Falar de propaganda, sem falar de propaganda
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Falar de propaganda, sem falar de propaganda

  • 6,892 views
Uploaded on

Essa é a primeira parte da aula que dei sobre Propaganda, para alunos do curso de Pós Graduação em Comunicação Empresarial. ...

Essa é a primeira parte da aula que dei sobre Propaganda, para alunos do curso de Pós Graduação em Comunicação Empresarial.

Foi uma experiência bem interessante, que rendeu muita conversa na aula.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
6,892
On Slideshare
6,825
From Embeds
67
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
409
Comments
2
Likes
12

Embeds 67

http://www.chmkt.com.br 56
http://www.slideshare.net 10
http://presentacion.org 1

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. O QUE É PROPAGANDA?
  • 2. O QUE FALAR? Passei a semana pensando no que falar hoje pra vocês. Conversei um monte de gente, preocupado. Minha primeira vez dando aula (o dia inteiro), não posso decepcionar! Até porque não sou Steve Jobs...
  • 3. ...que abre seu Keynote e solta coisas maravilhosas, apresenta o iPod, iPhone, iMac, iTunes e todo mundo fica batendo palmas de 5 em 5 minutos.
  • 4. Preciso oferecer algo legal. Ser útil. Inspirar. Fazer a cabeça de vocês explodirem, de tanta informação. Como funciona hoje em dia mesmo, com a internet. Pensando nisso, fui bater um papo o pessoal da agência!
  • 5. Lá, eles tem pontos-de-vista diferentes do meu, são bem críticos, podiam me ajudar... falei com a criação, com o atendimento, mídia, e durante essas conversas, veio a ideia!
  • 6. FALAR DE PROPAGANDA SEM FALAR DE PROPAGANDA! Falar de propaganda, sem falar de propaganda! Estranho? Peraí que já vou explicar.
  • 7. FALAR DE PROPAGANDA SEM FALAR DE PROPAGANDA? Pra ser bem sincero, durante o pouco tempo que me tornei publicitário, aprendi que não gosto de propaganda. Não gosto de outdoors, não gosto de spots de rádio, jingles, não gosto de televisão. E nem assisto muito televisão. Tem muito lixo, pouca coisa realmente útil.
  • 8. - Mas que tipo de publicitário você é então? Pois é! Eu brigo com todo mundo lá na agência. Não quero fazer propaganda! Eu não gosto!
  • 9. Odeio quando estou assistindo o jogo do São Paulo e aparece aquela vinheta: - o Itaú feito para você, ou então, Havaianas - todo mundo usa. É uma droga! Não gosto de propaganda, e não vou falar dela.
  • 10. SER ÚTIL Como já disse, acredito que as marcas tem que fazer parte da vida das pessoas, e não ser interrupção. A propaganda está banalizada, a televisão virou uma bagunça!
  • 11. Lembrem-se: Comunicação lida com pessoas, não gado, nem números. E as marcas que estiverem atentas a isso, vão fazer a diferença daqui pra frente.
  • 12. ENTÃO, SEM PROPAGANDA. Quero então falar de assuntos mais amplos.
  • 13. E conversas devem ser individuais. - Quem aí não tem celular? O celular é prova disso.
  • 14. Celular é pessoal. É comunicação individual.
  • 15. SEM PROPAGANDA. Ao invés de falar de propaganda... vamos falar de cultura,
  • 16. ...vamos falar de música...
  • 17. ...de tecnologia...
  • 18. ...de futebol... - ahhh rogério ceni...
  • 19. ...das muitas redes sociais...
  • 20. ...de política... - Sabem que é esse aí?
  • 21. ...tv, seriados, filmes...
  • 22. ... - nossa gente, o que foi isso???
  • 23. COISAS INTERESSANTES Enfim, vamos falar de coisas realmente interessantes!
  • 24. Ou vocês gostavam de ver esse cara enchendo o seu saco?
  • 25. OK? Chega de papo furado, vamos lá então!?
