Bath, chawton e_winchester_para_leitores_de_jane_austen
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Bath, chawton e_winchester_para_leitores_de_jane_austen

on

  • 1,670 views

Guia de visitação à Inglaterra de Jane Austen escrito por Raquel Mathias, com exclusividade para a Jane Austen Sociedade do Brasil.

Guia de visitação à Inglaterra de Jane Austen escrito por Raquel Mathias, com exclusividade para a Jane Austen Sociedade do Brasil.

Statistics

Views

Total Views
1,670
Views on SlideShare
1,515
Embed Views
155

Actions

Likes
0
Downloads
87
Comments
0

2 Embeds 155

http://www.janeaustenbrasil.com.br 107
http://www.slideshare.net 48

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Bath, chawton e_winchester_para_leitores_de_jane_austen Bath, chawton e_winchester_para_leitores_de_jane_austen Document Transcript

  • Bath, Chawton e Winchesterpara leitores de Jane Austen Raquel Mathias
  • Sumário• Seguindo os passos de Jane Austen 3• Jane Austen em Bath 6• Locais de Interesse 6• Outras atrações em Bath 7• Onde comer 7• Hospedagem 8• Fotos de Bath 9• Jane Austen em Alton / Chawton 12• Locais de Interesse 12• Outras atrações em Alton / Chawton 13• Onde comer 13• Hospedagem 13• Fotos de Alton / Chawton 14• Jane Austen em Winchester 16• Locais de Interesse 16• Outras atrações em Winchester 16• Onde comer 17• Hospedagem 17• Fotos de Winchester 18• Transporte 19
  • SEGUINDO OS PASSOS DE JANE AUSTEN Estive na Inglaterra entre os dias 5 e 10 de maio, completamente imersa na vida e obra deJane Austen. Na verdade, explorei mais o cotidiano da autora do que sua literatura, já que visitei ascasas em que ela morou, os parques em que ela caminhou e os salões em que dançou. Passei a maior parte do tempo em Bath, onde Austen viveu entre os anos 1801 e 1806. Acidade é como uma viagem de volta ao séc. XVIII, pois muitas ruas e a arquitetura georgianapermanecem preservadas. Jane considerava Bath um ótimo local para temporadas, mas não gostavade morar lá e nesse período houve um certo hiato criativo. Porém, hoje a cidade respira Jane Austen.Além do museu dedicado a ela e a lápide de seu pai, no jardim da Igreja St. Swithins, os principaispontos turísticos se relacionam com sua história, pois são locais em que ela frequentava.Bath Meu tour começou na manhã de quinta-feira, 5 de maio. O primeiro dia foi dedicado aoJane Austen Museum, que fica na Gay Street, 40 – a poucos metros do número 25, onde Janemorou. O museu é relativamente pequeno, mas possui muita informação sobre o tempo em que aautora viveu na cidade. Lá, comecei a entender um pouco mais sobre como eram as relações sociaisno séc. XVIII e quais as formas de entretenimento. O museu dá um enfoque especial nas obras A Abadia de Northanger e Persuasão,ambientadas em Bath. Notei isso já na primeira sala do museu, onde está exposto o vestido usadopor Sally Hawkins como Anne Elliot na adaptação de Persuasão (2007). Há, ainda, informaçõessobre The Watsons, livro que Jane começou a escrever nessa época e não finalizou – talvez porconta da morte de seu pai. Após a exposição, decidi relaxar e experimentar os chás na Regency Tea Room, segundoandar da casa. Recomendo o “Tea with the Dashwoods” (torradas com geléias e chá a sua escolha) eo “A Ladys Afternoon Tea” (sanduíches de cream cheese com pepino, geléias, pão doce e chá a suaescolha). Não pude evitar de dar uma olhada na lojinha do museu, há muita coisa bacana eexclusiva, de encher os olhos! Mas não acho que vale a pena comprar certos produtos lá. Livros eDVDs, por exemplo, tem um preço bem acessível nas livrarias da cidade, e não se preocupe, asbookstores tem mais livros da Jane Austen que todos os outros autores juntos!
