Your SlideShare is downloading. ×
Computação Musical - Cakewalk 9   1
Seja Nosso Parceiro no Combate à Cópia IlegalA cópia ilegal é crime. Ao efetuá-la, o infrator estará cometendo um grave er...
André Campos Machado                 Luciano Vieira Lima                Marília Mazzaro Pinto              Ano: 2004 2003 ...
Copyright © 2001 da Editora Érica Ltda.                Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)            ...
&Fabricantes   Produto: Cakewalk 9   Fabricante: Twelve Tone Systems, Inc.   http://www.cakewalk.com/   Tel: (888) 225-392...
Requisitos Mínimos deHardware e de Software                                    &    ♦   Pentium 133 ou superior;    ♦   32...
&Dedicatória               A Deus, senhor de toda criatura,         portanto de todos os seus desenvolvimentos.         Ao...
&Agradecimentos    Ao Edson Simão pela ajuda em capturar as janelas dos programas e    pelas dicas de como resolver os pro...
Sobre os Autores                                              &   André Campos Machado (andrecampos@triang.com.br)   Forma...
Sobre o Material Disponível naInternet                                                             &O material disponível ...
&PrefácioA minha primeira experiência com um software musical foi no ConservatórioEstadual de Música Cora Pavan Capparelli...
&Apresentação     O presente trabalho é, antes de tudo, uma poderosa ferramenta     didática para qualquer nível de conhec...
&Índice AnalíticoCapítulo 1 - Apresentação do o Cakewalk Pro Áudio 9.0............................. 19     1.1. Cakewalk P...
2.11. Volume dos Instrumentos ................................................................ 44        2.12. Alterando o...
Capítulo 6 - Gravando Áudio Com o Cakewalk ............................................. 87     6.1. Configurar a Placa de...
Capítulo 8 - Percussão e Bateria .................................................................... 139     8.1. Gravaçã...
12.6. Inserindo controladores na janela Event List para obter              uma modificação timbral ..........................
14.7.  Tonalidade Maior ......................................................................... 235        14.8.  Acorde...
Apresentação                                          do Cakewalk                                         Pro Áudio 9.0   ...
3º Deslize o mouse até aqui e mova-o para direita.                                                               4º Clique...
1.3. Sair do Cakewalk Pro Áudio 9.01. Clique no botão Close.2. Pressione a tecla Alt no teclado do computador e, mantendo-...
3. A janela Desligar o Windows se abre: Clique aqui.4. Clique na opção Desligar o computador.5. Clique em OK.6. Espere a m...
Clique aqui.3. A janela Salvar como se abre:4. No item Salvar em escolha em qual diretório o arquivo será salvo.5. No item...
♦ Template (TPL): Formato próprio e exclusivo do Cakewalk usado para       armazenar situações básicas iniciais (templates...
Procure o di-                                                Escolha o ar-     retório aqui.                              ...
1.8. A Diferença entre Track e Canal       Um canal MIDI equivale, para uma televisão, a um canal dela. Assim, umatelevisã...
Para entender o que é taxa de amostragem, um CD utiliza 44.100 pontospor segundo (44,1KHz), o rádio 22,05 KHz e a telefoni...
Porém, a janela ativa é a Cakewalk Quick Start.1.11. Função dos Botões da Janela Cakewalk Quick Start       Open Project: ...
1.12. A Interface Principal - Janela Track Barra de                     Barra de              Barra de            Controle...
É usado para escrever o Nome do instrumento. Este campo aceita            até 128 caracteres.            Define o status d...
1.13.1. Piano Roll1.13.2. Event List1.13.3. Staff                     Apresentação do Cakewalk Pro Áudio 9.0   31
1.13.4. Áudio1.13.5. Lyrics1.13.6. Studio Ware (Panel)32                 Computação Musical - Cakewalk 9
1.13.7. Console  Observação               Estas janelas serão abordadas com detalhes nos itens que as utilizam.1.14. Habil...
2. A janela Toolbars se abre:3. Clique no quadradinho vazio       para marcar a barra de   ferramentas que deseja habilita...
Formatando a                                            Música              022.1. Escolher um Arquivo Novo1. Ative o menu...
2.2. Fórmula de Compasso1. Ative o menu Insert.2. Clique em Meter/Key Change....          Clique aqui.3. A janela Meter/Ke...
Clique aqui.9. A janela Meter/Key se abre: Clique aqui para inse-                                    Clique aqui para rir ...
Clique                                                             aqui.3. No item Key Signature clique sobre a área em br...
2. A janela Project Options se abre:      Default3. No item Ticks per quarter-note, escolher um valor entre 48 a 480 ticks...
2. A janela Project Options se abre:                                                   Selecione                          ...
2. A janela Tempo se abre:     Digite aqui o     novo andamento.3. No item Tempo, digite o Andamento desejado.4. Clique em...
Clique aqui3. Pressione a tecla + do teclado numérico do computador para transpor o   som de semitom em semitom acima, e a...
Observação   Os canais devem ser de 1 a 16, sendo que o canal 10 só pode ser               usado para percussão.2.10. Esco...
Clique aqui                                                         para escolher o                                       ...
2. Clique no campo Pan da trilha em que deseja criar o efeito de Estéreo.                                       Clique aqu...
Anotações                                               &_________________________________________________________________...
Gravando MIDI                                           com o Cakewalk                033.1. Configurando o Metrônomo1.   ...
3.   Clique na aba Metronome.4.   A janela Project Options fica assim:     Metrônomo     durante a     música.            ...
3.2. Posicionar o Cursor Usando o Teclado doComputador1.     Para mover o cursor para o início da música: Ctrl+Home, ou W....
3.   Ative o menu Opções.4.   Clique em Propriedades.             Clique aqui.5.   A janela Propriedades se abre:     Cliq...
9.   Habilite a opção MIDI (Em algumas placas esta opção precisa estar     selecionada para funcionar e em outras precisa ...
17. Regule o volume da opção habilitada na gravação, ou seja, do dispositivo    que será usado para gravar.               ...
22. No item Input Ports (entrada), escolha o dispositivo de entrada da Placa    de Som que o Cakewalk usará para fazer a g...
4.     Clique duas vezes no campo Source da trilha em que se deseja gravar:                                      Clique aq...
13. Configure o Metrônomo para determinar quantos compassos em branco    se deseja antes de iniciar a Gravação.14. Ative o...
3.6. Piano Virtual     O piano virtual é uma alternativa para quem não possui um instrumentoMIDI conectado ao computador. ...
Ferramentas                                                Úteis             044.1. Selecionar Todo o Track1.   Vá para a ...
3.   A janela Snap to Grid se abre:          Clique aqui.4.   Clique sobre o item Measure (compasso).5.   Clique em OK.6. ...
4.3. Selecionar Tempos da Música1.   Vá para a janela Track.2.   Clique com o botão direito do mouse sobre o botão        ...
6.   Volta-se à janela Track.7.   Segure a tecla Alt e clique sobre o tempo desejado no compasso     escolhido.8.   Escolh...
4.5. Mover um Trecho da Música1.   Selecione o trecho desejado.2.   Clique sobre o trecho selecionado e arraste-o para o l...
2.   Ative o menu Edit e clique em Create Clips.         Clique aqui.3.   Outra solução é clicar com o botão direito do mo...
4.   Os Clips também podem ser criados durante a ação de copiar e colar,     quando a janela Drag and Drop Options se abre...
5.   Clique no item MIDI Effects.6.   Deslize o mouse para a direita até Cakewalk FX.7.   Deslize o mouse para a direita e...
Clique aqui.4.   Outra opção é clicar no botão      Insert Tempo localizado na Barra de     Ferramentas Tempo.            ...
Clique aqui12. A janela Tempo, se abre:13. Observe que no centro da janela encontra-se uma linha em rosa,    posicionada d...
16. Para aumentar o Andamento, basta desenhar uma reta com subindo.4.9. Transpor 11.   Selecione o Track do instrumento qu...
Digitar quantos Selecionar aqui                                                 tons ou semitons para transpor em         ...
4.     Deslize o mouse para a direita até Cakewalk FX.5.     Deslize o mouse para a direita e clique em Transpose.        ...
10. Cada opção escolhida no item    Transposition Method modifica    ligeira-mente     a       janela    Transpose. Veja c...
4.11.1. Alterando a Duração da Música1.     Abra o arquivo com o trecho musical       desejado.2.     Copie e cole o trech...
8.   Selecione a opção Tempo Map.9.   Clique em Ok.     Você pode se questionar que seria possível fazer a mesma coisa ape...
6.   A janela Length se abre:              Início              da nota.            Duração7.   Selecione os itens:     ♦ S...
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição.

7,080

Published on

Autores: André Campos Machado, Luciano Vieira Lima, Marília Mazzaro Pinto.

Resenha:
O Cakewalk é considerado um dos melhores softwares para seqüenciamento de áudio e MIDI do mercado. Com ele é possível criar e editar arranjos no formato MIDI e WAV. Este livro possui uma forte conotação didática, permitindo ao usuário um aprendizado simples e eficiente. Nele estão detalhados os principais tópicos utilizados pelos profissionais na editoração de partituras, bem como as ferramentas de arranjo e seqüenciamento de trilhas de áudio e MIDI. O livro foi escrito de uma forma, em que os tópicos são independentes, procurando resolver as principais necessidades para execução de uma tarefa. Cada item, como, por exemplo, a equalização do arranjo, independe da leitura dos demais para ser concretizado.

ISBN: 8571948070 | Páginas: 262

Published in: Education
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Eu já toco teclado a mais de um ano e venho acompanhando alguns caras que ensina a tocar teclado no youtube são bem legais mesmos, essas dicas tambem foram muito boas, a pouco tempo conheci um curso eu acho que mais pessoas aqui já conhece, gostei bastante, o curso é esse:http://j.mp/auladeteclado
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
7,080
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
280
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Cakewalk 9: Arranjo, Seqüenciamento e Editoração de Partituras - 2ª Edição."

