Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
423
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Jornal Cidades Não-Me-Toque 12/12/2011
  • 2. Jornal do Comércio Jornal Cidades 7/3/2012
  • 3. O Sul Denise Nunes 7/3/2012
  • 4. Baguete http://www.baguete.com.br/noticias/software/19/03/2012/cotrijal-silos-na-ti-com-datum 19/3/2012 Cotrijal: silos na TI com Datum A cooperativa agrícola Cotrijal, de Não-Me-Toque, a 276 quilômetros de Porto Alegre, adotou um sistema de controle de armazenagem de grãos da Datum para sanar uma brecha de gestão na produção: os silos. Parte fundamental do negócio da entidade, os estoques não passavam pela gestão informatizada. “Era só com planilha, o que não era muito prático. Nós recebemos o produto na balança, quando entra na cooperativa, e lançamos tudo no nosso ERP. Depois, quando vai para a indústria, também controlamos. Mas tínhamos uma lacuna na hora da passagem pelo silo”, relembra Ari Heck, gerente de TI da Cotrijal. Implantado em dezembro, o sistema já opera em 20 silos, oferecendo informações quanto à pesagem e ao tratamento dispensado aos grãos de cinco filiais da cooperativa. Isso representa menos da metade do total de cilos da entidade, mas chega a 180 mil toneladas de grãos. Do zero- Com a dificuldade de encontrar uma solução no mercado, diz Heck, a foi a solução, Datum desenvolvendo o projeto do zero especialmente para a Cotrijal. Foram 2,8 mil horas de serviço para o desenvolvimento e a implantação, mais do que a implantação do SPED, feito com a Sispro em 2010, último grande projeto de TI da cooperativa, que demandou 2,5 mil horas, lembra Heck. Essa primeira etapa da Datum estará completa até 30 de abril. “Com o controle em andamento, saberemos quanto de cada grão temos em que silo e que tipo de tratamento eles receberam”, salienta Heck. Por tratamento, Heck se refere a informações como controle de pragas, que serão inseridas no sistema, posteriormente integrado ao ERP próprio da Cotrijal. Assim diz Heck, todas pontas da cooperativa estarão informatizadas. “Isso vai agilizar nossos processos bastante”, avalia. Hoje, a Cootrijal tem 12 pessoas na TI, sendo sete em desenvolvimento e cinco em infraestrutura. Com um investimento médio de 0,5% do faturamento anual em tecnologia – dentro da média do agronegócio, segundo a consultoria PwC – , o setor conta com banco de dados Oracle e módulos da Senior para folha de pagamento, além do ERP próprio e do SPED da Sispro. A Cotrijal conta com 5.385 sócios e 1200 funcionários, atuando em 14 municípios. No total, 7,5 mil produtores usam a estrutura da cooperativa, que no ano passado teve faturamento de R$ 800 milhões. Para esse ano, a expectativa é de queda para R$ 600 milhões, em função da estiagem, lamenta Heck. Ainda assim, a entidade refletiu, no ano passado, a situação do setor do agronegócio como um todo. Em 2011, diz o IBGE, o PIB do setor fechou em R$ 942 bilhões e teve participação de 22,74% na economia brasileira, sendo que o crescimento foi o dobro da economia brasileira, que avançou 2,7%. O cenário chama a atenção de empresas como a porto-alegrense Datum. “Este é um segmento onde a Datum tem expertise e irá investir para sua expansão, onde já obtém bons resultados”, destaca o gerente de relacionamento da empresa, Cesar de Lucena.
