Ligar o some clicarROMAIMPERIAL Altar da PÁTRIAFotografias, texto e formatação:eliasmoreira73@gmail.comApoio logístico e c...
Maquete da Roma Imperial(Museu da Civilização Romana)ColiseuPalatinoCapitólioTemplo de Vénuse de RomaPaláciodeAugustoForo ...
Arco de Septímio SeveroArcodeTitoColuna de Focas,imperador bizantino(602-610).Ofereceu o Panteãoao Papa Bonifácio IV,para ...
Arco de Septímio Severo,dedicado, em 203 d. C.,a este imperadore seus filhos Caracala e Geta,para celebrar a vitóriasobre ...
Uma procissãode turistas e estudiososdesfilam continuamentepela Via Sacra, no Foro Romano.A Torre de Santa Francesca Roman...
Anfiteatro Flaviano ou Coliseu (obra iniciada por volta de 72 d. C.)Anfiteatro Flaviano, porque construído por imperadores...
O Coliseu é uma obra-prima de arquitetura, em forma de elipse:eixo maior = 188 metroseixo menor = 156 metrosaltura = 57 me...
Arco de Constantino, junto ao Coliseu de Roma.Comemora o triunfo deste imperador sobre Maxêncio, em 312, d. C..Fica na Via...
Domus Augustana,(palácio imperial)no PalatinoDomus Augustanafoi palácio de Domiciano,imperador de 81 a 96 d. C.Este estádi...
Palácios Imperiais da Roma Antiga.Ficam no Palatino,tendo a norte o Foro Romano e a sul o Circo Máximo.Ostentam o poder e ...
Idealizado por Júlio César,em homenagem ao seu sobrinho Marcelo,que o tinha declarado como seu herdeiro.Porém, Marcelo mor...
Templo das deusas Vénus e Roma(diante da torre da Igreja de Santa Francisca Romana)O imperador Adriano iniciou a sua const...
CAPITÓLIOEscadaria de acesso ao Capitólio,onde nos acolhem os Dióscuros,que são os irmãos gémeos Castor e Pólux,com os seu...
O Capitólio é uma das 7 colinas de Roma.Aqui situava-se o Tabularium, voltado para o Foro Romano.Era o arquivo onde se gua...
Castor, um dos Dióscuros, no CapitólioPólux, irmão gémeo de Castor.Ambos eram filhos míticos de Leda.Porém, o pai de Casto...
Os Museus Capitolinos funcionam em 3 palácios:Palácio dos Conservadores,Palácio Senatorial,Palácio Novo(nesta imagem).GALE...
Gaulês moribundoArtemisaHérculesJovemarrancandoum espinhoBusto de Miguel Ângelo,na Sala dos Gansos(cópia feita com máscara...
Pinacoteca - Museus do Capitólio(teto com brasão pontifício: tiara, chaves…)Pinturas de grandes artistas(sécs. XVI e XVII)...
Cabeça de ConstantinoVeio para o Capitólio,juntamente com o pé e a mão.Integravam a estátua colossaldeste imperadorque se ...
Altar da Paz (ara pacis)É um monumento à deusa Paz (Pax), para celebrara Paz Romana (Pax Romana).O Senado, em 13 a. C., ma...
Porta de São PauloFica na Muralha Aureliana e chamava-se Porta Ostiense,porque nela começava a via que liga Roma a Óstia,l...
Panteão1ª construção, ano 27 a. C., por Marco Vispânio Agripa. Ardeu no ano 80 d. C..Foi restaurado por Domiciano.Porém, s...
Vítor Emanuel II, Pai da Pátria, sepultado no Panteão,glorificado em majestosos monumentos por toda a Itália,mas especialm...
MONUMENTO A VÍTOR EMANUEL IIALTAR DA PÁTRIAContraluz, neblina, muitas obras e andaimesnão impediram o acesso entusiastaà e...
