Uploaded on

Palestra realizada na UFF em 09.06.2010 sobre a importância do investimento no talento pessoal para a satisfação de Vida.

Palestra realizada na UFF em 09.06.2010 sobre a importância do investimento no talento pessoal para a satisfação de Vida.

More in: Education , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
2,811
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
146
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Ah se eu soubesse… Como investir nos seus talentos e não perder tempo “batendo cabeça” André Dametto 10 de junho de 2010 Visagio | 0
  • 2. Vamos fazer uma enquete • Quem aqui acha que é talentoso? • Quem aqui é reconhecido pelos outros como talentoso? • Quem aqui se acha talentoso é também reconhecido como tal? Visagio | 1
  • 3. Mensagem Principal O reconhecimento e investimento no talento são fundamentais para a satisfação de Vida, uma vez que orienta o equilíbrio das vivências pessoais e profissionais. E você, está investindo nos seus talentos ou “batendo cabeça”? Visagio | 2
  • 4. Nunca se falou tanto sobre a importância da valorização dos talentos nas organizações. Visagio | 3
  • 5. Nunca se falou tanto sobre a importância da valorização dos talentos nas organizações. Para vocês quais são os cargos com maior escassez de talentos no Brasil? 1. Técnicos de produção, operações, edificações e manutenção e manutenção) 2. Trabalhadores de ofício manual (como eletricistas e carpinteiros) 3. Operadores de Produção 4. Secretárias e Assistentes Administrativos 5. Operários 6. Engenheiros 7. Motoristas 8. Contadores e profissionais de finanças 9. Profissionais de TI 10. Representantes de Vendas Fonte: Manpower Visagio | 4
  • 6. Nunca se falou tanto sobre a importância da valorização dos talentos nas organizações. “No Brasil sobram vagas em 67% das Nas Américas, a Argentina vem logo depois empresas, principalmente devido à com 53% das empresas. Nos Estados Unidos, baixa qualificação . No mundo, o índice apenas 14% das empresas têm alguma atinge os 31%. ” dificuldade para encontrar profissionais qualificados. Há mais dificuldade para encontrar “Hoje há 8 milhões de desempregados profissionais qualificados para carreiras com no Brasil “ exigência de nível médio. Em cargos de ensino superior, faltam “há companhias que estão importando profissionais formados em mão de obra de outras nações da América engenharia, contabilidade e áreas da Latina” tecnologia da informação. “Milhares de profissionais qualificados “É um gargalo perigoso para o estão preferindo trabalhar em empresas crescimento sustentável do País, públicas, muitas conhecidas como acima de 5% ao ano .“ trituradores de talentos.” Fonte: FDC, 2010; Manpower (35 mil empresas em 36 países) Visagio | 5
  • 7. Entretanto muitas pessoas e negócios ainda perdem tempo “batendo cabeça”. Segundo a Gallup Organization, em entrevistas com 1,7 milhão de profissionais em 63 países, apenas 20% das pessoas acham que seus talentos inatos são aproveitados satisfatoriamente em sua profissão e organização. Obviamente há muita frustração. Visagio | 6
  • 8. Entretanto muitas pessoas e negócios ainda perdem tempo “batendo cabeça”. Os motivos que levam os melhores executivos a fugir das empresas 1o Insatisfação com a estratégia da companhia 2o Sentimento de frustração profissional na carreira 3o Não-reconhecimento imediato dos resultados pelo chefe 4o Regras obscuras de promoção 5o Falta de oportunidades de desenvolvimento 6o Ausência de critérios claros para a avaliação de desempenho 7o Política salarial que não estimula os executivos a lutar pelos objetivos gerais da companhia Fonte: Hay Group Visagio | 7
