2014 04 02_ata_reuniao_cban_anefac

413 views
322 views

Published on

Ata Reunião do CBAN 2/4/2014

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
413
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
166
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

2014 04 02_ata_reuniao_cban_anefac

  1. 1. ATA REUNIÃO CBAN 02 de abril de 2014 PRESENTES Alvaro Perez SDG Group alvaro.luiz@sgdgroup.com Ana Cristina França de Souza Anefac / Apsis ana.souza@apsis.com.br Angelo Ambrizzi Marcos Martins Advogados Associados angelo@marcosmartins.adv.br Carlos Matavelli Anefac matavel@anefac.com.br Carlos Ribeiro Anefac ribeiro@anefac.com.br Cassio Ciuffo Comesp cassio@comesp.com.br Eduardo Zanotelli Lopes Machado Consultores eduardo.zanoteli@bkr-lopesmachado.com.br Fabrini Fontes Senior Solution fabrini.fontes@seniorsolution.com.br Francisco D’Orto FIPECAFI franciscodn@uol.com.br Giana Araujo Anefac/Apsis giana @anefac.com.br Gilmar de Almeida GA Consult gilmar@gaconsult.com.br Jennifer Anefac jennifer.almeida@gmail.com Julia Z3M julia@z3m.com.br Luiz Roberto L & C Prudence luiz.roberto@cprudence.com.br Natan Szuster UFRJ / UERJ natan.szuster@globo.com.br Paulo Odair Tessare potessare@bol.com.br Pedro Toshimitsu Shime Sercomtel shime@sercomtel.com.br Rodney Appiano Levin Rodney.Nilson@levinglobal.com Rodrigo Amato Mark 2 Market rodrigo.amato@mark2market.com.br Tarciano Cardoso Ferrari Avaliações tarciano.cardoso@ferrariavaliacoes.com.br INFORMES 1. Breve resumo da história e percurso do CBAN, objetivos e metas. 2. Desde 2012 temos a parceria CBAN e International Association of Consultants, Valuators and Analysts (IACVA), com o treinamento em Avaliação de Negócios, com possibilidade de certificado internacional – ICVS. a. Alguns pontos sobre o IACVA: ● Fundado com uma vocação internacional e voltado para Avaliação de Negócios ● Possibilita a realização de um curso em português e todo o material em português (Brazilian Charter em formação do IACVA tem os direitos autorais garantidos), e adaptado
  2. 2. para a nossa legislação. ● É um antigo associado ao IVSC ● A parceria possibilita a oferta do ICVS (certificação internacional de avaliação) no Brasil. ● Próximo curso - segundo semestre/2014 em SP OCBAN 03 – Valor Justo ● A proposta é que o Orientação seja complementar ao CPC 46, e não repetitiva. O que for muito específico, citar local onde o item está detalhado no CPC 46. ● Pontos revisados: ○ Giana - ○ Incluir o nome das pessoas do Grupo de Trabalho na OCBAN 03 (pedir autorizaçao) ○ Comentário sobre a tradução do termo Opinion - na parte correspondente do fluxograma. ○ Eduardo - ○ Revisar histórico de Valor Justo ○ Sugeriu a inserção de um comentário sobre mensuração de impairment - devido à grande confusão que ocorre na prática entre valor justo e valor recuperável. Ana Cristina sugeriu que se colocasse dentro de “pontos de atenção”, e comentou que a parte prática será a mais procurada da orientação. ○ Prof Eduardo irá disponibilizar uma tabela, sugerida pelo prof Eric Barreto, informando quais ativos e passivos são mensurados a valor justo de modo recorrente e quais utilizam o valor justo apenas no reconhecimento inicial. ○ Ana Cristina - ○ Inserir um apêndice com explicação das diferentes abordagens, citando o conteúdo do apêndice em mensuração, de modo a não estender este assunto dentro da Orientação. ○ Retirar a abordagem da parte “Técnicas de Avaliação” e fazer um comentário em mensuração. ○ Comentar sobre técnicas de avaliação e montar um fluxo global da avaliação. Ana Cristina vai fazer. ○ Angelo - ○ Pesquisar para saber se a lei das S.A. esta alinhada com o novo conceito de valor justo e se for o caso redigir sobre o entendimento da LSA a partir da nova definição de Valor Justo. ○ Valor Justo na legislação - quando a decisão judicial é influenciada por um confronto de conceitos (contabilidade e legislação) pode-se fazer uma busca na literatura: o valor justo mencionado na legislação é diferente do que o que a literatura define?