  1. 1. Computação Musical - Cakewalk 9 1
  2. 2. Seja Nosso Parceiro no Combate à Cópia IlegalA cópia ilegal é crime. Ao efetuá-la, o infrator estará cometendo um grave erro,que é inibir a produção de obras literárias, prejudicando profissionais que serãoatingidos pelo crime praticado.Junte-se a nós nesta corrente contra a pirataria. Diga não à cópia ilegal. Seu Cadastro é muito Importante para NósAo preencher e remeter a ficha de cadastro constante no final desta publicação,cuja postagem será paga pela Editora Érica, bastando depositá-la em qualquercaixa de correio, você passará a receber, automaticamente, informações sobrenossos lançamentos em sua área de preferência.Conhecendo melhor nossos leitores e suas preferências, vamos produzir títulosque atendam suas necessidades.Obrigado pela sua escolha. Fale Conosco!Eventuais dúvidas referentes ao conteúdo deste livro serão encaminhadas ao(s)respectivo(s) autor(es) para esclarecimento, excetuando-se as dúvidas quedizem respeito a pacotes de softwares, as quais sugerimos que sejamencaminhadas aos distribuidores e revendedores desses produtos, que estãohabilitados a prestar todos os esclarecimentos.As dúvidas só podem ser enviadas por:1. E-mail: producao@erica.com.br2. Fax: (11) 217.40603. Carta: Rua São Gil, 159 - Tatuapé - CEP 03401-030 - São Paulo - SP VISITE EM NOSSO SITE O GRUPO ÉRICA NEWS2 Computação Musical - Cakewalk 9
  3. 3. André Campos Machado Luciano Vieira Lima Marília Mazzaro Pinto Ano: 2004 2003 2002 2001 Edição: 9 8 7 6 5 4 3 2 1 Editora Érica Ltda.Conselho Editorial:Diretor Editorial: Antonio Marco Vicari CipelliDiretor Comercial: Paulo Roberto AlvesDiretor de Publicidade: Waldir João SandriniAvaliação Técnica: Fausto de PaschoalEditoração: Érica Regina Antonio PaganoCapa: Maurício S. de FrançaDesenhos: Pedro Paulo Vieira HerruzoRevisão Interna: Graziela M. L. GonçalvesRevisão Gramatical: Marlene Teresa Santin AlvesRevisão e Coordenação: Rosana Arruda da Silva Computação Musical - Cakewalk 9 3
  4. 4. Copyright © 2001 da Editora Érica Ltda. Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Machado, André Campos, 1965 - Computação musical: Cakewalk 9: arranjo, seqüenciamento e editoração de partituras / André Campos Machado, Luciano Vieira Lima, Marília Mazzaro Pinto. -- São Paulo: Érica, 2001. Bibliografia ISBN: 85-7194-807-0 1. Cakewalk 9 2. Música - Programas de computador. 3. Música por computador. 4. Partituras musicais. I. Machado, André Campos, 1965 - II. Lima, Luciano Vieira, 1960 - III. Pinto, Marília Mazzaro, 1965 - IV. Título. 01-3395 CDD - 781-3453 Índices para Catálogo Sistemático: 1. Música: Composição: Programas de computador 781.3453 2. Partituras musicais: Editoração: Programas de computador 781.3453Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo,especialmente por sistemas gráficos, microfílmicos, fotográficos, reprográficos, fonográficos,videográficos, internet, e-books. Vedada a memorização e/ou recuperação total ou parcial em qualquersistema de processamento de dados e a inclusão de qualquer parte da obra em qualquer programajuscibernético. Essas proibições aplicam-se também às características gráficas da obra e à suaeditoração. A violação dos direitos autorais é punível como crime (art. 184 e parágrafos, do Código Penal,cf. Lei no 6.895, de 17.12.80) com pena de prisão e multa, conjuntamente com busca e apreensão eindenizações diversas (artigos 102, 103 parágrafo único, 104, 105, 106 e 107 itens 1, 2 e 3 da Lei no 9.610,de 19/06/98, Lei dos Direitos Autorais).Os Autores e a Editora acreditam que todas as informações aqui apresentadas estão corretas e podem serutilizadas para qualquer fim legal. Entretanto, não existe qualquer garantia, explícita ou implícita, deque o uso de tais informações conduzirá sempre ao resultado desejado. Os nomes de sites e empresas,porventura mencionados, foram utilizados apenas para ilustrar os exemplos, não tendo vínculo algumcom o livro, não garantindo a sua existência nem divulgação.“Algumas imagens utilizadas neste livro foram obtidas a partir do CorelDRAW 7, 8 e 9 e da Coleção doMasterClips/ MasterPhotos© da IMSI, 1985 Francisco Blvd. East, San Rafael, CA 94901-5506, USA.” Editora Érica Ltda. Rua São Gil, 159 - Tatuapé CEP: 03401-030 - São Paulo - SP Fone: (11) 295-3066 - Fax: (11) 217-4060 Site: www.erica.com.br4 Computação Musical - Cakewalk 9
  5. 5. &Fabricantes Produto: Cakewalk 9 Fabricante: Twelve Tone Systems, Inc. http://www.cakewalk.com/ Tel: (888) 225-3925 ou 800-887-6434 Fax: (617) 441-7887 O software Cakewalk é distribuído no Brasil pela Quanta Music & Technology e revendidos por várias empresas. Quanta Music & Technology Av. João Erbolato, 377 - Jd. Chapadão CEP 13066-640 - Campinas - SP Tel. Vendas: 0800-55-4644 Tel: (019) 3741 - 4644 Fax (019) 3741 - 4643 Computação Musical - Cakewalk 9 5
  6. 6. Requisitos Mínimos deHardware e de Software & ♦ Pentium 133 ou superior; ♦ 326 MB de RAM; ♦ 20 MB de espaço livre em hard disk; ♦ Placa de Som Sound Blaster ou compatível; ♦ Impressora laser ou jato de tinta; ♦ Windows 98 ou superior; ♦ DirectX 7 ou superior; ♦ Cakewalk 9.6 Computação Musical - Cakewalk 9
  7. 7. &Dedicatória A Deus, senhor de toda criatura, portanto de todos os seus desenvolvimentos. Aos nossos alunos de ontem, hoje e amanhã, motivadores do nosso trabalho. Por essas palavras ele indicava com que morte Simão havia de glorificar a Deus. E falando assim, acrescentou: “Segue-me”. João: 21,19 Computação Musical - Cakewalk 9 7
  8. 8. &Agradecimentos Ao Edson Simão pela ajuda em capturar as janelas dos programas e pelas dicas de como resolver os problemas de editoração gráfica. À direção do Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli, em especial à Mônica Debs Diniz Recife e Vera Lúcia Santos Vilela, que nos incentivou e proporcionou o desenvolvi- mento da Informática Musical na escola. Aos artistas gráficos Priscila Pereira de Melo, Luiz Fernando Rodrigues Pereira e Sandra Fernandes de Oliveira Lima, pelo traba- lho competente que nos têm prestado em todos os produtos desen- volvidos por nosso grupo. Os autores8 Computação Musical - Cakewalk 9
  9. 9. Sobre os Autores & André Campos Machado (andrecampos@triang.com.br) Formado em Música, instrumento Violão e Especialização em música pela Universidade Federal de Uberlândia. Professor do Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli de Uberlândia, onde ministra aulas de violão desde 1983 e de Computação Musical há 6 anos. É integrante do Corpo Docente do Curso de Especialização em Música do Século XX da Universidade Federal de Uberlândia. Está concluindo o mestrado em manipulação de arquivos MIDI e harmonização automática de músicas por computador no Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Uberlândia. Luciano Vieira Lima (vieira@ufu.br) Professor da Faculdade de Engenharia Elétrica, de Computação e da Música (especialização) da Universidade Federal de Uberlândia. Trabalha a mais de 6 anos com Computação Musical e Orienta atualmente mestrado e doutorado em Engenharia de Computação e Computação Musical. Fez seu doutorado na Poli-USP em sistemas inteligentes autônomos de composição musical por computador baseada em estilo onde criou um sistema que extrai o estilo automaticamente de qualquer autor e recria no computador um sistema compositor que compõe músicas inéditas com estilo semelhante ao dos autores originais. Marília Mazzaro Pinto (mariliamazzaro@triang.com.br) Professora de Computação Musical desde 1998 do Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli de Uberlândia, onde atualmente exerce a função de Vice-Diretora. Graduanda no curso Educação Artística Habilitação em Música, da Universidade Federal de Uberlândia. Computação Musical - Cakewalk 9 9
  10. 10. Sobre o Material Disponível naInternet &O material disponível no site da Editora Érica (www.erica.com.br) contémalguns arranjos e seqüenciamentos feitos no Cakewalk.É necessário que você tenha instalado em sua máquina os mesmos requisitosdescritos na página Requisitos Mínimos de Hardware e de Software. Cakewalk.exe - 391 kbProcedimento para DownloadAcesse a home page da Editora Érica Ltda.: www.erica.com.br. A transferênciados arquivos disponíveis pode ser feita de duas formas:Por meio do módulo pesquisa. Localize o livro desejado, digitando palavras- chaves (nome do livro ou dos autores). Aparecerão os dados do livro e o arquivo para download, então dê um clique sobre o arquivo executável. Logo após, o arquivo será transferido.Por meio do botão “Download”. Clicando nesse botão, localizado no canto superior da tela de nosso site, surgirá uma listagem de livros. Localize o livro desejado (no caso: Computação Musical: Cakewalk 9) e dê um clique no arquivo executável. Então, o arquivo será transferido.Procedimento para DescompactaçãoPrimeiro passo: após ter transferido o arquivo, verifique o diretório em que seencontra e dê um duplo-clique sobre ele. Aparecerá uma tela do programaWINZIP SELF-EXTRACTOR que conduzirá você ao processo de descompactação.Abaixo do Unzip To Folder, existe um campo que indica o destino dos arquivosque serão copiados para o disco rígido do seu computador. C:Computação MusicalSegundo passo: prossiga com a instalação, clicando no botão Unzip, o qual seencarregará de descompactar os arquivos. Logo abaixo dessa tela, aparecerá abarra de status a qual monitora o processo para que você acompanhe. Após otérmino, outra tela de informação surgirá, indicando que os arquivos foramdescompactados com sucesso e estão no diretório criado. Para sair dessa tela,clique no botão OK. Para finalizar o programa WINZIP SELF-EXTRACTOR,clique no botão Close.10 Computação Musical - Cakewalk 9
  11. 11. &PrefácioA minha primeira experiência com um software musical foi no ConservatórioEstadual de Música Cora Pavan Capparelli, Uberlândia - MG, em uma palestrasobre o software editor de partituras Encore, no final de 1994. Naquela épocative literalmente de assistir a grande parte da palestra com um binóculo, poishavia somente um computador para todos os presentes. Como músico eu fiqueiencantado ao ver como poderia enriquecer meu trabalho com programas decomputador dedicados à música.Ver uma palestra não era o único contado que, a partir daquele momento, eugostaria de ter. Foi então que me questionei: onde iria encontrar mais informa-ções a respeito de Computação Musical, e, o mais importante, quem deveriaprocurar.Foi nesta época que conheci o Prof. Dr. Luciano Vieira Lima, professor doDepartamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Uberlândia.Ele montou um projeto com o objetivo de difundir a Computação Musical pelosConservatórios do Triângulo Mineiro e, é claro, também no Conservatório emque ainda sou professor. Pronto! Encontrei neste momento quem estavaprocurando, ou seja, a pessoa que poderia me integrar de uma forma maisprofunda ao universo da Computação Musical.O primeiro software que ele nos apresentou, digo nós porque foi para umgrupo de vinte professores, foi o Musicator 1.03 (muitos outros se sucederam).A partir deste momento eu criei o Curso de Computação Musical doConservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli, de Uberlândia, que,em 2001, já está no seu 6º ano sem interrupções.Para atender à carência de material específico sobre os programas utilizados nocurso, nós montamos apostilas que hoje se transformaram em livros publicadospela Editora Érica. É muito bom ver o trabalho concluído e saber que a partirdeste momento os novos interessados em Computação Musical não precisarãomais descobrir os segredos dos programas sozinhos. Poderão contar com ummaterial específico, em uma linguagem simples e didática, com todas asinformações necessárias para o aprendizado dos programas.O trabalho que hoje editamos pela Érica está, sem dúvida alguma, realizando umsonho antigo. Espero que possamos realizar alguns dos seus sonhos e encontrá-lo em vários outros livros. Aproveite bem o livro sobre do Cakewalk 9.Nele você encontrará exclarecimento de muitas dúvidas sobre como fazerarranjos, editorar partituras, seqüenciar músicas e algumas técnicas de estúdiodigital. André Campos Machado Computação Musical - Cakewalk 9 11
