DIRETORIA DE AVALIAÇÕES
CBAN - COMITÊ BRASILEIRO DE AVALIAÇÕES DE NEGÓCIOS
Grupo de Trabalho CBAN
13 de novembro 2012
ANEF...
AGENDA
• INFORMES
• ESTUDOS SOBRE FAIR VALUE – IFRS 13
• ATIVOS INTANGÍVEIS
• PRÓXIMOS PASSOS
DIRETORIA DE AVALIAÇÕES
CBAN...
Orientação (OCBAN)
• Orientações gerais do CBAN sobre determinado
assunto, para divulgar e esclarecer conceitos
referentes...
DOCUMENTOS CBAN
DIRETORIA DE AVALIAÇÕES
CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
• Documentos disponíveis:
• OCBA...
INFORMES
DIRETORIA DE AVALIAÇÕES
CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
• Apresentação dos novos membros do Gru...
Eric Barreto
Diretor Executivo CBAN São Paulo. Doutorando, Mestre e
Bacharel em Ciências Contábeis pela FEA-USP, é certifi...
INFORMES
INFORMES
Enviadas sugestões de 2 capítulos – IVS 250 e IVS 310 (Demonstrações
Financeiras e Secured Lending)
Capítulos a s...
INFORMES
1. CURSO IACVA (novembro/2012)
3 dias: curso básico
IACVA – International Association of Consultants,
Valuators a...
PRÓXIMOS PASSOS
INFORMES
CURSO IACVA (novembro/2012)
• Dias 1 e 2 – Fundamentos universais e
práticos em Avaliação de Negócios
• Dia 3 -Av...
PRÓXIMOS PASSOS
CURSO IACVA (novembro/2012)
Dias 1 e 2 – Fundamentos universais e práticos em
Avaliação de Negócios
• Elab...
INFORMES
CURSO IACVA (novembro/2012)
Dia 3 – Avaliação de Negócios: Aplicação e cálculo
nas abordagens de renda e de ativo...
INFORMES
CURSO IACVA (novembro/2012)
• Professor: Willian A. Hanlin Jr.
– Contador público certificado, com atuação como c...
IFRS 13 – HISTÓRICO DAS REUNIÕES
GT 03 – junho/12
• Análise material disponível
• Planejamento dos Grupos de Trabalho
GT 0...
IFRS 13 – HISTÓRICO DAS REUNIÕES
GT 05 – agosto/12
• APLICAÇÃO A PASSIVOS E AOS INSTRUMENTOS DE PATRIMÔNIOS
PRÓPRIO DAS EN...
IFRS 13 – HISTÓRICO DAS REUNIÕES
GT 07 – outubro/12
• DISCUSSÃO OCBAN – Justificativas e índice + propostas de
montagem de...
PROPOSTA PARA OCBAN 03
DIRETORIA DE AVALIAÇÕES
CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
Tópicos comentados sobre ...
PROPOSTA DE ESTUDOS ATIVOS
INTANGÍVEIS
DIRETORIA DE AVALIAÇÕES
CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
ATIVOS INTANGÍVEIS
- Fontes técnicas
- IVSC
 Technical Information Paper 3 – The Valuation of Intangible Assets –
Traduçã...
ATIVOS INTANGÍVEIS
NOTAS SOBRE O TIP 3 IVSC:
1. (Introdução e escopo) Objetivo: fornecer orientações sobre as
principais a...
NOTAS SOBRE O TIP 3 IVSC
2. Definições – termos essenciais para avaliação de Ativos
Intangíveis - Acrescentar ou retirar a...
NOTAS SOBRE O TIP 3 IVSC
2. Definições – termos essenciais para avaliação de Ativos
Intangíveis - Acrescentar ou retirar a...
NOTAS SOBRE O TIP 3 IVSC
3. IDENTIFICANDO O ATIVO
4. ABORDAGENS E MÉTODOS
5. ABORDAGEM DE MERCADO
6. ABORDAGEM DE RENDA
• ...
NOTAS SOBRE O TIP 3 IVSC
7. ABORDAGEM DE CUSTO
8. OUTRAS CONSIDERAÇÕES
• Taxas de desconto
• Vida útil remanescente
9. EXE...
PRÓXIMOS PASSOS
DIRETORIA DE AVALIAÇÕES
CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
PRÓXIMOS PASSOS
CURSO IACVA – VALUATION – dias 22, 23 e 24
de novembro
REUNIÃO GERAL CBAN 06 dezembro/2012
– Atividades do...
