Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
MPS.BR - Melhoria de Processos do Software Brasileiro
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

MPS.BR - Melhoria de Processos do Software Brasileiro

  • 801 views
Published

Este artigo apresenta uma visão geral sobre o projeto brasileiro para qualificação e melhoria do software, o MPS-BR, coordenado pela SOFTEX. Projeto este que vêm buscando certificar diversas …

Este artigo apresenta uma visão geral sobre o projeto brasileiro para qualificação e melhoria do software, o MPS-BR, coordenado pela SOFTEX. Projeto este que vêm buscando certificar diversas organizações de pequeno a médio porte, a um custo acessível, para torná-las reconhecidas nacionalmente e internacionalmente como empresas que seguem os padrões das indústrias de softwares, aptas a desenvolverem softwares de qualidade.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
801
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
29
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. MPS.BR – Melhoria de Processo de Software Brasileiro – Vale a pena investir? Antônio Francisco Gomes de Mesquita Filho1 Faculdade Piauiense - FAP 1BR 343 Km 7,5 S/N – Bairro Florianópolis – Parnaíba – PI – Brasil, CEP: 64202260 – Tel: (86) 3323-4148 / 3323-3250 antoniofilho00@gmail.com Abstract. This article presents an overview of the Brazilian project for training and improving the software, the MPS-BR, coordinated by SOFTEX. Project this coming certify various organizations seeking small to medium sized, at an affordable cost, to make them recognized nationally and internationally as companies that follow the patterns of the industries of software, able to develop quality software. Resumo. Este artigo apresenta uma visão geral sobre o projeto brasileiro para qualificação e melhoria do software, o MPS-BR, coordenado pela SOFTEX. Projeto este que vêm buscando certificar diversas organizações de pequeno a médio porte, a um custo acessível, para torná-las reconhecidas nacionalmente e internacionalmente como empresas que seguem os padrões das indústrias de softwares, aptas a desenvolverem softwares de qualidade.1. IntroduçãoDiversas mudanças estão ocorrendo nos ambientes de negócio, o que tem motivado asempresas a melhorar os seus processos produtivos e suas estruturas organizacionais. Oaumento da competitividade faz com que as organizações busquem a qualidade dosprodutos de software e serviços correlatos, além dos processos de produção edistribuição. Dessa forma a qualidade é um fator de alta criticidade para o sucesso naindústria de software.No Brasil há um baixo investimento das empresas na busca por certificações quecomprovem a qualidade e a maturidade nos processos de software, isso se deveprincipalmente pelo alto investimento que deve ser movimentado para essascertificações, deixando de fora médias e pequenas organizações que não possuemrecursos suficientes para investir.Em 2003 surgiu no Brasil o Projeto MPS. BR, coordenado pela Associação paraPromoção da Excelência do Software Brasileiro (SOFTEX), que visa tornar ossoftwares brasileiros compatíveis com os padrões de qualidades que são exigidosinternacionalmente, tendo como foco em micro, pequenas e médias empresas.2. Projeto MPS.BRO projeto está sendo desenvolvido desde dezembro de 2003, é coordenado pelaSOFTEX, contando com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação(MCTI), da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), Serviço Brasileiro de Apoio às
