, os dicionários também envelhecem e constantemente precisam ser atualizados. Assim, quando você compra um dicionário deve procurar aquele que seja mais adequado às suas necessidades, que se preocupe em acrescentar as novidades e as gírias que vão surgindo, sem desprezar as palavras mais usadas e as mais antigas, que podem, por exemplo, ser encontradas em textos literários e outras publicações.
  • 8. Conhecendo o Dicionário
    • É comum que as pessoas lembrem-se do dicionário apenas como uma lista de palavras e suas acepções. No entanto, uma análise mais atenta mostra a existência de informações que explicam como ele foi feito, como se organiza e como pode ser utilizado de uma forma mais eficiente. Em geral, estas informações são colocadas no início do livro, juntamente com todas as abreviaturas empregadas, regras de ortografia, como o uso do acento gráfico, etc.
    • Também podem ocorrer apêndices no final do dicionário, como relação de numerais, fórmulas de tratamento, etc.
  • 9.
    • O conhecimento prévio da organização do dicionário não é o único requisito necessário para sua consulta. É fundamental saber que nos dicionários as palavras estão em ordem rigorosamente alfabética. Mas não basta saber que o g vem antes do h, é preciso saber se o gi vem antes do go, por exemplo.
    • E não é só isso: muitas vezes numa mesma página há várias palavras que começam com as mesmas letras. Portanto, para facilitar ainda mais nosso trabalho, os dicionários têm outra maneira de agilizar as consultas: no alto de cada página são apresentadas duas palavras: a primeira da página e a última.
    • Por exemplo: se no alto da página estiver escrito encaixe / encarapinhar , é nela que você encontrará encantar ? Sua resposta deve ser afirmativa. Afinal, a letra n (de enca n tar ) está depois do i (de enca i xe ) e antes do r (de enca r apinhar )
  • 10. Verbete
    • Até agora falamos que os dicionários são formados por palavras. Está na hora de aprendermos o nome correto: verbetes.
    • Verbete: palavra-base, normalmente em negrito ou cor diferente, acompanhada de suas acepções, usos, derivados, classificação gramatical, locuções e outras informações.
    • Observe a reprodução do verbete “direito” no Houaiss:
  • 11.
    • direito
    • adj.
    • 1 que segue a lei e os bons costumes; justo, correto, honesto
    • de acordo com os costumes, o senso comum, as normas morais e éticas etc.; certo, correto, justo
    • Ex.: <não está d. os ricos não pagarem impostos> <não é d. furar fila>
    • 3 de conduta impecável, irrepreensível
    • Ex.: uma moça d. (...)
    • s.m. (1277)
    • 13 o que é justo, correto, bom
    • Ex.: o d. é deixar livres estas pessoas
    • 14 aquilo que é facultado a um indivíduo ou a um grupo de indivíduos por força de leis ou dos costumes
    • Ex.: <d. de praticar qualquer religião> <d. de se casar com quem quiser>
    • 15 prerrogativa legal (para impor a outrem alguma medida, procedimento etc.)
    • Ex.: <o guarda tem d. de multar os infratores> <o patrão tem d. de despedir por justa causa> (...)
  • 12.
    • 18 Rubrica: termo jurídico.
    • conjunto de normas da vida em sociedade que buscam expressar e tb. alcançar um ideal de justiça, traçando as fronteiras do ilegal e do obrigatório
    • 19 Rubrica: termo jurídico.
    • ciência que estuda as regras de convivência na sociedade humana; jurisprudência
    • 20 Rubrica: termo jurídico.
    • conjunto de leis e normas jurídicas vigentes num país
    • Ex.: é preciso extirpar os aspectos arcaicos do d. brasileiro
    • 21 conjunto de cursos e disciplinas constituintes do curso de nível superior que forma profissionais da lei
    • Ex.: <estudante de d.> <faculdade de d.> (...)
  • 13.
    • adv.
    • 25 da maneira esperada; devidamente, bem <comporte-se d.> <fez d. tudo que lhe mandaram> <eles não atendem d. nesse banco>
    • 26 segundo os princípios da moral; honestamente, honradamente <sempre se conduziu d. na vida>
    • 27 educadamente, atenciosamente <trate d. as visitas> <falar d. com as pessoas> (...)
    • direitos
    • s. m. pl.
    • Rubrica: termo jurídico.