  • 9. Identificar seu talento aumentará as chances de melhorar o equilíbrio pessoal e profissional. Visagio | 8
  • 10. Identificar seu talento aumentará as chances de melhorar o equilíbrio pessoal e profissional. Visagio | 9
  • 11. Lógica da apresentação Situação Complicação Conclusão Identificar seu Nunca se falou tanto Entretanto muitas talento aumentará as sobre a importância pessoas e negócios chances de da valorização dos ainda perdem tempo melhorar o equilíbrio talentos nas “batendo cabeça”. pessoal e organizações. profissional. O investimento de tempo no seu talento é uma alavanca para a satisfação na Vida. Visagio | 10
  • 12. Roteiro Talento, como assim? Nada de romantismo. É Agenda! Como identificar meu talento? A importância da rede sustentável Por onde eu começo? Conclusão Visagio | 11
  • 13. Talento, como assim? Peso e moeda da antiga Grécia e Roma. O talento era uma moeda de conta ou imaginária usada na Grécia, valendo 60 minas, e a mina 100 dracmas, o que computava o talento em 6.000 dracmas. Visagio | 12
  • 14. Talento, como assim? No sentido metafísico de Kant, talento é uma superioridade da faculdade conhecedora, que não provém do ensino mas da aptidão natural do sujeito. Visagio | 13
  • 15. Talento, como assim? • Também conhecido como vocação ou dom, é o nome dado a habilidades artísticas; • Primeiro designou uma moeda, mas sua primeira conotação para habilidades humanas surgiu em uma escritura bíblica, no Capítulo 25 de Mateus, através de parábola; • Atualmente designa habilidades inatas das pessoas, ou capacidade natural para realizar atividades diárias; • A corrente atual da Psicologia da Educação afirma que mesmo os talentos devem ser desenvolvidos; • Mesmo aqueles que não possuem talento em algum campo, podem ser competentes no mesmo, a partir de motivação e desenvolvimento através de técnicas apropriadas. Fonte: Wikipedia, acessada em Maio de 2010. Visagio | 14
  • 16. Talento, como assim? Visagio | 15
  • 17. Visagio | 16
  • 18. Visagio | 17
  • 19. Visagio | 18
  • 20. Visagio | 19
  • 21. Qual a relação entre os Ramones e a gestão de talentos? Visagio | 20
  • 22. O campo do desenvolvimento humano preconiza o investimento nos pontos fortes e neutralização dos pontos fracos. Há muitos anos, o Psicólogo americano, Dr. Donald Clifton (1924- 2003), perguntou: “Por que a psicologia só se preocupa com as debilidades humanas e não com seus pontos fortes?” Visagio | 21
  • 23. Reflexão “Toda criança é um artista, o problema é como permanecer um artista depois de crescer.” Pablo Picasso Visagio | 22
  • 24. Talento, como assim? APTIDÃO COMPETÊNCIA TALENTO • inata, é uma semente • não é inato, vem de fora • semente regada • é uma talento não • conjunto de • é uma aptidão desenvolvido conhecimentos, desenvolvida via habilidades e atitudes competência •Apresentamos sinais desenvolvidos desde a infância •aprendemos mais rápido • qualquer um pode ter que os outros • sente-se prazer expressando • desenvolvimento • sente-se prazer racional expressando e também é • facilidade de sério desempenho • eficiência e eficácia • facilidade de • todo mundo tem desempenho • admiramos quando • nem todo mundo tem vemos o outro desempenhando • excelência Visagio | 23
  • 25. Talento, como assim? Visagio | 24 24
  • 26. Reflexão Visagio | 25 25