Vítor Emanuel II(esculpido por Chiaradia)Surge dominante em seu cavalo,acima das cúpulas da Cidade Eterna.A escultura, com...
Atrás dos andaimes provisórios e das belas colunas coríntias,o Vitoriano abriga o Museu da Unificação Italiana.Réplica da ...
Apoio logístico e científico:Prof. Emília MoreiraRoma IMPERIALeAltar da PÁTRIAFotografias, texto e formatação:eliasmoreira...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Roma imperial altar da pátria pdf

2,476 views
2,241 views

Published on

Roma imperial altar da pátria

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,476
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
842
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Roma imperial altar da pátria pdf

  1. 1. Ligar o some clicarROMAIMPERIAL Altar da PÁTRIAFotografias, texto e formatação:eliasmoreira73@gmail.comApoio logístico e científico:Prof. Emília Moreira
  2. 2. Maquete da Roma Imperial(Museu da Civilização Romana)ColiseuPalatinoCapitólioTemplo de Vénuse de RomaPaláciodeAugustoForo RomanoTermasdeTrajanoAqua Claudia(aqueduto)Templo do DivinoCláudioForo deTrajano
  3. 3. Arco de Septímio SeveroArcodeTitoColuna de Focas,imperador bizantino(602-610).Ofereceu o Panteãoao Papa Bonifácio IV,para que otransformasseem igreja.Templo deCastor e PóluxForo Romano - coração da cidade:Centro político, centro religioso,centro de negócios, centro cívicoCúria Júlia iniciada porJúlio Césarparareuniões do senado.César seria apunhalado,em 44 a. C.,por um seu protegido,a quem, já agonizando,disse:“Também tu,meu filho Bruto!”Palácio Senatorial(Capitólio)ArcodeSeptímioSeveroMonumento a Vítor Emanuel II3 colunas do templo de Castor e PóluxForo Romano
  4. 4. Arco de Septímio Severo,dedicado, em 203 d. C.,a este imperadore seus filhos Caracala e Geta,para celebrar a vitóriasobre os Partos.Esta arquitetura triunfal suporta esculturas e inscriçõesque narram a história das gestas romanas.Templo de SaturnoTemplo deVespasianoTemplo de Rómulo,fundador mítico de Roma(Foro Romano)Templo de Antonino e Faustina,construído em 141,pelo imperador Antonino Pio,em honra de sua esposa Faustina.Convertido em Igreja de S. Lourençopelos sécs. VII e VIII.Templo de Antonino e Faustina eIgreja de São LourençoTemplo de Antonino e Faustina,integrado na Igreja de São LourençoTemplo de Rómulo.No séc. VI tornou-se átrioda Igreja dos Santos Cosme e Damião.
  5. 5. Uma procissãode turistas e estudiososdesfilam continuamentepela Via Sacra, no Foro Romano.A Torre de Santa Francesca Romana, o Arco de Tito e o Coliseuespreitam por entre os pinheiros típicos de Roma.Arco de TitoComemora a vitória de Tito sobre Jerusaléme a destruição do Templo (ano 70 d. C.),conforme profetizou Jesus.Ostenta a seguinte inscrição:SENATVS POPVLVSQVE·ROMANVSDIVO·TITO·DIVI·VESPASIANI·F(ILIO)VESPASIANO·AVGVSTO.Tradução:“O Senado e o povo romano [dedicam]ao divino Tito Vespasiano Augusto,filho do divino Vespasiano”.Os Judeus recusaram-se a passar sob este arco até 1948, ano da restauração do Estado de Israel.Então, nesse ano, os judeus passaram sob o Arco de Tito, celebrando a conquista da sua terrae a sobrevivência da sua pátria ao Império Romano.No Arco de Tito esculpiram-seos símbolos mais sagradosdo judaísmo,entre os quaiso candelabro de 7 braços.A seguir ao Arco de Tito, contemplamos as últimas colunas do Foro Romano,saímos da Via Sacra e abeiramo-nos do Coliseu.
