1ª série E. M. - Fonética
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

1ª série E. M. - Fonética

on

  • 1,292 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,292
Views on SlideShare
1,292
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
21
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

1ª série E. M. - Fonética 1ª série E. M. - Fonética Presentation Transcript

  • Atendimento Pedagógico1ª série E. M. (Aula #2) 1
  • 2
  • Letra e Alfabeto Para produzirmos, na escrita, as palavras de nossa língua, empregamos certo número de sinais gráficos chamados LETRAS. O conjunto ordenado das letras de que nos servimos para transcrever os sons da linguagem falada denomina-se ALFABETO. 3
  • Fonemas Um fonema é a menor unidade sonora (fonética) de uma língua que estabelece contraste de significado para diferenciar palavras. Por exemplo, a diferença entre as palavras PRATO e TRATO, quando faladas, está apenas no primeiro fonema: /p/ na primeira e /t/ na segunda. Temos, pois, fonemas consoantes e fonemas vogais. 4
  • Letras ≠ FonemasO fonema não pode ser confundido com letra.Enquanto o fonema é o som em si mesmo, a letra é a representação gráfica desse som.Um mesmo fonema pode ser representado por diferentes letras: o fonema /z/, no português pode ser representado pelas letras S (CASA), Z (ZERO) ou X (EXAME).Uma mesma letra pode representar mais de um fonema: a letra X, no português pode ter o som (fonema) de /z/ (EXEMPLO), /chê/ (ENXAME), /s/ (APROXIMAR) e /ks/ (FIXO). 5
  • Vogais e ConsoantesVogal é todo fonema em cuja emissão o ar passa livremente pela boca (ou também pelo nariz), sem obstrução.As vogais constituem o cume silábico, ou seja, qualquer sílaba tem de possuir uma vogal, quer tenha consoante(s) ou não, sendo essa vogal o segmento fonético pronunciado com maior intensidade. (A, E, I, O, U e Y)Consoante é qualquer fonema caracterizado por alguma obstrução ou constrição em um ou mais pontos do trato vocal.(B, C, D, F, G, H, J, K, L, M, N, P, Q, R, S, T, V, W, X, Y, Z) 6
  • SemivogalEntre as vogais e as consoantes situam-se as semivogais, que são os fonemas /i/ e /u/ quando, juntos a uma vogal, com ela formam uma sílaba.Em riso e viu, o /i/ é uma vogal;Em rei e vário, o /i/ é uma semivogal.Em muro e rua, o /u/ é uma vogal;Em meu e quatro, o /u/ é uma semivogal. 7
  • Encontros consonantaisAgrupamento de consoantes num vocábulo.Principais encontros consonantais no português: Encontro Exemplificação Encontro Exemplificação consonantal consonantal bl bloco, abluir gl glutão, aglutinar br branco, rubro gr grade, regra cl claro, tecla pl plano, triplo cr cravo, Acre pr prato, sopro dr dragão, vidro tl --, atlas fl flor, ruflar tr tribo, atrás fr francês, refrão vr --, palavras 8
  • DígrafoNão se devem confundir consoantes e vogais com letras, que são sinais representativos daqueles sons.Assim, nas palavras carro, pêssego, chave, malho e canhoto, não há encontro consonantal, pois as letras rr, ss, ch, lh e nh representam uma só consoante.Também não há encontro consonantal em palavras como campo e ponto, pois o m e o n funcionam apenas como sinal de nasalidade da vogal anterior. 9
  • Dígrafosa) ch – representa o som de /x/ como em ficha.b) lh e nh como nas palavras velho e tenho.c) rr e ss que só se empregam entre letras-vogais para representar os mesmos sons /r/ e /s/ que se escrevem com r e s simples no início de palavra: prorrogar (compare-se com rogar), assimetria (compare-se com simetria). 10
  • Dígrafos por combinação de letrasa) gu e qu antes de e e i como em guerra, seguir, querer e aquilo.b) sc, sç e xc entre letras-vogais como em florescer, desça e exceder.c) am, an, em, en, im, in, om, on, um, un, que servem para representar as vogais nasais como em tampo, tanto, tempo, tento, limbo, lindo, pombo, tonto, comum, mundo. 11
  • Encontros vocálicosDitongo: vogal + semivogal (ditongo decrescente) pai, céu, muito semivogal + vogal (ditongo crescente) qual, linguiça, frequente 12
  • Encontros vocálicosTritongo: semivogal + vogal + semivogal Uruguai, enxaguei, delinquiu, saguão, delinquemHiato: vogal + vogal país (compare-se ao ditongo de pai) 13
  • Exercícios1. Assinale a alternativa errada a respeito da palavra "churrasqueira".a) apresenta 13 letras e 10 fonemasb) apresenta 3 dígrafos: ch, rr, quc) divisão silábica: chur-ras-quei-rad) é paroxítona e polissílabae) apresenta o tritongo: uei 14
  • Exercícios2. Qual das alternativas abaixo possui palavras com mais letras do que fonemas?a) Cadernob) Chapéuc) Floresd) Livroe) Disco 15
  • Exercícios3. Ele chegou às carreiras, trazendo do colégio a notícia da saída do professor. As palavras em itálico na frase anterior apresentam respectivamente:a) hiato, ditongo decrescente, ditongo crescenteb) ditongo crescente, ditongo decrescente, hiatoc) ditongo decrescente, ditongo crescente, hiatod) ditongo decrescente, ditongo crescente, ditongo decrescentee) hiato, ditongo crescente, ditongo decrescente 16
  • Exercícios4. Assinale a melhor resposta. Em papagaio, temos:a) um ditongob) um tritongoc) um trissílabod) um oxítonoe) um proparoxítono 17
  • Exercícios5. Assinale a série em que apenas um dos vocábulos não possui dígrafo:a) folha - ficha - lenha - fechob) lento - bomba - trinco - algumc) águia - queijo - quatro - querod) descer - cresço - exceto - exsudare) serra - vosso - arrepio - assinar 18