  • 26. Quando eu li isso pela primeira vez. Quando comecei a ver na internet esse negro, descolado, esportista, tentando ser presidente dos EUA. Achei estranho. Pensei comigo: esse cara só pode estar doidão? Presidente negro, nos EUA? Só pode estar maluco.
  • 27. Mal sabia eu que ele queimaria minha língua - e de mais um monte de gente - daquele dia em diante. E mal sabia eu que ele escreveria um dos maiores cases de comunicação da história da humanidade.
  • 28. Mal sabia eu que me daria tapas na cara e me ensinaria como se deve falar das marcas daqui pra frente. É, não sei se ele realmente vai mudar as coisas. Mas pra mim, ele já mudou muito as coisas.
  • 29. Obama não fez jinglezinhos. Não precisou ficar gritando no ouvido dos outros para acreditarem nele. Ele foi sincero, deu esperança para as pessoas, foi influente, fez elas acreditarem naquilo que ele estava, e está propondo. Isso aí? Mudança - Vocês já viram algum video assim aqui no Brasil?
  • 30. CLIPE: YES WE CAN
  • 31. Vocês acham que isso vende? Certamente meu chefe falaria pra mim que não. Mas o ponto não é esse. O ponto não é vender. O ponto é envolver. Conquistar um seguidor. Um fã. Alguém que fale de você. Alguém que comente essa inovação. Mais importante que vender um jingle, ou comercial de 30” é se tornar assunto. Obama foi assunto no mundo todo por causa desse video.
  • 32. Não vendia, né chefe? Agora ele é o presidente do país mais rico do mundo.
  • 33. A campanha dele foi perfeita. Ele difundiu a cultura Obama. Criou um movimento cultural. Ele inspirou as pessoas a criaram pra ele. Esse site aqui é uma prova disso:
  • 34. - Design For Obama A equipe de Obama criou esse site, divulgou na imprensa e as pessoas criaram tudo isso pra ele. Essas imagens dele, esse visual moderno, esses design, muito disso não foi coisa dele. As pessoas criaram pra ele. Pode ter sido eu, ou você aí. Além disso, Obama apareceu em videogames, espalhou igual uma correnteza na internet, durante o tempo das eleições só se falava dele. Não tinha como não ganhar!
  • 35. Obama mudou as coisas.
  • 36. VAMOS FALAR DE MÚSICA? Falamos de política. E agora, que tal conversarmos sobre música? - Que tipo de música vocês gostam?
  • 37. Mallu Magalhes. Alguém aqui conhece? E quem aqui sabe que a Mallu namora o Marcelo Camelo?
  • 38. - essa informação eu tive que confirmar com a minha namorada.
  • 39. E quem aqui ficou sabendo do show do Radiohead? Legal... eu gosto dessa banda.
  • 40. E o que esses representantes da música tem a ver com Obama? Eles também mudaram as coisas.
  • 41. CRISE NA MÚSICA
  • 42. Essa foto aqui explica bem o que quero dizer. Acho que todo mundo já percebeu que a indústria da música está em crise. Ninguém vende CD. A pirataria no mundo é coisa absurda. - Quem aqui nunca comprou um CD, ou DVD, pirata? Eu já. heheh E é uma porcaria! Quem antes comprava CD, agora ouve em mp3 players...
  • 43. ...iPods, ou no próprio computador.
  • 44. A Mallu é um primeiro caso, de algo que já aconteceu nos EUA com uma banda chamada Artic Monkeys. Ela é um fenômeno da internet que se tornou celebridade nacional! Vamos ver um pouco de TV? Acho mais legal vocês verem ela mesma falando disso. Com 15 anos, no Altas Horas. Imperdível!
  • 45. MALLU NO ALTAS HORAS COM 15 ANOS
  • 46. Alguém já tinha visto algo assim na TV? Uma garota de 15 anos, vinda da internet, totalmente introvertida, com carisma claro, mas sem jeito nenhum pras câmeras, agora, imaginem ela no Faustão! Pois é, aconteceu. Topam assistir TV de novo? São 5 minutinhos só.