  12. 12. &Apresentação O presente trabalho é, antes de tudo, uma poderosa ferramenta didática para qualquer nível de conhecimento que um usuário possua Cakewalk e Windows, ministrando-lhe o conhecimento do software de maneira simples, clara e objetiva, tendo como fim a edição de partituras, gravação, edição e seqüenciamento áudio- MIDI, criação de play-backs e masterização de trilhas e músicas com qualidade profissional. Assim, de forma resumida, são apresentados: 1. Editoração de partituras: notas, claves, armaduras de claves, lirismo, seqüenciamento, dinâmica e todas as ferramentas normalmente utilizadas pelo músico em tarefas editoração e impressão de partituras. 2. Ferramentas para gravação tratamento de áudio e MIDI 3. Mixagem, efeitos e masterização áudio e MIDI. 4. Sintetização e modificação de timbres, criação de estilos para os teclados da família PSR da Yamaha. 5. Criação de spots e jingles e seqüências rápidas. Alguns tópicos, como o capítulo * e o apêndice B foram extraídos do livro Computação Musical - Encore 4.2.1 & Band-in-a-Box 10. Enfim, sua imaginação é o limite e o limite .... bom ... está muito além de sua imaginação ... !!! Os autores12 Computação Musical - Cakewalk 9
  13. 13. &Índice AnalíticoCapítulo 1 - Apresentação do o Cakewalk Pro Áudio 9.0............................. 19 1.1. Cakewalk Pro Áudio 9.0 .................................................................... 19 1.2. Trabalhando com o Windows 95, 98 ou ME .................................... 19 1.3. Sair do Cakewalk Pro Áudio 9.0 ....................................................... 21 1.4. Sair do Windows 95, 98 ou ME ......................................................... 21 1.5. Salvar .................................................................................................. 22 1.6. Abrir um Arquivo Existente ............................................................... 24 1.7. MIDI Formatos 0 e 1 ......................................................................... 25 1.8. A Diferença entre Track e Canal ...................................................... 26 1.9. Diferenças Básicas entre Áudio e MIDI ............................................ 26 1.10. Iniciando o Cakewalk Pro Áudio 9.0 ................................................ 27 1.11. Função dos Botões da Janela Cakewalk Quick Start ...................... 28 1.12. A Interface Principal - Janela Track................................................... 29 1.12.1. Conhecendo a Janela Track ................................................. 29 1.13. Outras Janelas ................................................................................... 30 1.13.1. Piano Roll .............................................................................. 31 1.13.2. Event List ................................................................................ 31 1.13.3. Staff......................................................................................... 31 1.13.4. Áudio ..................................................................................... 32 1.13.5. Lyrics ..................................................................................... 32 1.13.6. Studio Ware (Panel) .............................................................. 32 1.13.7. Console ................................................................................. 33 1.14. Habilitar ou Desabilitar as Barras de Ferramentas .......................... 33Capítulo 2 - Formatando a Música ................................................................... 35 2.1. Escolher um Arquivo Novo ............................................................... 35 2.2. Fórmula de Compasso ....................................................................... 36 2.3. Escolher a Tonalidade (Armadura de Clave) .................................... 37 2.4. Mudar as Medidas de Tempo Musical............................................... 38 2.5. Mudar as Medidas de Tempo Cronológico....................................... 39 2.6. Mudar o Andamento .......................................................................... 40 2.7. Nome do Instrumento ....................................................................... 41 2.8. Transpor Somente o Som ................................................................. 41 2.9. Escolher ou Mudar o Canal .............................................................. 42 2.10. Escolher ou Mudar o Instrumento..................................................... 43 Computação Musical - Cakewalk 9 13
  14. 14. 2.11. Volume dos Instrumentos ................................................................ 44 2.12. Alterando o Balanço do Estéreo - Pan ............................................. 44Capítulo 3 - Gravando MIDI Com o Cakewalk .............................................. 47 3.1. Configurando o Metrônomo ............................................................. 47 3.2. Posicionar o Cursor Usando o Teclado do Computador ................ 49 3.3. Posicionar o Cursor Usando a Toolbar Position ............................. 49 3.4. Configurar a Placa de Som - MIDI ................................................... 49 3.5. Gravação em Tempo Real - Teclado MIDI ...................................... 53 3.6. Piano Virtual ...................................................................................... 56Capítulo 4 - Ferramentas Úteis ......................................................................... 57 4.1. Selecionar Todo o Track.................................................................... 57 4.2. Selecionar Compassos da Música...................................................... 57 4.3. Selecionar Tempos da Música .......................................................... 59 4.4. Copiar e Colar um Trecho da Música .............................................. 60 4.5. Mover um Trecho da Música ............................................................ 61 4.6. Criar Clips .......................................................................................... 61 4.7. Crescendo e Decrescendo ................................................................ 63 4.8. Ralentando ........................................................................................ 64 4.9. Transpor 1 ......................................................................................... 66 4.10. Transpor 2 ......................................................................................... 67 4.11. Ajustando a Música Para um Tempo Predeterminado .................... 69 4.11.1. Alterando a Duração da Música ............................................ 70 4.11.2. Mantendo o Metrônomo e Alterando as Figuras Musicais... 71 4.12. Marcadores ......................................................................................... 73 4.12.1. Inserir Marcadores ................................................................. 74 4.12.2. Editar Marcadores .................................................................. 75Capítulo 5 - Partitura e Letra............................................................................. 77 5.1. Visualizar a Partitura .......................................................................... 77 5.2. Escrever a Melodia Usando o Mouse................................................ 77 5.3. Selecionar Compassos........................................................................ 79 5.4. Copiar e Colar Compassos................................................................. 79 5.5. Ouvir as Notas da Partitura................................................................ 80 5.6. Cifras ................................................................................................... 80 5.7. Letra de Música .................................................................................. 83 5.8. Letra de Música - Extensão da Palavra ............................................ 83 5.9. Letra de Música - Elisão .................................................................... 84 5.10. Título, Compositor, Arranjo e Editoração ........................................ 84 5.11. Imprimir a Partitura ........................................................................... 8514 Computação Musical - Cakewalk 9
  15. 15. Capítulo 6 - Gravando Áudio Com o Cakewalk ............................................. 87 6.1. Configurar a Placa de Som - Wave, Microfone ou Line In .............. 87 6.2. Gravar o MIDI em Formato Wav....................................................... 90 6.3. Gravação em Tempo Real - Microfone ou Line In .......................... 92 6.4. Salvar Wave em um Arquivo Separado............................................. 95 6.5. Equalizar o Áudio ............................................................................. 96 6.6. Fade In (Crescendo) ou Fade Out (Decrescendo) .......................... 99 6.7. Normalizar ....................................................................................... 100Capítulo 7 - Janela Piano Roll ........................................................................ 103 7.1. Conhecendo a Janela Piano Roll .................................................... 103 7.2. Função dos Ícones da Barra de Ferramentas ................................ 104 7.3. Visualizar Mais de um Track .......................................................... 105 7.4. Inserindo Notas ............................................................................... 106 7.4.1. Inserindo Notas - Snap to Grid Desativado........................ 107 7.4.2. Inserindo Notas - Move To Ativado.................................... 108 7.4.3. Inserindo Notas - Move By Ativado.................................... 110 7.5. Movendo Notas ............................................................................... 110 7.5.1. Movendo Notas - Snap to Grid Desativado ........................ 110 7.5.2. Movendo Notas - Move To Ativado .................................... 111 7.5.3. Movendo Notas - Move By Ativado .................................... 113 7.5.4. Movendo Notas - Com Precisão Numérica ........................ 115 7.6. Alterando a Altura - Pitch ............................................................... 117 7.6.1. Alterando a Altura da Nota (Pitch) Graficamente ............. 118 7.6.2. Alterando a Altura da Nota (Pitch) Numericamente ......... 119 7.7. Alterando a Intensidade (Velocity) ................................................ 119 7.8. Alterando a Duração da Nota ......................................................... 120 7.8.1. Alterando a Duração da Nota - Snap to Grid Desativado.. 120 7.8.2. Alterando a Duração da Nota - Move To Ativado ............ 121 7.8.3. Alterando a Duração da Nota - Move By Ativado ............ 123 7.8.4. Alterando a Duração da Nota - Numericamente ............... 125 7.9. Alterando o Canal da Nota ............................................................. 127 7.10. Abrindo a Janela de Controle de Dinâmica (Control Pane) ......... 127 7.10.1. Alterando o Volume da Nota - Velocity ............................ 131 7.10.2. Alterando Pich-bend das Notas - Wheel ........................... 132 7.10.3. Alterando o Volume do Track - Crescendo e Decrescendo ....................................................................... 134 7.10.4. Alterando o Balanço do Estéreo - Track Pan .................... 136 Computação Musical - Cakewalk 9 15