  • Acabei comprando The Jane Austen Pocket Bible – everything you want to know aboutJane and her novels. Não sei se esse livro está a venda no Brasil, procurei na internet e não achei,mas quem entende pelo menos um pouco de inglês não vai encontrar dificuldade em ler, já que alinguagem é bem simples. Na sexta-feira, usei as informações adquiridas no museu e programei meu próprio tour apé. Visitei todas as residências de Austen, as Assembly Rooms (onde aconteciam os bailes), a PumpRoom, o Royal Crescent, a lápide de seu pai e o Sydney Gardens, que é um dos lugares mais lindosem que já estive. Destaco dois momentos nesse dia. O primeiro foi quando eu entrei na Ballroom da antigaUpper Rooms (hoje Assembly Rooms); assim que eu entrei naquele salão fui tomada por umaemoção tão grande que não consegui conter as lágrimas. Acho que minha emoção veio do fato de,após anos lendo os livros da Austen e assistindo aos filmes, de repente eu me vi naquele local ondetudo aconteceu de verdade e onde a própria autora dançou inúmeras vezes! Senti uma vibraçãomuito boa. Outro momento especial foi o tempo que passei no Sydney Gardens. Estava um final detarde extremamente agradável, com o sol quente na medida certa. Caminhei por todos os passeiosdo jardim e sentei à grama para ler um livro e escrever. Queria que todos os dias da minha vidafossem como esse! Decidi ficar em Bath no sábado para o walking tour oferecido pelo museu. Acheiinteressante, a guia turística tem um bom conhecimento sobre a Jane Austen, mas o tour é realizadode forma bem apressada. Confesso que me aprofundei mais na minha própria caminhada do diaanterior, munida de livros e panfletos.Chawton No sábado à noite peguei o trem para Alton, município mais próximo de Chawton,vilarejo onde está localizada a antiga casa de Austen e que hoje abriga o Jane Austens HouseMuseum. Lá, a autora viveu seu período mais produtivo, entre 1809 e 1817 (ano de seu falecimento,aos 41 anos). Nesse tempo, ela fez a revisão de Razão e Sensibilidade e Orgulho e Preconceito eescreveu Mansfield Park, Emma, Persuasão e o inacabado Sandition. Hoje a residência abriga um modesto acervo, porém valioso, referente à família Austen,além de diversos objetos e móveis semelhantes aqueles usados na época (os cômodos estãodecorados de forma que passam a ideia de como os Austen viviam e interagiam dentro da casa).Dentre as diversas coisas interessantes que vi estão a pequena mesa em que Jane Austen escrevia, acarta de sua irmã Cassandra para a sobrinha Fanny Knight relatando os últimos dias de Austen,mechas de cabelos de Jane e de seu pai, a primeira edição de Razão e Sensibilidade, o vestido usadopor Kate Winslet no filme e a colcha de retalhos confeccionada por Jane, sua mãe e sua irmã.
  • No jardim, foi construída uma sala, Learning Centre, que exibe um documentáriobiográfico a cada meia hora. Há também uma lojinha com diversos souvenires semelhantes aquelesdo Jane Austen Centre em Bath. Após passar praticamente o domingo inteiro no museu (cheguei às 11h30 e saí às 17h),caminhei até a Chawton House, residência que pertenceu a Edward Austen Knight, irmão de Jane, eque hoje é uma biblioteca focada na literatura feminina entre os anos 1600 e 1830. Como eradomingo, obviamente estava fechada e não pude conhecer. No mesmo local, encontra-se a Igreja St.Nicholas, onde estão enterradas a mãe e a irmã de Austen.Winchester Em meu penúltimo dia em terras inglesas, na segunda-feira, dia 9, segui para Winchestere visitei a lápide de Jane Austen na Winchester Cathedral. A inscrição de seu túmulo não fazreferência a sua carreira literária, porém, quase um século depois, foi construído lá mesmo ummemorial que a exalta como um das grandes escritoras da língua inglesa. Da entrada da Catedral atésua lápide há diversos painéis luminosos que contam a história resumida de Jane, desde Seventonaté Winchester. Nas proximidades da Igreja, visitei a casa em que a autora viveu seus últimos dias, àCollege Street, 8. Hoje é uma residência particular e não está aberta ao público; tive a oportunidadede ver como é por dentro por cerca de 20 segundos, pois a moradora estava recebendo visitas e euaproveitei para olhar. De certo, é completamente diferente da época de Austen. Ao fim do dia, fui ao Winchester City Museum, que tem uma pequena seção referente àautora. Estão expostas bolsinhas de pérolas feitas por