Your SlideShare is downloading. ×
Carta cban 03
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Carta cban 03

150

Published on

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
150
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 1 ANEFAC - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS EXECUTIVOS DE FINANÇAS, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE Rio de Janeiro, 10 de maio de 2012. Prezados Senhores, É com satisfação que encaminhamos a Carta CBAN 03, com os resultados da terceira reunião geral do CBAN - Comitê Brasileiro de Avaliadores de Negócios da ANEFAC, e a descrição dos próximos passos. As reuniões foram dirigidas pelos Diretores de Avaliação da ANEFAC – RJ Ana Cristina França de Souza e Luiz Paulo C. Silveira, e contaram com cerca de 20 profissionais do ramo e usuários nos dias 03 de maio em SP, e no dia 04, no RJ. O sucesso do CBAN depende prioritariamente do envolvimento voluntário dos especialistas e usuários qualificados da área. Gostaríamos de agradecer a todos que direta ou indiretamente tem contribuído par ao desenvolvimento do CBAN. Atenciosamente, Ana Cristina França Diretora Executiva anacristina@anefac.com.br Luiz Paulo Silveira Diretor luiz.silveira@anefac.com.br 1
  • 2. 2 ANEFAC - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS EXECUTIVOS DE FINANÇAS, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE CARTA CBAN 03 As reuniões foram dirigidas pelos Diretores de Avaliação da ANEFAC – RJ Ana Cristina França de Souza e Luiz Paulo C. Silveira, e contaram com cerca de 20 profissionais do ramo e usuários nos dias 03 e 04 de maio de 2012 em SP e no RJ, respectivamente. Contamos com as seguintes presenças:  Carlos Prudêncio Alonso  Antonio Reis da Silva Filho – APSIS  Renata Monteiro – Apsis Consultoria  Carlos Ribeiro – ANEFAC consultoria  Betina Dengler – Apsis Consultoria  Jorge Augustowsky – Lexus  Jeniffer – ANEFAC  Miguel Bahury – Consultor em  José Mollo – Mlegate Soluções  Larissa Dantas Ruiz – Pozzato e Mercado de Capitais, ex- Empresariais Ruiz Advogados superintendente da CVM  Luiz Roberto Nascimento –  Bernardo Moteiro – Pozzato e Ruiz Professor de Finanças FMU Advogados  Waldyr Dias – Grant Thornton  Anderson Lisboa da Silva – Petrobrás A reunião foi basicamente dividia em dois momentos: os Informes e a produção de orientações técnicas. INFORMES O CBAN - Inicialmente foi repassada a proposta geral do CBAN para os que estavam comparecendo da primeira vez, as razões de sua criação e as seguintes frentes de ação:  Normalização dos procedimentos de avaliação diante dos novos relatórios de fair value, com base nas normas internacionais;  Suporte para confecção dos laudos de avaliação na nova realidade contábil;  Estímulo à profissionalização e aperfeiçoamento do avaliador,  Estímulo ao intercâmbio entre os países. O CBAN vem progressivamente se aproximando do contexto internacional, uma vez que é fruto da demanda deste mesmo mercado, que tem o IVSC como órgão responsável pela emissão das normas de avaliação mundiais, baseadas nas demandas do IFRS. O IVSC - Desde a última reunião geral, em dezembro de 2012, o CBAN vem estreitando laços com o IVSC. Obtivemos a autorização para tradução dos Princípios de Código de Ética para Avaliadores Profissionais (Principles of Code of Ethics of Professional Valuers), lançado em ANEFAC RJ – Diretoria de Avaliações 2
  • 3. 3 ANEFAC - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS EXECUTIVOS DE FINANÇAS, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE dezembro de 2011. A tradução oficial deste documento em língua portuguesa, portanto, é a do CBAN, uma vez que só é permitida uma tradução por língua. Em setembro deste ano, ainda, está programada a visita de Chris Thorne, diretor técnico do IVSC, que nos dará um panorama acerca de como as nações vêm organizando suas atividades de avaliação pelo mundo, de acordo com o relatório do G-20, que recomenda a formação de associações e órgãos no setor. O IIBV - Outra grande aproximação internacional divulgada na reunião foi a realização do curso de avaliação de ativos intangíveis no Brasil. A ANEFAC, através do CBAN, e em parceria com a FIPECAFI, entrou em contato com o Instituto Internacional de Avaliadores de Negócios (IIBV), e conseguiu inserir o Brasil na programação dos cursos que estão sendo exportados para o mundo inteiro, e têm base nos tradicionais e respeitados cursos de certificação de avaliação da American Society of Appraisers (ASA). As inscrições estão abertas e as vagas são limitadas. As informações estão no site da ANEFAC. O IIBV foi formado em 2010 através da associação entre duas das sociedades de avaliação mais respeitadas no meio: a já citada ASA e o Canadian Institute of Chartered Business Valuators (CICBV), com o objetivo de promover a especialização e a profissionalização em avaliação ao redor do mundo. Em abril