  • 27. É importante que também sejam questionados alguns paradigmas. O talento já nasce pronto. Talento é coisa de gênio. Há pessoas que infelizmente nasceram sem talento. Um acidente ou doença pode fazer a pessoa perder o seu talento. Cultivar um talento é uma responsabilidade apenas individual Para cultivar um talento basta que haja bons planos de capacitação e de recompensa. A Gestão do talento consiste em manter uma lista de funcionários com alto potencial, que podem vir a ocupar determinados cargos no futuro. Existe um prazo de validade para se desenvolver um talento. Para exercer o talento muitas vezes é necessário mudar de profissão. Visagio | 26
  • 28. Vamos analisar alguns vídeos e identificar os conceitos a aptidão, competência, talento, dom e mitos apresentados. Visagio | 27
  • 29. Segundo a Janela de Johari, existem quatro Eus em cada indivíduo. Em duplas, mapeiem os seus quatro Eus. Conhecido Desconhecido pelo eu pelo eu “Eu “ Eu Conhecido pelos Aberto” Cego” Outros “Eu “Eu Desconhecido pelos Secreto” Desconhecido” Outros Visagio | 28
  • 30. Como reconhecer um talento? Visagio | 29
  • 31. Como reconhecer um talento? • Aprende mais rápido que os outros • Não sente o tempo passando • Querem continuar aprendendo a vida inteira; • O processo de execução é tão ou mais importante que o destino final; • São guiados por uma visão e missão; • Fazem visualização para motivarem-se; • Têm momentos de oscilação; • São focados em resultados, e a partir daí buscam trabalhar de maneira mais inteligente. Fonte: Pesquisa do Cr. Charles Garfiel com 1500 pessoas Visagio | 30
  • 32. É melhor lapidar até a exaustão um competente determinado do que tentar lapidar o talento preguiçoso. “ Gênio é 1% de inspiração e 99% de transpiração” Thomas Edison Visagio | 31
  • 33. Reconhecer suas aptidões é a etapa inicial para que resultados surpreendentes aconteçam em sua Vida. Indivíduo AUTORIDADE RESPONSABILIDADE APTIDÃO FONTES RESULTADOS TALENTO COM EQUILÍBRIO DEMANDA MOTIVAÇÃO Visagio | 32
  • 34. Para transformar sua aptidão em talento, transforme-a primeiro em competência: saber o que fazer, porque fazer e como fazer. Conhecimentos Atitudes Habilidades Aquisição de conceitos, e Posturas e Aptidão e potencial mental técnicas e tecnologias comportamentos para realizar (O QUE FAZER) (POR QUE FAZER) (COMO FAZER) Conhecer Querer Poder Aplicação Resultados Fonte: André Dametto, 2008 Visagio | 33
  • 35. Existe uma metodologia específica para cada uma das etapas. E você, em qual etapa a sua aptidão está travada? Conhecimentos Atitudes Habilidades Aquisição de conceitos, e Posturas e Aptidão e potencial mental para técnicas e tecnologias comportamentos realizar (O QUE FAZER) (POR QUE FAZER) (COMO FAZER) Treinamento Coaching Consultoria Diagnóstico Qual o blend que você está demandando? Fonte: André Dametto, 2008 Visagio | 34
  • 36. Roteiro Talento, como assim? Nada de romantismo. É Agenda! Como identificar meu talento? A importância da rede sustentável Por onde eu começo? Conclusão Visagio | 35
  • 37. As pesquisas indicam que a gestão de talentos está na pauta estratégica das organizações... alta Transformando RH num parceiro de negócio Gestão da mudança Gestão do equilíbrio Recrutamento e e da cultura para Gestão da Trabalho –vida pessoal seleção de transformação executivos performance Gerenciamento Tornando-se uma gerencial learning demográfico organization Gestão da diversidade Reestruturação Fortalecendo o Gestão da responsabilidade social organizacional comprometimento Gestão da performance dos empregados Aprimoramento de Compartilhamento de processos de RH serviços e outsourcing de baixa RH alta baixa Fonte: Boston Consulting Group, 2008 Visagio | 36