  6. 6. Anfiteatro Flaviano ou Coliseu (obra iniciada por volta de 72 d. C.)Anfiteatro Flaviano, porque construído por imperadores da família Flávia (Vespasiano e Tito).Coliseu (Colosseo, em italiano), porque edificado junto à estátua colossal de Nero.
  7. 7. O Coliseu é uma obra-prima de arquitetura, em forma de elipse:eixo maior = 188 metroseixo menor = 156 metrosaltura = 57 metroslotação com 3 andares = 50.000 espetadoreslotação com 4 andares = 90.000 espetadoresNota: o 4º andar foi acrescentadopor Alexandre Severo (c. de 217) e Gordiano III (c. de 250).Fachada muito ritmada por arcadas,embelezadas por colunascoríntias, jónicas e dóricasNesta galeria de acesso às arquibancadas do Coliseu,Vénus e Apolo exibem jogos mais agradáveis.Vénus e ApoloO beijo de Eros e Psique,nas galerias do Coliseu.Ruínas cenográficas dos vários níveis de bancadas.As classes sociais sentavam-sepor ordem decrescente em importânciade baixo para cima.A tribuna imperial ficava no extremo suldo eixo menor.O piso da arena era de madeira coberta de areiapara absorver o sangue dos combatentes.Por baixo deste piso, no subterrâneo,havia galerias e compartimentos para animais,gladiadores, depósito de armas, máquinas,cenários, montacargas…O Coliseu revela uma técnica arquitetónica avançada.Utilizam uma espécie de cimento natural (concreto),em abóbadas de arco perfeito, em planos diferentes,para suporte das arquibancadas.Beda profetizou:"Enquanto o Coliseu se mantiver de pé, Roma permanecerá;quando o Coliseu ruir, Roma ruirá;e quando Roma cair, o mundo cairá".
  8. 8. Arco de Constantino, junto ao Coliseu de Roma.Comemora o triunfo deste imperador sobre Maxêncio, em 312, d. C..Fica na Via Triunfal, por onde os imperadores vitoriosos passavam,rumo à Via Sacra até ao Foro Romano.Estátuas, relevos,medalhões e inscriçõesrepresentam vitórias,soldados, prisioneiros,expedições e até rios…Constantino,pelo Édito de Milão, em 313,concedeu liberdade de cultoa todas as religiõese, por conseguinte,também ao cristianismo.
  9. 9. Domus Augustana,(palácio imperial)no PalatinoDomus Augustanafoi palácio de Domiciano,imperador de 81 a 96 d. C.Este estádio palatino fazia parte da Domus Augustana,como se fora um mero jardim do palácio de Domiciano.Pátio interior da Domus Augustana
  10. 10. Palácios Imperiais da Roma Antiga.Ficam no Palatino,tendo a norte o Foro Romano e a sul o Circo Máximo.Ostentam o poder e a riqueza de Augusto, Nero, Septímio Severo…Diante dos Palácios Imperiais, estende-se o Circo Máximo,entre a Colina Palatina e a Colina Aventina.Governantes etruscos, censores e imperadores, durante séculos, o ampliaram e embelezaram.Colocaram estátuas e obeliscos vindos do Egito sobre a spina (eixo longitudinal).Era um espaço amplo para jogos, festivais e corridas de carros.Atingiu 600 metros de comprimento e 200 de largura.Chegou a albergar 320.000 espetadores.As corridas mais importantes realizavam-se na 1ª metade de setembro. Eram os Ludi Romani (Jogos Romanos).Abriam com uma procissão, em que participavam as autoridades civis e religiosas da cidade.Maquete da Roma Imperial(pormenor)que pode ser vistanoMuseu da Civilização Romana(E.U.R.)Neste pormenormostram-se:Palácios ImperiaiseCirco Máximocom a spina(eixo longitudinal),onde se levantamestátuas e obeliscos.
