NovaGenesis: Nova Arquitetura de Internet - Benefícios para o Setor Terciário
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

NovaGenesis: Nova Arquitetura de Internet - Benefícios para o Setor Terciário

on

  • 219 views

Apresentação feita no SIMBRACS 2013. O Simpósio Brasileiro de Políticas Públicas para Comércio e Serviços é o maior evento realizado pelo Governo Federal em prol do desenvolvimento do setor ...

Apresentação feita no SIMBRACS 2013. O Simpósio Brasileiro de Políticas Públicas para Comércio e Serviços é o maior evento realizado pelo Governo Federal em prol do desenvolvimento do setor terciário. A segunda edição do encontro será realizada nos dias 12 e 13 de novembro de 2013 no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, em Brasília, Distrito Federal.

Apresenta o projeto NovaGenesis (www.inatel.br/novagenesis/). Discute os benefícios para o setor terciário caso um arquitetura de Internet como a NovaGenesis fosse adotada no país.

Statistics

Views

Total Views
219
Views on SlideShare
219
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

NovaGenesis: Nova Arquitetura de Internet - Benefícios para o Setor Terciário NovaGenesis: Nova Arquitetura de Internet - Benefícios para o Setor Terciário Presentation Transcript

  • NovaGenesis: Nova Arquitetura de Internet Benefícios para o Setor Terciário Antônio Marcos Alberti Professor e Pesquisador em Redes Futuras - INATEL www.inatel.br/novagenesis 13 de novembro 2013. quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • Histórico do Inatel em “Internet do Futuro” Iniciamos os estudos em 2008. O resultado foi apresentado na Futurecom do mesmo ano. ‣ Em 2009, apresentamos o tutorial "Convergência Digital em Telecomunicações: Das Redes Especializadas à Internet do Futuro" no XXVII Simpósio Brasileiro de Telecomunicações. ‣ Em 2010, publicamos um capítulo de livro sobre Future Network Architectures: Technological Challenges and Trends, Springer. ‣ (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. ‣ Em 2011, iniciamos o desenho de uma nova arquitetura para a Internet chamada de NovaGenesis. ‣ Em 2012, uma prova de conceito da NovaGenesis foi implementada por nós e testada em parceria com ETRI, em Daejeon, Coréia do Sul. quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • Detalhes do Projeto Financiamento (até agora) ‣ Parceiros (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. ‣ quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • Detalhes do Projeto Equipe (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. ‣ quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • Detalhes do Projeto NovaGenesis na Mídia (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. ‣ quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • Detalhes do Projeto Artigos Técnicos (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. ‣ quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • NovaGenesis (1/5) Visa criar uma arquitetura “do zero” para a nova geração de tecnologias convergentes de informação. ‣ Consiste de um conjunto de sistemas distribuídos que cooperam entre si para auto-organizar todas as funcionalidades da arquitetura na forma de serviços contratados sob demanda. ‣ (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. ‣ Adota a abordagem bottom-up, na qual complexos sistemas distribuídos são formados a partir da cooperação de uma grande quantidade de serviços simples. ‣ Visa criar um ecossistema amplo, flexível, sustentável e evolucionário de negócios digitais. quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • NovaGenesis ‣ (2/5) A NG adota as seguintes decisões de projeto: - Nomeação de entidades e conteúdos usando nomes em linguagem natural e auto-certificável (hash codes). - Todas as funcionalidades são serviços, incluindo as de rede. - Mapeamentos entre nomes são guardados em tabelas hash distribuídas, representando todo o tipo de relacionamento entre entidades e conteúdos. - Os mapeamentos são publicados e assinados por serviços, (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. permitindo a busca, descoberta, negociação e contratação. - Recursos de substrato são expostos através de representantes que publicam suas capacidades, estados, informações, etc. - Os representantes podem negociar em prol de entidades de outras tecnologias. quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • NovaGenesis (3/5) - Toda a comunicação se dá através do envio de mensagens com cabeçalho dinâmico e endereços auto-certificáveis. - Serviços buscam por parceiros através de nomes publicados. - Toda a atividade é baseada em contratos dinâmicos entre parceiros, capturando intrinsecamente as condições de qualidade de serviço, quebra de contrato, reputação. - Os serviços utilizarão um ciclo de decisão para atender objetivos traçados por operadores humanos ou outros serviços. (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. - Os serviços competem entre si para melhor atender os objetivos de alto nível (pressão evolucionária) e otimizar o uso dos recursos de substrato (ambiente). quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. Visão Geral da Arquitetura quarta-feira, 30 de outubro de 2013 (4/5)
  • (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. Visão Geral da Arquitetura quarta-feira, 30 de outubro de 2013 (5/5)
  • Teste: Orquestração Conjunta de Serviços e Conteúdos (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. ‣ Clientes e servidores descobrem uns aos outros, publicam contratos de trabalho e trocam fotos baseado em políticas definidas pelo usuário. ‣ A proveniência, integridade e coerência das fotos é verificada. quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • Teste: Orquestração Conjunta de Serviços e Conteúdos Tempo de ida e volta: Publicação de Conteúdos ‣ Tempo de ida e volta: Assinatura de Conteúdos (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. ‣ quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • Benefícios para o Setor Terciário (1/2) As pessoas e seus serviços somente receberão informações autorizadas. - A proveniência de conteúdos e serviços pode ser verificada. - A alteração de algum conteúdo ou serviço após publicação pode ser detectada através de teste de integridade de nomes. (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. - Serviços especializados em estimar a reputação de outros serviços permitem a manutenção de redes de confiança. - Comportamentos ilícitos ou indesejados podem ser detectados através da troca de informações entre serviços membros de uma rede de confiança. - Redundância natural de serviços via computação distribuída. Entidades envolvidas na transferência de algum conteúdo ilícito podem ser rastreadas mediante autorização prevista em lei - mas, sem autorização a comunicação é secreta. quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • Benefícios para o Setor Terciário (1/2) Os serviços podem se auto-organizar em função da semântica fornecida por usuários humanos. - A proposta permite a introdução de “pilotos automáticos” que operem baseado em políticas, regras, regulações, etc. - Melhor aproveitamento dos recursos de substrato, programabilidade e controle por software. - (c) Antonio Alberti 2013, Inatel. - Exposição de recursos sensorais e atuadores, visando atingir a ciência do mundo físico (real-world-awareness) e a tomada de decisão baseada em representações do conhecimento. - Aumento da eficiência e eficácia - otimização das funcionalidades em função da real necessidade. - Criação de um ecossistema digital de serviços melhor alinhado aos objetivos de negócio, ciente dos desejos e preferências das pessoas. quarta-feira, 30 de outubro de 2013
  • Obrigado! Antônio Marcos Alberti www.inatel.br/novagenesis antonioalberti.blogspot.com facebook.com/antoniomarcos.alberti researchgate.net/profile/Antonio_Alberti linkedin.com/profile/view?id=69752898 http://inatel.academia.edu/AntonioMarcosAlberti mendeley.com/profiles/antonio-marcos-alberti/ twitter.com/antoniomalberti quarta-feira, 30 de outubro de 2013