  • 2. Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e do Banco Interamericano deDesenvolvimento (BID/FUMIN).O MPS.BR tem como base definir o nível de maturidade e capacidade dos processos dedesenvolvimento de software e serviços correlatos. Funciona como uma espécie de selo,indicando o nível de maturidade da empresa. Cada nível possui diversas práticasassociadas que medem o nível de qualidade dos processos. A obtenção dessacertificação determina que a organização teoricamente possui capacidade dedesenvolver softwares de qualidade, com custos e prazos dentro do estimado, além deauxiliar no reconhecimento da empresa no âmbito nacional e internacional. Figura 1. Logotipo MPS.BR3. Detalhamento Geral do Projeto MPS.BRUm dos objetivos do Projeto MPS.BR é determinar e aprimorar um modelo paramelhoria e avaliação dos processos e serviços correlatos, tento como preferenciamicro, pequenas e médias empresas, com o intuito de tornar essas organizaçõesconhecidas nacional e internacionalmente como sendo um modelo aplicável à indústriade software.As metas do Programa MPS.BR são: 1. Criação e aprimoramento de um modelo para melhoria e avaliação dos processos e serviços; Capacitação de pessoas através de programas de treinamento, à um custo viável; Credenciamento de Instituições Implementadoras (II) e Avaliadoras (IA); 2. Criação e aprimoramento de um Modelo de Negócio para Melhoria de Processo de Software (MN-MPS); Implementação do modelo MPS em empresas de micro, pequeno e médio porte a um custo viável; Avaliação do modelo nas organizações a um custo viável.4. Descrições do Modelo MPSO modelo MPS possui três componentes: Modelo de Referência para Melhoria deProcesso de Software (MR-MPS), Método de Avaliação para Melhoria de Processo deSoftware (MA-MPS) e Modelo de Negócio para Melhoria de Processo de Software(MN-MPS), como é possível observar na figura 2.
  • 3. Figura 2. Modelo MPS.4.1. MR-MPS (Modelo de Referência para Melhoria do Processo de Software)O Modelo de Referência possui os requisitos que os processos das unidadesorganizacionais devem atender para está de acordo com o MPS (SOFTEX, 2012). OMR-MPS é definido por níveis de maturidade, sequenciais e acumulativos. Cada umdos níveis de maturidade é composto por um conjunto de processos em um determinadonível de capacidade (WEBER, ARAÚJO, et al., 2006). Um nível de maturidade éatingido quando os seus resultados, propósitos do processo e atributos relacionados aosprocessos são atendidos.O MR-MPS define sete níveis de maturidade: A (Em Otimização), B (GerenciadoQuantitativo), C (Definido), D (Largamente Definido), E (Parcialmente Definido), F(Gerenciado) e G (Parcialmente Gerenciado). O nível G é considerado o mais imaturoentre os demais e o A o mais maduro. Esses níveis possui um paralelo com os quatroníveis de maturidade dos estágios definidos pelo CMMI – Capability Maturity ModelIntegration (de 2 a 5).4.2. MA-MPS (Método de Avaliação para Melhoria do Processo de Software)O Método de Avaliação descreve os processos e os métodos de avaliação do MPS, alémde características de qualificação dos avaliadores e Instituições Avaliadoras (IA). Essesprocessos e métodos de avaliação estão de acordo com a norma ISO/IEC 15504-2[ISO/IEC, 2003] e atende aos requisitos do Programa MPS.O processo de avaliação é composto por quatro subprocessos (SOARES, TEIXEIRA, etal., 2010): • Contratar a avaliação; • Preparar a realização da avaliação; • Realizar a avaliação; • Documentar os resultados da avaliação.4.3. MN-MPS (Modelo de Negócio para Melhoria do Processo de Software)O Modelo de Negócio tem como função descrever as regras de negócio paraimplementação do Modelo de Referência (MR-MPS) pelas InstituiçõesImplementadoras, avaliação seguindo o Método de Avaliação (MA-MPS) pelas
  • 4. Instituições Avaliadoras, organização de grupos de empresas pelas InstituiçõesOrganizadoras de Grupos de Empresas para implementação e avaliação do MR-MPS,certificação de Consultores de Aquisição e programas anuais para treinamento do MPS(SOFTEX, 2012).O MN-MPS compreende (WEBER, ARAÚJO, et al., 2006): • Modelo de Negócio Cooperado (MNC-MPS), para micro, pequenas e médias empresas que buscam melhorar seus processos de software; • Modelo de Negócio Específico (MNE-MP), para empresas de qualquer porte que não querem compartilhar nenhuma de suas melhorias de processos de software.5. ConclusãoEsse artigo apresentou uma breve descrição sobre o Projeto MPS.BR, um programabastante promissor para