  11. 11. Idealizado por Júlio César,em homenagem ao seu sobrinho Marcelo,que o tinha declarado como seu herdeiro.Porém, Marcelo morreu prematuramentee César foi assassinado.O Teatro de Marcelofoi concluído por Augusto em 13 a. C..Altura original = 32,60 metrosCapacidade = cerca de 20.000 espetadoresEspaço do coro = 37 metros de diâmetroTeatro de MarceloTemplo de Vesta(Foro dos Animais)Erradamente designadopor Templo de Vesta.Hércules Víctorseria o seu titular,segundo inscriçõesencontradas.De planta circular,tem um belo perípterode 20 colunas coríntias.Deve ser obrade artista grego(séc II, a. C.).Templo da Fortuna VirilSeu nome original seria:Templo de Portunus,que é uma divindade protetorado porto fluvial do Tibre,perto do qual se encontra.Em 872 converteu-se emIgrejadeSanta Maria Egipcíaca,padroeira das prostitutas.
  12. 12. Templo das deusas Vénus e Roma(diante da torre da Igreja de Santa Francisca Romana)O imperador Adriano iniciou a sua construção em 121,sobre os restos da Domus Aurea de Nero.Antonino Pio terminou-o no ano 141.Era de grandes dimensões: 145 x 100 metros.Tinha duas absides.Uma voltada para o Foro Romano com a deusa Roma.Outra com a deusa Vénus, voltada para o Coliseu,donde foi tirada esta fotografia.Mercados de TrajanoFicam junto ao Foro de Trajano, com vários pisos,havendo negócios específicos em cada um deles.Obra de Apolodoro de Damasco (início do séc. II)Torre das MilíciasForo de TrajanoColuna de TrajanoIgreja do Santíssimo Nome de MariaColuna de TrajanoLevanta-se no Foro de Trajano.Foi construída em 113 d. C..Mede 100 pés de altura (39,77 metros).Compõem-na 18 cilindros de mármore,sobrepostos e escavados no interior,com 3,5 metros de diâmetro,alojando uma escada em caracolcom 185 degraus,que conduzem ao cimo da coluna.Apoia-se numa alta base cúbica.Destinava-se a ser o túmulo de Trajano.O fuste desenrola-se em espiral,como se fosse um friso em forma de rolo,com 200 metros de comprimentoe uma largura de 90 a 125 cm,narrando em cerca de 2.500 imagens,esculpidas em relevo,as campanhas vitoriosas de Trajano.Em 1587, Sisto Vsubstituiu a estátuade Trajanopela de São Pedro.São Pedrono cimo da Coluna de Trajano
  13. 13. CAPITÓLIOEscadaria de acesso ao Capitólio,onde nos acolhem os Dióscuros,que são os irmãos gémeos Castor e Pólux,com os seus cavalos.À direita, está o Palácio dos Conservadorese, ao fundo, o Palácio dos Senadores.Todo este arranjo urbanístico do Capitólio,desde a escadaria ao Palácio Senatorial,se deve a um desenho de Miguel Ângelo.
