A estrutura do texto poético

5,220 views
5,037 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,220
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
78
Actions
Shares
0
Downloads
256
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A estrutura do texto poético

  1. 1. O texto poético
  2. 2. O texto poético é geralmente escrito em verso. Além da forma, tem uma linguagem própria, em que as palavras adquirem significados novos ou diferentes daqueles que têm noutras tipologias textuais, nomeadamente graças aos recursos expressivos utilizados. 2/16
  3. 3. O poeta é o autor do poema, mas a voz do poema – quem expressa os sentimentos, quem descreve realidades e vivências – é o sujeito poético. 3/16
  4. 4. Estrutura do texto poético 1- Verso – cada uma das linhas do poema. 2- Estrofe – um conjunto de versos separadas por um espaço em branco. As estrofes classificam-se tendo em conta o número de versos que as constituem. 4/16
  5. 5. Estrutura do texto poético Número de versos Designação da estrofe 1 Monóstico 2 Dístico 3 Terceto 4 Quadra 5 Quintilha 6 Sextilha 7 Sétima 8 Oitava 9 Nona 10 Décima 5/16
  6. 6. Estrutura do texto poético 3- Rima – igualdade ou semelhança de sons no fim dos versos. Classifica-se conforme a posição que os versos ocupam na estrofe. 6/16
  7. 7. Rima - Posição Designação Definição Esquema Emparelhada Rimam dois a dois a a b b Cruzada Rimam alternadamente a b a b Interpolada Rimam separados por dois ou mais versos a b b a Interna Última palavra de um verso rima com a do meio do verso seguinte Um verso que não rima designa-se verso solto ou verso branco. 7/16
  8. 8. Rima - Designação Consoante ou perfeita – quando, a partir da vogal da última sílaba tónica de cada verso, se verifica a correspondência de todos os sons, vogais e consoantes. 8/16
  9. 9. Rima - Designação Toante ou imperfeita – quando apenas existe correspondência de vogais. 9/16
  10. 10. Rima - Tonalidade Aguda: Quando a rima acontece entre palavras agudas. Grave: Quando a rima acontece entre palavras graves. 10/16
  11. 11. Rima - Tonalidade Esdrúxula: Quando a rima acontece entre palavras esdrúxulas. 11/16
  12. 12. Rima - Valor Rica: quando a rima acontece entre palavras de diferentes classes gramaticais. Pobre: quando acontece entre palavras da mesma classe gramatical. 12/16
  13. 13. Estrutura do texto poético 4- Métrica – medida de um verso, que corresponde ao seu número de sílabas métricas. Para contar o número de sílabas métricas, contam-se as suas sílabas gramaticais até à última sílaba tónica. 13/16
  14. 14. Estrutura do texto poético 4- Métrica – medida de um verso, que corresponde ao seu número de sílabas métricas. Sílabas gramaticais que terminam e começam em vogais, e que são pronunciadas numa só emissão de som, contam apenas como uma sílaba métrica. Por isso, o número de sílabas métricas nem sempre corresponde ao número de sílabas gramaticais. 14/16
  15. 15. Estrutura do texto poético Número de sílabas Designação do verso 1 Monossílabo 2 Dissílabo 3 Trissílabo 4 Tetrassílabo 5 Pentassílabo (redondilha menor) 6 Hexassílabo 7 Heptassílabo (redondilha maior) 8 Octossílabo 9 Eneassílabo 10 Decassílabo 15/16
  16. 16. Metas curriculares EL.18. 4. Sistematizar elementos constitutivos da poesia lírica (estrofe, verso, refrão, rima, esquema rimático). 16/16

×