  • 5. Jornal do Comércio Patrícia Knebel 18/9/2012
  • 6. INCorporativa http://www.pautas.incorporativa.com.br/a-mostra-release.php?id=12371 10/9/2012 Datum TI tem o diferencial para o agronegócio Tecnologia qualifica controles de produção Setor de grande importância econômica no estado, o agronegócio exige cada vez mais investimentos para evitar perdas e ter um produto diferenciado. Com os avanços tecnológicos é possível manter maior controle sobre a produção em todas as etapas do processo, desde o plantio até a entrega ao cliente. A empresa Datum T.I., especializada no desenvolvimento de software, trouxe ao mercado do agronegócio o Sistema de Controle de Armazenagem de Grãos. “É um meio muito competitivo, onde cada produtor precisa encontrar diferenciais para o seu produto, no geral, muito similar ao dos demais. A capacidade tecnológica é esse diferencial. Você agrega valor com controles definidos e acompanhamento da lavoura até a comercialização do grão”, diz Alexandre Zanetti, Presidente da Datum T.I. O Sistema de Controle de Armazenagem de Grãos, que está sendo implementado na Cooperativa Agropecuária e Industrial (Cotrijal), promoverá uma série de melhorias em seu processo interno, o que resultará em maior competitividade no mercado de grãos. Em condições de receber alterações para se adequar a necessidades específicas, o software colabora para o fluxo de processo melhor definido, utilização de painel de controle com prioridades para a organização, agilidade nos processos comerciais e de estocagem e controle de desperdício do grão. Cotrijal - A história da Cotrijal nos seus quase 53 anos de atuação é formada por desafios e conquistas, fruto da união e visão de pessoas empreendedoras que souberam olhar além de seu tempo. Mas, foi nos últimos anos que a cooperativa passou a ser vista como potência no agronegócio brasileiro por promover, desde 2000, aExpodiretoCotrijal. Com o modelo voltado para a implantação dos princípios de qualidade total em todos os setores de atuação da cooperativa e uma administração focada na viabilidade técnica e econômica do produtor, no final de 1999, Nei César Mânica assumiu, talvez o maior desafio de sua trajetória como dirigente cooperativista: a realização da ExpodiretoCotrijal, uma feira agrodinâmica visando aproximar o produtor dos mais modernos avanços tecnológicos do setor. (www.cotrijal.com.br) Datum T.I. - A Datum T.I. é uma empresa que atua na área de desenvolvimento de software sob demanda e inovação tecnológica, bem como, serviços de infraestrutura, alocação de profissionais de TI para projetos ou work force e soluções de negócio com suíte própria. Está sediada em um dos maiores Polos de Inovação Tecnológica do País – TECNOPUC, dentro da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. A empresa investe no aprimoramento contínuo de suas soluções e processos de gestão, oferecendo a seus clientes a satisfação de suas expectativas, baseando o sucesso da entrega de projetos às melhores práticas recomendadas pelos modelos PGQP, ITIL, PMI e CMMI. Originou-se em 1999 com o objetivo de oferecer ao mercado de automação bancária o parceiro estratégico, composto por um time com experiência acumulada de mais de 15 anos no setor. Com sua capacidade em executar e gerenciar todo ciclo de desenvolvimento de software (levantamento de requisitos, análise, projeto, codificação, testes e implantação, acompanhamento da operação e suporte), a Datum T.I. aprimorou sua metodologia e processos internos. Hoje, a Datum T.I. fornece serviços a clientes globais no Brasil e na América Latina. (www.datum.inf.br)
  • 7. Jornal do Comércio Jornal Cidades 13/3/2013
  • 8. http://www.baguete.com.br/noticias/12/08/2013/sispro-deixa-cotrijal-em-dia-com-o-fisco Sispro deixa Cotrijal em dia com o Fisco Gláucia Civa // segunda-feira, 12/08/2013 17:53 A Cotrijal, cooperativa com sede em Não-Me-Toque, no Rio Grande do Sul, e presença em 14 municípios do Planalto Médio Gaúcho, aumentou em 40% os índices de assertividade no cumprimento das determinações e prazos do SPED relacionados a controle fiscal, contábil e gestão de patrimônio com uma solução da canoense Sispro. Cotrijal, de Não Me Toque-RS. Foto: divulgação Cotrijal: silos na TI com Datum Sispro cresce com IFRS, Sped e mais Cooperativa Comigo vai de SAP Hana A organização completou 18 meses de uso dos módulos SisproSped Contábil, Sped Fiscal, Sped PIS/Cofins e Gestão de Patrimônio. Segundo o gerente de TI da cooperativa, Ari Heck, hoje o envio dos arquivos digitais ao Fisco não tem erros, o que é imprescindível a uma estrutura composta
  • 9. por 40 entidades jurídicas distribuídas entre produção de grãos, leite bovino e rações, lojas e supermercados. “Padronizamos a coleta das informações contábeis, fiscais e de patrimônio. Temos segurança para executar as tarefas relacionadas ao Sped, incluindo a conciliação e carga dos dados”, comenta Heck. A Cotrijal mantém o foco na TI, não é de hoje: no ano passado, a cooperativa implantou um sistema de controle de armazenagem de grãos da Datum para gestão dos silos. Parte fundamental do negócio da entidade, os estoques não passavam pela gestão informatizada, ficando nas boas e velhas planilhas, o que dificultava o trabalho. Hoje, o sistema opera em cerca de 20 silos, oferecendo informações quanto à pesagem e ao tratamento dispensado aos grãos de cinco filiais da cooperativa, o que soma mais de 180 mil toneladas. As informações são integradas ao ERP utilizado pela Cotrijal, de desenvolvimento próprio. Com investimento médio de 0,5% do faturamento anual em TI – dentro da média do agronegócio, segundo a consultoria PwC – , a organização gaúcha faturou R$ 806 milhões em 2012, mantendo a receita estável em relação a 2011.
