Your SlideShare is downloading. ×
Jogos olímpicos
Jogos olímpicos
Jogos olímpicos
Jogos olímpicos
Jogos olímpicos
Jogos olímpicos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Jogos olímpicos

2,676

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,676
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Os Jogos Olímpicos são um grande evento internacional, com desportos deverão e de inverno, em que milhares de atletas participam em várias competições.Atualmente os Jogos são realizados a cada dois anos,em anos pares, com os JogosOlímpicos de Verão e de Inverno alternados, embora ocorram a cada quatro anos noâmbito dos respectivos Jogos sazonais. Originalmente, os Jogos Olímpicos daAntiguidade foram realizadosem Olímpia, na Grécia, do séculoVIII a.C. ao século V d.C. No séculoXIX, o Barão Pierre deCoubertin fundou o ComitéOlímpico Internacional (COI) em1894. O COI tornou-se o órgãodirigente do MovimentoOlímpico, cuja estrutura e asações são definidas pela CartaOlímpica. A evolução do Movimento Olímpico durante o século XX obrigou o COI aadaptar os Jogos para o mundo da mudança das circunstâncias sociais. Alguns destesajustes incluíram a criação dos Jogos de Inverno para desportos de gelo e de neve,os Jogos Paraolímpicos de atletas com deficiência física e os Jogos Olímpicos daJuventude para atletas adolescentes. O COI também teve de acomodar os Jogos paraas diferentes variáveis económicas, políticas e realidades tecnológicas do século XX. Como resultado, os Jogos Olímpicos afastaram-se do amadorismo puro, como imaginado por Coubertin, para permitir a participação de atletas profissionais. A crescente importância dos meios de comunicação gerou a questão dopatrocínio corporativo e a comercialização dos Jogos. O Movimento Olímpico é atualmente compostos por federações desportivasinternacionais, comités olímpicos nacionais (CONs) e comissões organizadoras decada especificidade dos Jogos Olímpicos. Como o órgão de decisão, o COI éresponsável por escolher a cidade anfitriã para cada edição. A cidade anfitriã éresponsável pela organização e financiamento à celebração dos Jogos coerentes com a
  • 2. Carta Olímpica. O programa olímpico, que consiste no desporto que será disputado acada Jogos Olímpicos, também é determinado pelo COI. A celebração dos Jogosabrange muitos rituais e símbolos, como a tocha e a bandeira olímpica, bem comoas cerimónias de abertura e encerramento. Existem mais de 13 000 atletas quecompetem nos Jogos Olímpicos de Inverno e em 33 diferentes modalidadesdesportivas com cerca de 400 eventos. Os finalistas do primeiro, segundo e terceirolugar de cada evento recebem medalhas olímpicas de ouro, prata ou bronze,respectivamente. Os Jogos têm crescido em escala, a ponto de quase todas as nações seremrepresentadas. Tal crescimento tem criado inúmeros desafios, incluindo boicotes,doping, corrupção de agentes públicos e terrorismo. A cada dois anos, os JogosOlímpicos e sua exposição à mídia proporcionam a atletas desconhecidos a chance dealcançar fama nacional e, em casos especiais, a fama internacional. Os Jogos tambémconstituem uma oportunidade importante para a cidade e o país se promover emostrar-se para o mundo.Lema: O Lema Olímpico Citius, Altius, Fortius (O mais rápido, o mais alto, o maisforte) foi proposto pelo Barão Pierre de Coubertin a quando da criação do ComitéOlímpico Internacional em 1894. Coubertin pegou na frase de seu amigo Henri Didon,um pastor dominicano que, entre outras coisas, era um entusiasta do desporto. Olema foi introduzido nos Jogos Olímpicos de Verão de 1924, em Paris. O lema foi também o nome de um jornal sobre história olímpicaentre 1992 e 1997, quando este foi renomeado para Jornal da História Olímpica. Um lema informal, porém mais conhecido, também introduzido por Coubertin,é "O mais importante não é vencer, mas participar!" Coubertin adotou nesse lema deum sermão do Bispo da Pensilvânia durante os Jogos Olímpicos de Verão de 1908.