  • 38. O sistema de ensino ainda é focado na média, tornando o desenvolvimento de talentos um processo aleatório e solitário. Visagio | 37 37
  • 39. Os melhores alunos da sua turma não serão necessariamente os profissionais mais talentosos. Muitos talentosos estão QI ALTO fora desta faixa QI MÉDIO Só com esse procedimento 70% de talentos criadores são ignorados. Desenvolvimento atinge seu máximo em torno dos trinta anos: decresce a qualidade mas a produção continua. Visagio | 38 38
  • 40. Roteiro Talento, como assim? Nada de romantismo. É Agenda! Como identificar meu talento? A importância da rede sustentável Por onde eu começo? Conclusão Visagio | 39
  • 41. Como identificar meu talento? O que eu gostava muito de brincar na infância? O que as pessoas que eu amo dizem que eu faço muito bem? Em que você se sente muito feliz fazendo? Em qual projeto da sua Vida você se sentiu mais produtivo? Visagio | 40
  • 42. Em muitas tribos indígenas, a sabedoria dos Xamãs é usada para identificar os talentos e dons desde a infância. Visagio | 41 41
  • 43. Um dos ensinamentos xamânicos ancestrais se refere aos talentos elementares, ou "elementos primordiais“. In Telec tual sensível Prá-ti-co Visagio | 42 42
  • 44. A título de exemplo, devemos listar nossas qualidades e pontos de desenvolvimento em cada elemento. • dinâmico • estudioso • criativo • comunicativo • impulsivo • dispersivo • • sensível • organizado • melancólico Visagio | 43 43
  • 45. Os estudos da neurociência permitiram grandes avanços na identificação dos talentos. Analítico Criativo Lógico Artístico Detalhista Amplo Preto e branco Colorido Restritivo Sonhador Visagio | 44
  • 46. A partir dos estudos de Dominância Cerebral foram identificados quatro perfis básicos de personalidade. (SE) (SD) RESULTADOS O NOVO O VELHO PESSOAS (IE) Fonte: Joel Weldon (ID) Visagio | 45
  • 47. A partir dos estudos de Dominância Cerebral foram identificados quatro perfis básicos de personalidade. (SE) (SD) Analítico Sintético Quantitativo Imaginativo Analítico Conceitual Técnico Inovador Crítico Intuitivo Efetivo Holístico Lógico Visual Detalhado Sensação Organizada Sensorial Seqüencial Espiritual Estrutural Emocional Conservador Cinestésica Previsto Interpessoal Administrador Colaborador (IE) (ID) Fonte: Ned Herrmann, www.mathpower.com/brain.htm Visagio | 46
  • 48. A partir dos estudos de Programação Neurolinquística foram mapeados quatro estilos de aprendizagem. Visual Digital Fonte: Manual PNL, Inap Visagio | 47
  • 49. Qual dos quatro estilos de comunicação abaixo você utilizaria? Forma Padrão: Bem vindo! Considere bem o que deve ser levado em conta antes de efetuar a sua comunicação 1. Forma Visual: Bem vindo! Veja exatamente o que deve ser observado antes de projetar a sua comunicação; 2. Forma Auditiva: Bem vindo! Leia com atenção o que deve ser notado antes de formular a sua comunicação; 3. Forma Digital: Bem vindo! Leia todos os dados do que deve ser notado antes de registrar a sua comunicação; 4. Forma Cinestésica: Bem vindo! Sinta com firmeza o que deve ser feito antes de executar a sua comunicação. Visagio | 48
  • 50. Os estudos em Inteligências Múltiplas também foram úteis para desmistificar o conceito de talento apenas lógico-numérico. André Visagio | 49