  3. 3. ○ Francisco - ○ Revisar e Inserir comentários ao fluxograma do Valor Justo, considerando: ● Eduardo acha importante comparar o IFRS 13 com esse fluxograma, uma vez que este é anterior ao IFRS 13. Devemos deixar o fator data claro como comentário no início do fluxograma. ● O que é teórico e muitas vezes não há correspondência total na prática, ver se cabem aplicações práticas. ● Revisar principalmente o último fluxograma, que trata das divulgações adequadas, para confrontar com a realidade brasileira. ● Professor Natan Szuster - ○ Elaborar comentários sobre o efeito inflacionário. ○ Todos - ○ A descrição da hierarquia é justamente onde temos as maiores dúvidas. Se conseguirmos contribuir com comentários práticos será melhor. ○ Qual será o conteúdo dos Pontos de atenção: talvez um Check list? Diretriz Técnica (DT) de Avaliação de instrumentos Financeiro ● Rodrigo Amato, diretor do CBAN em São Paulo, forneceu informes sobre o Grupo de Trabalho (GT) da Diretriz Técnica (DT) de Avaliação de instrumentos Financeiro. ○ Proposta de trabalho junto com o IBRACON, FEBRABAN e ANBIMA ○ BC lançou uma resolução que obriga todos os bancos a normalizarem suas metodologias de cálculo. ○ A ANBIMA quer montar um GT para isso - dentre os integrantes já figuram o CBAN, com o Rodrigo e o IBRACON. ■ ANBIMA e FEBRABAN são os alvos principais da publicação dos estudos – são os que mais irão usar e ser afetados com os encaminhamentos. ■ Por isso o diretor Rodrigo Amato entende que a DT deverá estar no mínimo em linha com o pensamento destas instituições. ■ Em dois meses mais ou menos o trabalho já será iniciado. ■ Atualmente o grupo de trabalho de Instrumentos Financeiros conta com: ● Rodrigo Amato - rodrigo.amato@mark2market.com.br ● Michele Gomes Alves Soares- 4100.micheleg@bradesco.com.br ou michelegalves@ig.com.br ● Eduardo Zanoteli - eduardo.zanoteli@bkr-lopesmachado.com.br
  4. 4. ● José Elias Feres de Ameida - feresdealmeida@gmail.com PRÓXIMOS PASSOS 1. A reunião foi realizada de modo online, com um link de videoconferência onde cada participante pode participar bastando ter um computador e um sistema de banda larga para ter acesso. Foi aprovado por todos durante a reunião, e será repetido para as próximas reuniões. 2. Alterar a OCBAN 03 - Avaliação a Valor Justo – com os pontos sugerido na reunião e enviar aos participantes para contribuição. 3. Envio dos comentários até 30 de abril. 4. Fechamento da OCBAN até 15 de maio para audiência pública. 5. Planejar um evento de lançamento da OCBAN 03 - Valor Justo, para agosto/setembro. 6. O professor Francisco sugeriu um Seminário sobre o Trabalho na FIPECAFI, com os especialistas colaboradores reunidos. INTERAÇÃO – canais de discussão e informação CBAN 1. O grupo virtual do Google, que facilita a discussão à distância. Inscrições centralizadas no email giana@anefac.com.br – controle total dos inscritos para evitar spam. 2. Blog Anefac Rio http://blogrio.anefac.com.br - não permite interação devido à grande quantidade de SPAM . 3. Facebook https://www.facebook.com/ANEFAC.CBAN 4. Linkedin http://www.linkedin.com/groups/CBAN-COMIT%C3%8A-BRASILEIRO-AVALIADOR ES-NEG%C3%93CIOS-4074597?gid=4074597&trk=hb_side_g

×