  • 47. MALLU NO FAUSTÃO
  • 48. O QUE MALLU MAGALHÃES MUDOU NA MÚSICA? Onde foi que a Mallu realmente mudou com relação ao mercado da música? Primeiro, ela não tem gravadora. E por que? Por que tudo isso? Mallu faz parte de uma nova cultura, a nova tribo digitalizada.
  • 49. ...esses mesmos que sairam da Era CD Player...
  • 50. ...e passaram para o iPod - esse é o nicho Mallu Magalhães, a tribo que ela lidera e influencia.
  • 51. Mallu nasceu daqui, do MySpace. ganhou muitos seguidores, apareceu na TV, se popularizou, agrada um nicho interessante do mercado mas... como ela vende sua música? Já que os CDs estão em baixa, as gravadoras exploram os artistas, etc.
  • 52. Mallu não tem gravadora, ela é patrocinada por marcas. Vivo e Motorola.
  • 53. Seu primeiro CD foi lançado primeiro no celular. Com a ideia de conectar ela com os usuários da operadora. E agora pra baixar a música dela pelo site, é 2 reais cada música. Interessante, né? Melhor que produzir CD. Isso é propaganda? É mais que isso. É mudança cultural.
  • 54. E O RADIOHEAD?
  • 55. Radiohead não é diferente. Vocês já ouviram? Não? É considerada a banda mais cultuada do mundo. (segundo a Istoé)
  • 56. VIDEO DO SHOW DO RADIOHEAD NO BRASIL
  • 57. Na verdade, o Radiohead foi até além de Mallu Magalhães! No seu novo CD, eles não venderam suas músicas, disponibilizaram para download no seu próprio site. Loucos? Nem tanto. Digamos que eles estão até mais ‘antenados’ que os outros.
  • 58. Eles disponibilizam na internet e os fãs pagam o que querem em suas músicas. Diferente né?
  • 59. Mas eles também vendem CD, isso porque as músicas que eles vendem na internet não tem a mesma qualidade dos CDs, e pra quem é muito fã, faz questão de comprar o bom e velho CD. Mas pela internet, é claro. Nada de ir na loja de música. Isso está acabando. Distribuição de CDs não funciona mais, a pirataria é grande. E pela internet economiza-se muito!
  • 60. Ah, eles vendem LP também. Para os saudosistas. ;)
  • 61. FUTURO DA MÚSICA Como vocês acham que vai ser daqui pra frente? Umas coisas são certas: - As lojas realmente sumirão do mapa - viram a Bom Livro Mega Store como ficou? - Cada música terá mais valor que um álbum inteiro: no tempo dos iPods, o cara vai ter que caprichar mais em cada música, não adianta vir com só 2 hits no álbum. Daí que o CD não vai vender mesmo!
  • 62. FUTURO DA MÚSICA - Ao invés de lançar CD, os artistas vão lançar suas músicas em sites. - Os artistas viverão de shows. Essa será a maior mudança. Não tem como viver mais das grandes gravadoras, isso está acabando.
  • 63. TV! Agora vamos falar de um assunto realmente popular!
  • 64. Conhecem essa turma aí? Um apresentador, com uma idéia em um formato bacana de programa, junta uma galera que vivia nas noites paulistas de São Paulo fazendo piadas estilo Stand Up. Uma galera que na TV não existia, mas na internet já era sucesso, por causa dos seus videos no Youtube. Rafinha Bastos, Danilo Gentili, Marco Luque, enfim.. um ótimo programa para as noites de segunda!
  • 65. Agora o fato que quero chegar é em torno do apresentador, Marcelo Tas. Ele é o cara mais popular do Twitter. Alguém aí conhece Twitter?
  • 66. Essa é a Rede Social do momento. Talvez aqui em Maringá ainda não esteja bombando, mas muita gente do país inteiro já aderiram a ele. Vamos ler o que é o Twitter?