Jane, um estojo de carretel com as iniciais deseu nome e o original de um poema que ela escreveu em 1811: “Ive a pain in my head”. À noite resolvi voltar à Bath e passar os últimos momentos da minha viagem lá. Eurealmente gostei da cidade e pretendo um dia retornar. Se alguém me perguntar se a “relação” que eu tinha com a Jane Austen é a mesma antes edepois do tour, minha resposta com certeza será não, não é a mesma. Ainda estou digerindo tudo oque vivi e ainda tentando entender quem realmente era Jane Austen. Porém, uma coisa é certa, estoudisposta como nunca estive a ler todo tipo de biografias, cartas e continuações das novelas, além deassistir as adaptações para TV que ainda não tive a oportunidade! Nas próximas páginas, coloco um miniguia para quem deseja realizar um tour semelhanteao meu. Esse guia é baseado na minha experiência e não pretende ser definitivo e menos aindacompleto, apenas um pequeno auxílio ao viajante.
  • JANE AUSTEN EM BATH Jane Austen esteve em Bath por duas ocasiões antes de morar na cidade. A primeira visitaocorreu em 1897; Jane ficou hospedada na casa de seus tios James e Jane Leigh Perrot. Em 1899,Austen se instalou na cidade por seis semanas, em companhia de sua mãe e da família de seu irmãoEdward. Foi uma época feliz para Jane e esse contentamento se reflete no livro A Abadia deNorthanger. Em 1801, George Austen decidiu se aposentar e mudar-se para Bath com sua esposa e asduas filhas. Apesar de pouco se dedicar à literatura nesse tempo, Jane completou A Abadia deNorthanger e iniciou The Watson. Com George vivo, a família residiu no Sydney Place, 4, próximoao Sydney Gardens. Sobre esse jardim Jane disse: “Seria muito agradável estar perto de SydneyGardens! Poderíamos entrar no labirinto todos os dias”. Em seguida mudaram-se para o GreenPark Building, um local mais modesto. Após a morte de George, as mulheres Austen ainda habitaram a Gay Street, 25 e a TrimStreet. LOCAIS DE INTERESSEJane Austen Centre Pump RoomGay Street, 40 Um dos locais em que A Abadia de Northanger foi44(0)1225-443000 | janeausten.co.uk ambientado. Hoje é um restaurante e lá fica a fonte daAdulto: £7,45 | +65 anos/Estudante: £5,95 | Criança de famosa Spa Water, que era utilizada para tratamento6 a 15 anos: £4,25 (menores de 6 anos gratuito com um medicinal. A água é quente e tem gosto ruim, masadulto) | Família: £19,50 (2 adultos com até 4 crianças) tomar pelo menos um gole faz parte da experiência! Abbey ChurchyardHorários: Verão: todos os dias das 9h45 às 17h30; julho Tel: 44(0)1225-477785e agosto até as 19h de quinta a sábado | Inverno: Entrada gratuita31/10/11 até 30/03/12 das 11h às 16h30; aos sábadosdas 9h45 às 17h30 Horários: de 01/10 a 31/03 das 9h30 às 16h30 | de 01/04 à 30/09 das 09h30 às 17h30Walking Tour: Ticket: £6sábados, domingos e feriados às 11h Sydney Gardensjulho e agosto tour extra de sexta e sábado às 16h Jardins onde Jane Austen costumava caminhar.
  • The Royal Crescent Assembly RoomsUma das locações de Persuasão (2007). Salões onde aconteciam os bailes frequentados por Jane Austen.Residências Bennett StreetParagon, 1 44(0)1225-477789Queen Square, 13 Assembly Rooms: adulto £2, gratuito para criançasSydney Place, 4 Fashion Museum: adulto £7.25, crinças £5.25Green Street BuildingsGay Street, 25 Horários: janeiro - fevereiro das 10h30 às 17hTrim Street março - outubro das 10h30 às 18h novembro - dezembro das 10h30 às 17h OUTRAS ATRAÇÕES EM BATHWalking Tour gratuito The CircusTour a pé com duração de duas horas. Em nenhum de seus livros Jane Austen cita o TheAbbey Churchyard, em frente à Pump Room. Circus, mas ela tinha alguns conhecidos que moravamHorários: de domingo a sexta-feira, às 10h30 e às 14h; lá. É um importante conjunto residencial idealizadoaos sábados às 10h30. Horário adicional de maio à pelo arquiteto John Wood The Elder. Seu filho, Johnsetembro, às 19h. Wood The Young, construiu o Royal Crescent. São referências ao sol e a lua, respectivamente.Passeio de barcoHá vários barcos que oferecem diversos tipos depasseios. Eu embarquei no Pulteney Cruisers, quenavega por cerca de uma hora pelo “canal veneziano”de Bath, o Avon Canal.Admissão: £8Aberto de 01/04/2011 à 31/10/2011 ONDE COMERThe Porter Outras opções para comer sem gastar muito são osGeorge Street, 15 inúmeros quiosques que ficam na Cheap Street,Tel: 44(0)01225-424104 próxima ao Abbey Churchyard.Comida vegan e vegetariana. Destaque para o pratomexicano apimentado, por £7.Horários: de segunda-feira à sábado das 11h às 21h domingo das 12h às 21h