  • 51. Segundo Carl Jung (1875 - 1961), as pessoas se classificam em quatro categorias, compondo 16 “Tipos Psicológicos”. Extrovertido Introvertido Energia Sensitivo Emotivo Decisão Atenção Intuitivo Racional Vivência http://www.humanme Perceptivo trics.com/cgi- Julgador win/JTypes2.asp Visagio | 50
  • 52. A partir do modelo de Jung, o meu perfil é o INRP, que resulta no seguinte output: Temperamento: Introvertido Deus Grego: Prometheus Intuitivo-Pensador - Intuitivo-Pensador [NT] (INRP, ENRP, [NR] - “Visão futura” INRJ, ENRJ) - 12% Energia da população. Racional Decisão Intuitivo Atenção INRP - "ARQUITETO" – (1 % da população) Programador, Analista Grande precisão em Vivência Sistemas, Administrador pensamentos e linguagem. Banco Dados, Químico, Pode prontamente discernir Biólogo, Legislador, Arquiteto, contradições e Fotógrafo, Professor, inconsistências. O mundo Psicólogo, Físico, Analista Perceptivo existe primariamente para Financeiro ser entendido. Visagio | 51
  • 53. O Instituto Gallup definiu uma lista de 34 talentos, divididos em quatro dimensões de liderança. Visagio | 52
  • 54. Primeiramente selecionamos as duas dimensões em que nos destacamos, e depois cinco talentos associados. Visagio | 53
  • 55. Feito isso, associamos aos talentos trabalhos nos quais o talento se converte em ganhos financeiros e emocionais. Visagio | 54
  • 56. Outra dica é pesquisar pessoas reconhecidas por estes talentos, e buscar sentir como seria se você fosse elas por um dia. Visagio | 55
  • 57. Finalmente, você também pode INVENTAR a sua profissão. Em que trabalho seria este onde você uniria os cinco talentos? 1 em cada 33,4 milhões de pessoas tem a sua combinação de cinco talentos. Ou seja, no Brasil, existem você e mais cinco pessoas com esta combinação de talentos! Visagio | 56
  • 58. Roteiro Talento, como assim? Nada de romantismo. É Agenda! Como identificar meu talento? A importância da rede sustentável Por onde eu começo? Conclusão Visagio | 57
  • 59. “Muitos empresários e líderes procuram empregados com personalidade semelhante... Mas se nós vemos tudo da mesma maneira, um de nós é desnecessário” Sthephen Covey Visagio | 58
  • 60. Um copo de água do mar não serve de nada, pois a água do mar só tem força no próprio mar. E você, qual é o seu mar? “O talento ganha o jogo, mas o trabalho de equipe e a inteligência ganham o campeonato. Eu prefiro ter cinco rapazes com menos talento e que estão desejosos de se unirem como equipe, do que cinco rapazes que consideram- se estrelas e não estão dispostos a se sacrificarem.” Michael Jordan, I Can’t Accept Not Trying, San Francisco: Harper 1994, p. 24. Visagio | 59
  • 61. As organizações, por sua vez, precisam se adaptar para gerenciar muito mais que “recursos humanos”. GESTÃO DE PESSOAS Atração Aplicação Desenvolvimento Recompensa Monitoramento Desligamento • Recrutamento • Comunicação • Remuneração direta • Coaching • Seleção • Treinamento • Remuneração variável • Outplacement • Coaching • Benefícios • Entrevista de • Mentoring • Serviços sociais desligamento • Consultoria • Desenho organizacional • Avaliação de • Higiene • Desenho de cargos desempenho • Segurança • Análise e descrição de • Pesquisa de Clima cargos • Qualidade de Vida Organizacional • Alocação de pessoas • Relações sindicais • Indicadores de Gestão de Pessoas Visagio | 60
  • 62. Segundo a consultoria Accenture “profissionais sustentáveis” serão um diferencial competitivo no futuro. Visagio | 61 61
  • 63. Roteiro Talento, como assim? Nada de romantismo. É Agenda! Como identificar meu talento? A importância da rede sustentável Por onde eu começo? Conclusão Visagio | 62