  14. 14. O Capitólio é uma das 7 colinas de Roma.Aqui situava-se o Tabularium, voltado para o Foro Romano.Era o arquivo onde se guardavam as tabulae (tábuas),sobre as quais os Romanos registavam escrituras, decretos, tratados, alianças…Aqui levantava-se o templo de Juno Moneta. Porquê Moneta?Em 309 a. C., de noite, os Gauleses tentaram tomar de assalto o Capitólio.Então os gansos consagrados a Juno fizeram grande alarido,admoestando os Romanos desse assalto.Ora moneta significa admoestadora, do verbo latino monere,que significa admoestar ou avisar.Como os gansos consagrados a Junoderam este aviso salvador,Juno passou a chamar-se Juno Moneta.Cornija e balaustrada com esculturas:Palácio Novo CapitólioNa cave e anexos do Templo de Juno Monetainiciou-se o fabrico de dinheiro em metal.Cada peça pecuniária tinha o nome genérico de moneta,em honra de Juno Moneta.Desta palavra derivou o nome moeda,por síncope de n e sonorização do t em d: moneta > moeda.Ainda hoje os italianos traduzem moeda por moneta.Palácio dos Senadores – no CapitólioMiguel Ângelo,Giacomo della Portae Martino Longhi, o velho,deram-lhe este aspeto renascentista.No frontispício da nobre escadaria, estão esculturas alegóricas:Roma (antes era Minerva) no nicho central, ladeada pelo Rio Nilo e Rio Tibre.Roma Capitolina(originariamente era Minerva)Rio NiloRio Tibre com os gémeos Rómulo e Remo, salvos das suas águas
  15. 15. Castor, um dos Dióscuros, no CapitólioPólux, irmão gémeo de Castor.Ambos eram filhos míticos de Leda.Porém, o pai de Castor era Tíndaro, rei de Esparta.O pai de Pólux era Zeus, que se abeirou de Leda disfarçado de cisne.Assim, Castor era humano e mortal.Póllux era divino e imortal.Quando Castor morreu, Pólux pediu a Zeus que Castor partilhasseda sua imortalidade e vivessem sempre juntos.Zeus fez-lhe a vontade, transformando-osna constelação de Gémeos.Lendas e mitos sempre povoaramo imaginário humanoe inspiraram obras de arte.Marco Aurélio na Praça do Capitólio(Cópia da estátua original que está no Museu)Marco Aurélio (121-180 d. C.) foi um imperador filósofo, valorizando a ética.Escreveu Meditações.Um dos pensamentos de Marco Aurélio:Em parte alguma se encontralugar mais tranquilo,mais isento de ruído,que na alma,sobretudo quando se temdentro dela aqueles benssobre que basta inclinar-separa recobrartoda a liberdade de espírito,própria de uma almabem ordenada.Loba do Capitólio(símbolo de Roma)MITO DA FUNDAÇÃO DE ROMAReia Sílvia era uma vestal (sacerdotisa de Vesta) e, como tal, teria de manter-se virgem.Vestal que perdesse a sua virgindade deveria ser enterrada viva.Ora Marte engravidou Reia Sílvia com dois gémeos, Rómulo e Remo.Para escapar a tão cruel punição, Reia Sílvia, quando deu à luz, colocou os meninosdentro de um cesto e lançou-o ao rio Tibre, que então transbordava sobre as margens.Entretanto as águas desceram, o cesto ficou em terreno seco e uma loba,atraída pelo vagido das crianças, aproximou-se, lambeu-as e amamentou-as.Os meninos cresceram. Rómulo libertou-se de Remo e fundou Roma.
  16. 16. Os Museus Capitolinos funcionam em 3 palácios:Palácio dos Conservadores,Palácio Senatorial,Palácio Novo(nesta imagem).GALERIA LAPIDÁRIApassagem subterrânea que liga os vários Museus CapitolinosOs Museus Capitolinos albergamcentenas de obras clássicasde importante valorartístico e histórico.Abunda a estatuária greco-romana,com filósofos gregos,imperadores romanos,personagens mitológicas,que serviram de modelo e inspiraçãoaos artistas do Renascimento.Vénus inseparável de MarteEros e Psiquenum beijo apaixonadoSubtileza helenísticaVénus Capitolina Amazona FeridaUm hino à beleza e à vidaem formas apolíneas
  17. 17. Gaulês moribundoArtemisaHérculesJovemarrancandoum espinhoBusto de Miguel Ângelo,na Sala dos Gansos(cópia feita com máscara de greda sobre o seu cadáver)Carro imperial romano
  18. 18. Pinacoteca - Museus do Capitólio(teto com brasão pontifício: tiara, chaves…)Pinturas de grandes artistas(sécs. XVI e XVII)Eventos da História de RomaRapto das SabinasRapto da Europa,por Zeus disfarçado de touro.Europa era a bela filha do rei da Fenícia.Anunciação do Anjo à Virgem
  19. 19. Cabeça de ConstantinoVeio para o Capitólio,juntamente com o pé e a mão.Integravam a estátua colossaldeste imperadorque se encontravana Basílica de Maxênciono Foro Romano.Cabeça de Constantinoem bronzeLoba do Capitóliovenerável escultura do séc. V a. C.,a que, no séc. XV d. C., Pollaiolo acrescentou os gémeos Rómulo e Remo.É o símbolo de Roma, fundada por Rómulo em 753 a. C.,segundo Marco Terêncio Varrão.Estátua original de Marco AurélioÉ da época imperial,em bronze dourado.Foi restauradae trazida de Latrãopara o Palácio Novo,no Capitólio.Talvez a estátua equestremais admirada e imitadaem todo o mundoTerminamos a visita aos Museus do Capitólio com este sarcófago,com episódios da vida de Aquiles.Porém, não há sarcófagos que escondam a transcendência desta arte.
