6º ano C - O lixo que gera renda
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

6º ano C - O lixo que gera renda

on

  • 1,125 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,125
Views on SlideShare
880
Embed Views
245

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

4 Embeds 245

http://artedasustentabilidade.blogspot.com.br 207
http://www.artedasustentabilidade.blogspot.com.br 27
http://artedasustentabilidade.blogspot.com 9
http://artedasustentabilidade.blogspot.pt 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    6º ano C - O lixo que gera renda   6º ano C - O lixo que gera renda Presentation Transcript

    • O LIXO QUEGERA RENDA
    • COLETASELETIVA DE PINHÃO
    • o Coleta seletiva = separação e recolhimentodos resíduos .o Os materiais recicláveis são separados em:papéis, plásticos, metais e vidros.o Indústrias reutilizam materiais para afabricação de matéria-prima ou até mesmode outros produtos. Jornal Fatos, 2012
    • o Além de gerar renda para milhões depessoas e economia para as empresas; Significa uma grande vantagem para o meioambiente, uma vez que diminui a poluição dos solos e rios. Jornal Fatos, 2012
    • Um exemplo Pinhão Cidadão e o Papa-lixo. Jornal Fatos, 2012
    • Processo de Campanha: • Panfletos e cerca de seis mil sacos; • Estipularam roteiros por bairros; Jornal Fatos, 2012
    • Processo de Campanha: • Os catadores enchem cinco caminhões por dia; • À associação já comercializou cerca de oito toneladas de material reciclável por semana. Jornal Fatos, 2012
    • Problema – Solução Saúde Pública Jornal Fatos, 2012
    • LIXO DE T.I.GERA TRABALHO
    • TI (Tecnologia da Informação) uma forma de gerar trabalhoo Há 10 anos, recicla computadores e periféricosem Porto Alegre (RS): o desmonta e vende peças para empresas. o não pode ser reciclada é o monitor CRT: para evitar contaminação. Software Livre, 2012
    • Lumar Comércio de Metais e Eletrônicos - SP. Software Livre, 2012
    • Triagem do material de informática; Siderúrgica Gerdau;Separação dos componentes químicos. Software Livre, 2012
    • Monitor CRT (tubo); Os catadores e as crianças geralmente quebram o monitor, tiram o cobre e depois jogam o que não querem no rio. Software Livre, 2012
    • Usina de descontaminação:  O monitor CRT, após passar por um tratamento para a retirada do material químico (a descontaminação), torna-se reciclável: o vidro do monitor pode serreutilizado por exemplo na fabricação de tijolo de vidro oupisovitrificado. Software Livre, 2012
    • "O ciclo somente pode ser fechado nomomento em que tens um destino final aos monitores”. “Contém fósforo, chumbo e demais materiais pesados.” Software Livre, 2012
    • ONU (Organização das Nações Unidas) estima que até 50 milhões de toneladas de eletrônicos são jogados anualmente no lixo em todo o mundo. Parceria junto ao BNDES [BancoNacional de Desenvolvimento Econômico e Social]; Software Livre, 2012
    •  Outro empecilho: para a reciclagem é que não háum trabalho de destinação ao lixo eletrônico, quecada vez mais aumenta no país.  Em média por mês, a empresa recebe 60 CPUs e 120 monitores. Software Livre, 2012
    • Lixo que gera renda: A Lumar emprega 10 pessoas. Também movimentatransportadoras, já que recebe materiais de empresas do interior do RS. Com as sobras do lixo, Marco ainda consegue montar computadores para ongs (Organizaçõesnão-governamentais)e para os seus funcionários. Software Livre, 2012
    • REAPROVEITAMENTO DOLIXO AJUDA NA ECONOMIADOMÉSTICA E GERA RENDA PARA AS FAMÍLIAS
    • Mais de 18% da composição do lixo gerado noestado do Rio de Janeiro é composto porplástico e outros 12%, por papel.Organização Não Governamental EcoMarapendi: Projeto Recicloteca Globo.com, 2012
    • “Com 19 anos de existência, o projeto já incentivou centenas de famílias atransformar o que ia para o lixo em móveis, utensílios decorativos, assessórios de vestuário, entre outros.” Globo.com, 2012
    • “Os dois estavam desempregados e começaram aproduzir artesanato de garrafa pet. Essa se tornou a única fonte de renda deles.” Globo.com, 2012
    • POLUIÇÃO: A ‘PESCA’ DE LATAS DE ALUMÍNIO GERARENDA PARA MORADORES DE MANAUS
    • Com a vida das espécies de peixe por um fio, pescadores aproveitam redes, canoas e remos para buscar nas águas poluídas toneladas de latas de alumínio, que são vendidas no mercado local e aumentam a renda das famílias de moradores das margensMoradores dos arredores do igarapé sobrevivem retirando Uol, 2012latinhas que são lançadas na água. (Foto: Márcio Silva)
