Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Like this presentation? Why not share!

Nome de produto, marca de pessoas - Juliana Demasi - #posmktdig

on

  • 4,100 views

Slides da palestra da Profa. Juliana Demasi, sobre sua pesquisa acadêmica de pessoas com nomes de marcas, proferida durante a aula de e-Branding da Pós em Mkt Digital da Facha - professor Andrei ...

Slides da palestra da Profa. Juliana Demasi, sobre sua pesquisa acadêmica de pessoas com nomes de marcas, proferida durante a aula de e-Branding da Pós em Mkt Digital da Facha - professor Andrei Scheiner (@inobvio)

Statistics

Views

Total Views
4,100
Views on SlideShare
4,097
Embed Views
3

Actions

Likes
3
Downloads
33
Comments
0

1 Embed 3

http://www.slideshare.net 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Nome de produto, marca de pessoas - Juliana Demasi - #posmktdig Nome de produto, marca de pessoas - Juliana Demasi - #posmktdig Presentation Transcript

  • Nome de produto,
    Marca de Pessoa:
    Consumo, publicidade e classificação
    Prof. Juliana Demasi
  • Juliana Demasi
    Publicitária, Jornalista, com especialização em Marketing e Finanças, Mestre em Comunicação pela PUC-Rio com pesquisa focada em antropologia do consumo e branding, Juliana Demasi acumula sete anos de experiência em marketing e comunicação. Atualmente na Oi, nas áreas de telecomunicações, internet e mobile marketing, é especializada na estratégia de projetos de grande porte em VAS (retorno de R$ 1 milhão). Foi professora dos cursos de Pós-Graduação da Facha e do Instituto Infnet, além de ter publicado diversos artigos acadêmicos em simpósos e eventos como Compós e Reunião Brasileira de Antropologia como pesquisadora do CNPQ em grupos relacionados ao consumo e publicidade. Leia duas entrevistas com Juliana aqui e aqui.
  • Nos EUA: entre 4 milhões de bebês nascidos em 2000:
    • 6 Timberlands
    • 9 Delmontes
    • 49 Canons
    • 2 ESPNs
    • 298 Armanis
    • 269 Chanels
    • 22 Chevys
    • 24 Porches
    Além de... Pepsi, Cristal, Fanta, Evian e Chivas Regall.
    O fenômeno
  • No Brasil: pesquisa na Telelistas através do Adão 1.0
    • 70 Disneys
    • 62 Sonys
    • 1 Gillette (4 Giletes)
    • 1 Ford
    • 2 Dell
    • 1 Siemens
    • 362 Harleys (5 Harley Davidson)
    • 1 Armani
    Além de... Audi, Levis, Prada, Avon e Barbie.
    O fenômeno no Brasil
  • “Quando você está escolhendo o nome de um bebê, está procurando por algo que soe familiar e inspirador. Pais estão projetando nos filhos coisas que gostariam de ter”. Cleveland Evans
    Nivea Maria Cândido Graieb
    Mcdonalds Barboza Panphile
    Sony Alvarenga Guedes
    Sony Antonio de Barcelos
    Sony Barbutti de Lima
    Macdonald Souza Ribeiro Junior
    Barbie Teixeira do Alto Cláudio
    Avon Costa Mesquita
    Davene Ana de Carvalho
    Ford Ayres de Almeida
    Sadia Valéria Sales Ushoa
  • Entrevistas
    "Gosto (do nome), acostumei com ele. Já recebi muitos telefonemas de atrevidos fazendo chacota. Fazer o quê? Estão perdendo tempo. Eu não tenho culpa. Meu pai que escolheu esse nome. Mas o que a gente pode fazer? A gente passou a tirar o telefone do gancho a noite, a gente tava dormindo, acordava assustada, pensando que era noticia ruim.”
    Gillete de souza - 78 anos
    "Quando é coisa séria que ela usa coloca o nome dela verdadeiro. Acho que a mãe dela achou bonito na época do lançamento da gillete, a gillete de barba né, e colocou esse nome nela. Mas ela tem uma raiva que você não consegue imaginar (risos). Ela só usa o nome dela quando tem alguma coisa de documentação, de justiça, senão ela usa o apelido, ninguém sabe quase que o nome dela é esse. Ela deve ter atualmente 82 anos."
    Lucia, falando sobre sua tia Gillete, que utiliza o nome "artístico" de Silvia no dia-a-dia.
    "A inspiração do meu nome segundo disse a minha mãe, ela viu meu nome numa folhinha. Eu gosto do meu nome porque é diferente.Acredito que minha mãe achou o nome bonito, interessante, ela nunca explicou direito. No interior, na roça, nem sabe se tem esse nome de alguém famoso.
    Audi, Mestre de obras, 57 anos.
