AnáLise Comparativa De VideoconferêNcia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

AnáLise Comparativa De VideoconferêNcia

on

  • 1,426 views

ANÁLISE COMPARATIVA DE SISTEMAS DE ...

ANÁLISE COMPARATIVA DE SISTEMAS DE
VIDEOCONFERÊNCIA E IMPLANTAÇÃO DO
SISTEMA MCU ABERTO NO INSTITUTO
DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
CENTEC”
ALUNO: José Aristides Timbó Catunda
ORIENTADOR: Prof. D.Sc. Marcial Porto Fernandez

Statistics

Views

Total Views
1,426
Views on SlideShare
1,424
Embed Views
2

Actions

Likes
1
Downloads
30
Comments
0

2 Embeds 2

http://www.slideshare.net 1
http://www.slideee.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

AnáLise Comparativa De VideoconferêNcia Presentation Transcript

  • 1. “ ANÁLISE COMPARATIVA DE SISTEMAS DE VIDEOCONFERÊNCIA E IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA MCU ABERTO NO INSTITUTO CENTEC ” ALUNO: José Aristides Timbó Catunda ORIENTADOR: Prof. D.Sc. Marcial Porto Fernandez Outubro de 2008 José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE Centro de Ciências e Tecnologia - CCT   CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO CEARÁ CEFET - CE Diretoria de Pesquisa e Pós-graduação – DIPPG   MESTRADO INTEGRADO PROFISSIONAL EM COMPUTAÇÃO APLICADA UECE / CEFET – CE ___________________________________________________________________ DISSERTAÇÃO DE MESTRADO
  • 2.
    • Introdução/Justificativa ;
    • Problemática ;
    • Objetivo ;
    • Fundamentação Teórica ;
    • Avaliação de Sistemas de Videoconferência;
    • Estudo de Caso ;
    • Conclusões;
    • Trabalhos Futuros.
    Roteiro de apresentação José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET Outubro de 2008
  • 3. O Sistema de videoconferência do Instituto Centec é parte do projeto, “ Infovias do Desenvolvimento ”, que tem como objetivo principal: “proporcionar os meios físicos, tecnológicos e de pessoal necessários a implementação do programa de ensino a distância do Governo do Estado do Ceará, com ênfase no ensino profissional, em diversas áreas, contemplando o setor produtivo e de serviços.” (SECITECE, 2001, p. 3). Introdução/Justificativa José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET Outubro de 2008
  • 4. Introdução/Justificativa José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET Outubro de 2008 Mapa do Estado do Ceará mostrando a localização das várias faculdades de tecnologia do Centec (Fatec) e a distribuição das principais Infovias, de acordo com o esquema previsto no Projeto Infovias do Desenvolvimento.
  • 5. Introdução/Justificativa Outubro de 2008 José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET
    • O sistema possuía a seguinte topologia:
    Layout inicial da rede de videoconferência do Instituto Centec.
  • 6. Introdução/Justificativa
    • por falta de recursos para a aquisição de uma nova MCU;
    • por falta de conexão, com os terminais remotos, para as transmissões de áudio/vídeo/dados.
    • O sistema estava inoperante:
    José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET Outubro de 2008
  • 7. Introdução/Justificativa
    • Relevância deste projeto:
    • reativação da videoconferência do Instituto Centec;
    • auxiliar outras instituições.
    José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET Outubro de 2008
  • 8. Introdução/Justificativa
    • Oferecer cursos de qualidade a alunos que não têm como realizá-los:
    • por questões financeiras;
    • não terem acesso a tecnologia e
    • estarem distantes dos grandes centros.
    José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET Outubro de 2008
  • 9. José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET Problemática
    • Sistema proprietário - Interoperabilidade limitada ao suporte oferecido pelo fabricante;
    • Centralizado - com limitações em escalabilidade;
    • Conexões unicast - todo o tráfego é roteado pelo MCU podendo provocar congestionamento;
    • Links ponto-a-ponto V35 e/ou ISDN – custo operacional muito alto;
    • Falta de um estudo minucioso sobre as novas tecnologias e soluções.
    Outubro de 2008
  • 10. OBJETIVO Realizar um estudo minucioso, fazendo uma análise comparativa dos sistemas de videoconferência existentes no mercado, com a finalidade de atualizar e reativar o sistema adotado pelo Instituto Centec.
    • Objetivo Geral:
    José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET Outubro de 2008
  • 11. Fundamentação Teórica
    • Este trabalho está fundamentado em artigos, periódicos, dissertações, teses e padrões publicados por vários autores conhecidos na área de sistemas de videoconferência.
