Your SlideShare is downloading. ×
0
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Java   introdução ao eclipse
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Java introdução ao eclipse

1,219

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,219
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
60
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Usando o Eclipse com Java by Antonio Rodrigues Carvalho
  • 2. Introdução ao Eclipse O Eclipse SDK (Software Development Kit) é um ambiente de desenvolvimento integrado que permite a edição compilação e execução de códigos. A idéia original quando foi projetado era criar um ambiente que permitiria o seu uso com qualquer tipo de linguagem. Isto se deve ao fato de que uma das dificuldades dos programadores em aprender uma nova linguagem era simplesmente o fato de que além de aprenderem novos comandos eles precisam aprender também como interagir com o novo ambiente IDE para criar e fazer seu código funcionar. Com o uso de uma plataforma padrão como o eclipse não importa qual o tipo de linguagem que está sendo usada Java, PHP, C/C++, Cobol, Python ou Eiffel a interação com a IDE permanece a mesma.
  • 3. Download do Eclipse Para fazer o download do eclipse acesse o site: http://www.eclipse.org/downloads Procure pelo eclipse: Eclipse IDE for Java EE Developers As versões do eclipse são nomeadas conforme as luas de jupiter, as últimas versões foram Ganymede, Europa, Galileo, Helios em meados de 2011 temos a versão Indigo
  • 4. Instalação do Eclipse Para instalar o eclipse basta descompactá-lo em algum diretório qualquer. Descompactar
  • 5. Crie um icone no Desktop
  • 6. Abra o eclipse Para abrir o eclipse basta clicar no atalho duas vezes Quando o eclipse ele solicitará um pasta onde ficará armazenado o workspace. Uma pasta de workspace pode conter diversos projetos. O workspace pode ser armazenado em qualquer diretório
  • 7. Acessando o Workspace Quando o eclipse abrir ele mostrará uma tela de boas vindas, clique na seta indicando workbench para ir para a tela principal.
  • 8. Workspace O workspace do eclipse é dividido em janelas que são chamadas de views. O agrupamento destas janelas chama-se perspectiva.
  • 9. Perspectivas O eclipse vem com varias perspectivas de fabrica, que permitem o trabalho com diversos tipos de plataformas Para selecioná-las basta clicar em Window -> Open Perspective -> Other, selecionar a perspectiva desejada e clicar em Ok CVS Repository Exploring Database Development Java Java EE WEB XML
  • 10. Visualizações Cada perspectiva mostrará formas diferentes para visualizar os artefatos que estão sendo trabalhados. As views podem ser movidas, redimensionadas e removidas, conforme a necessidade do desenvolvedor. Para adicionar uma View basta acessar Windows- >Show View->Other... e escolher a view desejada.
  • 11. Teclas de atalho do Eclipse Há alguns atalhos especiais que podem ser utilizados nas views para poupar o tempo de desenvolvimento. <CTRL><D> Remove uma linha na view editor <ALT><UP>/<DOWN> Move uma linha ou uma seção para cima ou para baixo na view editor <CTRL><SHIFT><O> Organiza os imports na view Java editor <CTRL><1> Ativa o QuickFix na view editor <CTRL><SHIFT><T> Abre uma classe no Java Editor <CTRL><E> Abre uma lista com as Janelas do Java Editor que estão abertas <CTRL><F7> Alterna entre as views abertas <CTRL><F8> Alterna entre as perspectivas abertas <CTRL><F11> Executa a aplicação <CTRL><M> Restaura ou Maximiza a view atual <CTRL><A> Seleciona todo o texto na view editor <CTRL><I> Identa o texto selecionado na view editor <CTRL></> Coloca o texto selecionado como comentário se apertado novamente remove os comentarios na view editor <CTRL><Espaço> Autocompleta os comandos <CTRL><SHIFT><L> Mostra uma lista de atalhos Você pode criar seus próprios atalhos clicando em Window->Preferences- >General->Keys
  • 12. Criar um projeto Java Para criar um novo projeto no workspace clique na view de projetos com o botão direito do mouse Escolha New -> Project ... Escolha Java -> Java Project No campo Project Name coloque o nome do seu projeto Se desejar você pode mudar o a versão do Java que será usada no projeto, para isto troque o JRE na opção Use a project specific JRE Clique em Finish
  • 13. Criar um Package Java Para criar um novo package java clique no projeto com o botão direito do mouse Escolha New -> Package Preencha o campo Name com o nome do package. Utilize apenas letras minúsculas e separe as palavras por ponto Clique em Finish
  • 14. Criar uma classe Java Para criar uma nova classe java clique no package com o botão direito do mouse. Escolha New -> Class. Preencha o campo Name com o nome da classe. Coloque sempre a primeira letra do nome da classe em maiúsculo. (Não é obrigatório, mas é um padrão muito utilizado) Se deseja fazer uma herança mude o campo Superclass com o nome da classe progenitora. Você pode solicitar ao eclipse para criar o método main automaticamente, para isto basta clicar no checkbox public static void main (String[] args). Clique em Finish.
