Resenha: O Impacto do Software Livre e de Código Aberto na Indústria Brasileira
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Resenha: O Impacto do Software Livre e de Código Aberto na Indústria Brasileira

on

  • 2,570 views

Resenha sobre Software Livre na Indústria Brasileira

Resenha sobre Software Livre na Indústria Brasileira

Statistics

Views

Total Views
2,570
Views on SlideShare
2,570
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
14
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Resenha: O Impacto do Software Livre e de Código Aberto na Indústria Brasileira Resenha: O Impacto do Software Livre e de Código Aberto na Indústria Brasileira Document Transcript

    • Resenha: O Portal do Software Público Brasileiro Antonio Sérgio Nogueira Disciplina: Psl201d01- Introdução à Produção de Software: Software Livre / Código Aberto Profª: Ângela Maria Alves Lavras Minas Gerais Brasil 2008 Sumário 1. Introdução.................................................................................................... 3 2. Descrição do Portal..................................................................................... 3 3. Apreciação Crítica ..................................................................................... 4 4. Conclusão Final........................................................................................... 5 Referências Bibliográficas.............................................................................. 6
    • 1. Introdução Este portal tem como proposta facilitar a implantação de novas ferramentas nos setores administrativos do estado, divulgar, integrar e fornecer soluções livres, baseadas no bem software, para toda sociedade. 2. Descrição do Portal O Portal do Software Brasileiro surge da necessidade de compartilhar os desenvolvimentos da Administração Pública evitando sobreposição de custos
    • compartilhando soluções e melhorando as soluções já criadas, este portal disponibiliza seus softwares para toda a sociedade. O portal disponibiliza os seguintes softwares públicos: o Coletor Automático de Configurações Computacionais (Cacic) - desenvolvido pela Dataprev -; o Sisau-Saci-Contra - Ministério do Desenvolvimento Agrário-, o Controle Centralizado de Administração de Rede (Cocar) - Dataprev -; e o Sistema de Gestão de Demandas (SGD) - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação e outros. As soluções disponibilizadas atenderão as seguintes exigências: a) O produto - tratar o software como um produto acabado, com documentação completa de instalação e preparado para funcionar, como outro software qualquer disponibilizado comercialmente. b) Os serviços associados - organização serviços básicos, tais como: página na internet, fórum e lista de discussão para desenvolvimento, suporte e projetos, ferramenta de controle de versão e a documentação existente do sistema. c) A prestação de serviços – fornecer e resolver as questões relacionadas ao software com a disponibilização, por parte do governo, de uma equipe de atendimento para comunidade. d) A gestão da colaboração - incentivo à colaboração entre os usuários e desenvolvedores da ferramenta, sejam eles pessoa física ou jurídica, de qualquer setor da economia. Estruturar instrumentos de gestão e controle rigorosos, como a periodicidade de lançamento de novas versões e os parâmetros de controle de qualidade do desenvolvimento. 3. Apreciação Crítica O conceito software público deriva do conceito software livre e é definido por Corinto Meffe em <planejamento.gov.br> como sendo: “Os softwares públicos devem ser demandados pela sociedade ou são aqueles que o ente público, em função de seu interesse, deseja manter certo protagonismo assumindo uma comunidade. Os livres continuam sendo os softwares que obedecem às quatro liberdades: restrição de não fechar o código e o seu tripé de sustentação, licença livre, padrão aberto e comunidade. Sendo assim, os governos também poderão disponibilizar um conjunto de softwares livres e somente uma parte destas soluções será alçada como software público. Esse acréscimo de nível será determinado por um conjunto de critérios, regras e modelos. “ Desta forma o portal pode acelerar o processo de divulgação dos softwares públicos produzidos pelo estado, de forma que eles tornem-se um bem de uso geral e irrestrito pela sociedade, aplicando-lhes as principais modalidades de licenciamento associadas ao Software Livre para superar os aspectos limitadores, critérios e receios citados pelo desenvolvedores e potenciais usuários [DICA]. Análise de Risco SWOT [OGER] Criação de uma base de conhecimento
    • Pontos Fortes Produtividade Avaliação Interna Treinamento com a Pontos ferramenta Fracos Mudança na Cultura de Análise de Risco SWOT desenvolvimento Acesso a soluçôes disponíveis Oportunidades Lançar Novos produto Avaliação no mercado Externa rapidamente Falta de suporte Ameaças Mudança na política de disponibilização das ferramentas 4. Conclusão Final "O conceito do Software Público Brasileiro - é utilizado como um dos alicerces para definir a política de uso e desenvolvimento de software pelo setor público no Brasil. Tal política compreende a relação entre os entes públicos, em todas as unidades da federação e demais esferas de poder, e destes com as empresas e a sociedade (http://www.softwarepublico.gov.br/spb/O_que_e_o_SPB)." [PSPB] Realmente é de suma importância ter um portal capaz de divulgar tais iniciativas, que podem beneficiar toda a sociedade, na medida em que divulgam novos conhecimentos, reduzem custos e permitem o compartilhamento destes conhecimentos com a sociedade.
    • Referências Bibliográficas [DICA] DARLEN, Daniel. Materialização do Conceito de Software Público - Iniciativa CACIC. Disponível em: <http://www.dicas-l.com.br/dicas-l/20060727.php>. Acesso em: 01 dezembro 2007. [OGER] MELLO,Peter Berndt de Souza. Modelo de Análise SWOT de Riscos utilizando Mapas Mentais. Disponível em: <http://www.ogerente.com.br/produtividade/mm/mapas_mentais_swot.htm>. Acesso em: 01 dezembro 2007. [PSPB] Portal do Software Público Brasileiro. Disponível em: <http://www.softwarepublico.gov.br>. Acesso em: 15 de janeiro 2008.