Aprender em redes sociais<br />Concepção Educativa de Recursos Multimédia para WWW - DC<br />
O impacto social da Net<br />Bargh & McKenna (2004) afirmam que a Internet modificará todos os aspectos da Sociedade:<br /...
Efeito aditivo?<br />Quer Bargh & McKenna (2004) quer Caplan (2003) referindo a muitos outros autores referem o efeito adi...
O que é o Software Social<br />Anderson (2005), citado por Nunes (2009) descreve o Software Social como sendo “ferramentas...
O ponto principal das redes sociais<br />O ponto principal nas relações de grupos e no trabalho colaborativo. <br />Aprove...
Estrutura das redes sociais<br />Nunes (2009) refere-se a um aspecto muito importante:<br /> “As redes sociais centram-se ...
Integração do software social<br />Nunes (2009) salienta que a integração de Software Social nas aprendizagens formais bas...
Referências<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Software_social<br />Bargh, J & McKenna, K (2004). The Internet and Social L...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Aprender em redes sociais

254 views
182 views

Published on

Published in: Technology, Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
254
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aprender em redes sociais

  1. 1. Aprender em redes sociais<br />Concepção Educativa de Recursos Multimédia para WWW - DC<br />
  2. 2. O impacto social da Net<br />Bargh & McKenna (2004) afirmam que a Internet modificará todos os aspectos da Sociedade:<br />privado, social, cultural, económico e politico<br />De acordo com estes autores a Internet trata com a essência humana da sociedade que é nem mais nem menos a comunicação entre pessoas.<br />Cummingset al. (2002, p. 104) citados por Bargh & McKenna (2004) concluíram que a aplicação de e-mail foi considerada tão útil como as interacções cara-a-cara nas relações dentro da escola.<br />
  3. 3. Efeito aditivo?<br />Quer Bargh & McKenna (2004) quer Caplan (2003) referindo a muitos outros autores referem o efeito aditivo da Internet, mas nunca o confirmam e acabam por negar o assunto. <br />Caplan (2003) refere que não está confirmado a associação entre o uso compulsivo da Internet e a saúde psicossocial como por exemplo a depressão e a solidão. A questão está em determinar a causa e o efeito, pois muitos dos casos estudados já revelavam problemas de solidão e depressão antes do uso compulsivo da internet.<br />
  4. 4. O que é o Software Social<br />Anderson (2005), citado por Nunes (2009) descreve o Software Social como sendo “ferramentas da Internet que apoiam e encorajam as pessoas a aprender em conjunto, enquanto mantêm o controlo individual sobre o tempo, espaço, presença, actividade, identidade e relacionamentos” (p.3).<br />Numa consulta à Wikipedia ficamos a saber que o conceito foi utilizado inicialmente (em 2002) por estudiosos da nanotecnologia para tentar descrever programas de computador voltados para o trabalho colaborativo.<br />
  5. 5. O ponto principal das redes sociais<br />O ponto principal nas relações de grupos e no trabalho colaborativo. <br />Aproveita o poder da interacção humana, através de quadros de mensagens, partilha de músicas e fotos, mensagens instantâneas, redes sociais, etc.<br />Primo e Brambilla (2005) citados por Nunes (2009) enaltecem outra dimensão deste software ao referirem que “esta é uma tecnologia que promove a comunicação e a construção social do conhecimento” (p.3).<br />
  6. 6. Estrutura das redes sociais<br />Nunes (2009) refere-se a um aspecto muito importante:<br /> “As redes sociais centram-se nas pessoas, sendo controladas pelo utilizador, impulsionadas pelos contextos, auto-organizadas, descentralizadas e não delimitadas”.<br />“Implicam uma abordagem focada na estrutura social, na qual o indivíduo não pode ser estudado independentemente das suas relações com os outros”.<br />
  7. 7. Integração do software social<br />Nunes (2009) salienta que a integração de Software Social nas aprendizagens formais baseia-se na teoria sócio-construtivista da aprendizagem.<br />Os ambientes de aprendizagem são meios facilitadores da construção do conhecimento, pressupondo a auto-regulação da aprendizagem.<br />
  8. 8. Referências<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Software_social<br />Bargh, J & McKenna, K (2004). The Internet and Social Life. Annu. Rev. Psychol. 10.1146/annurev.psych.55.090902.141922.<br />Caplan, S (2003). Preference for Online Social Interaction - A Theory of Problematic Internet Use andPsychosocialWell-Being.<br />COMMUNICATION RESEARCH, Vol. 30 No. 6, December 2003 625-648<br />Nunes, M. (2009). Software Social - potencialidade educativas. Faculdade de Ciências - Departamento de Educação Doutoramento em Educação.<br />

×