  • 67. Twitter é fácil, gostoso de usar, é legal interagir com as pessoas, ter seguidores, saber que está te lendo. É uma evolução do blog, de um jeito mais simples, prático, funcional, social, interativo, enfim... vamos ver? (mostrar imagens do meu twitter)
  • 68. Aí em cima vocês podem ver quantas pessoas eu sigo, ou seja, quando uma dessas 333 pessoas publicarem algo, eu leio. E esses 605 pessoas me seguem, e recebem tudo que atualizo.
  • 69. É bem simples, legal e eu recomendo...
  • 70. O que tem de interessante no twitter do Marcelo Tas? Ele é o mais seguido do Brasil. O mais interessante, relevante, o mais influente de todos os twitteiros brasileiros. Muita gente lê o que ele escreve. Mais de 40 mil pessoas. E olhem lá do lado. Patrocinadores.
  • 71. Ao invés gastar dinheiro com outdoor, ao invés de gastar dinheiro com produção de um filme pra colocá-lo no horário mais caro da televisão e torcer para que as pessoas leiam ele. A Telefônica inovou. Buscou seu nicho, observou a tendência, viu que tinha muito potencial de consumidores lá e resolveu patrocinar o mais importante dos twitteiros.
  • 72. Gente, isso deu um converseiro na internet. No meio dos blogueiros, publicitários, twiteiros e afim. Acharam um fim comercial para o twitter! Mas tinha um problema, se começa a ‘fazer propaganda’ no Twitter, o cara simplesmente para de te seguir. Já fiz muito isso! E se para de seguir, não recebe mais aquilo que vc escreve.
  • 73. Aí que tá, Marcelo Tas faz 2 posts por dia sobre um assunto que pedem, sem interromper o lazer das pessoas. Ele passa a mensagem. Quem quiser ler, lê. Estão chamando isso de ‘venda de opinião’. Está acontecendo nos blogs também. Blogueiros influentes estão recebendo kit de produtos pra falar bem deles. E isso muda tudo. E quando muda, vale a pena pararmos pra pensar a respeito.
  • 74. CINEMA Cinema, quem aqui gosta de cinema? - Qual foi o último filme que vocês assistiram?
  • 75. E esse cara, vocês conhecem?
  • 76. Ou preferem ele assim? Vocês assistiram esse filme? Ou pelo menos já ouviram falar dele? Qual é? O que acharam? Ele viralizou né. Por vários motivos - a morte desse ator, ações na internet - o filme trazia uma interpretação diferente do coringa, os muitos trailers que soltaram na internet, os downloads do filme gravado de dentro do cinema para baixar em blogs, fotos que espalharam, pegadinhas do coringa, enfim...
  • 77. O mais importante do que fazer alguma coisa, é saber falar dela. Estamos tentando aprender a fazer as coisas desse jeito. Estou falando de Batman - The Dark Knight porque esse filme deu um show de pré-divulgação, e pelo menos no meu caso, o filme também foi um show. Vamos ver um dos trailer dele?
  • 78. TRAILER DO FILME
  • 79. Batmam viralizou muito! E o que significa isso? Caiu na boca do povo. Foi assunto de muitas conversas. Em todos os públicos. E quando o Ledger morreu então? Não que isso foi feito de propósito, e nem que usaram isso pra impulsionar o filme - porque isso já acontecia naturalmente. Tiveram que mudar todos os cartazes, a divulgação passou a ser feita em cima da figura do Coringa.
  • 80. É, eles aproveitaram isso um pouco sim. Mas também tem sua explicação, a atuação de Ledger foi tão boa, que lhe rendeu um Oscar. O primeiro Oscar na história para uma pessoa que faleceu. Esse último filme do Batman foi surpreendente na sua divulgação.
  • 81. ...assim como Obama, esse filme mudou as coisas. Usaram as mais diversas mídias possíveis, com um show na internet de mensagens espalhadas, blogs feitos para apoiar a campanha de Harvey Dent, montar sua foto com o sorriso do Coringa (eu fiz isso, e usei ela no meu twitter, orkut, msn um bom tempo, todo mundo perguntava). O filme usou as pessoas para se promover, usou o boca-a-boca. Como eu disse antes: foi assunto. - Vamos assistir um video case da campanha? Acho que ela vai explicar melhor.