CONTATO
anefac-cban@gmail.com ou giana@anefac.com.br
Rio de Janeiro: +55 (21) 2543.1249
São Paulo: +55 (11) 2808.3200
GOOG...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Apresentação da reunião do GT 08 do CBAN

330

Published on

apresentação utilizada na reunião

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
330
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação da reunião do GT 08 do CBAN

  1. 1. DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN - COMITÊ BRASILEIRO DE AVALIAÇÕES DE NEGÓCIOS Grupo de Trabalho CBAN 13 de novembro 2012 ANEFAC – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS EXECUTIVOS DE FINANÇAS, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE
  2. 2. AGENDA • INFORMES • ESTUDOS SOBRE FAIR VALUE – IFRS 13 • ATIVOS INTANGÍVEIS • PRÓXIMOS PASSOS DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  3. 3. Orientação (OCBAN) • Orientações gerais do CBAN sobre determinado assunto, para divulgar e esclarecer conceitos referentes às melhores práticas de avaliação. Diretriz Técnica (DT) • Diretrizes Técnicas (DT) do CBAN para divulgar e esclarecer as melhores práticas e pontos relevantes na aplicação de metodologias de avaliação específicas. DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios DOCUMENTOS CBAN
  4. 4. DOCUMENTOS CBAN DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios • Documentos disponíveis: • OCBAN 01 – PROPÓSITO E MISSÃO • OCBAN 02 – ÉTICA E BOAS PRÁTICAS • DT 01 – DCF em Avaliação de Negócios - método do fluxo de caixa descontado e sua aplicação (aderência às melhores práticas internacionais).
  5. 5. INFORMES DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios • Apresentação dos novos membros do Grupo de Trabalho • Nova sede da reunião em São Paulo: Levin Global. • Cadastro Grupo de Trabalho CBAN – enviado email! – recebemos indicações • mini currículo • especialidade • dados para contato • Foto
  6. 6. Eric Barreto Diretor Executivo CBAN São Paulo. Doutorando, Mestre e Bacharel em Ciências Contábeis pela FEA-USP, é certificado em IFRS pela ACCA (UK), e professor do INSPER, FIA, FIPECAFI, SAINT PAUL e CINECORP, sendo coordenador de cursos da última. É autor do livro “Contabilidade a Valor Justo”, pela Saint Paul Editora, e possui mais de 14 anos de experiência nas áreas de Contabilidade e Finanças, tendo exercido posições de superintendente e gerente sênior em empresas de consultoria e instituição financeira. Foi auditor em empresa Big 4, e professor em cursos de graduação e pós-graduação por diversas instituições. Eric Barreto eric.barreto@cinecorp.com.br Fixo: +55 (11) 3831-3678 Cel: +55 (11) 9134-8702 EXEMPLO
  7. 7. INFORMES
  8. 8. INFORMES Enviadas sugestões de 2 capítulos – IVS 250 e IVS 310 (Demonstrações Financeiras e Secured Lending) Capítulos a serem enviados (candidatos à colaboração, entrar em contato): IVS Framework IVS 210 Ativos Intangíveis IVS 101 Scope of Work IVS 220 Plant and Equipment IVS 102 Implementation IVS 230 Real Property Interests IVS 103 Reporting IVS 233 Investment property under construction IVS 200 Business and Business Interest Revisão IVS
  9. 9. INFORMES 1. CURSO IACVA (novembro/2012) 3 dias: curso básico IACVA – International Association of Consultants, Valuators and Analysts – Canadá Organização sem fins lucrativos com a intenção de promover as melhores práticas e transferir conhecimento em avaliação de negócios e prevenção da fraude. DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  10. 10. PRÓXIMOS PASSOS
