• Save
Marfrig Apr Resultados 3 T09 20091027 Port
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Marfrig Apr Resultados 3 T09 20091027 Port

on

  • 875 views

 

Statistics

Views

Total Views
875
Views on SlideShare
580
Embed Views
295

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

4 Embeds 295

http://www.beefpoint.com.br 288
http://beefpoint.com.br 4
http://www.bifepoint.com.br 2
http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Marfrig Apr Resultados 3 T09 20091027 Port Marfrig Apr Resultados 3 T09 20091027 Port Presentation Transcript

  • Apresentação 3T09 27 de outubro de 2009
  • Destaques Financeiros – 3T09 Destaques Financeiros 3T09x 3T09x 3T08 2T09 3T09 (R$ Milhões) 2T09 3T08 Receita Bruta 1.641,7 2.572,4 2.537,7 (1,3%) 54,6% Receita Líquida 1.523,6 2.403,9 2.402,6 (0,1%) 57,7% - Mercado Interno 772,8 1.499,9 1.484,0 (1,1%) 92,0% - Mercado Externo 750,7 904,0 918,6 1,6% 22,4% EBITDA 171,4 183,3 272,6 48,6% 59,0% Margem EBITDA 11,3% 7,6% 11,3% 370 b.p. n.a. Lucro Líquido (52,6) 405,0 200,5 (50,5%) -480,6% Margem Líquida (3,5%) 16,8% 8,3% (850 b.p.) 1.180 b.p. 2
  • Receita Líquida (R$ milhões) Por Produto 3T08 3T08 2T09 3T09 9,3% 9,3% 8,0% 8,3% 16,5% 16,5% 29,6% 28,0% 62,4% 63,6% 74,3% 74,3% Carne In Natura Industrializados Outros Por Mercado 2.403,9 2.402,6 904,0 918,6 1.523,6 750,7 1.499,9 1.484,0 772,8 3T08 2T09 3T09 3 Mercado Interno Mercado Externo
  • Vendas e Volume – Por Divisão Vendas Vendas Líquidas (R$ mil) Var. Var. 3T08 2T09 3T09 Por Divisão 3T09 x 2T09 3T09 x 3T08 Bovinos Brasil & Food Service 591.485 653.685 703.990 7,7% 19,0% Aves, Suínos e Industrializados 333.704 409.768 421.912 3,0% 26,4% Argentina 306.682 250.023 271.195 8,5% -11,6% Uruguai 245.867 251.845 230.910 -8,3% -6,1% Europa 45.855 838.670 774.593 -7,6% 1.589,2% Total 1.523.593 2.403.991 2.402.600 -0,1% 57,7% Volume Volume (tonelada) Var. Var. 3T08 2T09 3T09 Por Divisão 3T09 x 2T09 3T09 x 3T08 Bovinos Brasil & Food Service 136.804 156.531 160.937 2,8% 17,6% Aves, Suínos e Industrializados 102.678 143.003 148.643 3,9% 44,8% Argentina 104.796 75.698 82.029 8,4% -21,7% Uruguai 44.956 55.268 55.848 1,0% 24,2% Europa 5.650 102.190 96.343 -5,7% 1605,2% Total 394.884 532.692 543.800 2,1% 37,7% 4
  • Evolução dos Custos e Despesas Custo dos Produtos Vendidos (CPV – R$ milhões) 2.079,8 2.034,8 No 3T09 o CPV foi de R$ 2.034,8 milhões, representando uma diminuição de 2,2% se comprado com 86,5% 1.238,6 84,7% o 2T09 (R$ 2.079,8 milhões) e um aumento de 64,3% se comparado com o 3T08 (R$ 1.238,6 milhões). O CPV 81,3% representou 84,7% da Receita Líquida no 3T09 contra 86,5% no 2T09 apresentando melhoria de 180 p.b. explicado pela redução do custo da matéria-prima (gado 3T08 2T09 3T09 no Brasil e na Argentina e grãos). Custos dos Produtos Vendidos - CPV % do CPV na Receita Líquida Despesas com Vendas, Gerais e Administrativas (SG&A – R$ milhões) 226,47 236,19 As despesas representaram 9,8% da receita 8,8% 9,4% 9,8% líquida no 3T09 contra 9,4% no 2T09 e 8,8% no 133,74 3T08. A Companhia vem mantendo sua estratégia de controle dos custos e despesas, apesar da integração das estruturas das unidades recentemente adquiridas . 3T08 2T09 3T09 5 SG&A % do SG&A na Receita Líquida