  16. 16. Capítulo 8 - Percussão e Bateria .................................................................... 139 8.1. Gravação em Tempo Real ............................................................... 139 8.2. Gravação na Janela Piano Roll ....................................................... 143Capítulo 9 - Janela Event List ......................................................................... 147 9.1. Conhecendo a Janela Event List ..................................................... 147 9.2. Visualizar Mais de Um Track .......................................................... 149 9.3. Para Que Serve a Janela Event List? ............................................... 149 9.4. Evento e Seus Parâmetros .............................................................. 149 9.5. Editar um Evento ............................................................................ 151 9.6. Visualizando Todos os Eventos de Todos os Tracks na Ordem Que Ocorrem .................................................................................. 157 9.7. Analisando Todos os Tracks Que Possuam Eventos .................... 159 9.8. Deletando (Eliminado) Eventos ..................................................... 160 9.9. Exemplos Com Outros Eventos Além de Nota .............................. 161Capítulo 10 - Equalização e Efeitos MIDI e Áudio ...................................... 163 10.1. Equalização - Janela Track ............................................................. 163 10.2. Equalização - StudioWare ................................................................ 165 10.3. Equalização - Janela Console ......................................................... 167 10.4. Efeitos - MIDI .................................................................................. 171 10.5. Efeitos - Áudio ................................................................................ 172 10.5.1. Reverb ................................................................................. 173 10.5.2. Chorus ................................................................................. 175 10.5.3. Delay / Echo ....................................................................... 178Capítulo 11 - Criando Estilos Para Teclados ............................................... 181 11.1. Marcadores Que Devem Ser Inseridos .......................................... 181 11.2. Criando um Estilo com os Devidos Marcadores ........................... 182Capítulo 12 - Editando um Timbre Existente ............................................. 187 12.1. Notas Musicais ................................................................................. 187 12.2. Tabela de Notas e Freqüências Produzidas Por Equipamentos Midi .............................................................................................. 189 12.3. Timbre ............................................................................................. 191 12.3.1. O Conjunto das Parciais Harmônicas do Sinal Sonoro ..... 191 12.3.2. O Envelope Sonoro ............................................................ 192 12.4. Alterando o timbre de instrumentos MIDI utilizando controladores de envelope e conteúdo harmônico ...................... 193 12.5. Controladores (Control Change) .................................................... 19416 Computação Musical - Cakewalk 9
  17. 17. 12.6. Inserindo controladores na janela Event List para obter uma modificação timbral ................................................................ 195Capítulo 13 - MIDI ............................................................................................ 197 13.1. O Nascimento do MIDI ................................................................. 197 13.2. MIDI e Computadores ................................................................... 199 13.3. O Que é MIDI................................................................................ 200 13.4. MIDI Ports ...................................................................................... 201 13.5. Conexão Entre Dispositivos MIDI Utilizando os Ports Midi In, Midi Out e Midi Thru ................................................................... 202 13.6. O Que Pode Ser Feito com MIDI ................................................. 206 13.7. Como São Gravadas as Músicas MIDI Nos Teclados, Seqüenciadores e Computadores? ............................................... 206 13.8. Standard MIDI File (SMF) .............................................................. 207 13.8.1. O Músico e a Partitura ...................................................... 208 13.8.2. Músico Utilizando um Teclado MIDI................................ 208 13.8.3. ppq..................................................................................... 209 13.8.4. Delta Time ......................................................................... 210 13.8.5. Analisando Arquivos MIDI SMF........................................ 214 13.9. Tabela de Instrumentos General MIDI ......................................... 221 13.10. Tabela General MIDI dos Instrumentos de Percussão 1 ............ 222 13.11. Tabela General MIDI dos Instrumentos de Percussão 2 ............ 222 13.12. Tabela de Freqüências das Notas Musicais ................................. 223 13.13. Mensagens de Voz (Channel Voice Messages) ............................ 224 13.14. Mensagens de Modo (Channel Mode Messages) ......................... 225 13.15. Controles (Control Change) .......................................................... 225 13.16. Mensagens Comuns de Sistema (System Common Messages) .... 226 13.17. Mensagens de Sistema em Tempo Real (System Real Time)....... 227 13.18. Mensagens Exclusivas de Sistemas (System Exclusive Messages) ....................................................................................... 227 13.19. Computadores e Teclados Interligados ........................................ 228Capítulo 14 - Conceitos e Notação Musical................................................... 229 14.1. Notas Musicais .............................................................................. 229 14.2. Figuras Musicais ............................................................................ 231 14.3. Acidentes Musicais ....................................................................... 232 14.4. Claves Musicais ............................................................................. 232 14.4.1. Distribuição das Notas na Clave de Sol e de Fá ............. 233 14.5. Fórmula de Compasso (Time Signature) ..................................... 233 14.6. Armadura de Clave (Key Signature) ............................................ 234 Computação Musical - Cakewalk 9 17
  18. 18. 14.7. Tonalidade Maior ......................................................................... 235 14.8. Acorde ........................................................................................... 236 14.8.1. Cifras ................................................................................. 237 14.9. Intervalos ...................................................................................... 237 14.10. Tonalidades Menores ................................................................... 239 14.10.1. Escala Menor Natural ..................................................... 239 14.10.2. Escala Menor Harmônica ............................................... 239 14.10.3. Escala Menor Melódica .................................................. 239Apêndice A - Sistemas de Numeração ........................................................... 241 A.1. Uma Breve Abordagem ................................................................... 241 A.2. Conversão entre o Sistema (base) Decimal e Outros Sistemas (bases) de Numeração ..................................................................... 241 A.3. Conclusões Relevantes Sobre Conversão Entre as Bases Binária e Decimal ......................................................................................... 244 A.3.1. Exemplos Adicionais ........................................................... 245 A.4. Operações Matemáticas Fundamentais na Base 2 .......................... 246 A.4.1. Soma e Subtração ................................................................ 246 A.4.2. Multiplicação e Divisão ....................................................... 24818 Computação Musical - Cakewalk 9
  19. 19. Apresentação do Cakewalk Pro Áudio 9.0 011.1. Cakewalk Pro Áudio 9.0 Um programa é um conjunto detalhado de instruções lógicas para o com-putador, instruindo-o a realizar uma tarefa específica ou um grupo de tarefasrelacionadas. Portanto, para que o programa Cakewalk Pro Áudio 9.0 forWindows funcione, deve, como o próprio nome indica, estar no ambienteWindows, que é um sistema operacional em ambiente gráfico, ou seja, em vezde precisar digitar comandos, como no DOS, o Windows apresenta janelas (daío nome Windows) e ícones (símbolos) que, ao serem clicados com o mouse,executam automaticamente programas e dão acesso a várias funçõesimportantes por meio de Caixas de Diálogo.1.2. Trabalhando com o Windows 95, 98 ou ME De acordo com a figura, observe os seguintes passos:1. Clique em Iniciar.2. Deslize o mouse até Programas.3. Deslize o mouse até o programa Cakewalk Pro Áudio.4. Uma lista com vários itens do programa aparece.5. Clique em Cakewalk Pro Áudio para entrar no programa. Apresentação do Cakewalk Pro Áudio 9.0 19
