Your SlideShare is downloading. ×
0
Rp resumo
Rp resumo
Rp resumo
Rp resumo
Rp resumo
Rp resumo
Rp resumo
Rp resumo
Rp resumo
Rp resumo
Rp resumo
Rp resumo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Rp resumo

1,767

Published on

RELAÇÕES PÚBLICAS

RELAÇÕES PÚBLICAS

Published in: Education
0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,767
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Departamento de Ciências Sociais e Humanas – Grupo 430 Curso Profissional de Técnico de Marketing/ PMAR11 / 1º Ano DISCIPLINA: Comunicação Ano lectivo de 2011 / 2012 MÓDULO 2 Da Estratégia de Marketing à Estratégia de Comunicação 23 blocos2.2 A estratégia de comunicação (Introdução ao Mix da comunicação) 2.2.3 Relações Públicas RESUMO
  • 2. RELAÇÕES PÚBLICASI. NOÇÃOII. II. PÚBLICOSIII. III. OBJECTIVOSIV. IV. OS MEIOSV. V. OS TIPOS DE COMUNICAÇÃOVI. O PLANO DE RELAÇÕES PÚBLICASVII. REGULAMENTAÇÃO DAS RELAÇÕES PÚBLICAS
  • 3. I. NOÇÃOtécnica de comunicação bidireccional: a sua ação coloca em contacto direto o público e um determinado organismo, favorecendo um intercâmbio de informações entre eles. O organismo transmite informações aos seus públicos tentando influenciá-los. Ao fazê-lo está a receber igualmente informações daqueles, nomeadamente a imagem que o público tem do organismo. Esses dados poderão ajudar a modificar e melhorar a sua atuação de modo a servir melhor os seus públicos.colocam sempre em primeiro lugar os interesses dos seus públicos: as RP existem pelo e para o público, só assim fazem sentido. devem ter uma ação contínua: não se pode pensar em exercer com êxito RP por meio de campanhas descontínuas e esporádicas. São uma política de empresa que só funciona a médio e a longo prazo, por isso não faz sentido serem praticadas de forma descontínua.
  • 4. I. NOÇÃO Resumindo, RP podem ser consideradas como uma técnica decomunicação bidireccional que tem como principal objectivo a criação deum clima favorável de entendimento mútuo entre uma organização e osseus públicos através de uma política de informação e de verdade.
  • 5. II. PÚBLICOS Primários, Secun Apoiantes, OInternos e Externos dários e positores e Marginais IndiferentesCaracterizando-se os Diferenciando-se Em relação aosprimeiros, como o cada um deles pelo apoiantes, deve exercer-se umpróprio nome maior ou menor esforço constante que viseindica, por se grau de importância reforçar as suas crenças; faceencontrarem dentro aos opositores, a que possuem para comunicação a utilizar devedo âmbito da a organização ser suficientementeorganização, e os (maior importância persuasiva para mudar a suasegundos por conferida aos opinião sobre a organização;estarem fora da públicos primários finalmente, é importantemesma. e menor aos conquistar os indiferentes marginais). dado, por norma, representarem a maioria da opinião pública, exceto em casos em que existe uma afetividade
  • 6. II. PÚBLICOSTendo em conta diferentes tipos de públicos podemos distinguir As relações públicas internas As relações públicas externas As relações públicas As relações públicas externas internas, também chamadas visam, por outro lado, o bom relações humanas na entendimento entre a empresa e empresa, funcionam como elo os seus diferentes públicos de ligação entre a administração externos (fornecedores, órgão e o seu pessoal, visando uma do poder, consumidores, etc.) boa comunicação interna e a e, por outro, a projeção de uma criação e manutenção de um boa imagem desta para o bom ambiente de trabalho. exterior.
  • 7. III. OBJECTIVOS Philipp Lesly Obter prestígio e todas as vantagens que daí advêm; Promover vendas; Estimular a boa vontade dos empregados; Prevenir e solucionar as questões laborais; Criar e sustentar a boa vontade na comunidade onde a empresa opera; Obter a boa vontade dos acionistas; Superar mal-entendidos e combater falsos preconceitos que possamprejudicar a empresa; Obter a boa vontade dos fornecedores; Obter a boa vontade do governo; Obter a boa vontade dos demais industriais do ramo; Aumentar as vendas através da boa vontade dos revendedores; Educar o público quanto ao perfeito uso do produto vendido; Educar o público quanto a qualquer ponto de vista de interesse daempresa; Obter a boa vontade dos consumidores; Investigar as atitudes dos diversos grupos sociais, internos eexternos, para com a empresa; Formular e orientar a política da empresa, atendendo ao Bem Comum.
  • 8. IV. OS MEIOS Palestras Instrumentos Seminários e ações de formação orais Reuniões Conversas informais DENTRO DA Cartas EMPRESA OU Instrumentos ManuaisORGANIZAÇÃO escritos Quadros de avisos House-organs Caixas de sugestões Newsletters Dias de visita para as famílias dos empregados Promoção de Concursos e prémios acontecimentos Clubes desportivos Atividades de âmbito social Datas comemorativas
  • 9. 1. COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL 2. COMUNICAÇÃO DE PRODUTO 3. RELAÇÕES COM OS MEDIA 4. COMUNICAÇÃO INTERNAV. OS TIPOS DE 5. RELAÇÕES PÚBLICAS NA INTERNETCOMUNICAÇÃO 6. RELAÇÕES COM A COMUNIDADE LOCAL 7. RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS 8. COMUNICAÇÃO FINANCEIRA 9. COMUNICAÇÃO AMBIENTAL 10. COMUNICAÇÃO DE CRISE
  • 10. VI. O PLANO DERELAÇÕES PÚBLICASO Plano de Relações Públicas visa estruturar os diversos elementosnecessários para desenvolver uma estratégia de Relações Públicaseficaz, que responda aos objectivos pretendidos pela empresa. Caracterizar o ambiente de negócios Identificar objectivos - de negócios - de comunicação - de Relações Públicas Públicos-Alvo - identificá-los; - classificá-los (consoante a sua relevância para a empresa e consoante os objectivos atrás definidos); - caracterizá-los (no que diz respeito aos seus mecanismos de funcionamento, aos canais de informação que utilizam e privilegiam, aos seus valores, objectivos, meios e decisores, e caracterizá-los, ainda, quanto à sua posição relativa face à empresa).
  • 11. VI. O PLANO DE RELAÇÕES PÚBLICASO Plano de Relações Públicas visa estruturar os diversos elementosnecessários para desenvolver uma estratégia de Relações Públicaseficaz, que responda aos objectivos pretendidos pela empresa. Definir eixos de comunicação e as principais mensagens de acordo com os objectivos e com os públicos identificados e suas características Definir acções Seleccionar os meios com base em toda a informação recolhida Calendarizar e orçamentar as acções Implementar Avaliar
  • 12. VII. REGULAMENTAÇÃO DAS RELAÇÕES PÚBLICASAs Relações Públicas regem-se por códigos deontológicos muitoespecíficos que consubstanciam a seriedade e rectidão desta actividade Código Europeu de Conduta profissional de Relações Públicas (Código de Lisboa) Código de Ética Internacional das Relações Públicas (Código de Atenas)

×