  • 10. http://www.baguete.com.br/noticias/software/19/03/2012/cotrijal-silos-na-ti-com-datum GRÃOS E BITS Cotrijal: silos na TI com Datum Guilherme Neves // segunda-feira, 19/03/2012 14:21 A cooperativa agrícola Cotrijal, de Não-Me-Toque, a 276 quilômetros de Porto Alegre, adotou um sistema de controle de armazenagem de grãos da Datum para sanar uma brecha de gestão na produção: os silos. RS é chão da SAP no agronegócio Cooperativas têm recorde de US$ 6,1 bi TI no campo: Siagri compra IT Provider Parte fundamental do negócio da entidade, os estoques não passavam pela gestão informatizada. “Era só com planilha, o que não era muito prático. Nós recebemos o produto na balança, quando entra na cooperativa, e lançamos tudo no nosso ERP. Depois, quando vai para a indústria, também controlamos. Mas tínhamos uma lacuna na hora da passagem pelo silo”, relembra Ari Heck, gerente de TI da Cotrijal. Implantado em dezembro, o sistema já opera em 20 silos, oferecendo informações quanto à pesagem e ao tratamento dispensado aos grãos de cinco filiais da cooperativa.
  • 11. Isso representa menos da metade do total de cilos da entidade, mas chega a 180 mil toneladas de grãos. Do zero Com a dificuldade de encontrar uma solução no mercado, diz Heck, a foi a solução, Datum desenvolvendo o projeto do zero especialmente para a Cotrijal. Foram 2,8 mil horas de serviço para o desenvolvimento e a implantação, mais do que a implantação do SPED, feito com a Sispro em 2010, último grande projeto de TI da cooperativa, que demandou 2,5 mil horas, lembra Heck. Essa primeira etapa da Datum estará completa até 30 de abril. “Com o controle em andamento, saberemos quanto de cada grão temos em que silo e que tipo de tratamento eles receberam”, salienta Heck. Por tratamento, Heck se refere a informações como controle de pragas, que serão inseridas no sistema, posteriormente integrado ao ERP próprio da Cotrijal. Assim diz Heck, todas pontas da cooperativa estarão informatizadas. “Isso vai agilizar nossos processos bastante”, avalia. Hoje, a Cootrijal tem 12 pessoas na TI, sendo sete em desenvolvimento e cinco em infraestrutura. Com um investimento médio de 0,5% do faturamento anual em tecnologia – dentro da média do agronegócio, segundo a consultoria PwC – , o setor conta com banco de dados Oracle e módulos da Senior para folha de pagamento, além do ERP próprio e do SPED da Sispro. A Cotrijal conta com 5.385 sócios e 1200 funcionários, atuando em 14 municípios. No total, 7,5 mil produtores usam a estrutura da cooperativa, que no ano passado teve faturamento de R$ 800 milhões.
  • 12. Para esse ano, a expectativa é de queda para R$ 600 milhões, em função da estiagem, lamenta Heck. Ainda assim, a entidade refletiu, no ano passado, a situação do setor do agronegócio como um todo. Em 2011, diz o IBGE, o PIB do setor fechou em R$ 942 bilhões e teve participação de 22,74% na economia brasileira, sendo que o crescimento foi o dobro da economia brasileira, que avançou 2,7%. O cenário chama a atenção de empresas como a porto-alegrense Datum. “Este é um segmento onde a Datum tem expertise e irá investir para sua expansão, onde já obtém bons resultados”, destaca o gerente de relacionamento da empresa, Cesar de Lucena.