  20. 20. Altar da Paz (ara pacis)É um monumento à deusa Paz (Pax), para celebrara Paz Romana (Pax Romana).O Senado, em 13 a. C., mandou-o construir,após César Augusto ter pacificadoa Hispânia e a Gália.A consagração deste altarfez-se no ano 9 a. C..O Altar da Paz (ara pacis) construiu-se perto do Campo de Marte (deus da guerra),onde hoje se encontra o mausoléu de Augusto.Esta paz favoreceu uma grande prosperidade, no tempo de César Augusto.O Altar da Paz exalta o culto das letras, a devoção aos deuses, o cultivo da terra, a harmonia familiar…Estas imagens do Altar da Paz mostram que os Romanos, há mais de dois mil anos,já sabiam que a paz é um bem transcendenteque se adquire pelo trabalho, pela cultura, pela coesão familiar, pela harmonia entre os povos…
  21. 21. Porta de São PauloFica na Muralha Aureliana e chamava-se Porta Ostiense,porque nela começava a via que liga Roma a Óstia,localidade junto ao Mar Tirreno e à foz do rio Tibre.Em Óstia situava-se o porto marítimo da antiga Roma.Mais tarde, passou a chamar-se Porta de São Paulo,por ficar a 2 km da Basílica de São Paulo Extramuros.Túmulo de Caio CéstioLevanta-se junto à Porta de São Paulo.Caio Céstio foi pretor e tribuno do povo.Este túmulo, em forma de pirâmide,foi construído entre 18 e 12 a. C..Inspira-se em modelos vindos do Egito,conquistado pelos Romanos, em 30 a. C..
  22. 22. Panteão1ª construção, ano 27 a. C., por Marco Vispânio Agripa. Ardeu no ano 80 d. C..Foi restaurado por Domiciano.Porém, sofreu um incêndio total, sendo imperador Trajano.2ª construção, entre 118 e 128 d. C., por Adriano, com o aspeto que tem hoje,que é muito diferente da primeira construção.No entanto, o imperador Adriano nunca colocou o seu nome em suas obras.Na arquitrave da pronau colocou a inscrição:M.AGRIPPA.L.F.COS.TERTIUM.FECIT(Construiu-o Marco Agripa, filho de Lúcio, cônsul pela terceira vez).Panteão vem do grego:pan + theon.Significa todos os deuses.Este templo levantou-separahonrar todas as divindades.Possui uma cúpula enorme, obra-prima de engenharia,com um diâmetro de 43,30 metros,exatamente igual à sua altura.É um hemisfério perfeito, com alvéolos que lhe dão ritmoe aligeiram a quantidade de betão e respetivo peso.No centro (zénite) abre-se um óculo para o céu infinito.Buscava-se a harmonia nesta comunicação entre a terra e o céu.No séc. VII, o imperador bizantino Focas ofereceu o Panteão ao Papa Bonifácio IV,que o consagrou como Igreja de Santa Maria e de todos os Santos Mártires.Legionários do PanteãoSimpaticamente posaram para a nossa máquinae nos mostraram os túmulos de gente ilustrecomo o do Rei Vítor Emanuel II.
