Conceitos empregados no gerenciamento de projetos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Conceitos empregados no gerenciamento de projetos

on

  • 163 views

Gestão de Riscos, Gestão de Segurança, Segurança do Trabalho, OHSAS 18001

Gestão de Riscos, Gestão de Segurança, Segurança do Trabalho, OHSAS 18001

Statistics

Views

Total Views
163
Views on SlideShare
162
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

1 Embed 1

http://www.linkedin.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Conceitos empregados no gerenciamento de projetos Conceitos empregados no gerenciamento de projetos Document Transcript

  • Universidade Federal Fluminense PROFESSOR PESQUISADOR ANTONIO FERNANDO NAVARRO, M. Sc. PROFESSOR ORIENTADOR MIGUEL LUIZ FERREIRA RIBEIRO, D. Sc. CLASSIFICAÇÃO DO ASSUNTO Organização da Produção REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA KOSKELA, L. E BALLARD, G. Should project management be based on theories of economics or production? Building Research and Information, v.34, n.2, p.154-163, 2006. PALAVRAS-CHAVE Contract management Lean construction Production Production management Project management Risk management Theory of production Theory of project Construction industry Production Production engineering Risk management Contract management Lean construction Production management Theory of production Theory of project Project management OBJETIVO O artigo explora a possibilidade de se subordinar os conceitos usualmente empregados no contexto do gerenciamento de projetos (que formam a base do PMBOK) aos princípios da produção enxuta. METODOLOGIA DE PESQUISA (E/OU MÉTODO DE CONSTRUÇÃO) Universidade Federal Fluminense Escola de Engenharia Rua Passo da Pátria, 156, sala 256, bloco D São Domingos | Niterói | RJ | 24210-240 Tel.: +55 21 2629-5564 1|3
  • Universidade Federal Fluminense Apresenta uma análise crítica dos princípios tradicionais de gerenciamento de projetos e estabelece um quadro comparativo entre as possibilidades de aplicação das abordagens baseadas em valores econômicos e as abordagens baseadas em sistemas de produção fabris. CONCLUSÃO (PRINCIPAIS RESULTADOS, POLÊMICAS E CONCLUSÕES) Segundo esse texto, é consenso entre os autores da área de construção enxuta de que a teoria e a prática do gerenciamento de projetos não consideram, quando lidando com os conceitos e princípios econômicos, conceitos e princípios usualmente aplicados no contexto do planejamento e controle da produção em ambientes fabris. Segundo essa visão, esse fato traz consequências negativas, pois induz um controle pobre, que acarreta em perda de credibilidade e desalinhamento entre Engenharia, Suprimento e Construção (coincidentemente, o tripé do EPC), reduzindo o valor agregado ao produto entregue e aumentando o desperdício. Os autores do texto afirmam que existe uma crescente concordância no âmbito da comunidade atuante em construção de que os problemas citados acima podem ser reduzidos se houver uma maior integração entre os conceitos de produção fabril (mais especificamente da produção enxuta) ao gerenciamento de projetos. Ou seja: se forem adotados os princípios de “construção enxuta”. OPINIÃO (PONTOS FORTES E FRACOS) Pontos fortes: • • Estabelece um referencial para aplicação dos conceitos de sistemas de produção fabris, baseados em princípios de produção enxuta, ao contexto de gerenciamento de projetos. Esse referencial descreve como proceder para aplicar os conceitos de lean production ao gerenciamento de projetos e como a aplicação desses conceitos pode se traduzir em ganhos, principalmente financeiros. Ponto fraco • Não faz descreve um caso de aplicação experimental Observações adicionais: • • Apresenta proposições que podem vir a contribuir significativamente as empresas atuantes no âmbito do EPC. Apesar das críticas e ressalvas apresentadas a essa proposta em texto de Winch (cuja avaliação é apresentada a seguir)(???). A leitura desse trabalho contribuiu significativamente para a elaboração do instrumento de coleta de dados proposto para o presente projeto. Universidade Federal Fluminense Escola de Engenharia Rua Passo da Pátria, 156, sala 256, bloco D São Domingos | Niterói | RJ | 24210-240 Tel.: +55 21 2629-5564 2|3
  • Universidade Federal Fluminense Universidade Federal Fluminense Escola de Engenharia Rua Passo da Pátria, 156, sala 256, bloco D São Domingos | Niterói | RJ | 24210-240 Tel.: +55 21 2629-5564 3|3