Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
A motivação nos cursos EaD: uma questão de envolvimento
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

A motivação nos cursos EaD: uma questão de envolvimento

  • 8,449 views
Published

A motivação nos cursos EaD: uma questão de envolvimento

A motivação nos cursos EaD: uma questão de envolvimento

Published in Design , Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
8,449
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
114
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Universidade Aberta do Brasil Universidade Federal de São Carlos Bacharelado em Sistemas de Informação A motivação nos cursos EaD: uma questão de envolvimento Antonio Sérgio Nogueira Lúcio Álvaro LoureiroCurso de Bacharelado em Sistema Curso de Bacharelado em Sistema de Informação UFsCar de nformação UfsCar asergionogueira@gmail.com laloureiro1918@hotmail.com Tarumã – SP Março de 2011 1
  • 2. Resumo A constante necessidade de novos conhecimentos e atualização dos profissionais fez comque as grandes universidades passem a oferecer, usando as novas facilidades da informática, cursosa distância. Com o objetivo de atender estes profissionais com qualidade e a distância, foramdesenvolvidos materiais didáticos e treinado equipes. Para que estes cursos sejam um sucesso ocompromisso com a aprendizagem é um fator primordial, mas para obtê-lo queremos mostrar queexiste uma grande necessidade de envolvimento entre o aluno e todos os componentes desteambiente virtual.Palavras chave: Sistema de Ensino a Distância, Motivação, Tutor, Envolvimento Abstract The constant need for new knowledge and updating of the professionals made the biguniversities start to offer, using the new facilities of information technology, distance learningcourses. Aiming to serve these professionals with quality and distance learning materials weredeveloped and trained teams. For these courses are a successful commitment to learning is aprimary factor, but we want to get it to show that there is a great need for engagement between thestudent and all components of this virtual environment. 2
  • 3. 1. Introdução Preparar-se para os desafios e exigências do mercado de trabalho é um fator fundamentalpara a pessoa que pretende entrar neste ambiente e se destacar. Em 8 de junho de 2006 através dodecreto 5.800 foi instituído o “Sistema Universidade Aberta do Brasil - UAB, voltado para odesenvolvimento da modalidade de educação a distância, com a finalidade de expandir e interiorizara oferta de cursos e programas de educação superior no País. ”[1] Disponibilizando este novo tipode educação, o governo estimula a criação de centros permanentes de formação, chamados de polosde apoio presencial, cuja função é justamente preparar pessoas para este novo mercado de trabalho,que encontra-se agora localizado em todas as regiões do país. Mas ao entrar num curso EaD o aluno deve estar permanentemente motivado uma vez quevai deparar com uma nova modalidade de educação, que é efetuada de forma assíncrona e sem apresença de seus pares e professores. A proposta deste texto é: O envolvimento com o curso é quemotiva o aluno.2. EaD um Sistema de Ensino a Distância Não sendo mais capaz de atender a toda população na atualidade, a educação presencialpassa a compartilhar essa capacidade de ensino/aprendizagem com a EaD. A EaD é uma forma deensino/aprendizagem preocupada em atender uma nova parcela da população que não podefrequentar um ensino presencial devido a inúmeros fatores como: falta de vagas nas universidadespúblicas, falta de tempo devido a excesso de carga horária de trabalho, as questões financeiras, edistâncias entre sua localidade e os centros de educação. A educação a distância não é uma prática atual e surgiu na Grécia e logo após em Roma,onde era comum a troca de informações e a transmissão de notícias por meio de cartas edocumentos escritos. No Brasil ela já ocorre a muitos anos através do ensino por correspondência, eteve uma transformação nos seus métodos tradicionalmente utilizados com a promulgação da Lei de9.394 de dezembro de 1996. [2] O processo de educação/aprendizagem EAD ocorre com o uso da tecnologia de informaçãoe comunicação (TIC), onde alunos, professores e orientadores encontram-se em locais distintos etemporalmente diversos. Usando tecnologias os alunos irão se conectar de forma síncrona eassíncrona. Na forma assíncrona são usadas ferramentas como: textos on-line, glossários, fóruns dediscussão, vídeos e textos impressos, já a forma síncrona ocorre com utilização de chats, reuniõespresenciais e web conferências. Desta forma o que temos é uma mudança no conceito de curso e deaula, já que toda estrutura sofrerá modificações e passará a ter horários e locais flexíveis. A aula emsi não deixará de existir o que teremos agora são espaços que permitem a interação aluno professorcriando assim listas de dúvidas, discussão, wikis, pesquisas. Assim aluno e professor estãomotivados a aprender e ensinar mesmo em tempos e espaços distintos, e cada vez mais o papelprincipal do professor passa ser de supervisor, animador, incentivador nesta nova trajetória doaprendizado.[3] A UFsCar tem o curso de EaD focado no aluno e na aprendizagem e não no professor e suatransmissão de conhecimentos e conta com muitas atividades individuais e grupais deaprendizagem teórico-prática, projetos de pesquisa, de inserção no ambiente de trabalho e decriação de contextos. O professor orienta e acompanha o aluno juntamente com o tutor virtual dadisciplina. Os Cursos EaD vieram para ficar e a tendência a atual é que as práticas educativas irãocada vez mais combinar cursos presenciais e virtuais de tal forma que as aulas presenciais só serãonecessárias quando for importante compartilhar vivências, experiências e ideias e nos demais 3