  • 64. Nós somos nossos piores inimigos. Mas também podemos ser nossos melhores amigos. • Eu não consigo.. • Eu não tenho... • Me falta ... • Realmente não ... • Eu tenho que... • Os outros têm que... • Eu devo... • Eu sou... • Os outros são... • Eu não sou... • Eu nunca... • Eu sempre... • É muito... • É pouco.. Visagio | 63
  • 65. O fenômeno de autossabotagem está muito associado a crenças. Crenças são iguais casacos, ou seja, são funcionais ou não. Eu acho... Visagio | 64
  • 66. Crenças são como casacos que foram muito úteis no passado. O ponto é investigar se ainda são úteis. Se não for, tire o casaco! Experiências Amigos Estudos Crenças Cultura Família Mídia Visagio | 65
  • 67. Vamos falar um pouco mais de sentimentos. Visagio | 66
  • 68. Você tem a mente, mas não é a mente. ESPÍRITO RESULTADOS COM EQUILÍBRIO CORPO MENTE Fonte: André Dametto Visagio | 67
  • 69. Vamos fazer um Coaching coletivo. Cada um, silenciosamente, vai sentir as respostas para uma das questões. • Quais as três coisas mais importantes da sua Vida? • O que na sua vida está incompleto? • O que você faria se tivesse só mais seis meses de Vida? • O que mudaria hoje se você ganhasse na loteria? • Imagine que tudo o que você escolhesse fosse obter sucesso, o que você escolheria fazer da sua Vida? Visagio | 68
  • 70. A partir das respostas obtidas no slide anterior, agora respondamos as seguintes questões: O que eu gosto muito de fazer? fazer? RESULTADOS COM Em que sou EQUILÍBRIO um dos seis Que trabalhos melhores existem ou eu no Brasil? Brasil? posso criar? Fonte: André Dametto Visagio | 69
  • 71. Identificado e desenvolvido o seu talento iminente, transforme-o em um talento eminente. TALENTO IMINENTE TALENTO EMINENTE REDE FORMA Fonte: André Dametto Visagio | 70
  • 72. Roteiro Talento, como assim? Nada de romantismo. É Agenda! Como identificar meu talento? A importância da rede sustentável Por onde eu começo? Conclusão Visagio | 71
  • 73. Pesquisas mostram que, para alcançar a excelência, a determinação é mais importante do que a genética. Zona de Medo Zona de Esforço Zona de Conforto Fonte: Adaptado de Coyle, 2009 Visagio | 72
  • 74. É emergencial uma política pública que estimule esta disciplina desde a terna idade, quando começamos a pensar o que vamos ser quando crescer. Buildung und Begabung - A national agency for talent development in Germany www.quixotevocacional.com www.maksuri.com.br Visagio | 73 73
  • 75. Sugestão de Literatura Visagio | 74 74
  • 76. Recomendação de Literatura Visagio | 75 75
  • 77. Recomendação de Literatura Visagio | 76
  • 78. Recomendação de Literatura Visagio | 77
  • 79. O Talento e a Espiritualidade A Parábola dos Talentos (Mateus, cap. 25, vv. 14 a 30) retrata a situação de um homem que, ao ausentar-se para longe, chamou seus servos, e entregou-lhes os seus bens. Ao primeiro deu cinco talentos, ao segundo, dois e ao terceiro, um. Os dois primeiros negociaram os talentos recebidos e devolveram, respectivamente, dez e quatro talentos. O terceiro devolveu apenas o que havia recebido. Os que multiplicaram seus talentos ganharam novas intendências. Mas o que o guardou, até este o amo lhe tirou, dizendo: "Porque a todo o que já tem, dar-se-lhe-á, e terá em abundância; e ao que não tem, tirar-se-lhe-á até o que parece que tem". Visagio | 78 78
