Mundo árabe geo

933
-1

Published on

Apresentação Universidade Sénior
História e Cultura Geral (2010)

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
933
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Mundo árabe geo

  1. 1. Mundo Árabe Versus Mundo Muçulmano
  2. 2. MUNDO ÁRABE
  3. 3. POVO ÁRABE • Arabes- povo heterogéneo que habita principalmente o Médio Oriente e a África setentrional. • Originário da península Arábica (desértica) está associado ao nomadismo (dificuldades de plantio e criação de animais) •.A essas tribos do deserto dá-se o nome de beduínos. (caravanas nómadas em busca de água e de melhores condições de vida).
  4. 4. EXPANSÃO ISLÂMICA
  5. 5. O GRANDE MAGREB
  6. 6. BERBERES Os berberes "homens livres", são um conjunto de povos do Norte de África que falam línguas berberes da família de línguas afro-asiáticas. Estima-se que existam entre 58 e 75 milhões de pessoas que falam estas línguas, principalmente em Marrocos e Argélia, mas também fazendo parte deste grupo os tuaregues predominantemente nómadas do Sahara. Os Beduínos são um povo nómada que vive nos desertos do Médio Oriente e do norte da África. Os beduínos representam cerca de 10% dos habitantes do Médio Oriente e têm o nome derivado das palavras árabes al bedu ("habitantes das terras abertas") ou al beit ("povo da tenda").
  7. 7. Magreb – poente do mundo árabe
  8. 8. MAGREB  O Magrebe ou Magreb - (em árabe, ‫المغرب‬, Al-Maghrib) significa poente ou ocidente.  Região africana que abrange Marrocos, Sahara Ocidental, Argélia e Tunísia (Pequeno Magreb ou Magreb Central).  O Grande Magreb inclui também a Mauritânia e a Líbia. (África menor no Império Romano).
  9. 9. Evolução histórica Conquistado pelos Árabes em 647 (convertido ao Islão) A colonização europeia França apodera-se de Argel (1830), Tunísia (1881), Mauritânia (1904) e Marrocos (1911) tornam-se protectorados franceses Itália ocupa a Líbia em 1911. Descolonização Itália – fim da Segunda Guerra Mundial França concede a independência à Tunísia e Marrocos (1956), Mauritânia (1960), na Argélia a guerra da independência durou de 1954 a 1962.
  10. 10. PERCURSOS DISTINTOS  Argélia- regime autoritário com tendência socialista. Depois de 1992 – guerra civil (GIA).  Tunísia – regime autoritário  Líbia – regime autoritário (socialista) Kadhafi  Marrocos – monarquia  Mauritânia - indivíduos e tribos específicas (população negra do Sul e árabes-berbéres do Norte)
  11. 11. Recursos e transacções
  12. 12. MACHREK  Machrek – nascente, oriente árabe, desde o mundo nilótico até ao Iraque e Península Arábica (Iraque, Síria, Líbano, Jordânia, Israel e Koweit, Autoridade palestiniana).  Crescente fértil (arco de círculo da margem oriental do Mediterrâneo até às planícies ricas da Mesopotâmia). Berço de antigas civilizações (importância comercial e estratégica).  Boom petrolífero dos anos 70
  13. 13. O MUNDO NILÓTICO  Entre o Mediterrâneo e o Mar Vermelho.  Importância estratégica com a abertura do Canal do Suez.  Rio Nilo (6.700Km), único corredor de vida entre a África negra e a África branca.  Relações conflituosas entre o Egipto e o Sudão (País charneira entre a África negra e a África branca).
  14. 14. O Egipto está, pela sua história e pela sua localização, no centro do mundo árabe. Factor-chave de equilíbrio do Próximo Oriente. Papel fundamental na Conferência de Bandung (1955), promoção dos princípios do não- alinhamento. EGIPTO
  15. 15. PENÍNSULA ÁRABE Quadrilátero desértico, cercado pelo Mar Vermelho, pelo mar de Oman e pelo Golfo Pérsico, compreende a Arábia Saudita, os Emiratos Árabes Unidos, o Koweit, o emirato do Bahrein, o emirato do Qatar, o sultanato de Oman e a república do Iémen. Berço do Islão. Riqueza em hidrocarbonetos. Enorme conflitualidade regional.
  16. 16. A SOCIEDADE NA ARÁBIA CENTRAL Beduínos e sedentários  Arábia Desértica – ausência de cursos de água e escassez de precipitação (nomadismo).  Arábia Feliz – condições climatéricas favoráveis para o cultivo e fixação da população. Meca e Mediana (situadas na Arábia Central) tornaram-se núcleos populacionais importantes de vido às rotas comerciais Beduínos - temperamento resistente, solidário, hospitaleiro e generoso.
  17. 17. O CORNO DE ÁFRICA A origem da designação “Corno de África” pode estar na forma pontiaguda daquela parte do continente. Os nativos da região associam-no ao efeito afrodisíaco do corno de rinoceronte e, para muitos africanos, é um símbolo de poder, além de um importante meio de comunicação (tradicionalmente, o anúncio para as principais cerimónias tribais é feito soprando- se num corno de papala ou cudo, dois dos antílopes mais “nobres”).
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×