foi ministrado um curso em Seoul, e em junho será no Brasil. No site do IIBV encontra-se o anúncio do curso, juntamente com uma interessante entrevista realizada pela equipe da ANEFAC. DOCUMENTOS ELABORADOS PELO GRUPO DE TRABALHO (GT) A vocação internacional da ANEFAC-CBAN está em conformidade com um dos principais objetivos do CBAN, que é a emissão de orientações para o mercado brasileiro sobre as melhores práticas relacionadas às normas de avaliação internacionais. O trabalho do CBAN inclui a análise das melhores práticas na confecção dos laudos de avaliação, incluindo as metodologias abordadas e estudos de casos gerais, adaptando à realidade brasileira os padrões técnicos sugeridos pelo IVSC. Estas análises serão incluídas nos documentos intitulados Orientações. Já foi lançada a Orientação 01 do CBAN (OCBAN 01), que consiste principalmente na justificativa para a existência do CBAN e suas relações com o IVSC. A Orientação 02 (OCBAN 02) dá as diretrizes de ética profissional e das melhores práticas na confecção de laudos de avaliação em geral, e será publicada ainda em maio. ANEFAC RJ – Diretoria de Avaliações 3
  • 4. 4 ANEFAC - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS EXECUTIVOS DE FINANÇAS, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE Outro tipo de documento emitido será a Diretriz Técnica (DT), que abordará assuntos mais específicos de metodologias em avaliação e sua aplicação. Já está no blog para consulta pública a DT 01, que aborda a metodologia do fluxo de caixa descontado. Como início da participação da ANEFAC – CBAN às atividades do IVSC enquanto órgão consolidador de avaliadores do Brasil marcou-se uma data (15 de maio) para a elaboração de comentários à consulta pública sobre o documento mais recente expedido por esta organização, que recomenda normas para emissão de relatórios de Fairness Opinion. O documento pode ser baixado no site1. Será enviado um convite para a lista do Google e para o grupo de trabalho para relembrar aos interessados. Quem não puder participar, poderá ainda enviar seus comentários para a mesma lista ou para o email giana@anefac.com.br, de modo a podermos inserir os comentários e críticas pertinentes no documento. O Google Grupos da ANEFAC - CBAN foi uma solicitação do grupo nas reuniões iniciais, funcionando como um fórum virtual de debates para possibilitar a participação de todos. O fórum foi montado no Google Grupos. A associação é aberta e pode ser feita através de uma solicitação ao email giana@anefac.com.br. Ele facilita as discussões na medida em que através de apenas um endereço de email anefac-cban@googlegroups.com todos podem enviar a receber os comentários e documentos, bem como convites para os eventos. As informações do CBAN também estão disponíveis na rede social LinkedIn, no grupo aberto CBAN em http://www.linkedin.com/groups/CBAN-COMIT%C3%8A-BRASILEIRO-AVALIA%C3%87%C3%83O- NEG%C3%93CIOS-4074597?goback=%2Egna_4074597 . Outro meio de interação entre os participantes, decorrente das sugestões recolhidas na reunião 02, foi a confecção de um blog, onde estão sendo armazenados os documentos para consulta pública, os definitivos, traduções, e todo material pertinente às atividades do CBAN, além de notícias e divulgação das atividades. Com o passar do tempo tornou-se um dos principais meios veiculadores das atividades do Comitê, tendo contabilizado, desde janeiro de 2012, cerca de 20 mil acessos. O blog pode ser acessado no endereço http://blogrio.anefac.com.br. 1 A notícia pode ser lida em: http://www.ivsc.org/news/nr/2012/nr120307.html - acesso em 07/05/2012), e o documento pode ser lido em: http://www.ivsc.org/pubs/exp_drafts/20120531- fairop.pdf - acesso em 07/05/2012. ANEFAC RJ – Diretoria de Avaliações 4
  • 5. 5 ANEFAC - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS EXECUTIVOS DE FINANÇAS, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE PRÓXIMA REUNIÃO Como resolução da reunião 02, o CBAN vem adotando desde dezembro de 2011 a seguinte dinâmica de trabalho: foi formado um grupo de trabalho, composto por uma equipe multidisciplinar sênior, como objetivo de se reunir mensalmente e elaborar as Orientações e Diretrizes. Trimestralmente ocorrerão as reuniões gerais, apresentando e discutindo os trabalhos com o mercado. A próxima reunião será feita com o grupo de trabalho no dia 07 de junho de 2012, com videoconferência entre o Rio de Janeiro e São Paulo. Será discutido o tema da próxima Orientação do CBAN (OCBAN 03), que tratará de “Conceitos de Valor Justo”. No dia 05 de julho o GT se reunirá novamente, e a próxima reunião geral (CBAN 04) está programada para o dia 02 de agosto. Segue o quadro de planejamento para o ano de 2012. As atividades serão comunicadas progressivamente. Planejamento ANEFAC – CBAN 2012 Disponível no blog: http://blogrio.anefac.com.br/?page_id=290 ANEFAC RJ – Diretoria de Avaliações 5

×