    "A minha origem é bem do interior. Numa época em que a comunicação era muito dificil. Pelo que eu sei, minha mãe viu o meu nome num jornal."
    Disney, 60 anos, engenheiro.
  • Entrevistas
    “O nome dele foi escolhido pelos padrinhos, que eram funcionários de uma companhia que tinha esse nome, e eles admiravam muito. Em uma firma em São Paulo: a Siemens Telefones.”
    Josete, esposa de Siemens, 69 anos.
    “Porque veio... Porque esse nome era da Siemens telefones. Aí, então, o proprietário que veio da Alemanha, veio aqui na lanchonete verificar, porque não acreditou que ele tinha esse nome. Foi na lanchonete confirmar se ele tinha esse nome e pediu até cópia de um documento, pra confirmar e levar para Alemanha.”
    Josete, esposa de Siemens, 69 anos.
    “Eu gosto muito de tudo que é da Disney. Me chamam de Mickey, de Pato Donald ou de Pluto, às vezes. Perguntam: o Mickey está aí? Já chegou? Isso aí, graças a Deus está me dando até o maior sucesso. Porque eu consegui abrir até uma firma: meu nome é Disney Luiz. É Disneylândia lá, né... o Luiz já puxa com o “Lândia”. E eu consegui... como eu trabalho no setor de manobra, sou manobreiro. Eu faço serviço de manobreiro. Então minha firma... Eu abri a firma: Mickey Park. Aí... Todo mundo tenta chegar e falar assim: Não, eu tô procurando aquele rapaz, o Mickey. Aí eu fiquei fazendo o nome da firma Mickey Park. Não consegui registrar, só consegui registrar como nome fantasia. Aí, graças a Deus é um nome que todo mundo gosta, é muito bom, parece até, sei lá, gostoso de falar...Tem me facilitado muito.”
    Disney Luiz, 37 anos.
  • Entrevistas
    “Meu marido que escolheu o nome. Eu já ouvi muita gozação, dos amigos da faculdade... Se escreve igualzinho ao celular, com c e dois ss. O Luiz é por causa do meu cunhado. Fui eu que escolhi. E o meu marido escolheu o Ericsson. Na época eu tinha até o celular Ericsson, até hoje tem né. “
    “Hoje ele tem 4 anos, e quando era no início, quando ele era neném, se ele dormia era porque ele tava descarregado. A gente brincava que ele estava descarregado. E quando ele chorava a gente dizia “vai lá que o celular ta tocando”.
    “Eu tive um Ericsson, mas era um tijolão, agora eu tenho um Siemens. Meu marido tinha me dado o Ericsson em um ano e no outro ano eu tive o bebê, daí eu dizia pro meu marido: Em um ano você me deu Ericsson e no outro ano você me deu outro!”
    Betânia, mãe de Ericsson Luiz, na época com 4 anos.
    “Eu não sei se é sorte, ou se é dom, ou o meu modo de tratar as pessoas, minha sociedade, mas nunca, graças a Deus, ninguém nunca me colocou um apelido. Eu sou muito reservado, muito respeitado. Nunca gostei dessa coisa, nunca dei espaço pra isso”.
    Disney, 63 anos, lanterneiro, como se ter um apelido fosse a pior coisa que pudesse acontecer. (“Tenho filhos, todos começando com Dis, entendeu? Com D, I e S: Disleno, Dislene, Dislaney, Disileia, Debora e Dislei.”)
  • ... Por quê?
    “Cada vez mais, as marcas são usadas como uma metáfora para uma outra coisa. Você diz Gucci para qualquer pessoa no mundo e ela saberá o que você quer dizer”. Lucian James, especialista em Branding.
    “One of the problems with aligning your child with a brand is that your child becomes associated with the fortunes of that brand. If it's involved in scandal or has issues, that's not a good thing.”
    Cleveland Evans
    Estilo?
    Status?
    Bom gosto?
    Refinamento?
  • “Quando você está escolhendo o nome de um bebê, está procurando por algo que soe familiar e inspirador. Pais estão projetando nos filhos coisas que gostariam de ter”. Cleveland Evans
  • Lexus: modelo de carro fabricado pela Toyota
    Infinity: marca de sistemas eaparelhos de som para carros.
    Zamboni: marca de máquinas para alisar o gelo (chamadas de renovadoras dasuperfície), muito usadas em jogos de Hóquei.
    Hewlett Packard: empresa de produtos eletrônicos e de tecnologia, muito famosa pelas suas calculadoras científicas.
    Nasdaq: bolsa americana para ações de empresas de tecnologia.
    Enron: empresa gigante americana de energia envolvida num escândalo de fraudes de balanços e que foi à falência.
    Arthur Andersen: empresa de auditoria envolvida no escândalo da Enron.