o progresso da melhoria do software brasileiro, dando aoportunidade para empresas de pequeno e médio porte ganhar destaque no âmbitonacional e internacional. Além de unir os esforços de pessoas, instituições, governo eorganizações interessadas para a melhoria da qualidade do software em todas as regiõesdo Brasil.O projeto apresenta grandes diferenciais que o caracterizam, como os níveis dematuridade que permitem uma implementação de forma gradual e adequada a realidadedas micro, pequenas e médias organizações, além disso, é um modelo totalmenteadaptado a realidade brasileira, compatíveis com as normas ISO/IEC 12207, ISO/IEC155504 e CMMI.ReferênciasSILVEIRA, A. R. D. Melhoria de Processos do Software Brasileiro - MPS.br. Oficina da Net, 2012. Disponivel em: <http://www.oficinadanet.com.br/artigo/desenvolvimento/melhoria-de-processos-do- software-brasileiro--mpsbr>. Acesso em: 12 fev. 2013.SOARES, et al. Visão Geral do Projeto MPS.BR. Faculdade de Ciências da Computação de Cataguases. Cataguases, p. 12. 2010.SOFTEX. MPS - Guia Geral MPS de Serviços. ASSOCIAÇÃO PARA PROMOÇÃO DA EXCELÊNCIA DO SOFTWARE BRASILEIRO – SOFTEX. [S.l.], p. 59. 2012.WEBER, K. et al. Melhoria de Processo do Software Brasileiro (MPS.BR): um Programa Mobilizador. http: //www.softex.br/portal/, p. 10, 2006. Disponivel em: <http://www.softex.br/portal/softexweb/uploadDocuments/26.pdf>. Acesso em: 12 fev. 2013.WEBER, K. et al. Melhoria de Processo do Software Brasileiro (MPS.BR): um Programa Mobilizador. http: //www.softex.br/portal/, p. 10, 2006. Disponivel em: <http://www.softex.br/portal/softexweb/uploadDocuments/26.pdf>. Acesso em: 12 fev. 2013.
  • 5. Instituições Avaliadoras, organização de grupos de empresas pelas InstituiçõesOrganizadoras de Grupos de Empresas para implementação e avaliação do MR-MPS,certificação de Consultores de Aquisição e programas anuais para treinamento do MPS(SOFTEX, 2012).O MN-MPS compreende (WEBER, ARAÚJO, et al., 2006): • Modelo de Negócio Cooperado (MNC-MPS), para micro, pequenas e médias empresas que buscam melhorar seus processos de software; • Modelo de Negócio Específico (MNE-MP), para empresas de qualquer porte que não querem compartilhar nenhuma de suas melhorias de processos de software.5. ConclusãoEsse artigo apresentou uma breve descrição sobre o Projeto MPS.BR, um programabastante promissor para o progresso da melhoria do software brasileiro, dando aoportunidade para empresas de pequeno e médio porte ganhar destaque no âmbitonacional e internacional. Além de unir os esforços de pessoas, instituições, governo eorganizações interessadas para a melhoria da qualidade do software em todas as regiõesdo Brasil.O projeto apresenta grandes diferenciais que o caracterizam, como os níveis dematuridade que permitem uma implementação de forma gradual e adequada a realidadedas micro, pequenas e médias organizações, além disso, é um modelo totalmenteadaptado a realidade brasileira, compatíveis com as normas ISO/IEC 12207, ISO/IEC155504 e CMMI.ReferênciasSILVEIRA, A. R. D. Melhoria de Processos do Software Brasileiro - MPS.br. Oficina da Net, 2012. Disponivel em: <http://www.oficinadanet.com.br/artigo/desenvolvimento/melhoria-de-processos-do- software-brasileiro--mpsbr>. Acesso em: 12 fev. 2013.SOARES, et al. Visão Geral do Projeto MPS.BR. Faculdade de Ciências da Computação de Cataguases. Cataguases, p. 12. 2010.SOFTEX. MPS - Guia Geral MPS de Serviços. ASSOCIAÇÃO PARA PROMOÇÃO DA EXCELÊNCIA DO SOFTWARE BRASILEIRO – SOFTEX. [S.l.], p. 59. 2012.WEBER, K. et al. Melhoria de Processo do Software Brasileiro (MPS.BR): um Programa Mobilizador. http: //www.softex.br/portal/, p. 10, 2006. Disponivel em: <http://www.softex.br/portal/softexweb/uploadDocuments/26.pdf>. Acesso em: 12 fev. 2013.WEBER, K. et al. Melhoria de Processo do Software Brasileiro (MPS.BR): um Programa Mobilizador. http: //www.softex.br/portal/, p. 10, 2006. Disponivel em: <http://www.softex.br/portal/softexweb/uploadDocuments/26.pdf>. Acesso em: 12 fev. 2013.
