Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
O lixo que gera renda   6º ano c
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

O lixo que gera renda 6º ano c

  • 365 views
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
365
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
2
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. O LIXO QUEGERA RENDA
  • 2. COLETASELETIVA DE PINHÃO
  • 3. o Coleta seletiva = separação e recolhimentodos resíduos .o Os materiais recicláveis são separados em:papéis, plásticos, metais e vidros.o Indústrias reutilizam materiais para afabricação de matéria-prima ou até mesmode outros produtos. Jornal Fatos, 2012
  • 4. o Além de gerar renda para milhões depessoas e economia para as empresas; Significa uma grande vantagem para o meioambiente, uma vez que diminui a poluição dos solos e rios. Jornal Fatos, 2012
  • 5. Um exemplo Pinhão Cidadão e o Papa-lixo. Jornal Fatos, 2012
  • 6. Processo de Campanha: • Panfletos e cerca de seis mil sacos; • Estipularam roteiros por bairros; Jornal Fatos, 2012
  • 7. Processo de Campanha: • Os catadores enchem cinco caminhões por dia; • À associação já comercializou cerca de oito toneladas de material reciclável por semana. Jornal Fatos, 2012
  • 8. Problema – Solução Saúde Pública Jornal Fatos, 2012
  • 9. LIXO DE T.I.GERA TRABALHO
  • 10. TI (Tecnologia da Informação) uma forma de gerar trabalhoo Há 10 anos, recicla computadores e periféricosem Porto Alegre (RS): o desmonta e vende peças para empresas. o não pode ser reciclada é o monitor CRT: para evitar contaminação. Software Livre, 2012
  • 11. Lumar Comércio de Metais e Eletrônicos - SP. Software Livre, 2012
  • 12. Triagem do material de informática; Siderúrgica Gerdau;Separação dos componentes químicos. Software Livre, 2012
  • 13. Monitor CRT (tubo); Os catadores e as crianças geralmente quebram o monitor, tiram o cobre e depois jogam o que não querem no rio. Software Livre, 2012
  • 14. Usina de descontaminação:  O monitor CRT, após passar por um tratamento para a retirada do material químico (a descontaminação), torna-se reciclável: o vidro do monitor pode serreutilizado por exemplo na fabricação de tijolo de vidro oupisovitrificado. Software Livre, 2012
  • 15. "O ciclo somente pode ser fechado nomomento em que tens um destino final aos monitores”. “Contém fósforo, chumbo e demais materiais pesados.” Software Livre, 2012
  • 16. ONU (Organização das Nações Unidas) estima que até 50 milhões de toneladas de eletrônicos são jogados anualmente no lixo em todo o mundo. Parceria junto ao BNDES [BancoNacional de Desenvolvimento Econômico e Social]; Software Livre, 2012
  • 17.  Outro empecilho: para a reciclagem é que não háum trabalho de destinação ao lixo eletrônico, quecada vez mais aumenta no país.  Em média por mês, a empresa recebe 60 CPUs e 120 monitores. Software Livre, 2012
  • 18. Lixo que gera renda: A Lumar emprega 10 pessoas. Também movimentatransportadoras, já que recebe materiais de empresas do interior do RS. Com as sobras do lixo, Marco ainda consegue montar computadores para ongs (Organizaçõesnão-governamentais)e para os seus funcionários. Software Livre, 2012
  • 19. REAPROVEITAMENTO DOLIXO AJUDA NA ECONOMIADOMÉSTICA E GERA RENDA PARA AS FAMÍLIAS
  • 20. Mais de 18% da composição do lixo gerado noestado do Rio de Janeiro é composto porplástico e outros 12%, por papel.Organização Não Governamental EcoMarapendi: Projeto Recicloteca Globo.com, 2012
  • 21. “Com 19 anos de existência, o projeto já incentivou centenas de famílias atransformar o que ia para o lixo em móveis, utensílios decorativos, assessórios de vestuário, entre outros.” Globo.com, 2012
  • 22. “Os dois estavam desempregados e começaram aproduzir artesanato de garrafa pet. Essa se tornou a única fonte de renda deles.” Globo.com, 2012
  • 23. POLUIÇÃO: A ‘PESCA’ DE LATAS DE ALUMÍNIO GERARENDA PARA MORADORES DE MANAUS
  • 24. Com a vida das espécies de peixe por um fio, pescadores aproveitam redes, canoas e remos para buscar nas águas poluídas toneladas de latas de alumínio, que são vendidas no mercado local e aumentam a renda das famílias de moradores das margensMoradores dos arredores do igarapé sobrevivem retirando Uol, 2012latinhas que são lançadas na água. (Foto: Márcio Silva)