  • 4. momentos compartilham-se as experiências virtualmente.3. Motivação Fruto de uma necessidade não satisfeita, a motivação movimenta uma série de sentimentos efatores emocionais capazes de reforçar o entusiasmo e a persistência diante dos contratempos queencontramos em nossas vidas. Segundo BERGAMINI, “a motivação nasce no interior de cada um.A única coisa que pode fazer para manter pessoas motivadas é conhecer suas necessidades eoferecer fatores de satisfação de tais necessidades.” [BERGAMINI] O curso EaD é um curso voltado para a educação de adultos e eles são motivados a aprenderà medida em que seu interesses e necessidades sejam satisfeitos. Por este motivo que é apropriadoiniciarmos a organização das atividades de aprendizagem do adulto partindo destes dois pontos. Éimportante também neste tipo de curso definir objetivos e postura de modo que o aluno possaassumir a responsabilidade dentro deste tipo de “aula”.[PINTO]4.O tutor motivando o aluno A motivação de um aluno adulto deve levar em consideração suas experiências anteriores deaprendizagem, partindo disto é que se criou um sistema de acompanhamento do aluno. Oacompanhamento do aluno é uma forma de oferecer um atendimento individualizado onde ascaracterísticas pessoais são levadas em consideração, fazendo que o exista um sentimento depertencimento nas trocas de informações entre aluno e tutor. O tutor será o ator de EaD que terácontato direto com o aluno e é ele que lida com o aluno auxiliando e aproximando o aluno dosconteúdos. Estruturar o conteúdo, motivar, estimular, orientar e provocar o aluno é um dos trabalhosdo tutor. Cabe ao professor tutor mediar todo o desenvolvimento do curso. É ele que responde atodas as dúvidas do aluno, no que diz respeito a disciplina fornecida. Cientes que a relação entre aluno e professor é um dos grandes motivadores daaprendizagem, o curso EaD deverá então eliminar essa deficiência com professores tutores quetenham essa conexão direta com o aluno, como dito acima, e oferecer conteúdos de uma forma bemdiversificada através de fóruns, vídeos, web conferência, e-mail, encontros presenciais e outros. Éainda importante ter em mente que a formação de uma eficiente comunidade virtual de aprendizadoentre os alunos será um grande fator de motivação.5. O envolvimento como fator motivador do aluno Cientes de que fatores como: necessidades, interesses e relação aluno professor são grandesfatores motivadores, deve-se adequar e substituir a relação professor aluno, presente nos cursospresenciais, por um sentimento de inclusão que é um dos grandes fatores motivadores comoconcluiu a pesquisa da Universidade de Santa Catarina feita com alunos de mestrado, e chegou aseguintes conclusões: − Os alunos tem faixa etária de 20 a 50 anos, prevalecendo o pessoal na faixa de 30 a 39 anos, perfil adulto; − Fatores motivacionais: Atualização, base teórica e aprimoramento e realização; − Verificou-se também que a maioria estava familiarizado com a internet e poucos conheciam a videoconferência; − Quando interrogados sobre a participação deles na comunidade virtual de aprendizagem, 91% se sentiram participantes da mesma (envolvimento), e os fatores apontados para ter este 4
  • 5. sentimento são: equipe de professores e tutores, as ferramentas de comunicação e a própria turma. Conclui-se então: que a comunicação é essencial ao ensino aprendizagem, e deve ser clara eutilizar os meios adequados e que contribui diretamente à motivação dos alunos.[Matuzawa] Donde também se conclui: que para a efetiva comunicação o aluno de ter um grandeenvolvimento com a comunidade virtual de aprendizagem, um grande fator de motivação.6. Conclusão Só realmente saberemos se o curso de EaD atingiu seu objetivos após alguns anos destaprática de ensino aprendizagem. É importante também no decorrer do curso verificar qual o nível dedesistência, e baseados nesta medida podemos então inferirmos sobre a nossa eficiente motivaçãodo aluno. É de suma importância que se tenha materiais didáticos de qualidade, revisados edisponíveis a todos alunos. Não devemos esquecer que nas bibliografias o termo tutor é citado comoprofessor tutor o que nos leva a crer que a universidade deveria colocar para esta função uma pessoacom um bom conhecimento da disciplina, já que a equipe da universidade é um dos fatoresmotivadores. O importante que o curso tente promover uma aproximação da turma do curso já queesta união também é um envolvimento, um dos elementos motivadores.7. Referências Bibliográficas[1] – Decreto 5.800 de 8 de junho de 2006. - Disponível em:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Decreto/D5800.htm[2] – Lei 9394, de 20 de Dezembro de 1996. Disponível em : http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm – Acesso em: 23 de março de 2011.[3] – Moran, José Manuel. O que é educação a distância. Disponível em:http://www.eca.usp.br/prof/moran/dist.htm . Acesso em: 23 de março de 2011.[Matuzawa], Flávia L. Matuzawa, FIUZA, Patrícia J. , FONSECA, Luiz G. S. “Comunidade Virtuale Ensino a Distância: Implicações no Envolvimento e na Motivação dos Alunos”. Artigo publicadono Congresso Brasileiro de Engenharia – Cobenge 2001, Porto Alegre-RS, 2001.[PINTO], Andréa Schoch Marques. Expertise em Tutoria (Melhores Práticas). Material da disciplinado Curso de Especialização de Tutoria em EAD, 2008.[BERGAMINI], Cecília W. e Coda, Roberto (Org)” Psicodinâmica da Vida Organizacional:Motivação e Liderança”, 2 ed. São Paulo:Atlas, 1997. 5