  • EBITDA e Lucro Líquido EBITDA (R$ milhões) e Margem EBITDA 272.528 O EBITDA apresentado pela Marfrig no 3T09 foi de R$ 272,5 milhões, 48,6% superior ao 2T09 (R$ 183,4 milhões) e 59,0% superior ao 3T08 (R$ 171,5 milhões). A margem EBITDA atingiu 171.451 183.394 11,3%, superando em 370 pontos-base a margem do 2T09 (7,6%) e 11,3% 11,3% mantendo-se estável com relação ao 3T08 (11,3%). 7,6% Nesse trimestre a Companhia incorporou R$ 68,8 milhões em benefícios fiscais provenientes da nova legislação de parcelamento especial (Novo REFIS), efeito esse não recorrente. 3T08 2T09 3T09 EBITDA Margem EBITDA Lucro Líquido (R$ milhões) e Margem Líquida 405.038 O lucro líquido de R$ 200,4 milhões no 3T09 reverteu o prejuízo de R$ 52,7 milhões no 3T08 e elevou o lucro acumulado no ano. A margem líquida no período foi de 8,3%, 16,8% 200.497 contra –3,5% no 3T08 e 16,8% no 2T09. 8,3% O resultado líquido no 3T09 foi impactado positivamente (52.684) pela valorização do real frente ao dólar no período, e pelo 3T08 2T09 3T09 aumento nos volumes exportados do Grupo. -3,5% 6 Lucro Líquido Margem Líquida
  • Endividamento Consolidado – R$ milhões Var. Curto Prazo 2T09 Part. % 3T09 Part. % 3T09 x 2T09 - Moeda Nacional 416,7 9,2% 525,9 11,45% 26,2% - Moeda Estrangeira 843,5 18,6% 670,3 14,59% -20,5% Total Curto Prazo 1.260,1 27,9% 1.187,3 25,8% -5,8% Var. Longo Prazo 2T09 Part. % 3T09 Part. % 3T09 x 2T09 - Moeda Nacional 835,2 18,5% 638,7 13,90% -23,6% - Moeda Estrangeira 2.429,4 53,7% 2.768,7 60,26% 13,9% Total Longo Prazo 3.264,6 72,1% 3.407,5 74,2% 4,4% Endividamento Total 4.524,7 100,0% 4.594,8 100,0% 1,6% Caixa 1.284,4 1.277,1 -0,6% Dívida Líquida 3.240,3 3.317,7 2,4% Taxa Média do Endividamento 2T09 3T09 Moeda Nacional 11,0% 10,89% Moeda Estrangeira 7,69% 7,5% Geral 8,61% 8,39% • O custo médio total da dívida caiu para 8,39% no 3T09 comparado a 8,61% no 2T09. 7
  • Gestão da Estrutura de Capital – Financiamento Dívida Líquida / EBITDA Amortização de Curto Prazo (Moeda Nacional + Moeda Estrangeira) 3,71 3,79 3,9 3,77 2T09 % total 3T09 % total 3,36 3,11 3T09 452.316 35,9 - - 4T09 181.510 14,4 283.933 23,9 1T10 363.070 28,8 350.273 29,5 3.446,5 3.446,2 2T10 263.252 20,9 260.053 21,9 3.240,3 3.317,7 2.125,8 3T10 - - 302.065 25,4 1.779,5 Dívida Total CP 1.260.1 27,9 1.187,3 25,7% Caixa 1.284,3 1.277,1 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Dívida Líquida Dívida Líquida/Ebitda(LTM) EBITDA últimos 12 meses (R$ milhões) Caixa maior que endividamento de 1.066,2 Curto Prazo 920,6 965,1 884,4 Redução no Custo Médio de Captação em Dólar e em Real 561,0 Alongamento do perfil da dívida 479,2 433,4 380,2 Melhor distribuição da amortização 247,7 da Dívida de Curto Prazo 8 2006 2007 1T08 2T08 3T08 2008 1T09 2T09 3T09 4T09
