Atualidades 2011

4,634 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,634
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,223
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Atualidades 2011

  1. 1. ATUALIDADESPrimeiro semestre de 2011.<br />Professor Aroldo Tavares.<br />
  2. 2. Lembre:<br /> O tema atualidades está diretamente ligado aos últimos acontecimentos, polêmicas nacionais e internacionais.<br /> Portanto, é fundamental uma prática diária de leitura e acompanhamento de notícias.<br />
  3. 3. Temas recorrentes<br />Fontes de energia;<br />Problemas ambientais;<br />Problemas sociais (violência, desigualdade...);<br />Conflitos brasileiros e mundiais;<br />Desastres naturais;<br />Etc...<br />
  4. 4. Fontes de energia<br /><ul><li>Renováveis:hidrelétrica, eólica, solar, biomassa;
  5. 5. Não renováveis: petróleo, carvão, gás, nuclear;
  6. 6. Lembre: “Auto-suficiência” 2006;
  7. 7. Questão Bolívia;
  8. 8. Pré-sal.</li></li></ul><li>
  9. 9. Aquecimento global e efeito estufa:<br />
  10. 10. Buraco na camada de ozônio:<br />O gás CFC, reage na estratosfera com a camada de Ozônio (que nos protege de grande parte os raios U.V solares) destruindo o Ozônio.<br />
  11. 11. El Niño e La Niña:<br /> El Niñoé um fenômeno atmosférico-oceânico caracterizado por um aquecimento anormal das águas superficiais no oceano Pacífico Tropical, e que pode afetar o clima regional e global, mudando os padrões de vento a nível mundial, e afetando assim, os regimes de chuva em regiões tropicais e de latitudes médias.La Niña representa um fenômeno oceânico-atmosférico com características opostas ao El Niño, e que caracteriza-se por um esfriamento anormal nas águas superficiais do Oceano Pacífico Tropical. Alguns dos impactos de La Niña tendem a ser opostos aos de El Niño, mas nem sempre uma região afetada pelo El Niño apresenta impactos significativos no tempo e clima devido à La Niña.<br />
  12. 12. Alguns temas: 2011.<br />
  13. 13. CRISE ECONÔMICA MUNDIAL<br /><ul><li>Crise da Nasdac 2001.
  14. 14. Crise no EUA em 2008.
  15. 15. Porém, o estopim da segunda crise - que já vem sendo chamada de "déjà vu de 2008", por acontecer em exatamente três anos depois do primeiro estouro da crise do subprime - se deu na desconfiança de que talvez os EUA não conseguissem honrar com seus compromissos. A crise do limite de dívida dos EUA que levou a um longo processo de debate no Congresso Americano sobre se o país deveria aumentar o limite de dívida, e, caso afirmativo, em que montante, fez crescer a especulação internacional sobre a real capacidade de solvência americana. A crise forjou um fim quando um acordo complexo entre ambas as partes conseguiu elevar o limite de gastos em 31 de julho de 2011.</li></li></ul><li>Crise no Governo:<br />O primeiro ministro a deixar o governo, em 7 de junho, foi Antonio Palocci (PT). Gleisi Hoffmann (PT-PR) substituiu Palocci.<br />No dia 10 de junho, Dilma fez uma troca entre os ministros Ideli Salvatti e Luiz Sérgio. <br />Em 6 de julho, foi a vez de Alfredo Nascimento (PR) se demitir dos Transportes no dia 6 de julho, após ter seu nome envolvido em um escândalo de superfaturamento de obras e recebimento de propina envolvendo servidores e órgãos. Foi substituído por Paulo Sérgio Passos (PR). <br />A queda de Nelson Jobim (PMDB) do Ministério da Defesa, ocorreu no dia 4 de agosto, após desavenças com Dilma e declarações de que havia votado em José Serra (PSDB) na eleições presidenciais. Foi substituído por Celso Amorim. <br />No dia 17 de agosto, o então ministro da Agricultura, Wagner Rossi (PMDB), pediu demissão, atingido por uma onda de acusações que apontou pagamento de propinas, influência de lobistas e aparelhamento político em sua gestão no ministério. Foi substituído por Mendes Ribeiro (PMDB). <br />O ministro Pedro Novais (Turismo) entregou sua carta de demissão à presidente Dilma Rousseff <br />
