Desenvolvimento motor

19,522 views
18,912 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
19,522
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
326
Comments
0
Likes
7
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Desenvolvimento motor

  1. 1. Aprendizagem Motora e Controle MotorCompreendendo o Desenvolvimento MotorUma visão geralProfessor: Anderson
  2. 2. AcadêmicosAlerrandro QueirozAnita QueirozAntônio MarcosCassiano MoreiraIvanilson MoraisLuiz CarlosSebastião Agmar da Silveira
  3. 3. Processo Desenvolvimentista:Historicamente o desenvolvimento motor tempassado por períodos que enfatizaram váriasexplicações do processo desenvolvimentista.
  4. 4.  desenvolvimento motor é a continua alteração nocomportamento motor ao longo do ciclo da vida,proporcionada pela interação entre asnecessidades da tarefa, a biologia do individuo e ascondições do ambiente.desenvolvimento é um processo permanente que seinicia na concepção e cessa somente na morte
  5. 5. As primeiras tentativas sérias de estudo dodesenvolvimento motor foram feitas a partir deperspectiva maturacional, conduzida por ArnoldGessel (1928) e Myrtle Mcgraw (1935)Em resumo, o período compreendido entre 1930 e asegunda guerra mundial pode ser caracterizadocomo "período de amadurecimento"; os anos apartir de 1964 até a década d 1970
  6. 6. Período normativo/descritivo" para o estudo dodesenvolvimento motor; a fase da década de 1980até o presente pode ser descrita como "períodoorientado para processos"(Clark e Whitall,1980).
  7. 7. Sigmund Freud (1856-1939)Érik Erikson (1902-1994)Arnold Gessell (1880-1947)Robert Havighurst (1900-1991)Jean Piaget (1896-1980)
  8. 8. A teoria psicossocial de Erick EriksonA teoria maturacional de Arnold GesselA teoria ambiental de Robert HavighurstA teoria do desenvolvimento cognitivo de Piaget
  9. 9. Fase estágioTarefa desenvolvimentistaMarco desenvolvimentistaTeorias ecológicas do desenvolvimento humano
  10. 10. Aquisição de um sentido de confiança versusdesconfiança (período neonatal)Autonomia versus desconfiança (primeira infância)Iniciativa versus culpa (período de educaçãoinfantil)Atividade versus inferioridade (idade escolar)
  11. 11. Identidade versus confusão de papeis (préadolescência)Intimidade versus isolamento (final da adolescência)Produtividade versus auto-absorção( idade adulta)Integridade versus desespero (idade madura evelhice)
  12. 12. Fase sensório-motora (do nascimento aos 2 anos)Fase do pensamento pré-operacional (de 2 a 7 anos)Fase de operações concretas (de 7 a 11 anos)Fase de operações formais (de 11 anos em diante)
  13. 13. Período neonatal e primeira infância (donascimento aos 5 anos )Media infância (de 6 a 12 anos )Adolescência ( de 13 a 18 anos )Inicio da idade adulta (de 30 a 60 anos )Maturidade posterior (mais de 60 anos )
  14. 14. Os primeiros movimentos que o feto fazReflexos Primitivos:Reflexos de sobrevivênciaReflexos Posturais:Reflexo primário caminhar quando se segura obebê ao alto
  15. 15. São as primeiras formas de movimentosvoluntáriosOcorre do nascimento aos 2 anosPossuem uma sequência de aparecimentoaltamente previsível, que é consistente emcondições normais, porém o momento dasmudanças é dependente do ambiente e doindividuo.
  16. 16. EstabilizadoresLocomotoresManipulativos
  17. 17. Estabilizadores: Sustentação sentadoControla a cabeça em linha reta no final do 1º mêsConsegue se sentar do 3º ao 8º mês
  18. 18. Estabilizadores: de sustentação em péFica de pé dos 10 aos 12 meses
  19. 19. Locomoção: Arrastar – engatinhar - caminhar1. Arrastar-se 6 meses2. Engatinhar 9-11 meses3. Caminhar 11 – 15 meses
  20. 20. Manipulação: alcance – preensão – soltura1. Alcançar 4 – 5 (final) meses2. prender 5 – 14 meses3. Soltar 12 – 18 meses
  21. 21. Crianças tem pleno potencial para atingir o final doestágio fundamental em todas as classes demovimento.Mas não é verificado em muitas crianças e adultos.A s práticas orientadas são inadequadas ouinexistentes.