  • 6. Instituições Avaliadoras, organização de grupos de empresas pelas InstituiçõesOrganizadoras de Grupos de Empresas para implementação e avaliação do MR-MPS,certificação de Consultores de Aquisição e programas anuais para treinamento do MPS(SOFTEX, 2012).O MN-MPS compreende (WEBER, ARAÚJO, et al., 2006): • Modelo de Negócio Cooperado (MNC-MPS), para micro, pequenas e médias empresas que buscam melhorar seus processos de software; • Modelo de Negócio Específico (MNE-MP), para empresas de qualquer porte que não querem compartilhar nenhuma de suas melhorias de processos de software.5. ConclusãoEsse artigo apresentou uma breve descrição sobre o Projeto MPS.BR, um programabastante promissor para o progresso da melhoria do software brasileiro, dando aoportunidade para empresas de pequeno e médio porte ganhar destaque no âmbitonacional e internacional. Além de unir os esforços de pessoas, instituições, governo eorganizações interessadas para a melhoria da qualidade do software em todas as regiõesdo Brasil.O projeto apresenta grandes diferenciais que o caracterizam, como os níveis dematuridade que permitem uma implementação de forma gradual e adequada a realidadedas micro, pequenas e médias organizações, além disso, é um modelo totalmenteadaptado a realidade brasileira, compatíveis com as normas ISO/IEC 12207, ISO/IEC155504 e CMMI.ReferênciasSILVEIRA, A. R. D. Melhoria de Processos do Software Brasileiro - MPS.br. Oficina da Net, 2012. Disponivel em: <http://www.oficinadanet.com.br/artigo/desenvolvimento/melhoria-de-processos-do- software-brasileiro--mpsbr>. Acesso em: 12 fev. 2013.SOARES, et al. Visão Geral do Projeto MPS.BR. Faculdade de Ciências da Computação de Cataguases. Cataguases, p. 12. 2010.SOFTEX. MPS - Guia Geral MPS de Serviços. ASSOCIAÇÃO PARA PROMOÇÃO DA EXCELÊNCIA DO SOFTWARE BRASILEIRO – SOFTEX. [S.l.], p. 59. 2012.WEBER, K. et al. Melhoria de Processo do Software Brasileiro (MPS.BR): um Programa Mobilizador. http: //www.softex.br/portal/, p. 10, 2006. Disponivel em: <http://www.softex.br/portal/softexweb/uploadDocuments/26.pdf>. Acesso em: 12 fev. 2013.WEBER, K. et al. Melhoria de Processo do Software Brasileiro (MPS.BR): um Programa Mobilizador. http: //www.softex.br/portal/, p. 10, 2006. Disponivel em: <http://www.softex.br/portal/softexweb/uploadDocuments/26.pdf>. Acesso em: 12 fev. 2013.