  11. 11. INFORMES CURSO IACVA (novembro/2012) • Dias 1 e 2 – Fundamentos universais e práticos em Avaliação de Negócios • Dia 3 -Avaliação de Negócios: Aplicação e cálculo nas abordagens de renda e de ativos. DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  12. 12. PRÓXIMOS PASSOS CURSO IACVA (novembro/2012) Dias 1 e 2 – Fundamentos universais e práticos em Avaliação de Negócios • Elaborar e analisar normalização de demonstrações financeiras; • Elaborar análises comparativas; • Seleção da renda adequada; • Estimar rentabilidade futura; • Selecionar e desenvolver taxas de capitalização adequadas distinguindo e convertendo taxas antes e depois dos impostos; • Alocar componentes de valor; • Selecionar e aplicar o método de avaliação adequado; • Como e quando selecionar descontos do mercado e de participações minoritárias etc. • Preparando uma avaliação de negócios • Minutando um laudo de avaliação DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  13. 13. INFORMES CURSO IACVA (novembro/2012) Dia 3 – Avaliação de Negócios: Aplicação e cálculo nas abordagens de renda e de ativos. – Como e quando aplicar as abordagens e como desenvolver os vários cálculos – interação de grupo e estudo de casos – Como usar os dados de mercado para avaliar as empresas; – Como localizar e identificar os melhores comparáveis do mercado; – Calcular o ajuste apropriado para assegurar que o melhor mercado se encaixe no caso; – Determinar os indicadores de valor do mercado que fazem mais sentido. Etc DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  14. 14. INFORMES CURSO IACVA (novembro/2012) • Professor: Willian A. Hanlin Jr. – Contador público certificado, com atuação como consultor, avaliador, convocado frequentemente por juris como expert witness, mediador de litígios, atua no setor tributário e de prevenção a fraudes. – Sócio diretor (fundador da Hanlin Moss, OS – empresa que lida com avaliações e perícia, consultoria em assuntos tributários – Atual presidente do IACVA – Instrutor de várias sociedades e organizações do ramo em teoria da avaliação. – Membro honorário da sociedade da China Appraisal Society e professor adjunto da Faculdade Central de Negócios e Administração da China. DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  15. 15. IFRS 13 – HISTÓRICO DAS REUNIÕES GT 03 – junho/12 • Análise material disponível • Planejamento dos Grupos de Trabalho GT 04 – julho/12 • Mapeamento (blog) • INTRODUÇÃO até • APLICAÇÃO A ATIVOS NÃO-FINANCEIROS (33) DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  16. 16. IFRS 13 – HISTÓRICO DAS REUNIÕES GT 05 – agosto/12 • APLICAÇÃO A PASSIVOS E AOS INSTRUMENTOS DE PATRIMÔNIOS PRÓPRIO DAS ENTIDADE (34) até • VALOR JUSTO NO RECONHECIMENTO INICIAL (60) GT 06 – setembro/12 • Consolidação das sugestões para revisão de tradução preliminar do IFRS 13 (CPC/IBRACOM) • Organização para formatação da OCBAN 03. DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  17. 17. IFRS 13 – HISTÓRICO DAS REUNIÕES GT 07 – outubro/12 • DISCUSSÃO OCBAN – Justificativas e índice + propostas de montagem de esqueleto ESTRUTURA DA OCBAN 03 1. Resumo das demandas previstas no Brasil (por instituição e padrão de valor) 2. Definição dos conceitos 3. Orientações para melhores práticas em avaliação para a mensuração e divulgação do Valor Justo • Propostas de redação Diretriz Técnica de Ativos Intangíveis. DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  18. 18. PROPOSTA PARA OCBAN 03 DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios Tópicos comentados sobre os ativos ou passivos avaliados a valor justo: {IFRS 1 – Adoção pela Primeira Vez das Normas Internacionais de Relatório Financeiro (IFRSs) (tal como alterada em setembro de 2010) CPC 37 (R1) - Adoção Inicial das Normas Internacionais de Contabilidade Deliberação nº. 647/10 •Qual o tipo de informação relevante? •Metodologias e Hierarquia aplicáveis? •Listar os pontos de atenção em cada metodologia e exceções. •Listar as boas práticas na divulgação – pontos relevantes para disclosure – tomando por base as principais críticas feitas às declarações deste ano. D2 O parágrafo 19 é excluído. D3 O parágrafo 39J é acrescentado conforme segue: ETC.