  • Investimentos Investimentos Consolidados R$ milhões 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Investimentos (Pgto. Aquis. Ant.) (15,5) (113,1) (413,5) (160,6) (26,3) (3,4) CAPEX - Aplic. no ativo imobilizado (35,1) (66,2) (85,6) (74,3) (89,8) (172,5) Ativo intangível / Ágio (8,3) (909,2) (0,4) (0,1) (1,8) CAPEX (43,4) (66,2) (994,8) (74,7) (89,9) (174.3) Investimento total (58,9) (179,3) (1.408,3) (235,3) (116,2) (177,8) A Marfrig Alimentos S.A. desembolsou no 3T09 R$ 3,4 milhões em pagamentos referentes a aquisições de empresas no Brasil e no exterior realizadas nos anos de 2007 e 2008. O resultado do fluxo de caixa das atividades de investimento totalizou R$ 177,8 milhões conforme apresentado no quadro 4 das notas explicativas. As aplicações no Ativo Imobilizado (CAPEX) atingiram R$ 339,3 milhões no ano. 9
  • Principais características da Marfrig  Uma das empresas líderes da indústria global de alimentos  4º Maior produtor mundial de carne e produtos bovinos  2º Maior exportador e processador de aves do Brasil  Plataforma Global - distribuição geográfica estratégica e escala  92 plantas em 13 países, importantes vantagens competitivas de custo e redução dos riscos  Exporta seus produtos para mais de 110 países, dedicadas equipes de vendas e uma sólida carteira de clientes  Diversificação das proteínas, produtos e mais foco nos produtos processados  Bom posicionamento das marcas com liderança em mercados regionais  Especialização em aquisições e integração  Equipe experiente e Governança Corporativa de alto padrão 10
  • Responsabilidade Socioambiental NORTE NORDESTE Rebanho: 19% Rebanho: 14% Abate: 20,0% Abate: 3,4% CENTRO-OESTE Rebanho: 34% Abate: 43,7% SUDESTE Rebanho: 19% Abate: 25,3% SUL Rebanho: 13% Abate: 7,6%  Parceria com os governos estaduais para desenvolver o Programa de Garantia de Origem Animal  Marfrig leva iniciativas com instituições-chave: – IFC e Banco Mundial - o presidente do comitê executivo da força-tarefa para a Pecuária Sustentável – Greenpeace - acordo para a critérios mínimos sociais e ambientais para as operações de bovinos no bioma Amazônia brasileira  Auditoria de fornecedores - Assegurar que os bovinos não vêm de áreas embargadas pelo IBAMA ou do Ministério do 11 Trabalho e Emprego
  • Guidance 2009 Em virtude da mudança radical de taxas cambiais que afetou a tradução para a moeda funcional (R$) ao longo de 2009, a Marfrig optou por atualizar suas estimativas de resultados (GUIDANCE 2009) divulgadas no início do corrente ano, conforme indicado abaixo: GUIDANCE 2009 Novo Anterior R$ 10,0 bilhões R$ 10,5 bilhões Receita Líquida3 R$ 10,5 bilhões R$ 12,0 bilhões R$ 840 milhões R$ 840 milhões EBITDA¹ R$ 1,0 bilhão R$ 1,2 bilhão 8,5% 8,0% Margem EBITDA 10,0% 10,0% CAPEX² R$ 1,85 bilhões R$ 220 milhões (1) Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. (2) Anterior não incluía aquisições, novo Guidance inclui as aquisições realizadas durante 2009 (3) Guidance anterior: principais premissas cambiais utilizadas: R$ 2,30/USD e USD 1,50/Libra Esterlina 12 12
  • Guidance 2010 As projeções estão baseadas em certas suposições e análises feitas pela Companhia de acordo com a sua experiência e estão sujeitas a diferenças significativas entre os resultados reais alcançados e as declarações de expectativas acima expostas. Dentre os fatores que podem influenciar nas diferenças estão: as condições macroeconômicas, condições do mercado financeiro, riscos de mercado e outros fatores. GUIDANCE 2010 R$ 16,5 bilhões Receita Líquida R$ 18,0 bilhões R$ 1,4 bilhão EBITDA (1) R$ 1,8 bilhão 8,5% Margem EBITDA 10,5% Capex (2) R$ 400 milhões (1) Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. (2) Não inclui aquisições (3) Principais premissas cambiais utilizadas: R$ 1,80/USD e USD 1,70/Libra Esterlina 13