  23. 23. Vítor Emanuel II, Pai da Pátria, sepultado no Panteão,glorificado em majestosos monumentos por toda a Itália,mas especialmente em Roma
  24. 24. MONUMENTO A VÍTOR EMANUEL IIALTAR DA PÁTRIAContraluz, neblina, muitas obras e andaimesnão impediram o acesso entusiastaà exaltação monumentalda Nação Italiana.Monumento Nacional a Vítor Emanuel II e Altar da Pátria,apelidados de Il Vittoriano, celebram sobretudoa unificação e a independência da Itália,concluída em 20 de setembro de 1870.3 - Estátua equestredeVítor Emanuel II4 - propileus4 - propileus5 - quadriga5 - quadrigaLocalização – encosta do Monte CapitólioArquiteto - Giuseppe SacconiInício da obra – 1885Inauguração – 1911Estilo – revivalismo helenísticoSobressaem:1 – a grandiosidade do monumento2 – a brancura do mármore de Botticino3 – Estátua equestre do Rei Vítor Emanuel II4 – os propileus, lembrando o da Acrópole de Atenas5 – as quadrigas, simbolizando a Unidade e a Liberdade da PátriaCoroando…os heróisSobre cada um dos propileus, a deusa Vitória conduz 1 quadriga.Sob o frontão de cada propileu está escrito:PATRIAE UNITATI (no da esquerda);CIVIUM LIBERTATI (no da direita).Significa que este monumentofoi consagrado àUNIDADE DA PÁTRIAe àLIBERDADE DOS CIDADÃOS.Estátua de Roma(escultura de Zanelli, no monumento a Vítor Emanuel II))Para a estátua de Roma converge, à esquerda, o cortejo do trabalho; à direita, o cortejo do amor pátrio.Túmulo do Soldado Desconhecido(IGNOTO MILITI)
  25. 25. Vítor Emanuel II(esculpido por Chiaradia)Surge dominante em seu cavalo,acima das cúpulas da Cidade Eterna.A escultura, com 12 m de altura,assenta numa arquitetura com 135 m de largurae 70 m de altura, que serão 81 metros,se incluirmos as quadrigas e vitórias.Vítor Emanuel II era filho do Rei Carlos Alberto,ex-rei da Sardenha,falecido no Porto (Portugal),em 1849.
  26. 26. Atrás dos andaimes provisórios e das belas colunas coríntias,o Vitoriano abriga o Museu da Unificação Italiana.Réplica da Vitória e quadrigadentro do MuseuGaleria com os obreirosdaunificação e independência da ItáliaGiuseppe Garibaldi foi um dos principais heróis.Aventureiro e guerrilheiro, casou com Anita,filha de um português, residente no Brasil.Audaz e sempre acompanhado de Anita,é o herói de dois mundos,por ter combatido na América do Sul e na Europa.A vida de Garibaldi é uma epopeia em que tudo arriscacontra a tirania e tudo faz por amor a Anita.GaribaldiLevantaram-lhe esta estátua equestre no Janículo,onde está sepultado, bem perto da sua Anita.Garibaldi, genro de um português,com um destemor universal.
  27. 27. Apoio logístico e científico:Prof. Emília MoreiraRoma IMPERIALeAltar da PÁTRIAFotografias, texto e formatação:eliasmoreira73@gmail.comPROIBIDO PUBLICAR OU DIFUNDIR.TRABALHO PRIVADO.O mesmo autor já apresentou:* Vaticano – Basílica, Palácio, Galerias* Museus do Vaticano* Basílicas de Roma* Igrejas de Roma* Roma – Passear, descobrir, fruirA história de Roma facilitaa compreensãoda história da Europae, consequentemente, a de Portugal.VIU-SEem síntese:Imagens captadas em abril de 2007Montagem em maio de 2012FIM

×