01 Aula8 Planilhas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

01 Aula8 Planilhas

  • 1,634 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,634
On Slideshare
1,622
From Embeds
12
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
7
Comments
0
Likes
0

Embeds 12

http://araujofamilia.sites.uol.com.br 6
http://www.slideshare.net 6

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Jornalismo on-line O uso de planilhas para a investigação jornalística
  • 2. Entendendo o Excel
    • O Excel é um software da Microsoft cuja função é fazer planilhas. Trata-se de um formulário padronizado no qual são registradas informações. O programa lida basicamente com informações matemáticas.
  • 3. Pra quê matemática?
    • O Excel é uma ferramenta muito útil para a execução de cálculos.
    • Jornalistas têm historicamente problemas em lidar com dados matemáticos.
    • Muitos pensam que trabalhar em redação é um exercício de literatura. Nada mais equivocado do que isso.
  • 4. Uma narrativa não-ficcional
    • Jornalismo é um exercício narrativo, mas estamos falando de uma narrativa não-ficcional. A tarefa do jornalista mais fundamental é descrever e, a seguir, interpretar. Nunca inventar. A invenção é território dos artistas.
  • 5. É preciso checar
    • Se ao jornalista cabe descrever, é preciso fazê-lo do melhor modo possível, e a descrição jornalística quase sempre se fundamenta no discurso do outro. Checagem, portanto, é parte essencial da atividade jornalística.
  • 6. E se a fonte informar errado?
    • E se a fonte mentir ou se enganar? É dever do jornalista fazer a checagem das informações fornecidas pela fonte.
    • Vamos analisar alguns problemas em matérias...
  • 7. A lenda do porteiro precoce
    • A matéria diz que um porteiro tem 63 anos e informa que ele trabalha nessa função desde que chegou ao Rio, em 1953.
    • Por esses dados, o checador deduz que ele nasceu em 1944 – ou seja, trabalha desde os 9 anos.
  • 8. A lenda da escritora lerda
    • O texto informa que uma leitora assídua enviou 110 cartas às redações desde 1980. O checador apura que a média é de 4 cartas por ano, ou seja, é muito baixa, considerando-se que ela é uma presença assídua na seção de cartas dos leitores.
  • 9. Afogando-se em números
    • A matéria diz, por exemplo, que em três anos a produção de uma fábrica aumentou de 10 toneladas para 10 mil toneladas – um crescimento de 1.000%. Na verdade, houve um crescimento de 100.000%.
  • 10. A superponte
    • Dono da Gaspar Construções, o empresário está à frente da mais custosa obra de Mato Grosso do Sul: uma ponte de 1.700 quilômetros (é a distândia entre São Paulo e Aracaju)
  • 11. Revólver ou canhão?!
    • “ A prefeita foi atingida nas costas por seis balas calibre 380 milímetros, disparadas de uma pistola automática”. O correto é calibre 380, pois 380 milímetros correspondem a 38 cm, o tamanho de um disco de pizza. O calibre 380 corresponde ao diâmetro de 0,38 polegada, ou 9,6 milímetros, a grossura de uma caneta Bic.
  • 12. Hoje não, benhê...
    • “47% dos brasileiros não têm vontade de fazer sexo”. Desconfia-se de cara: quase a metade da população brasileira não gosta de sexo? Na verdade, 12% dos homens e 35% das mulheres não têm tesão. Para achar a média, 12 + 35 dividido por 2, ou 23,5%.
  • 13. O homem gol
    • “Rivaldo marcou 41 gols em 19 jogos pela seleção”. Quase uma média de 2 gols por partida! Foram 19 gols em 41 partidas.
  • 14. O cartãozinho...
    • “ Em 1997, havia 19,4 milhões de cartões de crédito na praça, responsáveis por 515 milhões de transações, com gastos de R$ 27,9 milhões”. Calculando por cima, isso dá umas 20 transações por cartão, um número razoável. No entanto, o valor por transação está errado, pois, em um cálculo aproximado, 25 milhões/500 milhões equivalem a 5 centavos por transação, o que é muito pouco. Na verdade foram gastos R$ 27, 9 bilhões, ou R$ 50,00 por transação, uma quantia razoável.
  • 15. Qual o antídoto?
    • Como evitar esses tipos de erro? O emprego de cálculos matemáticos, por um lado, e do outro, o uso do bom senso (ou da lógica), ajudariam muito a reduzir ou quem sabe até a suprimir a margem de erro nesses casos.
  • 16. Compreendendo o Excel
    • O Excel é um formulário eletrônico padronizado no qual são registradas informações.
  • 17. A lógica do Excel