  20. 20. 3º Deslize o mouse até aqui e mova-o para direita. 4º Clique aqui para entrar no Cakewalk 2º Deslize o mouse até aqui e mova-o para direita. 1º Clique aqui. No monitor aparecerá a tela inicial do programa:20 Computação Musical - Cakewalk 9
  21. 21. 1.3. Sair do Cakewalk Pro Áudio 9.01. Clique no botão Close.2. Pressione a tecla Alt no teclado do computador e, mantendo-a pressionada, pressione a tecla F4 , localizada na parte superior do teclado.3. Outras opções: ♦ Clique com o botão esquerdo do mouse no botão de controle Fechar, localizado no canto superior direito da tela. Clique aqui. ♦ Ative o menu File e clique em Exit. Clique aqui.1.4. Sair do Windows 95, 98 ou ME1. Clique no menu Iniciar, localizado na parte inferior esquerda do monitor.2. Clique em Desligar. Clique aqui. Apresentação do Cakewalk Pro Áudio 9.0 21
  22. 22. 3. A janela Desligar o Windows se abre: Clique aqui.4. Clique na opção Desligar o computador.5. Clique em OK.6. Espere a mensagem: Seu computador já pode ser desligado com segurança, para desligar o computador.1.5. Salvar Quando você trabalha com um computador, usa uma variedade deprogramas para criar diferentes tipos de documento e fazer diversos tipos detrabalho. Toda informação em um computador é armazenada em arquivos. Àmedida que for trabalhando, você vai criando vários arquivos e organizando empastas (cada pasta pode ter um ou mais arquivos). Essas pastas sãoarmazenadas em um disco rígido, parecido com um enorme arquivo deescritório dentro do seu computador, no qual você pode, na medida de suanecessidade e a qualquer hora, usar, pesquisar, modificar, acrescentar,gerenciar, salvar, etc. os arquivos que você criou (salvou). Suas pastas também podem ser armazenadas (salvas) em discos flexíveis(disquetes ). Gravações em disquetes ( ) são denominadas também decópias de segurança ou backup, usadas para garantir a integridade dosarquivos, no caso de uma falha (energia elétrica, raio, vírus no computador emesmo um erro cometido, inadvertidamente, que possa comprometer, danificarou fazer desaparecer os dados armazenados). Disquetes ( ) também oferecema facilidade de permitir que as gravações sejam transportadas, utilizadas emanipuladas em outros computadores. A música é gravada como um arquivono computador. Assim, para salvar um arquivo no Cakewalk Pro Áudio 9.0, devemosobservar os seguintes passos:1. Ative o menu File.2. Clique em Save, ou use o atalho CTRL+S.22 Computação Musical - Cakewalk 9
  23. 23. Clique aqui.3. A janela Salvar como se abre:4. No item Salvar em escolha em qual diretório o arquivo será salvo.5. No item Nome do arquivo escreva o nome da música.6. No item Salvar como o tipo escolha em qual tipo de arquivo se deseja salvar a música criada: ♦ Normal (WRK): Formato próprio e exclusivo do Cakewalk. Ao salvar uma música, utilize sempre este formato, mesmo que ela contenha trilhas de áudio digital, além das trilhas de MIDI. Porém, o formato WRK do Cakewalk Pro Áudio contém somente a localização dos arquivos de áudio WAV e não o arquivo propriamente dito. Caso seja necessário salvar a música em disquete, e ela contenha seqüências de áudio, não use este formato e sim o Bundle. ♦ Cakewalk 3.0 (WRK): Formato próprio e exclusivo do Cakewalk usado pela versão 3.0 e anteriores para Windows. Use este formato somente quando for salvar uma música para ser executada em uma versão mais antiga do Cakewalk Professional for Windows. Apresentação do Cakewalk Pro Áudio 9.0 23
  24. 24. ♦ Template (TPL): Formato próprio e exclusivo do Cakewalk usado para armazenar situações básicas iniciais (templates: Modelo) para seqüências MIDI. Não use este formato para outras finalidades. ♦ Bundle (BUN): Formato próprio e exclusivo do Cakewalk. Deve ser usado somente quando se quiser salvar músicas para exportar para outro computador (rodando o Cakewalk). O formato BUN incorpora no mesmo arquivo as informações das trilhas de MIDI e de Áudio digital (o formato WRK não contém os dados de áudio, mas apenas a localização dos arquivos WAV, armazenados no diretório WAVEDATA). O arquivo do tipo BUN, portanto, contém todas as informações pertinentes à música (MIDI e Áudio) e pode ser copiado ou movido para qualquer diretório ou unidade de disco. ♦ MIDI (Format 0): Todos os instrumentos são salvos em um único track. ♦ MIDI (Format 1): Todos os instrumentos são salvos em tracks separados. ♦ RIFF MIDI File (RMI): Formato adotado por alguns aplicativos de multimídia para armazenamento de dados MIDI.7. Clique no botão Salvar .1.6. Abrir um Arquivo Existente1. Ative o menu File.2. Clique em Open (Ctrl+O). Clique aqui.3. Outra opção é clicar no botão Open localizado na barra de ferramentas Standard. Clique aqui.4. A janela Abrir aparece:24 Computação Musical - Cakewalk 9
  25. 25. Procure o di- Escolha o ar- retório aqui. quivo aqui. Clique aqui. Escolha o tipo de arquivo aqui.5. No item Arquivos do Tipo, escolha o tipo de arquivo que deseja abrir. Se desejar abrir um arquivo MIDI, escolha a opção MIDI File.6. No item Examinar, procure o diretório em que a música se encontra.7. Logo abaixo aparecerá o nome dos arquivos disponíveis no diretório determinado. Clique sobre o arquivo desejado.8. Clique sobre o botão Abrir .1.7. MIDI Formatos 0 e 1 Qualquer formato permite a reprodução fiel de uma música gravada, ouseja, toca todos os dezesseis canais, independente do número de tracks quepossua. No caso do MIDI formato 0, ao salvar uma música com 256 tracks, porexemplo, ele grava apenas dezesseis, agrupando todos os tracks com mesmocanal em apenas um. Isto acontece porque o formato 0 possui apenas um track. O formato 0 foi criado para os seqüenciadores e teclados poderemreproduzir simultaneamente todos os instrumentos utilizados. Daí a explicaçãode haver apenas um track. O MIDI formato 1 possui mais de um track. Assim, o programa grava amúsica em tantos tracks quantos foram criados. Se um teclado ou seqüenciadorfosse tocar um arquivo MIDI formato 1, não se esqueça que em cada tracktemos apenas um instrumento, ele tocaria um track de cada vez, ou seja, primeirotocaria a flauta, depois o violino, separadamente, já que o seqüenciadorconsegue tocar apenas um track de cada vez. Desta forma o usuário nãoescutaria toda a banda ou orquestra. Assim, quando o Cakewalk for reproduziruma música, ele sempre a transforma em um track só, tipo o formato 0. Isto éfeito internamente sem que o usuário veja ou tome conhecimento. Apresentação do Cakewalk Pro Áudio 9.0 25
  26. 26. 1.8. A Diferença entre Track e Canal Um canal MIDI equivale, para uma televisão, a um canal dela. Assim, umatelevisão comum, sem o recurso de assistir a mais de um canal simultâneo, com16 canais, permite ao telespectador assistir a 16 canais diferentes, mas nunca aomesmo tempo. Cada canal passa apenas uma programação, ou seja, se eleestiver sintonizado na Rede Globo, não dá para assistir ao SBT ao mesmotempo. Se o telespectador possuir mais de uma televisão, poderá assistir a maisde uma emissora ao mesmo tempo. Um track equivale a uma televisão, ou seja,se tiver mais de um track (televisão), pode-se assistir a várias emissoras aomesmo tempo. O Cakewalk versão 9.0 possui 256 tracks. Ocorre que osistema de track do Cakewalk equivale a uma televisão com o recurso deassistir a mais de um canal ao mesmo tempo. Ora, se só existem 16 canais MIDI, o que adianta ter 256 tracks? Ocorreque música é diferente de TV, ou seja, para que ter duas televisões sintonizadasno mesmo programa? Em música, um programa equivale a um instrumento, eneste caso, pode-se ter uma música com mais de uma flauta tocando vozesdiferentes, e pode ser que o usuário queira gravá-las em tracks diferentes para,posteriormente, mudar o instrumento, transpor ou mudar o volume de apenasuma das vozes da flauta. Gravando todas as flautas em um só track, elas seriamreproduzidas com fidelidade, mas o usuário não poderia alterar apenas um dosinstrumentos. Cada flauta pode ser colocada no mesmo canal, só que em tracksdiferentes. Isto não impede que o usuário coloque cada flauta em canaisdiferentes, caso tenha algum sobrando. O Cakewalk possibilita ainda mudar de instrumento no mesmo track.Ex.: Um track começa tocando violino, e no compasso 25 muda-se oinstrumento para saxofone. Isto é possível graças a uma ferramenta MIDIdenominada PROGRAM CHANGE (mudança de programa, ou seja, mudançade instrumento). Utilizando tal ferramenta, ao escolher um compasso ou notaqualquer, pode-se provocar uma mudança de instrumento a partir dele ou dela.Ao ser feito isto, o canal que começou com violino, ao atingir o pontoselecionado, muda para o novo instrumento escolhido.1.9. Diferenças Básicas entre Áudio e MIDI A maioria dos profissionais em gravação de áudio digital tem certadificuldade para entender os processos de gravação e edição de MIDI (MusicalInstrument Digital Interface - Interface Digital para Instrumentos Musicais). Oque ocorre é que os dois princípios são totalmente diferentes. No caso de umsinal de áudio gravado digitalmente de um instrumento acústico, o que se faz éamostrar (capturar) discretamente vários pontos da forma de onda gerada peloinstrumento e armazená-los em uma memória interna do equipamento oucomputador. Sendo assim, surgem as famosas taxas de amostragem e as teoriasde quantos pontos devem ser capturados de uma determinada forma de ondapara que possamos reproduzi-la, processá-la e editá-la posteriormente.26 Computação Musical - Cakewalk 9
  27. 27. Para entender o que é taxa de amostragem, um CD utiliza 44.100 pontospor segundo (44,1KHz), o rádio 22,05 KHz e a telefonia utiliza 11,025 KHz. Asteorias e ferramentas nesta área culminaram nos métodos clássicos e eficientesadotados atualmente por todos os profissionais de software. A amostragemadequada para cada tipo de sinal garante a qualidade da reprodução eidentificação do timbre, volume e dinâmica dos instrumentos gravados. Nagravação MIDI não existe amostragem para gravar ou editar um arquivo demúsica neste formato. MIDI é um protocolo de comunicação padrão entredispositivos os quais podem trocar mensagens de como se deve executar umamúsica, utilizando para isto seqüenciadores e módulos de timbres. Sendo assim,em um arquivo MIDI não se grava música nenhuma, apenas a informação decomo um dispositivo MIDI dotado de um módulo de timbres deverá executaruma determinada obra musical. Desta forma, o responsável pela qualidade do timbre do instrumentoreproduzido é o módulo timbral e o do arquivo MIDI gravado. Uma placa desom tipo Sound Blaster ou compatível possui internamente um módulo timbral.Módulos timbrais de fabricantes diferentes reproduzirão a música gravada coma mesma dinâmica, mas com timbres diferentes, ou seja, o piano do módulo daRoland é diferente do piano do módulo da Sound Blaster.1.10. Iniciando o Cakewalk Pro Áudio 9.0 Ao entrar no Cakewalk Pro Áudio 9.0, encontra-se a seguinte interface: Apresentação do Cakewalk Pro Áudio 9.0 27
