Your SlideShare is downloading. ×
0
ABED  Carmen Maia  Setembro 2007 <ul><li>WBL  WORK-BASED LEARNING  </li></ul><ul><li>A APRENDIZAGEM BASEADA NO TRABALHO </...
ABED  Carmen Maia  Setembro 2007 <ul><li>Primeira reflexão: </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Como aprendemos? </li></...
ABED  Carmen Maia  Setembro 2007 <ul><li>Educação Corporativa e Work Based Learning </li></ul><ul><li>E-learning e Work-Ba...
ABED  Carmen Maia  Setembro 2007 <ul><li>WBL no Reino Unido: </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Work Based Learning – D...
ABED  Carmen Maia  Setembro 2007 <ul><li>Os elementos da Aprendizagem baseados no trabalho, no  </li></ul><ul><li>lugar de...
ABED  Carmen Maia  Setembro 2007 <ul><li>Ensino do trabalho de meio expediente para desenvolver as habilidades de empregab...
ABED  Carmen Maia  Setembro 2007 <ul><li>WBL </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Conceito: </li></ul><ul><li>Work is the...
WBL <ul><li>Learning Agreement: Contrato de Aprendizagem  - renovação do contrato; </li></ul><ul><li>PDP – Personal Develo...
ABED  Carmen Maia  Setembro 2007 <ul><li>Campo de estudos </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Cursos superiores – Adapta...
Principios do WBL <ul><li>Baseado na prática; </li></ul><ul><li>No aprender fazendo; </li></ul><ul><li>Na aprendizagem ref...
Principios <ul><li>Não deve existir separação entre o momento de aprender e o momento de trabalhar (aprendemos enquanto fa...
ABED  Carmen Maia  Setembro 2007 <ul><li>A Definição do WBL </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>¨....  o ensino que é in...
ABED  Carmen Maia  Setembro 2007 <ul><li>Tipologia do WBL </li></ul><ul><li>Motivado pelo Individuo </li></ul><ul><li>   <...
<ul><li>Tecnologia web </li></ul><ul><li>Modelo da sala de aula presencial – do expositivo para o oral; </li></ul><ul><li>...
Educação corporativa <ul><li>Imposição do conteudo por parte da empresa; </li></ul><ul><li>Necessidade de capacitação ou t...
Exemplos <ul><li>Middlesex </li></ul><ul><li>University of Chester  </li></ul>
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Carmen Maia 1[1]

1,024

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,024
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
50
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Carmen Maia 1[1]"

  1. 1. ABED Carmen Maia Setembro 2007 <ul><li>WBL WORK-BASED LEARNING </li></ul><ul><li>A APRENDIZAGEM BASEADA NO TRABALHO </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Objetivos da oficina: </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Como os adultos aprendem? Como voces aprendem? </li></ul><ul><li>Por que vieram participar desse mini-curso e não de outro? </li></ul><ul><li>  O que esperam desse mini-curso? </li></ul><ul><li>Duvidas, problemas, estagio atual de cada um de voces; </li></ul><ul><li>Interesses, experiencias anteriores, sonhos... </li></ul>
  2. 2. ABED Carmen Maia Setembro 2007 <ul><li>Primeira reflexão: </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Como aprendemos? </li></ul><ul><li>Processo de aprendizagem de cada um – Learning is a process and as a process is in progress... </li></ul><ul><li>Formas de aprendizagem de adultos trabalhadores. </li></ul><ul><li>Número de adultos trabalhadores sem formação superior no Brasil (menos de 5%). </li></ul><ul><li>Modelos de cursos superiores, e-learning e educação corporativa no Brasil e no mundo. </li></ul>
  3. 3. ABED Carmen Maia Setembro 2007 <ul><li>Educação Corporativa e Work Based Learning </li></ul><ul><li>E-learning e Work-Based Learning </li></ul><ul><li>Ensino superior e work-based learning </li></ul>
  4. 4. ABED Carmen Maia Setembro 2007 <ul><li>WBL no Reino Unido: </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Work Based Learning – Dearing Report 1986. </li></ul><ul><li>Reforma Universitária – Competitividade Européia. </li></ul><ul><li>Aumento do acesso da classe trabalhadora ao ensino superior e </li></ul><ul><li>qualificação acadêmica; </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Europa – ECHONET </li></ul>