  • 15. Exercício Crie um projeto Java chamado Teste Dentro do projeto Teste crie um pacote chamado curso.edu Crie uma classe chamada TesteClass dentro do pacote curso.edu contendo o seguinte código na função main System.out.println("Introdução ao Eclipse"); for (int i = 0; i < 40; i++) { System.out.print("*"); } System.out.println(""); System.out.println("Curso de Java"); for (int j = 0; j < 40; j++) { System.out.print("*"); } System.out.println("");
  • 16. Para executar uma classe java Para executar uma classe java, clique no código com o botão direito do mouse e escolha a opção Run As- >Java Application Uma vez feito isso o eclipse gravará as informações da execução deste programa na tecla rápida
  • 17. Para debugar uma classe java Para debugar uma classe java, clique no código com o botão direito do mouse e escolha a opção Debug As->Java Application Uma vez feito isso o eclipse gravará as informações da execução deste programa na tecla rápida Antes de fazer o debug clique na coluna azul a esquerda do código para criar um breakpoint. O debug vai parar a execução do código neste break point. Lógo que o debug iniciar o eclipse solicitará que você entre na perspectiva Debug, a qual permite que você acompanhe a execução com mais detalhes. Utilize as teclas abaixo para fazer o passo a passo no debug <F5> entrar no codigo da função executando-a passo a passo <F6> executar a função sem entrar no seu código <CTRL><F2> terminar o debug <F8> continuar a execução
  • 18. Exercício Execute a classe TesteClass em modo normal Run As -> Java Application Veja o resultado exibido na console Agora coloque um breakpoint na linha System.out.println("Introdução ao Eclipse"); e outro na linha System.out.println("Curso de Java"); Execute a classe TesteClass em modo Debug As -> Java Application Pressione a tecla <F6> algumas vezes e acompanhe o conteúdo da variável i Tecle <F8>. Você verá que a execução do programa se deslocou para o 2º breakpoint Tecle <F6> mais algumas vezes e acompanhe o conteúdo da variável j Tecle <F8> novamente para que a execução continue até o próximo breakpoint ou até o término do programa.
  • 19. Fazendo Backups O backup e restore de projetos ou parte deles é feito através das ferramentas Export e Import do eclipse. Para fazer o backup clique na view do Project Explorer ou Package Explorer com o botão direito do mouse e selecione a opção Export... Escolha a aba General -> Archive File Clique em Next Escolha a pasta do projeto a ser exportada. Preencha o campo To archive file com o nome do diretório e do arquivo onde será feito o backup. (Utilize a extensão .zip) Marque a opção Compress the content of the file Clique em Finish
  • 20. Fazendo Restore Para fazer o restore clique na view do Project Explorer ou Package Explorer com o botão direito do mouse e selecione a opção Import... Escolha a aba General -> Existing Project into Workspace Clique em Next Escolha a opção Select archive file: e preencha o caminho e o nome do diretório e do arquivo onde está o backup. Marque os projetos a serem importados Clique em Finish
  • 21. Exercício Faça um backup do projeto Teste no arquivo C:backupTeste.zip Remova o projeto Teste do seu workspace Faça o restore do projeto Teste utilizando o arquivo de backup C:backupTeste.zip
  • 22. Argumentos de linha de comando É possível configurar a linha de comando do atalho para o eclipse, colocando parâmetros. Para editar esta linha basta clicar no atalho do eclipse com o botão direito do mouse e escolher propriedades. Parametros que podem ser utilizados: -data <diretorio do workspace> (faz com que o eclipse abra o workspace automaticamente no diretorio) -nl <localidade> (abre o eclipse na língua da localidade especificada) Consulte o link abaixo para ver as demais opções http://dev.eclipse.org/viewcvs/index.cgi/org.eclipse.platform.doc.isv/reference/misc/runtime- options.html?view=co#osginl
  • 23. Exercício Verifique qual é o diretório do workspace que está sendo usado no momento Crie um atalho para o eclipse na área de trabalho. Modifique as propriedades de forma que ao clicar neste atalho o eclipse abra o workspace automaticamente.