  • 80. O Talento e a Espiritualidade • Os talentos representam dons espirituais. • A dádiva dos talentos é uma prerrogativa de Deus. • Talentos usados tornam-se talentos multiplicados. • Todos recebem algum talento. • Um talento tem muito valor. • Usar os talentos envolve riscos. • Quem falha em usar o que tem, perde o que tem. • O uso dos dons espirituais nos prepara para o céu. • Não nascemos com o dom espiritual completamente maduro. • Os dons são como os órgãos do corpo com suas funções. Fonte: Parábola dos Talentos (Mateus 25:14-30) Visagio | 79
  • 81. Esta palestra com certeza vai fazer diferença na Vida de pelo menos uma pessoa desta plateia. Sair da ignorância é o primeiro passo. 4. HÁBITO Não sei que sei 3.DOMÍNIO 1.IGNORÂNCIA Não sei que Sei que sei não sei 2.INICIAÇÃO Sei que não sei Visagio | 80
  • 82. O investimento de tempo no seu talento é uma alavanca para a satisfação na Vida, e assim para um Mundo melhor. Satisfação de Vida Equilíbrio pessoal e profissional Investimento no talento Visagio | 81
  • 83. Mensagem Principal O reconhecimento e investimento no talento são fundamentais para a satisfação de Vida, uma vez que orienta o equilíbrio das vivências pessoais e profissionais. O que você vai fazer de diferente a partir de hoje? Visagio | 82
  • 84. Reflexão “Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome.” Caetano Veloso Visagio | 83
  • 85. @YouBalanced twitter.com/youbalanced Visagio | 84
  • 86. Apresentação André Dametto Mini-currículo: Engenheiro de Produção (UFRJ) Mestre em Engenharia de Produção, ênfase em Gestão e Inovação (COPPE-UFRJ) Consultor gerencial de organizações do primeiro, segundo e terceiro setor Coach Executivo certificado pelo ICI, credenciado ICF USA Professor e palestrante em empresas e turmas de graduação e pós graduação latu sensu Articulista e fotógrafo Contatos: andre.dametto@visagio.com.br www.twitter.com/andredametto http://www.flickr.com/olharesnovos http://luxuriousrio.wordpress.com Visagio | 85
  • 87. Referências Bibliográficas ALENCAR, E. M. L. S. & FLEITH, D .S. Superdotados: determinantes, educação e ajustamento. São Paulo: EPU., 2001 BLOOM, B. S. (Org.).Developing talent in young people. New York: Ballantine, 1985. BUCKINGHAM, M. Clifton, D. Now, Discover Your Strengths, Free Press, EUA, 2008 COYLE, D. O Código do Talento, Sextante, 2009 CSIKSZENTMIHALYI, M., RATHUNDE, K. & WHALEN, S. Talented teenagers.The roots of success & failure. Cambridge: Cambridge University Press, 1993 CSIKSZENTMIHALYI, M. Finding Flow, 1997 DAMETTO, A. A importância do equilíbrio entre vivências pessoais e profissionais como um meio de aumentar a satisfação de Vida. Dissertação de Mestrado em Engenharia de Produção, COPPE-UFRJ, 2007. ________. Informar-se, Conhecer, Querer e Poder: uma expansão gradual das competências em busca do Saber, artigo, 2008. Visagio | 86
  • 88. Referências Bibliográficas DRUCKER, P. Management Challenges for the 21 st Century, Harper Business, EUA, 2002. FALCONI, V. O Verdadeiro Poder, 2009. FELDHUSEN, J. F. How to identify and develop special talents. Educational Leadership, 53(5), 66-69, 1996. ____________Talent development in gifted education.Eric Digest, ED-99-CO- 0026, 2001 FRANCES, H. Managing Knowledge Workers, Jonh Willey & Sons, Canadá, 2008. GAGNÉ, R. Princípios Essenciais da Aprendizagem para o Ensino, Ed. Globo, 1980. GOLEMAN, D. Inteligência Emocional, 2001 MOREIRA, M. Teorias de Aprendizagem, Editora EPU, S. Paulo, 1999. SENGE, P. A Organização que Aprende, 1996. STEWART, T. The Wealth of Knowledge, Currency, EUA, 2009. WAGNER, H. (2003). Buildung und Begabung e. V. A national agency for talent development in Germany. World Gifted, 22(1), 1 e 11-12. . Visagio | 87