  • 82. VIDEO CASE DA CAMPANHA DE DIVULGAÇÃO DO BATMAN
  • 83. AGORA VAMOS FALAR DE FUTEBOL? Que tal falarmos de futebol? Eu adoro esse assunto! Vamos lá. hahaha
  • 84. Bom, acho melhor não. Vamos deixar futebol pra uma outra hora? Melhor terminar falando de Steve Jobs mesmo. Hhahaha
  • 85. Não sei vocês, mas quando ouço falar em tecnologia, design e inovação a primeira coisa que me vem a mente é essa maçazinha aqui. A Apple se tornou referência nesse segmento. É uma empresa fantástica, que fabrica e vende produtos impressionantes. As ideias que saem de lá são as mais desejadas no mundo. E esse grande salto começou com uma ideia: o iPod.
  • 86. Vocês já pegaram um desses na mão? Quem já pegou sabe, a experiência que se tem com esse produto na primeira vez é algo indescritível. Ele é diferente de tudo. É mais legal, fácil de mexer, gostoso de navegar. Steve Jobs reinventou a roda. Reinventou o Mp3. E ganhou rios de dinheiro com isso. O iPod é o produto mais vendido no mundo. O mais cultuado. O mais interessante. O mais falado, usado, tirado foto. Todos adoram o iPod!
  • 87. Esse é o atual xodó de Jobs. O iPhone. Assim como ele reinventou a roda, criando o iPod aqui ele reinventou o telefone, tirou os botões, criou o touch screen, fez uma das suas fantásticas apresentações. Jobs arrebentou. Fique esperando 6 meses até ele começar a vender. Foi sacanagem, mas vale a pena.
  • 88. Além dele, tem o iTunes Store. Outra ideia genial de Jobs. Esse programa é perfeito. Tem tudo. Oferece uma navegabilidade ótima para organizar suas músicas, videos, podcasts. Faz a sincronização com seu iPod, iPhone. Compra músicas, filmes, seriados, aplicativos - e a preços acessíveis. Está tudo lá. Falando em aplicativos, olha o que aconteceu essa semana no site da Apple.
  • 89. Nem preciso comentar né. Só pensem no lucro do cara, sendo que os aplicativos mais baratos custam 2 dólares.
  • 90. E essa é a última novidade da Apple. O novo iPod Shuffle. Sem botões, sem telas, sem nada. Sabe como você controla? Pelo fone e ouvindo o nome da música na hora da escola. É diferente e empolgante.
  • 91. A Apple é uma empresa fantástica. Steve Jobs é um cara de vanguarda. Um visionário. Ele está a frente de todo mundo. Tudo isso que mostrei antes veio depois dele. Ele está sempre antecipando os anseios das pessoas, as necessidades, ele alimenta desejos e faz dos seus consumidores. devetos. Fez da Apple uma verdadeira religião. E quem usa faz questão de cultuar seus produtos, porque eles realmente correspondem à expectativa.
  • 92. Nem vou falar produto inovador por produto inovador da Apple, senão vou ficar o resto do dia falando só deles. Eles fazem muita pesquisa, tem uma técnica apurada e um controle de qualidade fora do comum para os seus produtos. A premissa lá é não errar. E a Apple mudou as coisas.
  • 93. STEVE JOBS EM STANDFORD Vamos assistir agora a um discurso dele, como paraninfo dos formando de Standford. No ano de 2007. É muito interessante.
  • 94. Então é isso gente, final do primeiro tempo. Pra fechar nosso assunto, quero dizer o seguinte. Jobs, Obama, Mallu, Radiohead, o filme do Batman, não precisam pedir pra eu falar deles. Não precisam colocar um outdoor na frente da minha casa pra eu vê-los, nem colocar um comercial de 30” na hora do jogo do São Paulo pra eu segui-los. Eles tem algo que as marcas precisam. São interessantes, são assunto na vida das pessoas e daqueles que influenciam. Algumas marcas aprenderam já como fazer isso. E é disso que vamos falar mais pra frente.