  • 3. Carta: A Carta Olímpica, atualizada pela última vez a 11 de fevereiro de 2010, é umconjunto de regras e guias para a organização dos Jogos Olímpicos e para o comandodo Movimento Olímpico. Adotada pelo Comité Olímpico Internacional, é o código dosPrincípios Fundamentais, Regras e Estatutos dos Jogos Olímpicos. Francês e Inglês sãoas línguas oficiais da Carta. Entretanto, durante reuniões do COI, a carta é traduzidapara alemão, espanhol, russo e árabe. Se, em algum momento, houver discrepânciaentre as versões, a versão da língua francesa prevalece.Bandeira: A Bandeira Olímpica foi criada pelo Barão Pierre de Coubertin em 1914. Eledisse: “A Bandeira Olímpica possui um fundo branco, com cinco anéis entrelaçados no centro: azul, amarelo, preto, verde e vermelho. Este desenho é simbólico; representa os cinco continentes habitados do mundo, unidos pelo Olimpismo, enquanto as seis cores são aquelas que aparecem em todas as bandeiras nacionais até o presente momento. É, pois, um engano afirmar que cada cor representa um continente.Tocha:
  • 4. A Chama Olímpica é um dos símbolos dos Jogos Olímpicos, e evoca a lendade Prometeu que teria roubado o fogo a Zeus para o entregar aos mortais. Durante acelebração dos Jogos Olímpicos antigos, em Olímpia, mantinha-se aceso um fogo queardia enquanto durassem as competições. Esta tradição foi reintroduzida nosJogosOlímpicos de Verão de 1928. Nos Jogos Olímpicos de Verão de 1936, pela primeira vezocorreu uma estafeta de atletas para transportar uma tocha com a chama, desde asruínas do templo de Hera em Olímpia até ao Estádio Olímpico de Berlim, como umamaneira de promover a ideologia Nazista.Hino: O Hino Olímpico foi composto pelo grego Spyridon Samaras, com letra dopoeta grego Kostís Palamás em 1896. O hino foi adotado pelo Comité OlímpicoInternacional (COI) em 1958. É executado durante a Cerimónia de Abertura de cadaedição, quando a Bandeira Olímpica é hasteada, e na Cerimónia de Encerramento,quando ela é baixada. O hino começou a ser cantado em grego, mas em várias edições foi traduzidopara o idioma do país anfitrião. Em Sydney 2000, o hino voltou a ser cantado em gregona Cerimónia de Abertura, o que foi repetido em Pequim 2008 (em Atenas 2004, pormotivos óbvios, o hino também foi cantado em grego). Na primeira edição dos JogosOlímpicos da Juventude Cingapura 2010 o hino foi executado em grego nas Cerimóniasde Abertura e Encerramento. Em Turim 2006 e nos Jogos Panamericanos Rio 2007 foiutilizada uma versão instrumental e resumida do Hino.
  • 5. Versão em português do Hino: Oh! Arcaico espírito imortal, imaculado pai da beleza, da grandeza e da veracidade, desça, faça-se presente e faça brilhar aqui e mais além, na Glória de sua Terra e Céu. Na corrida, na luta e no arremesso, faça brilhar o ímpeto das nobres competições, modelando com aço e dignidade o corpo, coroando-o com a imperecível rama do louro. Campos, montanhas e mares se vão contigo tal como um alvi-rubro magno templo, para o qual se conduz aqui como seu peregrino, oh! arcaico espírito imortal, cada nação.Mascotes: As mascotes olímpicas são personagens (geralmente animais nativos) querepresentam a cultura do país anfitrião dos Jogos Olímpicos. Desde os Jogos Olímpicosde Inverno de 1968, em Grenoble, toda edição dos Jogos possui pelo menos umamascote. A mascote mais conhecida dos Jogos Olímpicos foi o urso Misha, dos JogosOlímpicos de Verão de 1980, emMoscou.Misha foi usado extensivamente durante ascerimónias de abertura e encerramento,virou desenho animado e apareceu emdiversos produtos. Atualmente, uma boaparte do merchandising dos Jogos é voltadopara o uso das mascotes, focandoprincipalmente o público jovem. Fontes bibliográficas: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/junho/imagens/dia- olimpico.jpg; http://pt.wikipedia.org/wiki/Jogos_Ol%C3%ADmpicos; http://3.bp.blogspot.com/_sjX51bjYiMA/SKLge0VnTpI/AAAAAAAAEys/g S2Du5_eew4/s400/Olympic-Games-Logo.jpg;
  • 6. http://www.benitopepe.com.br/wp-content/gallery/teset/olimpiadas_atenas_abertura.jpg;http://www.blogtvtuga.com/wp-content/uploads/2008/08/beijing_2008.jpg.

×