  • HOSPEDAGEMYMCA Hostel Youth HostelInternational House - Broad Street Place Bathwick HillTel: 44(0)1225-325900 Tel: 44(0)845371-9303 | Website: yha.org.ukDiária a partir de £18, com café da manhã e lençóis Diária a partir de £12,50, café da manhã £4.95.inclusos. Check-in: 13h | Check-out: 10hRecepção 24h. Check-in: 12h | Check-out: 11h Wifi gratuito. Não me hospedei nesse hostel, acheiWifi gratuito. Computadores para acesso à internet muito longe do centro da cidade. Porém, as(cobrado a parte). Armários com cadeado eletrônico comentários que li a respeito são todos positivos.(cobrado a parte). Ótima localização, a 5 minutosandando do Jane Austen Centre. Para mais opções e outras informações turísticasBath Tourist Information CentreAbbey Churchyard44(0)844847-5257 | visitbath.co.ukHorários: outubro à maio de segunda-feira à sábado: 9h30-17h00 domingos: 10h00-16h00 junho à setembro de segunda-feira à sábado: 9h30-18h00 domingos: 10h00-16h00
  • Jane Austen CentreSentido horário: Mr. Bennet na entrada do Jane Austen Centre | Figurino do filme Persuasão (2007) | Romances: Tom Lefroy e Harris Bigg-Wither | “A Ladys Afternoon Tea”
  • Residências de Jane AustenSentido horário: Sydney Place, 4 | Queen Square, 13 | Paragon, 1 | Gay Street, 25
  • Sydney Gardens
  • JANE AUSTEN EM ALTON/CHAWTON Após deixar a cidade de Bath, Jane, sua irmã e sua mãe mudaram-se para Southampton e,em seguida, para Chawton, no ano de 1809. Seu irmão, Edward Austen Knight, havia herdadoalgumas terras nesse vilarejo próximo a Alton e, assim, pôde abrigar as mulheres de sua família emuma confortável casa. Jane Austen se sentia feliz por viver novamente na região rural, sua criatividade floresceue esses foram seus anos mais produtivos. Revisou e publicou Razão e Sensibilidade e Orgulho ePreconceito, escreveu Mansfield Park e Emma, também publicados e finalizou Persuasão. Esteúltimo, assim como A Abadia de Northanger, só foi publicado após sua morte. Jane não parou de escrever até o momento em que começou a se sentir mal, por conta deproblemas de saúde. Ela abandonou o livro Sandition e, em maio de 1817, mudou-se paraWinchester, onde ficou mais próxima de seu médico. LOCAIS DE INTERESSEJane Austens House Museum Chawton House LibraryChawton, Alton, Hampshire Chawton, Alton, Hampshire44(0)1420-83262 | jane-austens-house-museum.org.uk 44(0)1420-541010 | chawtonhouse.orgAdmissão: £7 . Visita guiada à casa, biblioteca e jardins, de terça-feiraHorários: junho – agosto diariamnete das 10h às 17h e quinta-feira às 14h30. março - maio; setembro – 1o de janeiro Admissão: adultos £6, crianças £3diariamente das 10h30 às 16h30 . Visita aos jardins, de segunda-feira a sexta-feira, entre janeiro e fevereiro aos finais de semana das 10h e 16h.10h30 às 16h30 Admissão: adultos £3, crianças £1.50Residências de amigos e conhecidos em Alton St. Nicholas ChurchHigh Street, 1 – uma amiga de Austen, Rebecca Parker Nos jardins da igreja encontram-se as lápides da mãe eTerry, morava nessa casa. da irmã de Jane Austen.High Street, 4 – lar do médico Willian Curtis. Chawton, Alton, Hampshire – ao lado da ChawtonHigh Street, 10 – Banco de Henry Austen, irmão de House Library.Jane.*Saiba mais: janeaustentrail.co.uk