  5. 5. ABED Carmen Maia Setembro 2007 <ul><li>Os elementos da Aprendizagem baseados no trabalho, no </li></ul><ul><li>lugar de trabalho e nos programas da Educação Superior. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Cursos profissionais: baseados no papel do trabalho (futuro ou atual). Ex: Os estudos de teatro, enfermagem. </li></ul><ul><li>2. Um ano intercalado: trabalho do período integral com um ano intercalado como parte de um programa de graduação. Os conteúdos elaborados com o empregador. </li></ul><ul><li>3. Formação profissional (in situ). Ex: Os papeis dos aprendizes/ cursos de NVQ (National Vocational Qualification) capacitação em ensino profissional nacional para contribuir para o papel do trabalho, a saúde e a formação em segurança. </li></ul><ul><li>As colocações profissionais para aprender aspectos do trabalho profissional, talvez as colocações de curto ou longo prazo. </li></ul><ul><li>5. A experiência do trabalho geral dentro de um programa de estudo – as colocações de curto prazo com os resultados específicos para realizar. Ex: Os alunos experimentando suas carreiras. </li></ul>
  6. 6. ABED Carmen Maia Setembro 2007 <ul><li>Ensino do trabalho de meio expediente para desenvolver as habilidades de empregabilidade e apoiar/complementar os estudos de meio expediente – muitas vezes alguma pertinência/ aplicabilidade para os estudos atuais. </li></ul><ul><li>O estudo de meio expediente, o fornecedor (Educação Superior) indica os conteúdos. Ex: Muitas vezes trabalho de período integral e de meio expediente, os cursos baseados no papel do trabalho atual (Ex. MBA) os conteúdos indicados pelo fornecedor. </li></ul><ul><li>O estudo de meio expediente, o empregador contribui aos conteúdos. Ex: Trabalho de período integral, de meio expediente, cursos baseados do papel atual, os cursos elaborados junto com o empregador (Ex FD [provavelmente = Financial Director] o diretor financeiro. </li></ul><ul><li>9. O estudo de meio expediente , os conteúdos negociados pelo aprendiz. Ex: Trabalho do período integral, de meio expediente, cursos baseados no papel do trabalho atual,. Pode incluir o trabalho voluntário, a interesse pessoal, o trabalho doméstico. </li></ul>
  7. 7. ABED Carmen Maia Setembro 2007 <ul><li>WBL </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Conceito: </li></ul><ul><li>Work is the curriculum: as atividades desenvolvidas no trabalho servem de base para a estrutura e formatação curricular; </li></ul><ul><li>Parceria entre universidade, empresa e funcionário: leaqrning agreement – contrato de aprendizagem; </li></ul><ul><li>Experiência anterior do sujeito seja profissional ou pessoal é contabilizada ou acreditada e é fator importante da aprendizagem e do processo de aprendizagem; </li></ul><ul><li>O conteudo disciplinar serve de norte para a aprendizagem e suporte para nutrir a aprendizagem mas não é a base do curso; </li></ul><ul><li>Universidade e corpo docente são responsaveis pela “nutrição”, suporte, alimentação e monitoramento do processo de aprendizagem; </li></ul>
  8. 8. WBL <ul><li>Learning Agreement: Contrato de Aprendizagem - renovação do contrato; </li></ul><ul><li>PDP – Personal Development Plan; </li></ul><ul><li>Parceria da Empresa envolvida no projeto – mentor – sensibilização interna – capacitação do corpo docente da universidade na metodologia; </li></ul><ul><li>Motivação e interesse do sujeito no processo de aprendizagem; </li></ul><ul><li>Acompanhamento e monitoramento das atividades </li></ul>