  • 25. No lugar do peixe, pescadora captura latas, ferro e peças plásticas Uol, 2012
  • 26. “Daí a gente começou a pescar lata”, contoua inusitada pescadora. Uol, 2012
  • 27. “O bom é que a gente sabe onde as latas estão. Agente vai com a canoa pelo igarapé até uma áreaonde tem várias delas. A gente joga a rede prajuntar elas todas e aí é só colocar dentro da canoae ir embora (para vender)” Uol, 2012
  • 28. A parte ruim dessa pescaria: “Esse igarapé está imundo. A gente morre demedo de pegar uma doença e por isso até usamos luvas de proteção.”“Outro medo que a gente tem é na hora de amassar aslatinhas pra vender. A gente amassa com os pés. Sefizermos errado, a gente corta o pé, e aí pode infeccionar.” Uol, 2012
  • 29. Desde que o diabetes lhe tirou as forças paratrabalhar como pedreiro, ele tem recorrido à“pescaria” para ajudar a pagar as contas da família. “O quilo do alumínio está R$ 1,5. Em três dias detrabalho eu consigo juntar uns 50 quilos. Já dápara fazer um ranchinho”, diz José Carlos. Uol, 2012
  • 30. Lixoo Todos os anos, a Prefeitura de Manausgasta em torno de R$ 6 milhões com aretirada de lixo dos igarapés da cidade.Apenas com a limpeza do Mindu são gastosR$ 2 milhões anualmente. Uol, 2012
  • 31. Lixoo De acordo Secretaria Municipal deLimpeza e Serviços Públicos (Semulsp): • Todos os dias, funcionários da prefeitura retiram 15 mil quilos de lixo dos igarapés de Manaus. • Balsas, guindastes e mergulhadores são utilizados para fazer este serviço. Uol, 2012
  • 32. Lixo Ao longo de um ano, a prefeitura estima recolher 5,4 mil toneladas de lixo, o suficiente para encher 540 caçambas de grande porte. Uol, 2012
  • 33. Lixo De acordo com a Semulsp, 60% de todo o lixo recolhido é reciclável. Por meio de suaassessoria de imprensa, a Semulsp informou que a população de Manaus ainda é resistente à separação do lixo. Uol, 2012
  • 34. ConscientizaçãoA Semulsp informou - conscientizadoresambientais.Objetivo: projeto é fazer com que essesconscientizadores visitem as casas dosmoradores das margens dos igarapésalertando para a responsabilidade sobre olixo gerado em cada residência. Uol, 2012
  • 35. Reciclagem Brasil se tornou um dos maioresrecicladores de alumínio do mundo, ao ladode China e Estados Unidos. Uol, 2012
  • 36. Qualidade A lata de alumínio é 100% infinitamentereciclável, o que diminui os danos ao meioambiente. Uol, 2012
  • 37. RECICLAGEM DE LIXO GERA RENDA E AJUDA A PRESERVAR O MEIO AMBIENTE
  • 38.  Materiais descartados poderiam serreaproveitados em matéria-prima; Para a indústria da reciclagem - gerandorenda para milhares de pessoas; O descarte inadequado dos rejeitos é aindauma ameaça ao meio ambiente; À saúde e à qualidade de vida da população. Jornal Senado, 2012.
  • 39. Cada brasileiro produz, em média, 800g de lixodia; 30% a cada cinco anos;Em 80% das cidades: lixões, aterros sanitários,depósitos clandestinos, incineradores oucatadores e sucateiros;35% poderiam ser reutilizados ou reciclados;35% transformados em adubo orgânico; Jornal Senado, 2012.
  • 40. Dados do IBGE, 40 milhões de brasileiros aindanão são assistidos pela coleta pública.Além disso, segundo a mesma pesquisa, realizadaem 2000, apenas 6,4% dos municípios possuíamserviço de reciclagem.Para ajudar a resolver o problema do lixo, énecessário que o volume produzido sejareduzido, que haja a reutilização de objetos emateriais e um maior aproveitamento parareciclagem. Jornal Senado, 2012.
  • 41. Obrigado!
  • 42. ReferênciasDisponível em:<http://www.jornalfatos.com.br/modules/news/article.php?storyid=20> Acessoem: 12 de Setembro de 2012.Disponível em: <http://softwarelivre.org/portal/comunidade/lixo-de-ti-gera-trabalho-e-renda-em-porto-alegre> Acesso em: 12 de Setembro de 2012.Disponível em: <http://extra.globo.com/noticias/economia/100-dias-de-economia/reaproveitamento-do-lixo-ajuda-na-economia-domestica-gera-renda-para-as-familias-veja-passo-passo-4876027.html> Acesso em: 12 de Setembrode 2012.Disponível em: <http://acritica.uol.com.br/amazonia/Amazonia-Amazonas-Manaus-incrivel-pescaria-latinhas-igarape-Mindu_0_733126702.html> Acessoem: 12 de Setembro de 2012.Disponível em:<http://www.senado.gov.br/noticias/jornal/cidadania/Reciclagem/not01.htm>Acesso em: 12 de Setembro de 2012.