  • OUTRAS ATRAÇÕES EM ALTON / CHAWTONWalking Tour. Partindo do Alton Craft Centre - Cross & Pillory Lane, 8Horários: de maio a setembro, de quarta-feira e sábado às 11h. Partindo da Alton Train Station Horários: de maio a setembro, de quarta-feira e sábado às 14h ONDE COMERThe Royal Kebab HouseHigh Street, 82 - Alton44(0)1420-590290Diariamente das 11h às 23hPizzas e sanduíches HOSPEDAGEMAlton House HotelNormandy Street44(0)1420-80033 | altonhousehotel.comDiária a partir de £60 com café da manhãWi-fi gratuito. Boa localização, ao lado da estação de trem. Alton possui algumas opções de Bed&Breakfast, masa relação custo-benefício me fez escolher o House Hotel. Para mais opções e outras informações turísticasAlton Tourist information CentreCross & Pillory LaneTel: 44(0)1420-88448
  • Jane Austens House MuseumPlacas indicando a direção | Jane Austens House Museum | Jardim | Carruagem usada pela família Austen
  • Alton / ChawtonSentido horário: Banco onde trabalhava Henry Austen | Cassandras Cup Tea Room | Jane Austen Trail | Lápides da mãe e da irmã
  • JANE AUSTEN EM WINCHESTER Após oito anos vivendo em Chawton e produzindo obras que se tornaram eternas, Janecomeçou a apresentar problemas de saúde. Em maio de 1817, mudou-se para Winchester, ondehavia assistência médica mais especializada. Com sua irmã, instalou-se à College Street, 8. Mesmo doente e sentindo-se fraca, ela escreveu seu último poema, intitulado Venta. Essepoema fala sobre as corridas de Winchester que aconteciam a cada ano no dia de St. Swithin. Suacondições pioraram rapidamente e ela faleceu em 18 de julho de 1817. Seu irmão Henryprovidenciou para que fosse enterrada na Winchester Cathedral. LOCAIS DE INTERESSEWinchester Cathedral Winchester City MuseumLápide e memorial em homenagem a Jane Austen. A Há uma seção dedicada à Jane Austen.catedral é rodeada por um extenso parque com várias The Squareatrações, vale a visita. Tel: 44(0)1962-840222The Close, 9 Adimissão: gratuitoAdmissão: £6.50 Horários: abril – outubro de segunda-feira a sábado das44(0)1962-857275 | winchester-cathedral.org.uk 10h às 17h; domingo das 12h às 17hHorários: segunda-feira a sábado das 9h30 às 17h novembro – março de terça-feira a sábado das domingo das 12h30 às 15h 10h às 16h; domingo das 12h às 16hResidênciaCollege Street, 8 – nas proximidades da catedral. OUTRAS ATRAÇÕES EM WINCHESTERJohn Keats Wolvesey Castle (Old Bishops Palace)O poeta inglês passou um período na cidade, durante o Ruínas do antigo palácio dos Bispos de Winchester.ano de 1819. No Tourist Information Centre há um guia Localizado no parque da Catedral, com entrada àimpresso para seguir os passos de Keats por esquina da College Street, onde Jane Austen morou.Winchester. Admissão: gratuito Horários: diariamente das 10h às 17h
  • ONDE COMERThe Slug and LettuceThe Square, 12/1344(0)01962-850666 | slugandlettuce.co.ukO cardápio inclui carne, peixe, frango, massas, saladas e sanduíches. Alguns dias tem descontos especiais, comoa Segunda-feira 50% OFF – escolhi um prato de £6 e paguei £3. HOSPEDAGEMMercure Wessex HotelPaternoster Row44(0)1962-861611 | mercure.comDiária a partir de £50 com café da manhã.Wi-fi gratuito. Não encontrei nenhum hostel em Winchester, acabei ficando no Mercure Hotel pela ótimalocalização. Para mais opções e outras informações turísticasTurist Information CentreWinchester Guildhall, High Street44(0)1962-840500 | visitwinchester.co.ukHorários: maio a setembro de segunda-feira à sábado das 10h às 17h domingo e feriados das 11h às 16h outubro a abril de segunda-feira à sábado das 10h às 17h
  • WinchesterEstojo de carretel e o poema “Ive a pain in my head” | Residência: College Street, 8 | Winchester Cathedral
  • TRANSPORTEMeu itinerário • ônibus do aeroporto de Bristol para a estação Bristol Temple Meads • trem de Bristol Temple Meads para Bath Spa • trem de Bath Spa para Alton • ônibus de Alton para Winchester • trem de Winchester para Bath Spa • trem de Bath Spa para Bristol Temple Meads • ônibus de Bristol Temple Meads para o aeroportoDica: tente se locomover pela Inglaterra através de ônibus em vez de trem, você vai economizarum bom dinheiro.AviãoSubmarino Viagens: submarinoviagens.com.brRyanAir (passagens econômicas pela Europa): ryanair.comÔnibusEurolines: eurolines.co.ukTremFirst Great Western: firstgreatwestern.co.ukSouth West Train: southwesttrains.co.uk