  9. 9. ABED Carmen Maia Setembro 2007 <ul><li>Campo de estudos </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Cursos superiores – Adaptação do modelo de ensino superior e curriculos para a metodologia de work based learning: mudança no papel do professor e do aluno; </li></ul><ul><li>Validação da experiencia e do trabalho desenvolvido como forma de se obter a qualificação academica – certificação – Quem certifica é a Instituição de Ensino e não a empresa; </li></ul><ul><li>Desenho de curriculo baseado nas atividades do trabalho e no dia a dia do trabalho; </li></ul><ul><li>Utilizar os critérios da avaliação baseados no trabalho. Avaliação 360 graus; </li></ul>
  10. 10. Principios do WBL <ul><li>Baseado na prática; </li></ul><ul><li>No aprender fazendo; </li></ul><ul><li>Na aprendizagem reflexiva; </li></ul><ul><li>Na aprendizagem significativa; </li></ul><ul><li>Baseado no Plano de competencias e carreira do sujeito; </li></ul><ul><li>Nos interesses do sujeito; </li></ul>
  11. 11. Principios <ul><li>Não deve existir separação entre o momento de aprender e o momento de trabalhar (aprendemos enquanto fazemos); </li></ul><ul><li>O sentido da aprendizagem está quando vemos e percebemos o resultado e o progresso no desenvolvimento das atividades; </li></ul><ul><li>Certificação Academica não apenas como diploma, mas como competencia e qualificação profissional; </li></ul>
  12. 12. ABED Carmen Maia Setembro 2007 <ul><li>A Definição do WBL </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>¨.... o ensino que é integral para um programa da educação superior e que normalmente, origina em parte das experiências no lugar do trabalho. É ensino que normalmente se desenvolve e muitas vezes, se demonstra através do trabalho e deve, com um propósito, realizar as metas tanto em trabalho como em desenvolvimento pessoal. Ele pode variar de uma situação onde um aluno estuda um modulo dentro de um programa, à um programa inteiro que tem, no centro, as atividades elaboradas cerca da ocupação de um individuo. Também pode variar de um tipo de estudo onde o premio nomeado é ganhando através da aprendizagem baseada no trabalho, à um campo de estudo onde a capacitação reside em aprendizagem baseada no trabalho. </li></ul>
  13. 13. ABED Carmen Maia Setembro 2007 <ul><li>Tipologia do WBL </li></ul><ul><li>Motivado pelo Individuo </li></ul><ul><li>   </li></ul><ul><li>Tipo 1 – Um investimento no ensino para melhorar o desempenho </li></ul><ul><li>pessoal para obter novo trabalho. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Tipo 2 – Um investimento no ensino para trazer o conhecimento e </li></ul><ul><li>as habilidades dentro da organização. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Tipo 3 - Um investimento no ensino para melhorar o conhecimento </li></ul><ul><li>e as habilidades no trabalho / organização já existente. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Tipo 4 - Um investimento no ensino para melhorar o desempenho e </li></ul><ul><li>a competitividade das organizações. </li></ul><ul><li>Tipo 5 – Aumento do acesso da classe trabalhadora ao ensino superior e qualificação academica; </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Tecnologia web </li></ul><ul><li>Modelo da sala de aula presencial – do expositivo para o oral; </li></ul><ul><li>Interatividade por atividades sincronas; </li></ul><ul><li>Conteudo e formatação curricular imposta pela Instituição ou empresa; </li></ul>E-learning x WBL
  15. 15. Educação corporativa <ul><li>Imposição do conteudo por parte da empresa; </li></ul><ul><li>Necessidade de capacitação ou treinamento especifico; </li></ul><ul><li>Utilização do e-learning ou ferramentas web </li></ul><ul><li>WBL – parceria e contrato com empresa e universidades; </li></ul><ul><li>Mapeamento das competencias e necessidades da empresa e funcionarios; </li></ul><ul><li>Utilização da intranet como ferramenta de acompanhamento </li></ul>
  16. 16. Exemplos <ul><li>Middlesex </li></ul><ul><li>University of Chester </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×