  28. 28. Porém, a janela ativa é a Cakewalk Quick Start.1.11. Função dos Botões da Janela Cakewalk Quick Start Open Project: Abre um arquivo existente. Open a Recent Project: Abre um dos arquivos mais recentes, sendo possível escolhê-lo. Clique na área em branco logo abaixo do item Open a Recent Project e selecionando o arquivo desejado. Obs.: lembre-se que após selecione o arquivo desejado, deve-se clicar no botão Open a Recent Project. Create a New Project: Cria um novo arquivo, escolhendo o desejado nas várias opções da janela New Project File. Learn more about Cakewalk: Abre a janela de ajuda. Podem-se também ignorar todas as opções e clicar no botão Close, paracontinuar trabalhando em um arquivo em branco já aberto pelo programa. A tela inicial que aparece no Cakewalk é chamada de Track. Lembre-seque o Cakewalk possui 256 tracks. Em cada track pode-se gravar uminstrumento MIDI ou áudio.28 Computação Musical - Cakewalk 9
  29. 29. 1.12. A Interface Principal - Janela Track Barra de Barra de Barra de Controles do título menu Ferramentas programa Barra de Rolamento Janela Track Scroll Lock Barra de Barra de desligado Rolamento Rolamento Num Lock ativado Mute Caps Lock desativado desativado Barra de Solo desa- Espaço li- Status tivado vre no HD Rec desa- tivado1.12.1. Conhecendo a Janela Track Por meio da janela Track é possível executar quase todas as funçõespresentes no Cakewalk, como, por exemplo: mudar o volume de um track,colocar efeitos, mudar o canal MIDI de um instrumento, mudar o timbre,transpor, etc. Vamos ver agora para que servem as colunas presentes na JanelaTrack. Apresentação do Cakewalk Pro Áudio 9.0 29
  30. 30. É usado para escrever o Nome do instrumento. Este campo aceita até 128 caracteres. Define o status do track. Quando está sendo usado track habilitado, passa a ser exibido assim: (Mudo, Solo, Record). É usado para definir a Fonte de Gravação, ou seja, se ela será de arquivos MIDI ou Áudio. É usado para executar Transposição em semitons. É usado para alterar a Intensidade das notas do Track. É usado para inserir Efeitos, como Chorus, Delay, Reverb, etc. É usado para Adiantar ou Atrasar as notas. É usado para definir a Porta de Saída da placa de som. Define qual será o Canal MIDI usado pelo track. Define qual será o Banco de Timbres usado para a gravação. É usado para escolher o instrumento. É usado para alterar o Volume do canal. É usado para definir o Stereo da música, ou seja, os valores de esquerdo e direito do track. Mostra a Quantidade de eventos do track. O Cakewalk Pro Áudio 9.0, além da janela Track, possui várias janelasde trabalho. Todas podem ser acessadas pelo menu View. As principais janelassão:1.13. Outras Janelas Alguns comandos ficariam um pouco complicados se manipuladossomente na janela track. Para facilitar o trabalho, foram acrescentadas outrasjanelas.30 Computação Musical - Cakewalk 9
  31. 31. 1.13.1. Piano Roll1.13.2. Event List1.13.3. Staff Apresentação do Cakewalk Pro Áudio 9.0 31
  32. 32. 1.13.4. Áudio1.13.5. Lyrics1.13.6. Studio Ware (Panel)32 Computação Musical - Cakewalk 9
  33. 33. 1.13.7. Console Observação Estas janelas serão abordadas com detalhes nos itens que as utilizam.1.14. Habilitar ou Desabilitar as Barras de Ferramentas1. Ative o menu View e clique em Toolbars. Clique aqui. Apresentação do Cakewalk Pro Áudio 9.0 33
  34. 34. 2. A janela Toolbars se abre:3. Clique no quadradinho vazio para marcar a barra de ferramentas que deseja habilitar.4. Clique no quadradinho marcado para desmarcar a barra de ferramentas que deseja desabilitar.5. Clique no botão Close.6. Outra opção é clicar com o botão direito do mouse sobre as Barras de Ferramentas habilitadas.7. Abre-se um menu de opções com todas as Barras de Ferramentas disponíveis no programa.8. Clique sobre o nome da Barra de Ferramenta desejada para habilitá-la ou desabilitá-la.34 Computação Musical - Cakewalk 9
  35. 35. Formatando a Música 022.1. Escolher um Arquivo Novo1. Ative o menu File.2. Clique em New. Tipo de arquivo.3. Outra opção é clicar no botão New, localizado na Barra de Ferramentas Standard. Clique aqui.4. Na área em branco, escolha o tipo de arquivo desejado entre os modelos (template) disponíveis.5. Clique em Ok. Formatando a Música 35
  36. 36. 2.2. Fórmula de Compasso1. Ative o menu Insert.2. Clique em Meter/Key Change.... Clique aqui.3. A janela Meter/Key Signature se abre: Digitar o com- passo inicial aqui. Digitar o nume- rador da fórmu- Digitar o denomi- la de compasso. nador da fórmula de compasso.4. No item At Measure , digite o número do compasso inicial para a nova Fórmula de Compasso, ou clique nos botões do lado direito.5. No item Meter | Beats per Measure: , digite o Numerador da Fórmula de Compasso, ou clique nos botões do lado direito.6. No item Meter | Beat Value:, clique sobre . A janela modifi- ca-se como na figura ao lado. Para escolher o Denominador da Fórmula de Compasso (número representativo de cada figura musical), clique 1 para a semibreve, 2 para a mínima, 4 para a semínima, 8 para colcheia, 16 para semicolcheia e 32 para a fusa.7. Clique em OK.8. Outra opção é clicar no botão Meter/Key view, localizado na Barra de Ferramentas View (caso a barra de ferramentas View não esteja ativa, consulte o item: Habilitar ou desabilitar as Barras de Ferramentas).36 Computação Musical - Cakewalk 9
  37. 37. Clique aqui.9. A janela Meter/Key se abre: Clique aqui para inse- Clique aqui para rir uma nova fórmula mudar a fórmula de compasso. de compasso. Esta linha indica a presença de apenas Botão de deletar fór- uma fórmula de com- mulas de compasso passo na música, ini- (Meter/Key). Neste ciando no compasso 1 exemplo, ele está de- e a tonalidade dela é sativado por possuir Dó Maior (1 4/4 C). apenas uma fórmula de compasso.10. Clique no botão Insert Meter Key, para inserir uma nova Fórmula de Compasso, ou clique no botão Change Meter Key, para mudar a fórmula de compasso.11. A janela Meter/Key Signature se abre. Siga os passos vistos anteriormente nos itens de nos 4 a 7.2.3. Escolher a Tonalidade (Armadura de Clave)1. Ative o menu Insert e clique em Meter/Key Change.... Clique aqui.2. A janela Meter/Key Signature se abre: Formatando a Música 37
  38. 38. Clique aqui.3. No item Key Signature clique sobre a área em branco logo abaixo de Key Signature e escolha a Tonalidade (clique sobre ela) desejada entre as disponíveis.4. Clique em Ok.2.4. Mudar as Medidas de Tempo Musical O Cakewalk trabalha com duas formas de tempo, sendo o tempomusical e o tempo cronológico. A menor unidade de tempo musical para oCakewalk é chamada de Tick. O Cakewalk usa como medida a quantidadede Ticks per Quarter Note, ou seja, a quantidade de Ticks divididos por umasemínima. Ao escolher, por exemplo, 120 Ticks per Quarter Note, significadividir internamente cada semínima em 120 pedacinhos. Esta divisão garanteuma maior fidelidade em uma gravação em tempo real. Ao escolher, por exemplo, 48 ticks por semínima, isto indica que umacolcheia terá 24 ticks, uma semicolcheia 12, uma fusa 6 e uma semifusa 3. Comeste tick, o sistema não consegue capturar performances acima de semifusa, jáque o sistema só trabalha com tempos inteiros. Se o instrumentista for maisveloz que isto, o sistema aproximará todas as notas mais rápidas para asemifusa mais próxima. A quantidade de Ticks per Quarter Note pode sermudada da seguinte maneira:1. Ative o menu Options e clique em Project. Clique aqui.38 Computação Musical - Cakewalk 9
  39. 39. 2. A janela Project Options se abre: Default3. No item Ticks per quarter-note, escolher um valor entre 48 a 480 ticks por semínima (Ticks per quarter-note). O valor Default é 120. Quanto mais alta for a resolução, mais fiel será o armazenamento dos eventos MIDI na hora de seqüenciar uma música.4. Clique em Ok.2.5. Mudar as Medidas de Tempo Cronológico O Cakewalk pode representar o tempo cronológico em quatro formatosdiferentes, que são os usados pelo padrão de codificação de tempo SMPTE.Todos os quatro usam a representação em hh:mm:ss:ff, que indica o tempocronológico em horas, minutos, segundos e frames (quadros). O número dequadros por segundo varia de acordo com o formato, que pode ser mudado daseguinte maneira:1. Ative o menu Options e clique em Project. Clique aqui. Formatando a Música 39
  40. 40. 2. A janela Project Options se abre: Selecione este.3. No item SMPTE/MTC Format, escolha: 24 Frame: Usado em filmes. 25 Frames Usado em vídeo europeu. Usado em vídeo NTSC preto e branco e na maioria 30 Frames Non-drop: dos aplicativos de áudio. 30 Drop-Frames: Raramente usado no Brasil.4. Clique em OK.2.6. Mudar o Andamento1. Ative o menu Insert e clique em Tempo Change. Clique aqui.40 Computação Musical - Cakewalk 9
  41. 41. 2. A janela Tempo se abre: Digite aqui o novo andamento.3. No item Tempo, digite o Andamento desejado.4. Clique em OK.5. Outra opção bem mais fácil é digitar o novo Andamento no campo destinado a ele na Barra de Ferramentas Tempo. Digite aqui o novo andamento.2.7. Nome do Instrumento1. Vá para a janela Track.2. Clique no campo Name da trilha em que se deseja colocar o nome. Escreva o nome aqui.3. Escreva o nome normalmente e pressione a tecla Enter do teclado do computador.2.8. Transpor Somente o Som1. Vá para a janela Track.2. Clique no campo Key+ da trilha em que deseja Transpor o som. Formatando a Música 41
  42. 42. Clique aqui3. Pressione a tecla + do teclado numérico do computador para transpor o som de semitom em semitom acima, e a tecla — para transpor de semitom em semitom para baixo. Cuidado, este recurso bagunça toda a partitura.4. Pressione a tecla Enter do teclado do computador.5. Outra opção é clicar duas vezes no campo Key+ ou então pressionar a tecla Enter do teclado do computador. O campo Key+ modifica-se da seguinte forma: Clique aqui.6. Clique nos botões do lado direito para transpor.2.9. Escolher ou Mudar o Canal É muito importante definir em qual canal os instrumentos devem ficar.Devem-se colocar os instrumentos iguais no mesmo canal e instrumentosdiferentes em canais diferentes.1. Vá para a janela Track.2. Clique no campo Chn da trilha em que deseja mudar o canal. Digite aqui o canal desejado.3. Digite o número do canal desejado e pressione a tecla Enter do teclado do computador.42 Computação Musical - Cakewalk 9
  43. 43. Observação Os canais devem ser de 1 a 16, sendo que o canal 10 só pode ser usado para percussão.2.10. Escolher ou Mudar o Instrumento A grande vantagem de trabalhar com instrumentos MIDI é que aqualquer momento eles podem ser mudados até conseguir encontrar osmelhores instrumentos para a música.1. Vá para a janela Track.2. Clique no campo Patch da trilha em que deseja mudar o instrumento.3. Digite o número do instrumento desejado de acordo com a tabela General MIDI. Se você não souber os números de cor, clique então duas vezes. Clique aqui.4. A janela Track Properties se abre: Clique aqui.5. No item Patch, clique sobre a área com a palavra None, ficando a janela Track Properties da seguinte maneira: Formatando a Música 43