  22. 22. Estabilizadores, movimentos fundamentais dacriança de 2 a 7 anosEquilíbrio estático com apoio reduzidoExemplo: apoiar-se num pé só.Estabilização axial: de rolamentoEquilíbrio dinâmico: caminhar com os pés juntosEquilíbrio estático: apoio invertido (ponta cabeça)
  23. 23. Locomoção:CorrerSaltarManipulação:QuicarArremessarChutarReceber/Recepção
  24. 24. Movimentos especializados são resultadosDa fase de movimentos fundamentaisPeríodo que as fases se estabilizam podendo seraperfeiçoadas.Refinando os movimentos surgindo novos padrõesmotores
  25. 25. Estagio de transição: 7 – 10 anosEstagio de aplicação: 11 – 13 anosEstagio de utilização ao longo da vida: 14 anos emdiante Dependente dos movimentos fundamentais,porem não e necessário estar no estagio maduro emtodos para se chegar a fase motora especializada.
  26. 26. Períodos de aprendizado críticosO desenvolvimento normal pode serprejudicado de a criança não recebe o estímulocorretoEx: Nutrição inadequada, pressão prolongadaCuidados maternos incompatíveis
  27. 27. Diferenças individuaisHereditariedadeMeio socialCulturaAmbiente
  28. 28.  A extensão até a qual a criança poderá alcançarseus companheiros etários, entretanto, depende daduração e da severidade da privação, da idade edo potencial genético de crescimento individual dacriança
  29. 29. O nível pessoal de aptidão relacionado a saúdea genótipo, desempenho da tarefaMeio ambiente, psicológico e aptidão motoraTem influência direta nos comandos dodesenvolvimento motor
  30. 30. Teratogênico:Anomalias do feto causadas por uma mágestaçãoMá nutriçãoDrogas IlícitasSíndrome alcoólica fetalSíndrome de Down
  31. 31. Defeitos genéticosPoluentes genéticosDoenças sexualmente transmissíveisMedicação obstétrica
  32. 32.  RudimentaresEstágio de inibição de Reflexos.Começa desde o nascimento até o primeiro ano devida onde começa a ter controle dos movimentos de12 a 18 meses.Ocorrem os estímulos Visuais, auditivos,olfativostáteis e cinéticos.
  33. 33. Estágio de pré controle:Entre o 1 e 2 ano do bebêComeça obter maior controle e precisão nomovimento tornando-se mais desenvolvidos e oslimitadores de ritmo do início da infânciaEstabilidade:Força feita contra a gravidade para manter posturaereta sobre a musculatura em posição a gravidade
  34. 34.  LocomoçãoMovimento através do espaço para lidar com agravidade, capaz de movimentar-se livrementeate as tarefas desenvolvimentistasRudimentares.Manipulação:Habilidades manipulativas do bebê queevoluem ao longo de estágios de manipulação,alcançar, segurar e saltar.
  35. 35.  Arrastar-seSão as primeiras tentativas de locomoção que obebê ganha controle dos músculos da cabeça epescoço e tronco.Padrão HomolateralO bebê tenta alcançar um objeto a sua frente,erguendo a cabeça e peito acima do solo,comas partes do corpo para baixo e os braçosestendidos impulsionando
  36. 36.  EngatinharO ato de arrastar-se para engatinhar, são necessáriopernas e braços posicionados entre si, caracterizam-se por movimentos determinados de um membro decada vez.Padrão Contralateral: Braço direito e pernaesquerda,representação visual do ato de engatinharcontralateral
  37. 37.  Intervenção precoce:É a facilitação da caminhada independente dobebê com atraso de desenvolvimento usando oparadigma de treinamento de andador
  38. 38. Métodos de estudos da percepção infantilPercepção VisualSensibilidade de contatoAcuidade visualAcomodação e visão periférica
  39. 39. Binocularidade, fixação e acompanhamentoPercepção de profundidadePercepção da corPercepção da formaPercepção auditiva, olfativa, gustativa e tátil
  40. 40.  A aquisição de competência dos movimentos é umprocesso extenso pelo qual o individuo progride apartir de fases de movimentos sendo que essedesenvolvimento irá depender de meiosintrínsecos e extrínsecos passando por processosque poderão durar uma vida inteira

×