  • 24. Usando o eclipse com Java Enterprise Edition
  • 25. Eclipse com o Java EE A arquitetura Java EE é mais complexa do que a arquitetura de uma simples aplicação stand alone. Nesta modalidade o desenvolvedor precisa lidar com vários universos (Aplicação, Servidor, Cliente, Banco de Dados) O eclipse oferece meios que facilitam o gerenciamento dos artefatos destes universos
  • 26. Criar um projeto Java EE Para criar um novo projeto no workspace clique na view de projetos com o botão direito do mouse Escolha New -> Project ... Escolha Web -> Dynamic Web Project No campo Project Name coloque o nome do seu projeto No campo Target runtime especifique o tipo de servidor que vai rodar o projeto Web. Clique no botão New... o qual abrirá uma tela para criar um novo ambinete de execução Escolha o servidor (neste nosso caso vamos usar o Tomcat 7.0), portanto escolha o Apache Tomcat 7.0 Clique em Next No campo Tomcat instalation history coloque o diretório onde está instalado o tomcat 7.0 exemplo C:Program FilesApache Software FoundationTomcat 7.0 Escolha a versão do JRE a ser usada Clique em Finish
  • 27. Criar um projeto Java EE (cont.) Neste ponto estamos criando um projeto Web (.war) que na verdade é instalado no container Web do servidor. Este projeto pode fazer parte de um projeto Java EE (.ear) que será levado ao servidor. Se você ja tiver criado um projeto Java EE habilite a opção Add project to an EAR e escolha seu projeto Java EE. Clique em Next Defina o Context Root este nome é aquele que vai aparecer na URL logo após o hostname. Defina também o Content directory com o nome do diretório onde toda a estrutura de dados será armazenado. O padrão é o WebContent.
  • 28. Controlar o servidor É possível controlar o status do servidor Tomcat através do eclipse. Acesse a view Server que normalmente aparece na parte inferior do eclipse. Clique na view com o botão direito do mouse e escolha New -> Server. No campo Server’s host name especifique o hostname onde este servidor esta rodando. Selecione o tipo do servidor neste caso Tomcat v7.0 Server. No campo Server name especifique um nome para este servidor. No campo Server runtime environment escolha o ambiente de execução que foi criado anteriormente. Neste exemplo Apache Tomcat v7.0 Clique em Finish
  • 29. Controlar o servidor (cont.) Agora com o servidor cadastrado no eclipse é possível Iniciar, Parar, reiniciar e fazer o deploy dos projetos no servidor. Para enviar um comando para o servidor basta clicar no servidor cadastrado na aba Server com o botão direito do mouse e escolher o comando: Stop – Para o servidor Start – Inicia o servidor Restart – Reinicia o servidor Publish – Refaz o deployment dos projetos Debug – Inicia o servidor em modo debug O servidor mostrará sua log na console, onde você poderá acompanhar se há erros.
  • 30. Fazer o deploy da aplicação Para que a aplicação seja executada ele precisa ser instalada no servidor (fazer o deploy). Antes de executar o deploy limpe os dados do projeto para que os arquivos sejam recompilados e as modificações efetivadas. Para limpar o projeto clique em Project -> Clean... e depois clique em Ok. Para fazer o deploy clique no servidor com o botão direito do mouse e escolha a opção Add and Remove .... Selecione o projeto no lado esquerdo e clique na seta Add > para transferí-lo para o servidor. Clique em Finish.
  • 31. Para executar um projeto Uma vez que o projeto ja encontra-se no servidor ele já poderá ser acessado por um navegador Web. Basta colocar na URL o seguinte http://<hostname do servidor>/<context root>/<nome da pagina> Porém é possível usar o navegador Web do próprio eclipse para visualizar as páginas. Clique no arquivo .html ou .jsp com o botão direito do mouse e ecolha a opção Run As- >Run on Server

×