  44. 44. Clique aqui para escolher o instrumento.6. Escolha o instrumento desejado clicando sobre ele.7. Clique em OK.2.11. Aumentar ou Diminuir o Volume dos Instrumentos1. Vá para a janela Track.2. Clique no campo Vol da trilha em que deseja aumentar ou diminuir o volume do instrumento. Digite aqui o volume desejado3. Digite um valor entre 0 (zero) e 127, sendo que 0 (zero) será mudo e 127, o volume máximo.4. Pressione a tecla Enter do teclado do computador.2.12. Alterando o Balanço do Estéreo - Pan1. Vá para a janela Track.44 Computação Musical - Cakewalk 9
  45. 45. 2. Clique no campo Pan da trilha em que deseja criar o efeito de Estéreo. Clique aqui3. Digitar o valor 0 significa que todo o som será reproduzido nas caixas de alto-falante ligadas no canal esquerdo da placa de som.4. Digitar o valor 127 significa que todo o som será reproduzido nas caixas do canal direito.5. Valores entre 64 e 127 farão com que o som saia tanto no canal esquerdo quanto no canal direito, só que sairá mais forte no canal direito. Mais forte quanto maior for o valor.6. Valores entre 0 e 64 farão com que o som saia tanto no canal esquerdo quanto no canal direito, só que sairá mais forte no canal esquerdo, ou seja, será mais forte quanto menor for o valor.7. Pressione a tecla Enter do teclado do computador. Formatando a Música 45
  46. 46. Anotações &_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________46 Computação Musical - Cakewalk 9
  47. 47. Gravando MIDI com o Cakewalk 033.1. Configurando o Metrônomo1. Ative o menu Options e clique em Project. Clique aqui.2. A janela Project Options se abre: Clique aqui. Gravando MIDI com o Cakewalk 47
  48. 48. 3. Clique na aba Metronome.4. A janela Project Options fica assim: Metrônomo durante a música. Quantidade Metrônomo de compassos durante a em branco. gravação.5. Selecione o quadradinho Playback, para habilitar o metrônomo e ouvi- lo durante a execução da música.6. Selecione o quadradinho Recording, para habilitar o metrônomo e ouvi-lo durante a gravação em Tempo Real.7. No item , digite quantos compassos em branco o metrônomo deve contar antes de iniciar a Gravação, ou clique nos botões do lado direito. Obs.: O item Measures tem que estar marcado.8. Clique em OK.9. Outra opção é clicar no botão Metronome settings, localizado na Barra de Ferramentas Metronome (caso a barra de ferramentas Metronome não esteja ativa, consultar o item Habilitar ou desabilitar as Barras de Ferramentas). Quantidade de compassos em Clique aqui branco. Metrônomo du- Metrônomo du- rante a gravação. rante a música.10. Siga os passos vistos anteriormente nos itens de nos 5 a 9.48 Computação Musical - Cakewalk 9
  49. 49. 3.2. Posicionar o Cursor Usando o Teclado doComputador1. Para mover o cursor para o início da música: Ctrl+Home, ou W.2. Para mover o cursor para o fim da música: Ctrl+End.3. Para mover o cursor para o início do compasso seguinte: Ctrl+PgDn.4. Para mover o cursor para o início do compasso anterior: Ctrl+PgUp.3.3. Posicionar o Cursor Usando a Toolbar Position Digite aqui o número dos Digite aqui compassos Digite aqui o tempo. o Tick. Ex.: 1º tempo, 2º, etc.3.4. Configurar a Placa de Som - MIDI1. Clique duas vezes no ícone do volume , localizado na Barra de Tarefas do Windows, ao lado do Relógio. Clique aqui.2. A janela Controle de Reprodução se abre: Clique aqui. Gravando MIDI com o Cakewalk 49
  50. 50. 3. Ative o menu Opções.4. Clique em Propriedades. Clique aqui.5. A janela Propriedades se abre: Clique aqui. Selecione os itens para gravação.6. Clique em Gravação.7. No item Mostrar os seguintes controles de volume, selecione na área branca logo abaixo os itens que deseja ativar para gravações, por exemplo: Controle de Volume, Som Wave, MIDI, Áudio de CD, Line in, Microfone, etc. Clique em Ok.8. A janela Controle de gravação se abre:50 Computação Musical - Cakewalk 9
  51. 51. 9. Habilite a opção MIDI (Em algumas placas esta opção precisa estar selecionada para funcionar e em outras precisa estar desmarcada, portanto atenção.).10. Regule o volume para a gravação da opção escolhida.11. Ative novamente menu Opções e clique em Propriedades. Clique aqui.12. A janela Propriedades se abre: Clique aqui. Selecione os itens para gravação.13. Clique em Reprodução.14. No item Mostrar os seguintes controles de volume, selecione na área branca logo abaixo os itens que deseja ativar para ouvir, por exemplo: Controle de Reprodução, Som Wave, MIDI, Áudio de CD, Line in, Microfone, etc.15. Clique em Ok.16. A janela Controle de Reprodução da placa de som se abre: Gravando MIDI com o Cakewalk 51
  52. 52. 17. Regule o volume da opção habilitada na gravação, ou seja, do dispositivo que será usado para gravar. Lembre-se que nessa janela regula-se o volume do som que será Observação ouvido, e não o que está sendo gravado. Se o volume da gravação ficar baixo, deve-se aumentá-lo na janela Controle de Gravação e não na janela Controle de Reprodução.18. Feche a janela Controle de Reprodução.19. Abra o Cakewalk.20. Ative o menu Options e clique em MIDI Devices. Clique aqui.21. A janela MIDI Ports se abre:52 Computação Musical - Cakewalk 9
  53. 53. 22. No item Input Ports (entrada), escolha o dispositivo de entrada da Placa de Som que o Cakewalk usará para fazer a gravação por meio de um instrumento MIDI.23. No item Output Ports (saída), escolha o dispositivo de saída da Placa de Som que o Cakewalk usará para reproduzir a música.24. Clique em Ok.3.5. Gravação em Tempo Real - Teclado MIDI1. Configure a placa de som de acordo com o item 3.4, lembrando-se de habilitar na janela de Controle de Gravação a opção MIDI.2. Na janela Track, ative o track vazio que deseja usar para gravar (clique sobre ele). Clique aqui.3. Posicione o cursor no lugar em que se deseja deseja iniciar a gravação. Caso deseje gravar do início da música, clique no botão Rewind, na barra de ferramentas Transport, ou pressione a tecla W, ou ainda use o atalho CTRL+Home. Clique aqui para voltar ao início da música. Gravando MIDI com o Cakewalk 53
  54. 54. 4. Clique duas vezes no campo Source da trilha em que se deseja gravar: Clique aqui.5. A janela Track Properties se abre: Entrada MIDI. Canal MIDI. Saída MIDI. Escolha o instrumento.6. No item Source, escolha a entrada da interface MIDI pela qual será feita a gravação.7. No item Port, escolha a saída da interface MIDI.8. No item Channel, escolha um canal de MIDI. Lembre-se que existem 16 canais MIDI e o canal 10 é usado para os instrumentos de percussão.9. No item Patch, escolha o instrumento MIDI desejado.10. Clique em OK.11. Volta-se à janela Track. Entre os campos Name e Sourse, surgem três campos com as seguintes letras: Armado para Mudo gravação. Solo12. Clique sobre a letra R.54 Computação Musical - Cakewalk 9
  55. 55. 13. Configure o Metrônomo para determinar quantos compassos em branco se deseja antes de iniciar a Gravação.14. Ative o menu Realtime e clique em Record. Clique aqui15. Outra opção é pressionar a tecla R do teclado do computador. Pode-se também clicar no botão Record localizado na Barra de Ferramentas Transport: Clique aqui para iniciar a gravação.16. Espere os compassos em branco determinados anteriormente e toque livremente em um instrumento MIDI qualquer. Ex.: Teclado, Guitarra, Flauta (todos instrumentos MIDI).17. Para parar a gravação, clique no botão Record ou pressione novamente a tecla R, ou ainda a Barra de Espaço. Gravando MIDI com o Cakewalk 55
  56. 56. 3.6. Piano Virtual O piano virtual é uma alternativa para quem não possui um instrumentoMIDI conectado ao computador. Trata-se de um teclado imaginário oferecidopelo programa, em que as teclas do teclado do computador passam a serusadas como se fossem de um teclado MIDI.1. Ative o menu Tools.2. Clique em Virtual Piano, ou use o atalho CTRL+K.3. A janela Virtual Piano se abre:4. Use as teclas do teclado do computador para tocar. Interpretando o desenho acima, temos:5. Usar as teclas direcionais (setas) do teclado do computador para mudar as oitavas do teclado virtual:6. Configure e grave a música de acordo com o item Gravação em Tempo Real - Teclado MIDI.56 Computação Musical - Cakewalk 9
  57. 57. Ferramentas Úteis 044.1. Selecionar Todo o Track1. Vá para a janela Track.2. Clique sobre no número que fica à esquerda do campo Name, ou clique sobre os eventos criados. Clique aqui. Clique aqui.4.2. Selecionar Compassos da Música1. Vá para a janela Track.2. Clique com o botão direito do mouse sobre o botão Grid, localizado no lado direito do rodapé da janela Track: Clique aqui. Ferramentas Úteis 57
  58. 58. 3. A janela Snap to Grid se abre: Clique aqui.4. Clique sobre o item Measure (compasso).5. Clique em OK.6. Volta-se à janela Track.7. Segure a tecla Alt do teclado do computador e clique sobre o compasso desejado. Compasso selecionado.8. Para selecionar vários compassos, basta segurar a tecla Alt, clicar sobre o compasso desejado, e sem soltar o mouse, arrastá-lo até o compasso de destino. Compassos selecionados.9. Note que os compassos selecionados ficam um pouco mais escuros que os demais.58 Computação Musical — Cakewalk 9
  59. 59. 4.3. Selecionar Tempos da Música1. Vá para a janela Track.2. Clique com o botão direito do mouse sobre o botão Grid, localizado no lado direito do rodapé da janela Track: Clique aqui.3. A janela Snap to Grid se abre: Clique aqui.4. Escolha a figura desejada. Exemplo: Quarter (Semínima). ♦ Whole: Semibreve. ♦ Half: Mínima. ♦ Half Triplet: Quiáltera de Mínima. ♦ Quarter: Semínima. ♦ Quarter Triplet: Quiáltera de Semínima. ♦ Eighth: Colcheia. ♦ Eighth Triplet: Quiáltera de Colcheia. ♦ Sixteenth: Semicolcheia. ♦ Sixteenth Triplet: Quiáltera de Semicolcheia. ♦ 32nd: Fusa. ♦ 32nd Triplet: Quiáltera de Fusa.5. Clique em OK. Ferramentas Úteis 59
  60. 60. 6. Volta-se à janela Track.7. Segure a tecla Alt e clique sobre o tempo desejado no compasso escolhido.8. Escolhendo a definição de uma semínima (quarter), ao selecionar o 3º tempo do primeiro compasso, a janela track ficaria da seguinte forma: 3º tempo selecionado.9. Para selecionar vários tempos, basta segurar a tecla Alt, clicar sobre o tempo desejado e, sem soltar o mouse, arrastá-lo até o tempo de destino.10. Veja como ficaria com a definição de semínima (quarter) ao selecionar o 2º e o 3º tempos do primeiro compasso: 2º e 3º tempos selecionados.11. Note que os tempos selecionados ficam um pouco mais escuros que os demais.4.4. Copiar e Colar um Trecho da Música Esta função é muito útil para copiar um determinado trecho de uminstrumento que já foi gravado anteriormente para outro lugar. Portanto, não énecessário gravá-lo novamente; basta copiar esse trecho para o local de destino.1. Selecione o trecho desejado.2. Segure a tecla Ctrl, clique sobre o trecho selecionado e arraste-o para o lugar de destino.3. A janela Drag and Drop Options se abre.4. Clique em OK.60 Computação Musical — Cakewalk 9
  61. 61. 4.5. Mover um Trecho da Música1. Selecione o trecho desejado.2. Clique sobre o trecho selecionado e arraste-o para o lugar de destino.3. A janela Drag and Drop Options se abre:4. Clique em OK.4.6. Criar Clips Quando se está copiando um determinado trecho que será utilizado emvários outros lugares da música, é aconselhável transformá-lo em Clips, poisquando se modifica algum evento de um Clip qualquer, o Cakewalk automati-camente atualiza todos os demais, facilitando muito o trabalho a ser feito. Paratransformar, portanto, algum trecho em Clip, devem ser observados osseguintes passos:1. Selecione o trecho desejado. Ferramentas Úteis 61