  19. 19. PROPOSTA DE ESTUDOS ATIVOS INTANGÍVEIS DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  20. 20. ATIVOS INTANGÍVEIS - Fontes técnicas - IVSC  Technical Information Paper 3 – The Valuation of Intangible Assets – Tradução informal - Agosto 2012. Link para compra original: http://www.pagebros.co.uk/ivs/  Guidance Note 4: Fevereiro 2010. http://www.ivsc.org/~ivscorg/content/ivsc-publish-revised-guidance- valuation-intangible-assets - THE APPRAISAL FOUNDATION – download ambos em: https://appraisalfoundation.sharefile.com/d/s80f9c7da9e744de9  Identification of Contributory Assets and Calculation of Economic Rents: Toolkit  Best Practices For Valuations In Financial Reporting: Intangible Asset Working Group – Contributory Assets. - CPC 04 (R1) - ATIVO INTANGÍVEL
  21. 21. ATIVOS INTANGÍVEIS NOTAS SOBRE O TIP 3 IVSC: 1. (Introdução e escopo) Objetivo: fornecer orientações sobre as principais abordagens e métodos reconhecidos e usados na avaliação de ativos intangíveis, e deve ser lido em conjunto com os IVS (210), que incluem : • as questões que devem ser consideradas no desenvolvimento de um escopo de trabalho para a avaliação de ativos intangíveis; e • as questões que devem ser consideradas no momento em se for apresentar uma avaliação de ativos intangíveis. • Não inclui exigências específicas regulamentares ou estatutárias Introdução e Escopo (Introduction and scope) • Perguntas: vamos manter esta abrangência? DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  22. 22. NOTAS SOBRE O TIP 3 IVSC 2. Definições – termos essenciais para avaliação de Ativos Intangíveis - Acrescentar ou retirar algum termo? ATIVOS CONTRIBUTIVOS ENCARGOS DOS ATIVOS CONTRIBUTIVOS ABORDAGEM DO CUSTO MÉTODO DO FLUXO DE CAIXA DESCONTADO GANHOS EXCEDENTES MÉTODO DOS GANHOS EXCEDENTES EMPRESA EM MARCHA (GOING CONCERN) GOODWILL MÉTODO GREENFIELD ABORDAGEM DA RENDA DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  23. 23. NOTAS SOBRE O TIP 3 IVSC 2. Definições – termos essenciais para avaliação de Ativos Intangíveis - Acrescentar ou retirar algum termo? ATIVOS INTANGÍVEL ABORDAGEM DE MERCADO MÉTODO MPEEM MÉTODO DO PRÊMIO DE LUCRO INFORMAÇÕES FINANCEIRAS PROSPECTIVAS MÉTODO DE ISENÇÃO DE ROYALTY ROYALTY BENEFÍCIO DE AMORTIZAÇÃO FISCAL MÉDIA PONDERADA DO CUSTO DE CAPITAL WACC DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  24. 24. NOTAS SOBRE O TIP 3 IVSC 3. IDENTIFICANDO O ATIVO 4. ABORDAGENS E MÉTODOS 5. ABORDAGEM DE MERCADO 6. ABORDAGEM DE RENDA • Informação Financeira prospectiva • Métodos de avaliação • Relief-from-Royalty • Premim Profits • Excess Earnings • GreenfieldDIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  25. 25. NOTAS SOBRE O TIP 3 IVSC 7. ABORDAGEM DE CUSTO 8. OUTRAS CONSIDERAÇÕES • Taxas de desconto • Vida útil remanescente 9. EXEMPLOS DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  26. 26. PRÓXIMOS PASSOS DIRETORIA DE AVALIAÇÕES CBAN – Comitê Brasileiro de Avaliação de Negócios
  27. 27. PRÓXIMOS PASSOS CURSO IACVA – VALUATION – dias 22, 23 e 24 de novembro REUNIÃO GERAL CBAN 06 dezembro/2012 – Atividades do GT – Apresentação estudos Fair Value – Minuta OCBAN 03 – Estudos de Ativos Intangíveis – Atividades previstas para 2013
  28. 28. CONTATO anefac-cban@gmail.com ou giana@anefac.com.br Rio de Janeiro: +55 (21) 2543.1249 São Paulo: +55 (11) 2808.3200 GOOGLE GROUPS http://groups.google.com/group/anefac-cban?hl=pt-BR BLOG ANEFAC RIO http://blogrio.anefac.com.br www.anefac.com.br FACEBOOK http://www.facebook.com/browse/page_fans/?page_id=305533652879206&ref=notif&notif_t=page_new_likes#!/pages/CBAN- Comit%C3%AA-Brasileiro-de-Avaliadores-de-Neg%C3%B3cios/305533652879206 LINKEDIN http://www.linkedin.com/groups/CBAN-COMIT%C3%8A-BRASILEIRO-AVALIADORES-NEG%C3%93CIOS-4074597?gid=4074597&trk=hb_side_g
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×