  • Crescimento da Receita Líquida (R$ bilhões) 20,0 Receita Líquida (R$ bilhões) 17,5 15,0 0,3 0,3 0,3 0,5 1,4 12,5 0,3 0,4 10,0 3,0 18,0 7,5 16,5 5,0 10,0 2,5 Vendas 2010 por Proteína 45 – 46% 45 – 46% 7 - 8% 2 – 3% 14
  • Desempenho no Mercado de Capitais Ações: MRFG3 Composição Acionária 23/out ------------------------------------ Valorização em 12 meses (até 23/out): 65.058 pts MRFG3: + 96,6% IBOVESPA: + 92,4% 23/out 27,1% 23/out R$ 21,00 33.818 pts 27,1% 50,4% 23/out 50,4% R$ 10,68 7,5% 7,5% 14,7% 14,7% MRFG3 Ibovespa 0,2% Bonds: % do Valor de Face (até 23/10) 0,2% 120 MMS Participações S.A. 100,9% 100 Tesouraria 85,0% 80 74,1% BNDESPAR 60 OSI 51,5% Outros 40 46,0% 20 fev-08 nov-08 fev-09 jun-08 jul-08 dez-08 jun-09 jul-09 mai-08 out-08 mai-09 out-09 abr-08 abr-09 jan-08 ago-08 set-08 jan-09 ago-09 set-09 mar-08 mar-09 15
  • Perguntas e Respostas 16
  • Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional. Essas declarações estão baseadas em certas suposições e análises feitas pela Companhia de acordo com a sua experiência e o ambiente econômico e nas condições de mercado e nos eventos futuros esperados, muitos dos quais estão fora do controle da Companhia. Fatores importantes que podem levar a diferenças significativas entre os resultados reais e as declarações de expectativas sobre eventos ou resultados futuros incluem a estratégia de negócios da Companhia, as condições econômicas brasileira e internacional, condições do mercado financeiro, incerteza a respeito dos resultados de suas operações futuras, planos, objetivos, expectativas e intenções e outros fatores assim descritos no Prospecto Preliminar arquivado na Comissão de Valores Mobiliários. Em razão desses fatores, os resultados reais da Companhia podem diferir significativamente daqueles indicados ou implícitos nas declarações de expectativas sobre eventos ou resultados futuros. Este material inclui declarações sobre eventos futuros sujeitas a riscos e incertezas, as quais baseiam-se nas atuais expectativas e projeções sobre eventos futuros e tendências que podem afetar os negócios da Companhia. Essas declarações incluem projeções de crescimento econômico, além de informações sobre posição competitiva, potenciais oportunidades de crescimento e outros assuntos. Inúmeros fatores podem afetar adversamente as estimativas e suposições nas quais essas declarações se baseiam. 17
  • CONTATO DE RI Contatos – Diretoria de Relações com Investidores Marfrig Alimentos S/A Ricardo Florence Fone: + 55 11 3093-4700 Diretor de Planejamento e de Relações com Investidores ri@marfrig.com.br www.marfrig.com.br/ri Remi Kaiber Junior Gerente de Relações com Investidores Av. Brig. Faria Lima, 1912 – conj. 7B – Jd. Paulistano CEP 01451-000 - São Paulo – SP - Brazil 18