  62. 62. 2. Ative o menu Edit e clique em Create Clips. Clique aqui.3. Outra solução é clicar com o botão direito do mouse sobre o trecho selecionado. Abre-se um menu com várias opções (menu Pop-up); escolha a opção Create Clips. Clique aqui.62 Computação Musical — Cakewalk 9
  63. 63. 4. Os Clips também podem ser criados durante a ação de copiar e colar, quando a janela Drag and Drop Options se abre: Clique aqui.5. Marque a opção Copy Entire Clips as Linked Clips.6. Clique em OK.4.7. Crescendo e Decrescendo1. Vá para a janela Track.2. Selecione o trecho do qual deseja aumentar ou diminuir a intensidade.3. Clique com o botão direito do mouse sobre o trecho selecionado.4. Um menu com várias opções se abre (menu pop-up): Deslize o mou- se até aqui. Clique aqui. Clique aqui. Ferramentas Úteis 63
  64. 64. 5. Clique no item MIDI Effects.6. Deslize o mouse para a direita até Cakewalk FX.7. Deslize o mouse para a direita e clique em Velocity....8. A janela Velocity se abre: Digite aqui o valor final. Digite aqui o valor inicial.9. No item Change gradualy from, escolha valores crescentes para criar o efeito de Crescendo e valores decrescentes para criar o efeito de Decrescendo. Porém, os valores não podem ultrapassar 127. Exemplo: Digitar o valor 20 no campo esquerdo e 100 no campo direito significa que o trecho selecionado vai aumentar o volume do valor 20 ao 100, criando assim um efeito de Crescendo. Para criar o efeito de Decrescendo, deve- se fazer o contrário. Ex.: Digitar o valor 100 no campo esquerdo e 20 no campo direito significa que o trecho selecionado vai diminuir o volume do valor 100 ao 20, criando assim um efeito de Decrescendo.10. Clique em OK.4.8. Ralentando1. Posicione o cursor no início do trecho que se deseja criar o efeito de Ralentando.2. Ative o menu Insert.3. Clique em Tempo Change.64 Computação Musical — Cakewalk 9
  65. 65. Clique aqui.4. Outra opção é clicar no botão Insert Tempo localizado na Barra de Ferramentas Tempo. Clique aqui para mudar o andamento.5. A janela Tempo se abre: Digite aqui o novo andamento. Digite o número do compasso, o tempo e o tick. Clique aqui.6. Selecione a opção Insert a New Tempo.7. No item Starting at Time, digite o número do Compasso, o Tempo e o Tick em que inicia o novo Andamento.8. Clique em OK.9. Execute estes passos nos tempos necessários para criar o efeito de Ralentado.10. Ao terminar o trecho em que ocorre o Ralentando, lembre-se de seguir os passos anteriores para retornar ao Andamento inicial.11. Outra opção de Ralentando bem mais fácil porém sem o controle de passo a passo é utilizar a janela Tempo. Para tal ative o menu View e clique em Tempo. Ferramentas Úteis 65
  66. 66. Clique aqui12. A janela Tempo, se abre:13. Observe que no centro da janela encontra-se uma linha em rosa, posicionada de acordo com o Andamento do compasso visualizado. Neste caso o Andamento é 100.14. Clique no ícone Line, localizado na Barra de Ferramentas da janela Tempo. Clique aqui15. Clique sobre a linha rosa no compasso que se deseja iniciar o Ralentando e sem soltar o botão esquerdo do mouse, arraste-o para direita e para baixo até o fim do trecho desejado. A inclinação da reta desenhada determinará a intensidade do Ralentando.66 Computação Musical — Cakewalk 9
  67. 67. 16. Para aumentar o Andamento, basta desenhar uma reta com subindo.4.9. Transpor 11. Selecione o Track do instrumento que deseja transpor.2. Ative o menu Edit e clique em Transpose.... Clique aqui3. A janela Transpose se abre: Ferramentas Úteis 67
  68. 68. Digitar quantos Selecionar aqui tons ou semitons para transpor em serão transpostos. intervalos de tons.4. No item Amount, digite quantos semitons deseja transpor.5. Para transpor em intervalos diatônicos (notas pertencentes à tonalidade), deve-se selecionar a opção Diatonic Math. Exemplo: Ao digitar 5 no item Amount, estando a opção Diatonic Math desmarcada, se a música estiver em Dó Maior, será transposta para Fá Maior. Caso a opção Diatonic Math esteja selecionada, a música será transposta para Lá Eólio, ou seja, a música continua em Dó Maior, porém começa com a nota Lá.6. Clique em OK. Este tipo de transposição não muda a Armadura de Clave. As notas são transpostas para a nova tonalidade, mantendo a armadura original. Os acidentes da nova tonalidade aparecem como acidentes ocorrentes. Caso Observação seja necessário mudar a Armadura de Clave, deve-se mudá-la de acordo com o item Escolher a Tonalidade. Ao transpor os instrumentos de uma música, deve-se lembrar que a Bateria não pode ser transposta, pois ao mudar uma nota da pauta da Bateria, conseqüentemente muda- se o instrumento a ser tocado, visto que cada nota representa um instrumento diferente.4.10. Transpor 21. Clique com o botão direito do mouse sobre o track do instrumento que deseja transpor, no campo localizado à direita da tela em que são mostrados os eventos criados. Clique com o botão direito do mouse aqui.2. Um menu com várias opções se abre (menu pop-up).3. Clique no item MIDI Effects.68 Computação Musical — Cakewalk 9
  69. 69. 4. Deslize o mouse para a direita até Cakewalk FX.5. Deslize o mouse para a direita e clique em Transpose. Deslize o mou- se até aqui. Clique aqui. Clique aqui.6. A janela Transpose se abre.7. No item Transposition Method, selecione a opção Interval para transpor em intervalos de semitons.8. No item Offset, digite quantos semitons deseja transpor.9. Para transpor em intervalos de diatônicos (notas pertencentes à tonalidade), deve-se selecionar a opção Diatonic. Transpor semitons. Diatônico Digite aqui o intervalo. Ferramentas Úteis 69
  70. 70. 10. Cada opção escolhida no item Transposition Method modifica ligeira-mente a janela Transpose. Veja como fica com o item Key/Scale selecionado.11. Clique em OK. O item Transpor 2 não muda a Armadura de Clave. As notas são transpostas para a nova tonalidade, mantendo a armadura original. Os acidentes da nova tonalidade aparecem como acidentes ocorrentes. Observação Caso seja necessário mudar a Armadura de Clave, deve-se mudá-la de acordo com o item Escolher a Tonalidade. Ao transpor os instrumentos de uma música, deve-se lembrar que a Bateria não pode ser transposta, pois ao mudar uma nota da pauta da Bateria, conseqüentemente muda-se o instrumento a ser tocado, visto que cada nota representa um instrumento diferente.4.11. Ajustando a Música Para um TempoPredeterminado O Cakewalk possui uma ferramenta (Fit to Time) muito útil paraprofissionais de estúdio na criação de spots, jingles e fundos musicais quenecessitam de um tempo exato de duração. Assim, você pode pegar qualquertrecho musical de um arquivo MIDI ou de qualquer outro formato doCakewalk e convertê-lo nos tempos exatos desejados na sua produçãocomercial. Para fazer isto, existem duas possibilidades:1. Manter as figuras musicais (a duração em Ticks do tempo de cada nota) e ajustar manualmente o metrônomo até conseguir o tempo desejado.2. Manter o tempo do cronômetro e modificar os eventos das notas (Duration e Time). A primeira opção é a mais atrativa, já que você mantém inalterada apartitura musical e modifica apenas seu andamento para obter o resultadodesejado. A segunda opção modifica sensivelmente a partitura inicial, princi-palmente quando a redução ou alongamento do tempo possui valores que nãosejam múltiplos da unidade de tempo musical (metade, dobro, 1/4, etc.).70 Computação Musical — Cakewalk 9
  71. 71. 4.11.1. Alterando a Duração da Música1. Abra o arquivo com o trecho musical desejado.2. Copie e cole o trecho que será utilizado como fundo, em um arquivo novo.3. Vá para a janela do Track e selecione todos os tracks existentes.4. Ative o menu Edit e clique em Fit to Time.5. A janela Fit to Time se abre.6. Clique no botão Format e escolha modo HMSF (Hour, Minute, Second e Frame). Clique aqui. Clique aqui.7. A janela Fit to Time não indica em qual modo está, ou seja, o formato HMSF ou o MBT (Measure, Beat e Tick); portanto, atenção ao escolher o formato. Veja na figura seguinte como fica a janela nos dois formatos existentes: Clique aqui. HMSF MBT Ferramentas Úteis 71
  72. 72. 8. Selecione a opção Tempo Map.9. Clique em Ok. Você pode se questionar que seria possível fazer a mesma coisa apenasalterando o tempo de metrônomo. Realmente pode, só que terá muito maistrabalho para encontrar o tempo exato, pois seria necessário tocar a músicavárias vezes alterando o metrônomo até encontrar o tempo desejado.4.11.2. Mantendo o Metrônomo e Alterando as Figuras Musicais Esta opção permite a mudança da duração do trecho musical escolhidopercentualmente. Assim, um valor de 200% estica o trecho duas vezes e 50%reduz à metade. Para fazer isto, existem duas possibilidades: ♦ Mudar a duração de execução do trecho escolhido ♦ Mudar apenas a duração das notas (opção utilizada para produzir o efeito de estacato na execução sem alterar a partitura, para porcen- tagens menores de 100%) A primeira opção é a mais indicada, visto que o desejado é mudar aduração de um trecho e não criar o efeito de estacato.1. Abra o arquivo com o trecho musical desejado2. Copie e cole o trecho que será utilizado como fundo, em um arquivo novo.3. Vá para a janela do Track.4. Selecione todos os tracks existentes.5. Ative o menu Edit e clique em Length. Clique aqui.72 Computação Musical — Cakewalk 9
  73. 73. 6. A janela Length se abre: Início da nota. Duração7. Selecione os itens: ♦ Start Time: para modificar o instante inicial da nota conforme porcentagem solicitada. ♦ Duration: para modificar a duração da nota, conforme porcentagem solicitada. Observação Para reduzir o tempo de execução do trecho, ative as duas opções. Ao escolher apenas a opção Start Time, as notas mantêm a duração e sóse deslocam no tempo. Desta forma, as notas passam a se sobrepor. Ao escolher apenas a opção Duration, provoca-se o efeito de estacatopara valores percentuais menores que 100% e sobreposição em algumas notaspara valores superiores a 100%.8. Clique em Ok. Tanto na ferramenta Fit to Time como length o sistema disponibiliza aopção Stretch audio. Ela permite que o áudio também sofra as mesmas modi-ficações temporais. Utilize esta opção apenas quando modificar o Start Time eDuration. A qualidade sonora da redução e incremento do tempo do áudio écompatível com bons programas exclusivos para áudio, como o Sound Forge. Você pode estar se questionando: Por que não deixar sempre ativada aopção do áudio? Bom, existem casos em que isto não é interessante: ♦ Você tem uma música como trilha sonora e uma locução. Muitas vezes você quer adequar o tempo da música ao tempo da locução. Nestes casos, você deve deixar a opção de áudio desativada. ♦ O intérprete de um dos instrumentos MIDI gravado errou a entrada ou atravessou algum ritmo de um ou mais compassos. Neste caso, basta consertar esse instrumento e manter a voz e demais instrumentos inalterados. Ferramentas Úteis 73

×