    • Cada célula do Excel é feita para comportar um dado. Para isso, temos de nos lembrar novamente que as células do Excel variam entre A1 e IV1; entre A1 e A65536 e assim sucessivamente. Por esse sistema, “A” é a coluna e “1” é a linha.
  • 18.  
  • 19. Como usar?
    • Para preencher os dados na planilha basta escrevê-los entremeando-os com “enter” (quando a meta é preencher colunas) ou “tab” (quando a meta é preencher linhas). Podemos também preencher a página por meio do mouse.
  • 20. Aplicando fórmulas
    • Após tabular as informações, o próximo passo é processar as informações disponíveis. Para isso é necessário aplicar fórmulas à planilha. Vamos primeiro à mais simples de todas as equações no Excel, a soma.
  • 21. Como somar?
    • Após tabular as informações, o próximo passo é processar as informações disponíveis. Para isso é necessário aplicar fórmulas à planilha. Vamos primeiro à mais simples de todas as equações no Excel, a soma.
  • 22. Uma fórmula mais complexa
    • Como inserir um cálculo no sistema e obter a resposta? Para isso, temos de nos considerar de duas coisas:
      • Primeiro, e novamente, que as células do Excel variam entre A1 e IV1; entre A1 e A65536 e assim sucessivamente. Por esse sistema, “A” é a coluna e “1” é a linha.
      • Segundo que o código para inserir uma fórmula no Excel é por meio do sinal “=”.
  • 23. Da teoria à prática...
    • Vamos dizer, por exemplo, que desejamos descobrir qual a percentagem de aumento no preço da tarifa de ônibus intermunicipal entre Campinas e São Paulo, que subiu de R$ 15,50 para R$ 17,00.
  • 24. Como calcularíamos isso no “papel”? 17,00 -15,50 1,50
  • 25. E a seguir... 1,50 X100,00 150,00 150,00  15,50 = 9,677419354...
  • 26. Infelizmente, porém, erros acontecem...
  • 27. ??????????????????????????????????????
    • Se a passagem tivesse aumentado 12,96%, preço seria R$ 17,51, e não R$ 17,00. Ou o índice está errado, ou o valor da passagem está errado...
  • 28. Como calcularíamos isso no Excel?
    • Ao lado da equação, montamos a seguinte fórmula:
      • Em A1 inserimos 15,50, o valor antigo da passagem
      • Em B1 inserimos 17,00, o novo valor
      • Em C1 inserimos a seguinte equação :
        • =((B1-A1)*100)/A1
  • 29. Descrevendo passo a passo
    • O que é “B1”? 17,00
    • O que é “A1”? 15,50
    • O que é “-”? o sinal matemático de menos.
    • O que é “*”? o sinal matemático de multiplicação.
    • O que é “/”? o sinal matemático de divisão.
  • 30. Por que parênteses?
    • Por que parênteses “(” na equação? Bem, o parênteses hierarquiza a equação. No caso =((B2-A2)*100)/A2 , estou dizendo ao programa que primeiro deve subtrair B2 (que no caso é 17) de A2 (que no caso é 15,50) para, a seguir, multiplicar o resultado dessa conta por 100 e, após isso, dividir o resultado por A2 (que no caso é 15,50).
  • 31. E se tirar o parênteses?
    • Mas e se eu tirar o parênteses “(” =B2-A2*100/A2 ? Bem, você vai instruir o computador a fazer o seguinte cálculo:
      • Subtraia B1 (17) de
      • A1 (15,50) multiplicado por 100
      • Divida por A1 (15,50)
      • Nesse caso, o resultado passa a ser “-83”.
  • 32. Nomenclatura do Excel
  • 33. Raiz
    • Mas e se eu quiser calcular a raiz? Basta elevar por meio de uma fração.
      • Exemplos:
        • Raiz cúbica de 9: =9^(1/3)
        • Raiz quadrada de 19: =19^(1/2)
  • 34. Crie um arquivo de fórmulas
    • O Excel permite uma variedade imensa de equações matemáticas. Para executá-las rapidamente, basta guardar a fórmula em um arquivo e apenas mudar as variáveis.
  • 35. Algumas funções
    • Além de equações, o Excel permite ainda uma variedade de funções matemáticas e comandos que podem ajudar o jornalista. Vamos conhecer algumas deles.
      • Média (=média), Mediana (=med) e Moda (=modo)
        • A média é o valor definido como uma grandeza eqüidistante dos extremos de outras grandezas.
        • A mediana é o valor que divide um conjunto de valores ordenados em partes iguais.
        • A moda é o valor que ocorre mais vezes em uma distribuição de freqüência.
  • 36. Fatorial =fatorial(A1:?)
    • Fatorial é o produto dos números inteiros consecutivos de um até um dado inteiro n. Serve para fazer, por exemplo, análise combinatória.
  • 37. Gráficos
    • O Excel permite também montar gráficos, o que será assunto da próxima aula.