    • No lugar do peixe, pescadora captura latas, ferro e peças plásticas Uol, 2012
    • “Daí a gente começou a pescar lata”, contoua inusitada pescadora. Uol, 2012
    • “O bom é que a gente sabe onde as latas estão. Agente vai com a canoa pelo igarapé até uma áreaonde tem várias delas. A gente joga a rede prajuntar elas todas e aí é só colocar dentro da canoae ir embora (para vender)” Uol, 2012
    • A parte ruim dessa pescaria: “Esse igarapé está imundo. A gente morre demedo de pegar uma doença e por isso até usamos luvas de proteção.”“Outro medo que a gente tem é na hora de amassar aslatinhas pra vender. A gente amassa com os pés. Sefizermos errado, a gente corta o pé, e aí pode infeccionar.” Uol, 2012
    • Desde que o diabetes lhe tirou as forças paratrabalhar como pedreiro, ele tem recorrido à“pescaria” para ajudar a pagar as contas da família. “O quilo do alumínio está R$ 1,5. Em três dias detrabalho eu consigo juntar uns 50 quilos. Já dápara fazer um ranchinho”, diz José Carlos. Uol, 2012
    • Lixoo Todos os anos, a Prefeitura de Manausgasta em torno de R$ 6 milhões com aretirada de lixo dos igarapés da cidade.Apenas com a limpeza do Mindu são gastosR$ 2 milhões anualmente. Uol, 2012
    • Lixoo De acordo Secretaria Municipal deLimpeza e Serviços Públicos (Semulsp): • Todos os dias, funcionários da prefeitura retiram 15 mil quilos de lixo dos igarapés de Manaus. • Balsas, guindastes e mergulhadores são utilizados para fazer este serviço. Uol, 2012
    • Lixo Ao longo de um ano, a prefeitura estima recolher 5,4 mil toneladas de lixo, o suficiente para encher 540 caçambas de grande porte. Uol, 2012
    • Lixo De acordo com a Semulsp, 60% de todo o lixo recolhido é reciclável. Por meio de suaassessoria de imprensa, a Semulsp informou que a população de Manaus ainda é resistente à separação do lixo. Uol, 2012
    • ConscientizaçãoA Semulsp informou - conscientizadoresambientais.Objetivo: projeto é fazer com que essesconscientizadores visitem as casas dosmoradores das margens dos igarapésalertando para a responsabilidade sobre olixo gerado em cada residência. Uol, 2012
    • Reciclagem Brasil se tornou um dos maioresrecicladores de alumínio do mundo, ao ladode China e Estados Unidos. Uol, 2012
    • Qualidade A lata de alumínio é 100% infinitamentereciclável, o que diminui os danos ao meioambiente. Uol, 2012
    • RECICLAGEM DE LIXO GERA RENDA E AJUDA A PRESERVAR O MEIO AMBIENTE
    •  Materiais descartados poderiam serreaproveitados em matéria-prima; Para a indústria da reciclagem - gerandorenda para milhares de pessoas; O descarte inadequado dos rejeitos é aindauma ameaça ao meio ambiente; À saúde e à qualidade de vida da população. Jornal Senado, 2012.
    • Cada brasileiro produz, em média, 800g de lixodia; 30% a cada cinco anos;Em 80% das cidades: lixões, aterros sanitários,depósitos clandestinos, incineradores oucatadores e sucateiros;35% poderiam ser reutilizados ou reciclados;35% transformados em adubo orgânico; Jornal Senado, 2012.
    • Dados do IBGE, 40 milhões de brasileiros aindanão são assistidos pela coleta pública.Além disso, segundo a mesma pesquisa, realizadaem 2000, apenas 6,4% dos municípios possuíamserviço de reciclagem.Para ajudar a resolver o problema do lixo, énecessário que o volume produzido sejareduzido, que haja a reutilização de objetos emateriais e um maior aproveitamento parareciclagem. Jornal Senado, 2012.
    • Obrigado!
    • ReferênciasDisponível em:<http://www.jornalfatos.com.br/modules/news/article.php?storyid=20> Acessoem: 12 de Setembro de 2012.Disponível em: <http://softwarelivre.org/portal/comunidade/lixo-de-ti-gera-trabalho-e-renda-em-porto-alegre> Acesso em: 12 de Setembro de 2012.Disponível em: <http://extra.globo.com/noticias/economia/100-dias-de-economia/reaproveitamento-do-lixo-ajuda-na-economia-domestica-gera-renda-para-as-familias-veja-passo-passo-4876027.html> Acesso em: 12 de Setembrode 2012.Disponível em: <http://acritica.uol.com.br/amazonia/Amazonia-Amazonas-Manaus-incrivel-pescaria-latinhas-igarape-Mindu_0_733126702.html> Acessoem: 12 de Setembro de 2012.Disponível em:<http://www.senado.gov.br/noticias/jornal/cidadania/Reciclagem/not01.htm>Acesso em: 12 de Setembro de 2012.