    • 30 prerrogativas, benefícios, vantagens (esp. trabalhistas) que a lei faculta a alguém
    • Ex.: <vamos lutar pelos nossos d. na justiça> <o empregado saiu exigindo seus d.>
    • 31 taxa, imposto, tributo
    • Ex.: <d. alfandegários> <d. de exportação>
    • Locuções (O Houaiss traz 58 locuções com a palavra direito ! Aqui vão 6 exemplos)
  • 14.
    • 18 Rubrica: termo jurídico.
    • conjunto de normas da vida em sociedade que buscam expressar e tb. alcançar um ideal de justiça, traçando as fronteiras do ilegal e do obrigatório
    • 19 Rubrica: termo jurídico.
    • ciência que estuda as regras de convivência na sociedade humana; jurisprudência
    • 20 Rubrica: termo jurídico.
    • conjunto de leis e normas jurídicas vigentes num país
    • Ex.: é preciso extirpar os aspectos arcaicos do d. brasileiro
    • 21 conjunto de cursos e disciplinas constituintes do curso de nível superior que forma profissionais da lei
    • Ex.: <estudante de d.> <faculdade de d.> (...)
  • 15.
    • d. consuetudinário
    • conjunto de normas não escritas, provenientes dos costumes tradicionais de um povo e que nele se encontram arraigadas; direito costumeiro
    • d. de greve
    • dispositivo constitucional que permite a diversas categorias fazer greve quando crêem que seus direitos não estão sendo respeitados Obs.: cf. greve (pol)
    • d. de resposta
    • direito que tem o ofendido de dar resposta à ofensa recebida, usando o mesmo veículo (jornal, rádio, televisão etc.) e as mesmas condições (espaço ou tempo) de que se serviu o ofensor
    • d. de sangue
    • direito adquirido por nascimento Obs.: cf. jus sanguinis
    • d. do trabalho
    • conjunto de leis que regulamentam as relações entre empregadores e empregados em cada país e que estabelecem os direitos dos trabalhadores
    • d. Natural (Rubrica: filosofia, termo jurídico)
    • conjunto de princípios, regras e prescrições formuladas por uma Razão que ambiciona estar além da circunstancialidade histórica na determinação de uma ordem jurídica condizente com a natureza humana fundamental; jusnaturalismo [Remonta ao estoicismo grego e no Iluminismo assumiu tonalidade revolucionária ao emancipar os princípios jurídicos da ordem social estabelecida e da tradição religiosa.]
    • Obs.: p.opos. a positivismo jurídico
  • 16. Verbete
    • Como vemos, um verbete traz inúmeras informações. Vejamos apenas 5 das principais.
    • 1) A numeração. Os números que aparecem em um verbete indicam as diferentes acepções da palavra-base. No exemplo acima, vemos que direito possui 31 (trinta e um!) sentidos.
    • 2) As abreviaturas. De modo abreviado, o dicionário apresenta informações que não estão relacionadas ao sentido, mas que de alguma forma ajudam a compreender e melhor utilizar uma palavra.
    • a) Informações gramaticais. No verbete direito encontramos as abreviaturas s.m., adj . e adv. Isso significa que a palavra pode ser usada como substantivo masculino , como adjetivo ou como advérbio (modificando um verbo, um adjetivo ou outro advérbio)
    • b) Informações sobre o uso da palavra. No verbete, d. de sangue, encontramos a observação: cf. jus sanguinis (que significa: confira , ou compare com )
    • c) Área de conhecimento em que a palavra é empregada (rubrica): termo jurídico.
  • 17.
    • Os dicionários apresentam as abreviaturas e siglas empregadas nas páginas iniciais.
    • 3) A pronúncia, ou ortoépia, sempre que necessário: poça (ô), poço (ô), pl. poços (ó).
    • 4) A etimologia da palavra. lat . diréctus,a,um ‘reto, que segue em linha reta, que segue regras ou ordens preestabelecidas, que segue trajetória ou procedimento predeterminado, que conduz segundo um dado preceito ou segundo uma dada forma de ordenação’ f.hist . 1277 directo , 1292 dereyto , sXIII direito , 1331 dereijto
    • 5) Locuções: conjunto de palavras que equivalem a um só vocábulo, por terem significado conjunto próprio e função gramatical única: direito de sangue – direito adquirido por nascimento

×