    José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET Outubro de 2008
  • 12. José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET Outubro de 2008
      • Videoconferência
      • Classificação: (RNP, 2006).
    • Quanto à plataforma – Hardware e Software :
    • Appliance Systems – sistemas proprietários;
    • PC Based Systems (Desktop) – computadores pessoais.
    • Quanto ao porte - Aplicabilidade:
    • Sistemas de salas – reuniões em grupos e salas de aulas;
    • Sistemas de mesa - uso individual.
    Fundamentação Teórica
  • 13. Fundamentação Teórica José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET Outubro de 2008
    • Padrões para videoconferência.
    • Recomendação H.323 ITU-T - Especifica sistemas de comunicação multimídia em redes baseadas em pacotes .
    • SIP - “ Session Initiation Protocol.” RFC3261. IETF. - É um protocolo de controle da camada de aplicação desenvolvido para criação, modificação e término de sessão envolvendo um ou mais participantes numa rede IP.
    • OpenH323 – Implementação em código aberto das especificações da pilha de protocolo H.323.
    SIP H.323 Órgão de Padronização IETF ITU Arquitetura Distribuída Distribuída Versão SIP 2.0 H.323 v4 Protocolo de Transporte TCP ou UDP TCP ou UDP Capacidade Multimídia Sim Sim Codificação Call Control Texto ASN.1
  • 14. Fundamentação Teórica José Aristides – MPCOMP - UECE / CEFET Outubro de 2008
    • Componentes H.323
    • Terminais - Iniciam e finalizam chamadas ou conferências multiponto ;
    • Gateways - Tradução e transcodificação entre os terminais de H.323 e terminais de diferentes padrões;
    • Gatekeepers - Centraliza, administra e monitora chamadas H.323;
    • MCU – Suporte a conferências multipontos:
    • Controlador multiponto (MC) - Controle da conferência e negociação de capacidades entre terminais. (H.245);
    • Processadores Multiponto (MP) - Manipula fluxos multimídia .
  • 15. José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET Outubro de 2008
      • Escopo da Arquitetura H.323
    Fundamentação Teórica
  • 16. José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET Outubro de 2008
      • Protocolos H.323
    Fundamentação Teórica Codec de áudio; Codec de vídeo; H.225.0 - Registro, Admissão e Estado (RAS); H.225.0 - Sinalização da chamada (Q.931); H.245 - Controle de sinalização; RTP (Real Time Protocol) – Protocolo de transferência em tempo real; RTCP (Real Time Control Protocol) – Protocolo de controle em tempo real; T.120 – Protocolo de transmissão de dados.
  • 17. José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET Avaliação de Videoconferência Outubro de 2008
      • Parâmetros da Avaliação
      • Parâmetros estabelecidos baseados nas especificações da ITU-T:
    • Recursos disponíveis: áudio, vídeo e dados;
    • Qualidade de áudio e vídeo - recomendação F.730:
    • básica (Recomendação G.711 e H.261) ou
    • alta (similar a televisão - Recomendação 601 do CCIR).
    • Controle de acesso: botão ou detecção de silêncio;
    • Modelo de comunicação: centralizada, descentralizada ou mista;
    • Plataformas suportadas: sistema operacional;
    • Licença: proprietária ou gratuita;
    • Comunicação e Cenários: comunicação (ponto-a-ponto e multiponto) e sistemas ( desktop e salas).
  • 18. José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET Outubro de 2008
      • SOLUÇÕES BASEADAS EM SOFTWARE - Clientes
    Parâmetros NetMeeting Ekiga Polycom PVX CU-SeeMe VRVS/EVO ooVoo Recursos disponíveis Áudio, vídeo, chat , transferência de arquivos, whitboard (para desenhos), compartilhamento de aplicativos. O bate papo e desenhos podem ser salvos em arquivos. Áudio, vídeo, chat , transferência de arquivos, whitboard (para desenhos), compartilhamento de aplicativos. O bate papo e desenhos podem ser salvos em arquivos. Áudio, vídeo, chat , transferência de arquivos, whitboard (para desenhos), compartilhamento de aplicativos, Controle automático de ganho (AGC), cancelamento de eco e Supressão Automática de Ruído (ANS), Criptografia em AES, QoS , Picture-In-Picture (PIP) entre outros. Áudio, vídeo e chat . Áudio, vídeo, chat , transferência de arquivos, whitboard (para desenhos), compartilhamento de aplicativos e gravação da conferência. O bate papo e desenhos podem ser salvos em arquivos. Áudio, vídeo, chat , envio de arquivo, gravação da reunião. Qualidade de áudio e vídeo Básica. Básica. Alta. Básica. Básica. Alta. Controle de acesso Por detecção de silêncio. Por detecção de silêncio. Por detecção de silêncio. Por detecção de