  16. 16. A Noruega, tradicional recanto de tolerância e liberdades, discute seu futuro depois do ataque terrorista de um fanático direitista<br />
  17. 17. Revolução nos países Árabes:<br />
  18. 18. A morte de Osama bin Laden não livra o mundo do terrorismo. Como mártir, ele inspira mais de uma dezena de grupos radicais espalhados por todos os continentes que ameaçam a segurança do planeta<br />
  19. 19. Violência nas escolas:<br />A chacina que matou 12 estudantes e feriu outros 12 em uma escola carioca atinge toda a sociedade e pode deixar a marca do medo em uma geração<br />
  20. 20. Violência nas escolas:<br /><ul><li>Um estudante de 10 anos atirou contra uma professora e depois se matou na tarde desta quinta-feira(22/09) em uma escola municipal de São Caetano do Sul, no ABC Paulista. A professora foi socorrida pelo helicóptero Águia, da Polícia Militar.</li></li></ul><li>Tragédias de todo ano:<br />
  21. 21.
  22. 22. O novo Código Florestal <br /><ul><li>A polêmica em torno do projeto de lei de um lado, os ruralistas defendem as mudanças propostas pelo governo. Do outro, os ambientalistas apontam riscos do crescimento de florestas desmatadas e de prejuízos ao meio ambiente. A votação foi suspensa no último dia 12 de maio, sem prazo para voltar à pauta.O Código Florestal, em vigor desde 1965, reúne um conjunto de leis que visam à preservação das florestas. Porém, ele não foi seguido pela maioria dos produtores rurais. Estima-se que 90% estejam em condições irregulares. O principal objetivo das mudanças é regularizar a situação desses produtores.Os três principais pontos em discussão são:APPs (Áreas de Preservação Permanente): são áreas de vegetação nativa nas margens de rios e encostas de morros que devem ser preservadas. O projeto prevê uma diminuição da faixa mínima a ser mantida pelos produtores rurais e a permissão de determinadas culturas em morros.RL (Reserva Legal): são trechos de vegetação nativa localizados dentro de propriedades rurais. As mudanças na lei beneficiam pequenos proprietários, que ficarão isentos de reflorestar áreas desmatadas.Anistia: o novo Código propõe suspender a multa e sanções aplicadas a proprietários rurais até 22 de julho de 2008 - data em que entrou em vigor o decreto regulamentando a Lei de Crimes Ambientais. </li></li></ul><li>Supremo reconhece direitos de casais do mesmo sexo<br /><ul><li>Numa decisão histórica no país, os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) reconheceram no dia 5 de maio a união estável de casais homossexuais, que passam agora a ter os mesmos direitos civis que heterossexuais.</li></li></ul><li>Violência no Rio:<br />
  23. 23.
  24. 24. Terremoto no Japão:<br />
  25. 25. Questão da Copa 2014.<br />
  26. 26. Fome na África:<br /><ul><li>A pior seca dos últimos 60 anos e guerras civis causaram uma crise de fome que atinge 12,5 milhões de pessoas que vivem na região conhecida como “Chifre da África”, que inclui Djibuti, Etiópia, Quênia, Somália e Uganda.A situação é mais grave na Somália, onde 29 mil crianças morreram de fome nos últimos três meses – uma média de 300 por dia – e 640 mil estão subnutridas. Cerca de 3,2 milhões de somalianos, quase metade da população, dependem de ajuda humanitária para sobreviver.O país é um dos mais pobres e violentos do mundo. A Somália não possui governo desde 1991, quando começou a guerra civil. O grupo islâmico Al Shabab, filiado à Al Qaeda, domina a região sul, a mais afetada pela fome. Os guerrilheiros impedem a saída dos somalianos e a entrega de doações por agências humanitárias. </li></li></ul><li>Estado Palestino:<br /><ul><li>Sem sucesso em acordos de paz com Israel, a Autoridade Nacional Palestina decidiu mudar de estratégia e propor na 66ª Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas) o reconhecimento do Estado Palestino nas fronteiras pré-1967, situando a capital na parte oriental de Jerusalém. A proposta é recusada por Israel e Estados Unidos.</li></li></ul><li>FIM !<br />

×