silêncio. Por detecção de silêncio. Por detecção de silêncio. Modelos de comunicação Modelo centralizado e descentralizado. Modelo centralizado e descentralizado. Modelo centralizado e descentralizado. Modelo centralizado. Modelo centralizado. Modelo centralizado. Plataformas suportadas Microsoft Windows 9x, NT, 2000 e XP. Linux , freeBSB e Windows Microsoft Windows XP SP2. Microsoft Windows 9x, NT, 2000, XP e Macintosh . Windows, PocketPC, Linux, MacOS, SUN Solaris/Unix e SGI Irix Microsoft Windows. Licença Gratuita. Gratuita. Proprietária. Proprietária. Gratuita. Gratuita. Comunicação e cenário Sistema desktop ponto-a-ponto e multiponto. Sistema desktop ponto-a-ponto e multiponto. Ponto-a-ponto e multiponto - Sistema desktop e sala de reunião. Sistema desktop ponto-a-ponto e multiponto. Sistema desktop ponto-a-ponto e multiponto. Sistema desktop ponto-a-ponto e multiponto.
  • 19. José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET
      • Interface do NetMeeting conectado a três terminais.
      • Wightboard , chat e transferência de arquivo.
      • Interface do EKIGA conectado a dois terminais.
      • Clientes - Softwares
    Outubro de 2008
  • 20. José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET
      • Interface do Polycom PVX conectado a três terminais.
      • Interface do CUseeMe conectado a dois terminais.
      • Clientes – Softwares - Proprietários
    Outubro de 2008
  • 21. José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET
      • Interface do ooVoo conectado a dois terminais.
      • Interface do VRVS/EVO conectado a dez terminais numa sala com apresentação em PowerPoint.
      • Clientes - Softwares
    Outubro de 2008
  • 22. Estudo de Caso
    • Na instalação do Gatekeeper foi utilizado o OpenH323 Gatekeeper (gnugk), disponível na página do projeto: http://www.gnugk.org/h323download.html . Projeto de código-fonte aberto que implementa um gatekeeper H.323 e que provê serviços de controle para terminais H.323.
    • Para a MCU foi instalado o OpenMCU disponível na página do projeto Openh323 :
    • http://sourceforge.net/project/showfiles.php?group_id=80674 . O Projeto Openh.323 é uma iniciativa para implementação Open Source do protocolo H.323 e os seus componentes.
      • Instalação e Configuração de um Gatekeeper e OpenMCU na Rede de Videoconferência do Centec :
    Outubro de 2008 José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET
  • 23. Outubro de 2008 Estudo de Caso José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET Modelo Padrões SIP Banda Streaming Unicast/ multicast Gate-keeper Ges-tão WEB Interfaces Partici-pantes Segu-rança Qualida-de de Serviço Pre-sença Con-tínua Polycom MGC-25/ MGC-50/ MGC-100. H.261, H.263, H.264 G.711a, G.711u. G.722, G.722.1, G.723.1, G.728, Siren 7, Siren 14 SIM 2 Mbps H.323/H.320 Conectado ao Servidor de Gravação e Streaming RSS 2000. Até50/ Ilimitado Opcional SIM 1-10/100 Ethernet 2/4/8- PRI Interface ISDN e Dedicada, T1/E1 2/4/8 -T1 CAS 12 a 100 SIM Reordena e sincroniza os pacotes IP recebidos; Resilência de erro IP; Precedência IP; DiffServ. SIM * OpenMCU ( Software) H.261, H.263, H.264, G.711, G.722, G.723.1, G.728, G.729, MPEG-4 AAC-LC, MPEG-4 AAC-LD. SIM Geren-ciável Conectado ao Servidor de Gravação e Streaming Opcional Pode ser instalado no mesmo PC. (gnugk). SIM 2- 10/100/1000 Mb Ethernet Ilimitado Depende da largura de Banda e do poder de processa-mento do PC SIM H.235 NÃO SIM Até 4 na tela. Res-tante oculto.
  • 24. GkGUI - interface externa para monitoramento e controle do gatekeeper .
  • 25. Interface Web para configuração do openmcu.ini
  • 26. Wireshark (Ethereal): Monitoramento do trafego de rede.
  • 27. Conclusão Durante a realização desta pesquisa pôde-se concluir que os padrões abertos de comunicação e de sistemas operacionais como: o OpenGK, o OpenMCU e o Linux , trouxeram a solução para implantação de sistemas de videoconferência em instituições onde o custo é um fator importante e também pela flexibilidade e a escalabilidade desses sistemas que possibilitam a adequação de acordo com as necessidades e objetivos de quem vai utilizá-los. Outubro de 2008 José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET
  • 28. Trabalhos Futuros
    • Implementar uma solução de código-aberto para servidor de vídeo streaming baseado em PC;
    • Implementar uma solução de Videoconferência, embutida num AVA ( Moodle ), utilizando os recursos do SIP/ OpenH.323 .
    Outubro de 2008 José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET
  • 29. Outubro de 2008 Obrigado. José Aristides – MPCOMP – UECE/CEFET